Meio Ambiente, jovens cristãos pedem justiça climática

Meio Ambiente, jovens cristãos pedem justiça climática

Li-An Lim, não salpique

Roma (NEV), 5 de julho de 2022 – Em novembro de 2021, um grupo de jovens ativistas se reuniu durante a COP26, a Cúpula do Clima das Nações Unidas, em Glasgow, para explorar possibilidades de trabalho conjunto rumo à COP27 a ser realizada no Egito. Durante estes encontros, explicam os promotores, “percebeu-se um forte sentido de energia e entusiasmo em juntar esforços para ter um maior impacto nas questões relacionadas com a justiça climática”. Este grupo de ativistas de várias denominações, organizações e países reunia-se regularmente para dar forma à campanha “Clima SIM”.

“Como jovens ativistas climáticos cristãos, com idades entre 18 e 30 anos, sentimos a necessidade de responsabilizar os líderes políticos pelas decisões e promessas feitas na COP26. Ao nos unirmos, queremos compartilhar nossas preocupações ambientais e aprofundar o vínculo comum de nossa fé. Queremos criar uma comunidade climática jovem ecumênica global, que incluirá representantes do Norte e do Sul globais. Refletiremos sobre COPs anteriores (Cúpulas do Clima da ONU) e COY (Conferência do Clima para Jovens) e falaremos conjuntamente com uma voz global para representantes políticos sobre o que acreditamos que precisa ser feito no futuro. Queremos criar uma plataforma ecumênica global da juventude sobre o clima, incluindo representantes de todos os continentes, do Norte global e do Sul global”, explica ele. Irene Abbragerente de projetos internacionais na Itália, ex-pessoa de contato do projeto Young Methodist para a COP26.

Em preparação para a COP27 que este ano será realizada no Egito, em Sharm El-Sheikh, de 7 a 18 de novembro de 2022, na qual se espera a participação do Climate YES, a coordenação da campanha está organizando eventos em todos os continentes: Europa, África, Ásia, Ilhas do Pacífico, América do Norte e América do Sul.

Nos dias 16 e 17 de setembro de 2022 (o programa seguirá em breve), o evento nacional italiano será realizado em Milão, na Chiesa del Carmine, que será conectado simultaneamente com os outros eventos que ocorrerão na Europa e na África. O evento ecumênico envolve o envolvimento de organizações juvenis evangélicas e católicas e estará aberto à participação intergeracional e leiga.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Suíça, igreja reformada, pela primeira vez uma mulher presidente

Suíça, igreja reformada, pela primeira vez uma mulher presidente

Roma (NEV), 14 de junho de 2021 – Pela primeira vez, a Igreja Evangélica Reformada da Suíça (ESRB) tem uma mulher como presidente. De fato, os membros do Sínodo celebraram o primeiro culto com os novos eleitos ontem, domingo, 13 de junho Rita famosa, em Berna. O Presidente do Sínodo, Evelyn Borerrecordou na sua breve introdução os deveres do Presidente: “Tu serás o rosto da CERS na vida pública, nas relações ecuménicas e no diálogo inter-religioso: colocarás a tua vida ao serviço dos seus valores, valendo-te da tua fé”. Além disso, durante a votação realizada no domingo, 13 de junho, o presidente do Conselho Nacional, Andreas Aebi, participou da solenidade e fez um breve discurso aos presentes, destacando o importante papel da igreja protestante para a sociedade. As igrejas irmãs da França e da Alemanha também estiveram presentes, representadas por Jean-François Guery E Frank Kopania. Entre os convidados do ecumenismo internacional estava também o secretário-geral interino do Conselho Mundial de Igrejas (CMI) Ioan Sauca E Mário Fishersecretário geral da Comunhão das Igrejas Protestantes na Europa (CEPE). Os membros da Presidência sinodal – Evelyn Borer, Catherine Berger e o pastor Christian Miaz – acompanhou o público durante a celebração bilíngue. Alguns dias atrás - conforme relatado por Reforma – também na Espanha, pela primeira vez, uma mudança na mesma direção: Caroline Buenoadvogado de 44 anos, foi de fato eleito para dirigir as igrejas protestantes e, a partir de março próximo, assumirá o cargo de Mariano Blazquez no topo da Federação de Entidades Religiosas Evangélicas do Estado Espanhol. ...

Ler artigo
Política, rumo às eleições, valdenses: que prevaleça “o bem das cidades”

Política, rumo às eleições, valdenses: que prevaleça “o bem das cidades”

O culto de abertura do Sínodo 2022. Foto de Daniele Vola Torre Pellice (TO), 26 de agosto de 2022 – A um mês das eleições políticas, o Sínodo das Igrejas Metodista e Valdense, reunido em Torre Pellice (Turim), manifesta sua preocupação com a tendência à radicalização entendida como recusa ao diálogo e a demonização do adversário político e hoje aprovou uma moção para expressar uma "oração pelo bem da cidade" (Jeremias 29). O Sínodo não se pronuncia sobre o mérito do voto - segundo a sua tradição secular e respeitando as distintas áreas entre Igreja e Estado - e ao mesmo tempo espera dos eleitores e eleitores, especialmente dos cristãos, que a sua livre escolha na urna nasce de um discernimento responsável. Por fim, os Valdenses, conscientes de que muitos não votam porque não têm cidadania, têm pedido a favor do alargamento do direito à cidadania, conscientes de que as escolhas pessoais também recaem sobre aqueles que (ainda) não têm direito à escolher. AQUI O TEXTO COMPLETO do Ato do Sínodo_elections_text.docx ...

Ler artigo
Alguém está batendo.  A biblioteca dos direitos civis em Ariccia

Alguém está batendo. A biblioteca dos direitos civis em Ariccia

Roma (NEV), 22 de abril de 2023 – Uma pequena biblioteca especializada na história do Movimento dos Direitos Civis, na história do protestantismo e na música nas igrejas cristãs. É a biblioteca Somebody's Knocking em Ariccia, no Castelli Romani, que leva o nome de uma famosa canção espiritual negra. Nasceu como um projeto do Centro Cultural Protestante Martin Luther King (CCPMLK) em 2018, foi apoiado por Otto per Mille à União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI).A biblioteca possui um catálogo que pode ser utilizado online e está disponível para consulta, com cerca de 1765 textos entre monografias, volumes coletivos, revistas, atas de conferências, publicações históricas, mesmo as de rara disponibilidade.Os temas mais presentes são aqueles relacionados à figura do pastor batista Martin Luther King, Prêmio Nobel da Paz, e ao movimento pelos direitos civis.“O CCPMLK, como muitas outras realidades culturais ligadas ao protestantismo, não só na Itália, tem no centro de sua atividade a divulgação de livros e conhecimentos: teológicos, históricos, filosóficos, direitos humanos e sociais - lê-se na página do registro de Bibliotecas italianas, nas quais a biblioteca está presente e o patrimônio inventariado -. A biblioteca possui uma sala de leitura com seis estações de trabalho, sendo duas com computadores de mesa e acesso wi-fi à internet, fotocopiadora e scanner para envio de pdfs das monografias parciais e artigos que forem solicitados; a sala está equipada com sistema de ventilação contínua, desumidificador e luzes led de baixo impacto ambiental e facilitadores de leitura; um projetor de vídeo para organizar reuniões temáticas e apresentações de livros”. O Martin Luther King Center pretende concluir algumas obras e continuar a apoiar a biblioteca, para tornar o seu acervo de livros o mais utilizável possível. Para o efeito, ativou assim uma angariação de fundos ativa até 31 de maio. Centro Cultural Protestante Martin Luther King | Facebook ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.