Alegre-se na esperança.  Assembléia do movimento cristão estudantil

Alegre-se na esperança. Assembléia do movimento cristão estudantil

Um detalhe do cartaz da 37ª Assembleia Geral da World Student Christian Federation (WSCF), 2022

Roma (NEV), 23 de junho de 2022 – A Assembleia Geral da Federação Mundial de Estudantes Cristãos (WSCF) começa hoje. É o órgão de decisão mais representativo e máximo do corpo ecumênico global que reúne os movimentos estudantis nacionais autônomos, conhecido na Itália como o “movimento estudantil cristão”. A Federação inclui estudantes masculinos e femininos ortodoxos, protestantes, católicos, pentecostais e anglicanos. A Assembleia será realizada na Alemanha, em Berlim, de 23 de junho a 1º de julho.

O título desta 37ª edição é “Alegrai-vos na Esperança” (Romanos 12:12). Subtítulo: “Jovens, caminhando juntos rumo à justiça e à paz”.

Da Itália, estarão presentes Annapaola CarbonatoSecretário da Federação da Juventude Evangélica na Itália (FGEI), e o pároco Pedro Ciacciocomo um “amigo sênior”.

Do aeroporto onde está prestes a chegar a Berlim, Carbonatto faz este breve comunicado:

“É com muita emoção que me preparo para partir para Berlim, até porque há dois anos que esperávamos por este momento. A Assembleia foi adiada por dois anos e no ano passado foi realizada de forma restrita online. É certamente um momento muito emocionante. Teremos a oportunidade de ver uma nova face do movimento”.

O Conselho solicitou a Carbonatto que representasse o FGEI na 37ª Assembleia Geral da WSCF. “A ideia de poder nos comparar com outras pessoas que vivem do outro lado do mundo, com quem compartilhamos desafios e esperanças futuras – continua a secretária Annapaola Carbonatto – é muito bonita e estimulante. Também estou muito feliz por poder partir e poder trabalhar neste tema, que me parece oportuno neste momento. Com esta ideia de caminhar e trabalhar juntos para um mundo de justiça e paz, de nos alegrarmos juntos na esperança do Senhor, me deixa confiante e tenho certeza de que esta Assembleia trará novos frutos e novos estímulos também para os evangélicos Federação da Juventude na Itália ”.

O pastor Peter Ciaccio escreveu nas redes sociais: “23 anos depois de Beirute 1999, retornarei à Assembléia Geral da WSCF. Muito do que sou agora, devo ao WSCF, até mesmo à teologia pop (para começar).”

O versículo bíblico que inspira a Assembleia, escreve a FSM, “nos lembra que a unidade em Cristo Jesus é a nossa esperança em tempos de desafio e dificuldade. Somos chamados a ser unidos na construção do Reino. Somos chamados a profetizar e anunciar a esperança na vinda do Reino. Como uma federação de jovens, a WSCF oferece uma mensagem de esperança no contexto do mundo sofrido de hoje. Uma esperança que se baseia no nosso trabalho pela justiça, igualdade e paz. Esperança informada por nossa compreensão da injustiça social, as causas profundas da pobreza, fragmentação, desunião, violência e guerra. Finalmente, uma esperança que realmente depende de ações que resistem ao Império, que falam a verdade ao poder e o tornam responsável perante o povo e a mãe Terra.”

A Assembléia Geral também será uma ocasião para celebrar 127 anos de “vida comum e testemunho diversificado e missão para a comunidade mundial” continua a WSCF.

Na carta de anúncio da Assembléia, o Secretário Geral da WSCF Marcelo Leites escreve: “Vamos orar juntos por toda a criação neste tempo agitado em um mundo que está sofrendo […]. Este ano, sua 37ª sessão reunirá mais de 100 movimentos de 94 países, amigos seniores, parceiros e convidados”.

