Cardeal Zuppi, Garrone: “Um companheiro de estrada”

Cardeal Zuppi, Garrone: “Um companheiro de estrada”

Cardeal Matteo Maria Zuppi, Arcebispo de Bolonha, Presidente da Conferência Episcopal Italiana, do site chiesacattolica.it

Roma (NEV), 26 de maio de 2022 – Daniele Garronepresidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, enviou ao cardeal Mateus Maria Zuppinomeado presidente da Conferência Episcopal Italiana, uma carta de votos para o novo cargo.

“Queira receber nossas saudações fraternas pelo importante e certamente nada fácil serviço à sua Igreja à qual você foi chamado – lê-se na carta -. Muitas foram as ocasiões em que representantes das nossas Igrejas, a vários níveis, já a puderam encontrar, encontrando nela não só uma interlocutora solícita, mas uma companheira de caminhada no caminho da comum vocação cristã; também por isso sua nomeação nos alegrou.

Estamos confiantes de que, sob a sua presidência, o caminho ecumênico realizado nos últimos anos, também em termos de acolhida aos migrantes, salvaguarda da criação e da liberdade religiosa na Itália e no mundo, poderá continuar e se desenvolver. Por favor, considere a Federação disponível para estudar juntos a possibilidade de novos caminhos para nos ajudar a desenvolver nossa comunhão ecumênica”.

Finalmente, uma referência à Bíblia. “Nós vos saudamos – conclui Garrone – com o texto do Antigo Testamento (Sl 92, 14ss.) que o lecionário “Um dia uma Palavra” indica para hoje, a Ascensão de nosso Senhor Jesus Cristo: [Quelli che sono] plantados na casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice ainda darão frutos,
serão verdes e viçosos,
para anunciar quão justo é o Senhor…”

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

O Sínodo não está lá, mas…

O Sínodo não está lá, mas…

Roma (NEV), 5 de agosto de 2020 - O Sínodo das igrejas valdenses e metodistas não será realizado este ano, mas na Torre Pellice haverá "Gerações e regenerações", uma série de eventos sobre o tema do "cuidado" de " pessoas, memórias e territórios". De 24 a 30 de agosto, portanto, o compromisso é na Torre Pellice. Ele escreve Robert David Papini hoje no site chiesavaldese.org: devido às medidas contra o coronavírus, "o Sínodo não está lá, mas as igrejas valdenses e metodistas estão lá com sua história e seu variado compromisso de Norte a Sul", como sublinha o moderador Alessandra Trotta No vídeo que convida a acompanhar (presencialmente ou online) os eventos organizados nos lugares do Sínodo, nas datas do Sínodo, mas sem o Sínodo. Não há Sínodo, mas… Siga-nos na Torre Pellice ou online, de 24 a 30 de agosto, no que deveria ter sido… Publicado pela Igreja Evangélica Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense na terça-feira, 4 de agosto de 2020 Encontros, exposições, concertos, filmes e até histórias em quadrinhos vão animar a semana de 24 a 30 de agosto na Torre Pellice (na província de Turim), o coração do Valli Valdesi. Um rico programa de eventos (aqui o calendário completo) que será precedido, de 21 a 23 de agosto, por uma edição especial da Torre di Libri. O tema geral da semana é “Geração e Regeneração. Cuidar de pessoas, memórias e territórios”. Começa, na noite de segunda-feira, 24 de agosto, com um debate na Casa Valdese intitulado "Para que ele trabalhasse e o guardasse". Justiça social e ambiental para a construção do pós Covid" com videointervenções de David Sassoli, presidente do Parlamento Europeu e da Elly Schlein, vice-presidente da Emilia Romagna, seguidos pelos de Vittorio Cogliati Dezza (Legambiente) e Valdo Spini (Círculo Rosselli). Tudo moderado por Cláudio Paravati E Ilaria Valenzi (Comparações), enquanto as conclusões são confiadas ao moderador da Mesa Valdense, Alessandra Trotta. O encontro “Invisível, mas necessário. Imigrantes e trabalho agrícola. As iniciativas das igrejas evangélicas”, organizado pelo Mediterranean Hope, um programa de refugiados emigrantes da Federação de Igrejas Evangélicas na Itália, com a colaboração da Diaconia Valdense. Entre outros, o activista social e sindical participará no encontro Aboubakar Soumahoro. O compromisso tradicional do período sinodal (embora geralmente na semana anterior) é o Dia Teológico Miegge, que na quarta-feira, 26 de agosto, refletirá pela manhã, às 10h30, sobre “Pregação e vida: que encontro? Pregar para construir esperança” e à tarde, às 15h, sobre “Pregação e vida: que encontro. Crentes na balança. A Palavra na vida de cada um de nós”. Nesta semana "não sinodal", os quadrinhos também desembarcam na Torre Pellice com a apresentação do livro de Peter Madsen sobre "Jesus de Nazaré", publicado pela Claudiana, também na quarta-feira, 26, às 17h. Sexta-feira haverá vários encontros dedicados às crianças e sobre as crianças, antes de abordar o tema "Informação em tempos de emergência" organizado pelo semanário Riforma e pelo Valdensian Cultural Center à noite, às 21h00. A série de eventos terminará no fim de semana com um encontro no Museu Valdense, sábado, dia 29, às 17h30, a exibição do filme “Valdesi. Uma história de fé e liberdade”, também no sábado, 29, mas às 21h, e a apresentação dos projetos Otto per mille para a emergência da Covid-19, na tarde de domingo, 30. Em seguida, saudações da moderadora Alessandra Trotta. Aqui o programa completo: ...

