Turismo sustentável, as propostas primaveris das casas e pensões valdenses

Turismo sustentável, as propostas primaveris das casas e pensões valdenses

Casa Cares

Roma (NEV), 9 de março de 2023 – Sem ideias para férias nas pontes da primavera? A resposta poderia ser solidária e sustentável, com um fim de semana como hóspedes das casas e pensões valdenses. De facto, algumas estruturas à beira-mar estão a reabrir as suas portas, enquanto as do campo e das cidades de arte, em Florença, Veneza e Roma, continuam operacionais.

Por exemplo, a Casa di Pietra Ligure, na província de Savona, reabrirá no dia 6 de abril.

Já a Casa Cares, na Toscana, perto de Florença, oferece um pacote especial para a Páscoa, para estadias de sexta-feira, 7 de abril de 2023, para jantar, até segunda-feira, 10 de abril de 2023, com trekking, degustações e aulas para aprender a fazer pão.

O jardim da casa valdense em Rio Marina, na Ilha de Elba

Para todas as informações e reservas: www.casevaldesi.it.


Os Case Valdesi, como se pode ler no site casevaldesi.it, são estabelecimentos de alojamento que fazem parte da Diaconia Valdese, entidade eclesiástica sem fins lucrativos que coloca a dignidade da pessoa humana no centro do seu trabalho, assegurando o respeito e o cuidado com absoluta laicidade a quem utiliza os serviços oferecidos, sem distinção de gênero, origem ou cultura.
A Diaconia Valdense, com sede no Piemonte, nos vales valdenses, coordena e administra algumas estruturas e serviços de atendimento e acolhimento da Igreja Valdense na Itália.
Os Case Valdesi são estruturas sem fins lucrativos abertas a todos, onde é possível passar tempo de qualidade a preços razoáveis.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Jovens cristãos europeus.  O curso ecumênico BE1 está em andamento na Dinamarca

Jovens cristãos europeus. O curso ecumênico BE1 está em andamento na Dinamarca

Roma (NEV), 14 de janeiro de 2020 – O curso ecumênico BE1 (“Be One”) acontecerá em Copenhagen, Dinamarca, de 16 a 19 de janeiro de 2020. O curso, promovido em colaboração entre a Conferência das Igrejas Européias (KEK), a Fraternidade Européia da Juventude Cristã, o Comitê para Crianças e Jovens do Conselho Ecumênico da Finlândia e o Conselho Juvenil Dinamarquês, oferece aos jovens cristãos europeus a oportunidade de conhecer o ecumenismo a partir de diferentes perspectivas. Jovens entre 18 e 30 anos de diferentes países e origens culturais se reunirão para quatro dias de intercâmbio e conhecimento. Haverá jogos, momentos de oração, reflexões sobre o ecumenismo e as atividades do CEC, um encontro sobre a Green Church em Rysensteen, participação nos Danish Church Days, momentos de lazer e visitas à cidade e uma noite ecumênica em Lyngby com representantes das igrejas Evangélica Luterana, Apostólica, Adventista do Sétimo Dia, Batista e Católica na Dinamarca. Para mais informações, clique aqui. ...

Ler artigo
Por volta de 10 de outubro, contra a pena de morte

Por volta de 10 de outubro, contra a pena de morte

Roma (NEV), 7 de outubro de 2022 - Em vista do XX Dia Mundial contra a Pena de Morte, celebrado em 10 de outubro, a Ação dos Cristãos pela Abolição da Tortura (ACAT Itália) relança a campanha global Coalizão Mundial. Este dia, explica a ACAT, “une o movimento abolicionista global. Também mobiliza a sociedade civil, líderes políticos, advogados, opinião pública para apoiar o apelo à abolição universal da pena de morte. O dia encoraja e consolida a consciência política e geral do movimento global contra a pena de morte". Vinte anos de mobilização mundial se passaram. Agora “é o momento de considerar e celebrar as conquistas que o movimento abolicionista alcançou. Agora, mais do que nunca, os atores abolicionistas devem continuar trabalhando pela abolição completa da pena de morte em todo o mundo, para todos os crimes”. No dia 10 de outubro de 2022, ainda ilustra a organização cristã, o Dia Mundial será dedicado à reflexão sobre a relação entre o recurso à pena de morte e a tortura ou outros tratamentos ou penas cruéis, desumanos e degradantes. “Os tipos de tortura e outros maus-tratos sofridos durante a longa espera pela pena de morte são vários e numerosos – continua ACAT -. A tortura física ou psicológica foi aplicada em muitos casos durante os interrogatórios para extrair confissões de crimes graves. O fenômeno do corredor da morte contribui para o declínio psicológico de longo prazo na saúde de uma pessoa. As duras condições de vida no corredor da morte contribuem para a deterioração física. Uma possível antecipação da data da execução causa angústia. Por fim, os métodos de execução causam uma dor insuportável aliada ao sofrimento vivenciado pelos familiares e pessoas que têm relações próximas com o executado”. Outro aspecto, muitas vezes subestimado, é o da discriminação com base no sexo, gênero, condição social, idade, orientação sexual, status de minoria religiosa e étnica e muito mais. Estas discriminações, que atingem pessoas mesmo fora dos contextos restritivos, podem “agravar ainda mais o tratamento cruel, desumano e degradante de pessoas condenadas à morte” conclui a ACAT. A PENA DE MORTE EM NÚMEROS(Estatísticas da Anistia Internacional) 110 estados aboliram a pena de morte para todos os crimes. 7 estados aboliram a pena de morte para crimes comuns. 27 estados são na prática abolicionistas. 55 estados ainda aplicam a pena de morte. Os 5 países que mais executaram no mundo em 2021 são, na ordem: China, Irã, Egito, Arábia Saudita e Síria. 28.670 pessoas foram condenadas à morte em todo o mundo no final de 2021. UM GATO A ACAT é uma associação cristã ecumênica. Cometida contra a tortura e a pena de morte, ela trabalha ao lado de todos aqueles que têm os mesmos objetivos e promovem os Direitos Humanos. Fundada formalmente na primavera de 1987, graças à contribuição da igreja valdense de Roma e do movimento "Renascimento Cristão". A filial italiana da Ação dos Cristãos pela Abolição da Tortura se inspira no pastor valdense Túlio Vinay. Vinay foi um dos primeiros na Europa a denunciar a violência sofrida pelos presos políticos no Vietnã. Desde o início, a ACAT optou por operar em uma base ecumênica, reunindo protestantes, católicos, ortodoxos e outras confissões cristãs dispostas a rezar e agir juntos. ACAT adere à Federação Internacional FIACAT. ...