hashtag #WSCFGA22 #RejoiceInHope

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

30 anos após a Assembleia Ecumênica Mundial em Seul

30 anos após a Assembleia Ecumênica Mundial em Seul

foto WCC Por ocasião do trigésimo aniversário da Convocação Ecumênica de Seul (5 a 12 de março de 1990) sobre "Justiça, paz e proteção da criação", publicamos uma prévia do texto do pároco Luca Maria Negropresidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI), que será transmitido no próximo domingo, 22 de março, no programa de rádio "Culto evangelico" da Radio1 RAI. Roma (NEV), 17 de março de 2020 – “Chegou a hora de confirmar nossa aliança com Deus, que também nos une uns aos outros. Vivemos um momento único na história. Toda a vida na terra está ameaçada pela injustiça, pela guerra, pela destruição da criação porque quebramos a aliança com Deus”. Assim começa a mensagem final da Assembleia Ecumênica Mundial sobre "Justiça, Paz e Integridade da Criação", realizada há trinta anos em Seul, Coreia do Sul, de 5 a 12 de março de 1990. Mais de mil pessoas, pertencentes a todas as confissões cristãs, participaram deste grande encontro promovido pelo Conselho Ecumênico de Igrejas; cerca de oitenta italianos, a maioria católicos, apesar de o Vaticano ter recusado o convite para ser co-convidador do evento e ter limitado sua presença oficial a vinte consultores. A Assembléia concluiu com quatro “Atos de Aliança” e com dez afirmações. Os Atos do Pacto diziam respeito: 1) ao compromisso com uma ordem econômica justa; 2) pela desmilitarização das relações internacionais e por uma cultura de não violência; 3) preservar a dádiva da atmosfera terrestre e combater o efeito estufa; 4) e, finalmente, para erradicar o racismo. E aqui estão as dez afirmações, todas muito oportunas: 1) devemos prestar contas a Deus de todo exercício de poder; 2) Deus faz uma escolha em favor dos pobres; 3) todos os povos e raças têm o mesmo valor; 4) homens e mulheres são criados à imagem de Deus; 5) a verdade é o fundamento de uma comunidade de seres livres; 6) Jesus Cristo traz paz; 7) a criação é amada por Deus; 8) a terra pertence a Deus; 9) a dignidade e o compromisso dos jovens devem ser reconhecidos; 10) Os direitos humanos são um dom de Deus. Recordando o aniversário da Assembléia em Seul nestes dias, o pároco Martin Robraengajada há décadas no Conselho Ecumênico de Genebra precisamente no setor "Justiça, paz e proteção da criação", sublinhou o caráter profético da prioridade dada ao tema da mudança climática, tema que há trinta anos não era de forma alguma moda, muito menos entre as igrejas cristãs. E recordou a imagem do culto final, com o seu significativo gesto simbólico: participantes de todos os continentes reunidos em torno de uma cruz, segurando nas mãos um grande globo terrestre, "sinal de reconciliação, cura e bênção, mantendo-o unido num equilíbrio frágil". Cristãos que se comprometem a apoiar conjuntamente o frágil equilíbrio da terra, portanto: uma imagem e um compromisso sempre presentes, especialmente nestes tempos em que, devido ao coronavírus, vivemos de maneira particular nossa vulnerabilidade em um mundo globalizado. ...

Ler artigo
A primeira reunião do novo Conselho da FCEI

A primeira reunião do novo Conselho da FCEI

Roma (NEV), 14 de novembro de 2021 – Ontem, sábado, 13 de novembro, reuniu-se pela primeira vez o novo Conselho da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, eleito pela XX Assembleia da FCEI em 30 de outubro passado. Durante a sessão foi atribuído a Sara ComparattiBattista, o cargo de vice-presidente da Federação. Anteriormente, esta posição era ocupada por Christiane GroebenLuterana. O encontro aconteceu presencialmente, em Roma, na sede da via Firenze, com a participação de todos os membros. Na verdade, o Conselho é formado não só pelo presidente Daniele Garronede Richard Kofi Ampofo(Metodista), Maria Antonieta Caggiano(luterana), Pedro Ciaccio (Metodista), Free Ciuffreda (valdense), Sara Comparetti (batista), Luca Longo (Exército da Salvação). ...

Ler artigo
Zuínglio.  Palestra pública na Faculdade Valdense de Teologia

Zuínglio. Palestra pública na Faculdade Valdense de Teologia

Um quadro do filme "Zwingli" de Stefan Haupt Roma (NEV), 8 de outubro de 2019 - A palestra pública do Prof. Emidio Campi da Universidade de Zurique intitulado "Ulrich Zwinglio. Problemas e perspectivas dos estudos atuais". O encontro é às 18 na via Pietro Cossa 42. Baixe o folheto. A iniciativa faz parte dos 500 anos do início da Reforma em Zurique. O ano de 2019 é, de fato, uma espécie de "jubileu zwingliano", no qual recordamos a figura do reformador suíço que em 1º de janeiro de 1519 pregou pela primeira vez na Grossmünster de Zurique. 500 anos depois dessa data, comemora-se o nascimento da Igreja Reformada de Zurique, cidade onde hoje vivem cerca de 400.000 protestantes. São muitas as iniciativas organizadas durante este ano para falar de Zwingli, a quem o filme homónimo de Stefan Hauptfinanciado pela Igreja Reformada de Zurique e lançado na Suíça em 17 de janeiro. A coluna Protestantismo, veiculada no RaiDue, dedicou o episódio de 7 de abril a Zuínglio, apresentando trechos em italiano do filme de Haupt. Com o título “Zwingli, a palavra desencadeada”, a coluna editada pela Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI) conta a história de 500 anos atrás na Suíça, quando estourou o incêndio da Reforma Protestante. Em Zurique, um jovem padre abala os alicerces da igreja, desencadeando um processo de reforma que dura até hoje. Aqui está a apresentação do episódio. Para saber mais: Vá para a guia sobre Huldrych Zwinglio Trailer do filme de Stefan Haupt no idioma original [embed]https://www.youtube.com/watch?v=EzUn3pyeODI[/embed] ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.