A Espera – Neve

A Espera – Neve

Roma (NEV), 5 de dezembro de 2022 – O podcast – calendário chama-se “L’Attesa”
do Advento, idealizado e criado por Pedro Ciacciopastor metodista e membro do Conselho da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, juntamente com o Confronti Review and Study Center, com direção e pós-produção de Márcia Coronati.

Aqui você pode ouvir os 24 episódios da história do rádio. Hoje, 5 de dezembro, o episódio dedicado à figura de Giuseppe.

artigo anteriorPluralismo religioso na Itália
Próximo artigoRevistas de cultura para “Mais livros mais grátis”

Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Otto per mille Waldensian, a campanha de 2021 em nome da mudança

Otto per mille Waldensian, a campanha de 2021 em nome da mudança

Roma (NEV), 14 de abril de 2021 – A campanha Otto per mille deste ano da Igreja Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense será um vídeo de animação exclusivamente feminino. O diretor de arte da campanha é o cartunista e jornalista gráfico Takoua Ben Mohamedque desenvolveu um storyboard com "as mulheres protagonistas", partindo de uma ideia da agência Web&com de Sérgio Veludo. Um spot animado com cerca de um minuto será, assim, o instrumento da campanha de comunicação oito por mil, da qual podemos antecipar alguns dos conteúdos e que será lançada nas próximas semanas. Objetivo: explicar como são utilizados os recursos do Otto per mille (OPM) da Igreja Valdense, União das Igrejas Metodista e Valdense e porque é cada vez mais importante escolher a quem destinar, na hora de preencher a declaração de imposto de renda. “É um projeto – explica o autor – no qual trabalhei com um animador e outro designer, Lorenzo Zanotti E Federica Franceschini, tentando contar meu ponto de vista, em uma narrativa exclusivamente feminina, sobre como os recursos do OPM são usados. Falamos, pois, de social mas não só, também, indirectamente, de cidadania e de novas gerações. Uma história coral, também ambientada durante o confinamento, que vê as mulheres como protagonistas da esperança e da mudança”. E mudança é justamente a palavra de ordem da campanha OPM 2021. “Sentimos a necessidade de mudar – explica Manuela Vinay, chefe da Otto per mille da Igreja Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense (OPM) – . Talvez a pandemia tenha nos levado a nos questionarmos mais sobre o que podemos e devemos fazer e 'mudar' foi a primeira palavra-chave. Daí também a escolha das bandas desenhadas, de que gostamos de imediato também porque associámos de imediato à obra do Takoua que tanto apreciamos. O outro termo que tem nos guiado é 'responsabilidade', só podemos dar uma contribuição maior para melhorar o mundo em que vivemos com um forte senso de responsabilidade compartilhada. E a partilha é a outra chave de compreensão: não estamos sozinhos, a nossa força não vem só da fé, mas também das pessoas que acreditam em nós. Cada um deve fazer a sua parte, quem assina o 8×1000, quem repassa o dinheiro, quem gasta. Juntos podemos continuar a fazer muito, e melhor. Espero que a pandemia possa “despertar” um sentimento de cidadania ativa em muitas direções, incluindo a vontade de expressar uma escolha, uma assinatura para o 8×1000 mas não só”. Takoua Ben Mohamed é um cartunista e jornalista gráfico nascido em Douz, Tunísia, e criado em Roma. Ela é a autora das obras “História de Mulher” (2015), "Sob o Véu" (2016), "A Revolução de Jasmim" (2018), “Outro caminho para o Camboja” (2020), os três últimos lançados pela editora BeccoGiallo. Em 2019 produziu o documentário Estilo Hejab para o Canal de Documentários Al-Jazeera, veiculado pela emissora em 2020. Há mais de dois anos colabora com a revista e centro de estudos Confronti. Próximos compromissos profissionais do autor, "em meados de maio um novo livro intitulado"Meu melhor amigo fascista” e uma campanha europeia contra a islamofobia, com particular enfoque nas mulheres muçulmanas”. Para todas as informações sobre como assinar e como os fundos OPM valdenses e metodistas são alocados: As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo. ...