Ler artigo
Notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)

Notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)

Detalhe da capa de uma das publicações da Comissão de Igrejas para Migrantes na Europa (CCME) - fonte Roma (NEV), 19 de maio de 2022 – Estas são as últimas notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK). Igrejas são convidadas a homenagear refugiados que morreram nas fronteiras da Europa Tendo em vista o Dia Mundial do Refugiado, que se celebra a 20 de junho, a Conferência das Igrejas Europeias (KEK), juntamente com a Comissão das Igrejas para os Migrantes na Europa (CCME), convida-nos a comemorar os milhares de migrantes e refugiados que perderam vida no Mediterrâneo, bem como noutras fronteiras, dentro e à volta da Europa. Para saber mais, leia o artigo em italiano em Riforma.it Paris, maio de 2022. Treinamento para comunidades mais seguras e fortes na Europa (SASCE) Igrejas francesas estudam como garantir comunidades seguras Mais uma etapa, na França, do projeto de segurança e proteção de comunidades religiosas e locais de culto. O programa de treinamento conduzido pela Conferência das Igrejas Européias passou por Paris desta vez. O evento contou com a presença de líderes e funcionários da igreja francesa. Estamos a falar do projeto Comunidades Mais Seguras e Fortes na Europa (Comunidades mais seguras e fortes na Europa – SESA). A etapa francesa representa um momento particularmente significativo, já que o país sofreu vários ataques terroristas nos últimos anos. Algumas igrejas também foram diretamente afetadas. Durante o encontro, o Secretário Executivo de Direitos Humanos do CEC, Elizabeth Kitanovic, apresentou diversos materiais, incluindo guias práticos, vídeos e recomendações do SASCE para a construção de uma equipe de gerenciamento de risco para emergências. Leia mais clicando aqui. Projeto SASE O SASCE é um projeto dedicado à proteção de locais de culto e comunidades na Europa, fruto de uma parceria inter-religiosa entre o KEK e outras realidades. Entre eles: Centro de Segurança e Crise do Congresso Judaico Europeu, Assuntos de Fé e União Budista Europeia. A iniciativa é apoiada pela Comissão Europeia com uma subvenção de 3 milhões de euros. Assembleia ECEN 2022: os desafios que vivemos A próxima Assembleia da European Christian Environmental Network (ECEN - European Christian Environmental Network) decorrerá numa plataforma virtual de 13 a 15 de junho de 2022. Título desta edição: "Os desafios que estamos a viver". Entre os temas: futuro sustentável, segurança energética, European Green Deal e vulnerabilidade climática do ponto de vista das igrejas. “Os impactos da pandemia não travaram as alterações climáticas nem a degradação ambiental – lê-se no relatório -. A Covid-19 trouxe à tona muitas preocupações relacionadas à dependência humana da criação”. Em suma, é preciso avaliar os novos dados científicos e oferecer espaços de participação, também para as comunidades de fé. "A troca de experiências é, nesta situação, mais importante do que nunca" escrevem os organizadores, que também trabalharão os temas da cooperação para a ecologia e o cuidado da criação, tendo em vista a Assembleia do Conselho Mundial de Igrejas (CEC ) previsto para setembro em Karlsruhe, Alemanha. Para saber mais, clique aqui. Para se inscrever clique AQUI. ...

Ler artigo
não coloque os outros em perigo por negligência

não coloque os outros em perigo por negligência

Roma (NEV), 16 de novembro de 2020 – Um texto do reformador circula nas redes sociais há alguns dias Martinho Lutero que parece estar falando sobre covid. “Vou pedir a Deus, por misericórdia, para nos proteger. Depois vou desinfetar com fumaça, para ajudar a purificar o ar, dar remédios e tomá-los. Evitarei lugares e pessoas onde minha presença não seja necessária, para não ser contaminado e não colocar em perigo outras pessoas, para não causar sua morte por negligência minha. Se Deus quiser me levar, certamente me encontrará e terei feito o que Ele esperava de mim, sem ser responsável nem pela minha própria morte nem pela morte dos outros. Se meu vizinho precisar de mim, não evitarei lugares ou pessoas, mas irei livremente como mencionado acima. Veja, é uma fé temente a Deus, porque não é impetuosa nem temerária e não tenta a Deus”. Vários pastores e pastoras protestantes têm compartilhado este texto em suas páginas, inclusive Sérgio Manácapelão clínico e professor de cuidado pastoral clínico na Faculdade Valdense de Teologia e voluntário do 118, e o pastor Letizia Tomassone, professora de estudos feministas e de gênero na mesma faculdade. E é na página deste último que Paulo Togninateólogo "emprestado" ao jornalismo, redator-chefe da "Voce Evangelica", especifica em um comentário: "São pensamentos encontrados no texto de Lutero intitulado 'Ob man vor dem Sterben fliehen möge', datado de 1527, no qual o reformador reflete sobre a praga estourada novamente em Wittenberg". ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.