Ler artigo
Dia Mundial de Oração 2019

Dia Mundial de Oração 2019

Detalhe da obra de Rezka Arnuš Roma (NEV), 20 de fevereiro de 2019 - Cultos e encontros de oração serão realizados em mais de 170 países ao redor do mundo por ocasião do Dia Mundial de Oração (GMP) 2019, uma iniciativa ecumênica consolidada organizada por mulheres e destinada a todas as comunidades . O material deste ano foi preparado pelas mulheres cristãs da Eslovênia. A data oficial do dia é sexta-feira, 1º de março, mas também serão realizados eventos e reuniões antes e depois. Na Itália, o GMP é organizado pelo comitê ecumênico presidido por Marialuisa Garçom, da Igreja Metodista de Trieste, que disse à agência NEV: “Até hoje, 20 de fevereiro, temos a adesão de mais de 40 grupos de mulheres de toda a Itália que celebrarão este Dia de Oração. Os materiais de preparação incluem um livrinho com a liturgia, o estudo bíblico, o programa da catequese, uma apresentação em Power Point e as fichas geo-históricas da Eslovênia - explica Cameriero -. Tudo pode ser solicitado enviando um e-mail para [email protected]. Na liturgia são apresentadas 5 mulheres do país, nascidas em diferentes períodos históricos; há quem tenha conhecido o socialismo comunista, depois da Segunda Guerra Mundial, a discriminação religiosa, até aos dias de hoje onde as mulheres ciganas vivem na marginalização social e sem perspetivas, para elas e para os seus filhos, de integração no trabalho e na sociedade”. O tema da Jornada Mundial de Oração 2019, intitulada "Vinde, tudo está preparado", é a parábola do grande banquete do Evangelho de Lucas 14, 15-24, onde Jesus compara o reino de Deus a um banquete. Jesus fala de um homem que havia convidado muitos convidados, mas todos recusaram o convite, com uma desculpa. O senhorio, cheio de indignação, decidiu então hospedar os pobres, marginalizados e deficientes em vez dos convidados, para que a festa ainda pudesse acontecer. A pintura do artista Rezka Arnuš para o Dia Mundial de Oração 2019 O pôster do GMP 2019 foi criado por Rezka Arnuš, artista com visão reduzida, e representa seu país em relação à história bíblica: ao centro, uma mesa repleta de especialidades do país; ao redor, mulheres eslovenas dançando em trajes tradicionais e pessoas com várias deficiências. As arrecadações arrecadadas por ocasião do GMP financiarão projetos na Eslovênia voltados para mulheres, incluindo vítimas de tráfico de pessoas, mulheres desfavorecidas e mães em dificuldade. Em particular, o produto das arrecadações do GMP italiano será doado ao projeto da ONG eslovena "Centro de luta contra o tráfico de seres humanos". “As mulheres receptoras vítimas de tráfico – prossegue Marialuisa Garçom – serão incluídos num curso de formação psicossocial, de saúde e profissional. A ONG também faz o possível para conseguir uma autorização de residência de longa duração”. O GMP nasceu em 1887 nos Estados Unidos da América no rescaldo da guerra de secessão, por iniciativa de um grupo de mulheres protestantes que envolveu mulheres de todas as confissões cristãs, dando vida a um movimento ecuménico mundial. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.