Ler artigo
Uma amizade islâmica-cristã.  Primeiros passos institucionais em Florença

Uma amizade islâmica-cristã. Primeiros passos institucionais em Florença

Roma (NEV), 28 de janeiro de 2020 – O encontro “Fraternidade humana pela paz mundial e a coexistência comum será realizado na quinta-feira, 30 de janeiro, em Florença. Seguindo os passos de Abu Dhabi no sinal de amizade entre cristãos e muçulmanos”. Com este encontro, os promotores pretendem “destacar a partilha do Documento de Abu Dhabi entre componentes cristãs e islâmicas, com o desejo de dar vida a um caminho para uma relação mais estruturada entre as duas realidades religiosas, para uma Amizade Islâmica-Cristã em Florença”, lê-se no cartaz da iniciativa. Igrejas protestantes locais também foram convidadas, para as quais ele participará Letizia Tomassonepastor da igreja valdense em Florença. O Documento de Abu Dhabi foi assinado em conjunto pelo papa Francisco e pelo Grande Imam Aḥmad Muhammad Aḥmad al-Ṭayyib de Al-Azhar sob o conferência global da fraternidade humana, conferência internacional inter-religiosa em Abu-Dhabi, Emirados Árabes Unidos, em fevereiro de 2019. Organizada pelo Conselho Muçulmano de Anciãos como parte do Ano Internacional da Moderação, contou com a presença de líderes religiosos de todo o mundo, incluindo o secretário-geral do Conselho Mundial de Igrejas (CE) Olav Fykse Tveit. O Documento também foi examinado em detalhe em maio de 2019 durante o Conferência "Promovendo a Paz Juntos", durante a qual foi lançado oficialmente o Documento "Educação para a Paz em um Mundo Multirreligioso: Uma Perspectiva Cristã", elaborado conjuntamente pelo Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso e pelo Conselho Mundial de Igrejas (CEC). O encontro marcado para esta iniciativa piloto de “amizade islâmica-cristã” é quinta-feira, 30 de janeiro, às 17h45, na Sala Teatina, na Via De' Pescioni 3, em Florença. Descarregue aqui o PROGRAMA: convite 30 de janeiro de 2020 O encontro foi promovido pela Fundação e Centro Internacional Giorgio La Pira, juntamente com a comunidade islâmica de Florença e Toscana e o Instituto Universitário Sophia, em colaboração com diversas realidades religiosas e seculares da região. ...

Ler artigo
Roma.  Oração ecumênica pelos 20 anos da Declaração Conjunta sobre a Justificação

Roma. Oração ecumênica pelos 20 anos da Declaração Conjunta sobre a Justificação

16 de junho de 2019, Genebra (Suíça). Comemoração dos 20 anos da JDDJ Roma (NEV), 25 de junho de 2019 – Este ano marca 20 anos desde a histórica Declaração Conjunta sobre a Justificação pela Fé (JDDJ), assinada em 1999 em Augsburg, Alemanha, por representantes protestantes e católicos, respectivamente, da Federação Luterana Mundial ( FLM) e o Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos. A JDDJ foi então acolhida também pelo Conselho Metodista Mundial (WMC) em 2008, pela Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas (WCRC) em 2017, e pela Comunhão Anglicana, esta última através de uma resolução que "acolhe e afirma a substância" da a Declaração. Este acordo resolve um dos principais conflitos teológicos que sempre dividiram católicos e protestantes, afirmando "um entendimento comum de nossa justificação pela graça de Deus por meio da fé em Cristo". A Declaração representa o resultado de mais de três décadas de diálogo ecumênico e pôs fim às respectivas excomunhões. Para o 20º aniversário da JDDJ, uma oração ecumênica é realizada em Roma na quarta-feira, 26 de junho, para "dar graças pelas relações ecumênicas entre as cinco comunhões mundiais que assinaram o acordo", como afirma o convite da Tim Macquibanpároco da igreja da Ponte Sant'Angelo e diretor do Escritório Ecumênico Metodista de Roma (MEOR), entre os organizadores do evento. A oração ecumênica será presidida pelo cardeal Kurt Kochpresidente do Pontifício Conselho para a promoção da unidade dos cristãos, e pelo bispo Rosemarie Wenner, secretário do escritório de Genebra do Conselho Metodista Mundial. O pároco também intervirá Martin Junge, Secretário Geral da Federação Luterana Mundial (WLF). Entre os participantes do mundo evangélico italiano, o diácono Alessandra Trottamembro do Conselho Valdense e ex-presidente da Obra para as Igrejas Evangélicas Metodistas na Itália (OPCEMI), o pastor Luca Barattosecretário executivo da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI) e pároco Michael Jonas da Igreja Evangélica Luterana de Roma. Encontro no Oratório de San Francesco Saverio del Caravita, na via del Caravita 7 em Roma, às 19h. A iniciativa faz parte de um ambiente ecumênico mais amplo que reuniu as diferentes denominações cristãs signatárias do JDDJ, desde a consulta realizada em março nos Estados Unidos na Universidade de Notre Dame até a recente comemoração na catedral de São Pedro de a Igreja Reformada de Genebra, durante a qual o pároco Emmanuel Fuchs ele falou sobre os desafios enfrentados por todo o cristianismo: "Chegar a um acordo sobre uma questão historicamente controversa é um sinal de esperança ... Não temos outra escolha a não ser continuar esta missão profética juntos." ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.