Teóloga batista Valérie Duval-Poujol recebe Medalha de Honra

Teóloga batista Valérie Duval-Poujol recebe Medalha de Honra

Valérie Duval-Poujol – quadro do vídeo da Federação Protestante da França (FPF)

Roma (NEV), 29 de junho de 2023 – “Enquanto houver discriminação entre homens e mulheres, lutaremos. Enquanto houver vítimas de violência doméstica, abuso espiritual e sexual, lutaremos. E até que a palavra libertadora de Jesus seja sufocada e distorcida, lutaremos”. Com estas palavras inspiradas por William Booth, o fundador do Exército de Salvação, o teólogo batista Valerie Duval-Poujol ele concluiu seu discurso por ocasião de sua nomeação como “Cavaleiro da Ordem Nacional Francesa”.

O teólogo, atual vice-presidente da Federação Protestante da França (FPF), foi de facto agraciado com a Medalha deOrdem Nacional do Mérito (Ordem Nacional do Mérito) em reconhecimento ao seu compromisso com o bem comum e em particular com a defesa dos direitos da mulher.

A medalha foi entregue ontem pela Irmã Veronique Margronpresidente da Conferência dos religiosos e religiosas da França, nas salas da Maison du Protestantisme de Paris.

A teóloga batista aproveitou o prêmio para agradecer aos parceiros ecumênicos e protestantes pelo apoio às suas iniciativas, como a revisão da Nova Bíblia da Corrente Francesa, sua participação no Grupo Orsay (local de encontro de um grupo de mulheres protestantes para reflexão e abertura a outras histórias, questões, crenças e esperanças) e na associação “Une place pour elles” (Um lugar para eles), da qual é fundadora, e na redacção de relatório sobre a violência sexual e espiritual no protestantismo.


Para saber mais:

A entrevista nev/Riforma.it sobre famílias plurais e ecumenismo (ano 2014)

O vídeo da cerimônia de reconhecimento de Valérie Duval-Poujol:

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

A chamada de 2021 para o concurso Otto per mille Valdensian abre em 4 de janeiro

A chamada de 2021 para o concurso Otto per mille Valdensian abre em 4 de janeiro

Roma (NEV), 3 de janeiro de 2021 – Amanhã, segunda-feira, 4 de janeiro, abre oficialmente o concurso Otto per Mille Valdese 2021 para a apresentação de projetos. Aqui, na seção "enviar um projeto" no site da OPM, o resumo de todas as informações úteis para participar. A chamada para apresentação de projetos estará aberta por três semanas, até a próxima segunda-feira, 25 de janeiro de 2021. Todas as entidades solicitantes, associações, ONGs terão que se cadastrar para enviar um pedido de contribuição. As diretrizes Otto per Mille da União das igrejas metodistas e valdenses e as instruções para usar a plataforma apropriada podem ser baixadas nesta página. As candidaturas podem ser apresentadas em italiano e em inglês. Aqui o detalhe de como foram gastos os fundos de 2019, enquanto aqui uma análise mais aprofundada em conjunto com o gestor do OPM, Manuela Viñay. ...

Ler artigo
75º Festival Internacional de Cinema de Veneza.  Sameh Zoabi ganha o prêmio INTERFILM

75º Festival Internacional de Cinema de Veneza. Sameh Zoabi ganha o prêmio INTERFILM

Roma (NEV), 10 de setembro de 2018 – O Júri INTERFILM, presente no 75º Festival Internacional de Cinema de Veneza, entregou seu prêmio de diálogo inter-religioso a Sameh Zoabi para o filme “Tel Aviv em chamas”. O júri deste ano foi composto por alemães Christian Engelsmembro do Comitê INTERFILM, do jornalista italiano Federica Tourndo escocês Joylon Mitchell e da Suíça Daria Pezzoli-Olgiati (Presidente). Motivação total Esta comédia brilhante, provocativa e irreverente oferece um olhar original sobre um dos conflitos mais dolorosos do nosso tempo. Um roteirista palestino forma uma parceria inesperada com um oficial israelense que o ajuda a desenvolver o enredo da série de televisão sentimental Tel Aviv on Fire. O filme inverte a linha entre a dura realidade e as visões românticas, trabalhando as identidades dos personagens e abrindo um espaço criativo para o diálogo. Tel Aviv on Fire, dirigido por Sameh Zoabi (Luxemburgo, França, Israel, Bélgica, 2017) A INTERFILM foi fundada em 1955 por várias associações protestantes de cinema na Europa. Em colaboração com seu parceiro católico SIGNIS, organiza júris ecumênicos nos festivais de cinema mais importantes, como Cannes, Montreal, Moscou, Leipzig, Berlim, Locarno. Em Veneza, os júris da SIGNIS e da INTERFILM são separados. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.