UE e Igrejas protestantes pedem cessar-fogo na Ucrânia

UE e Igrejas protestantes pedem cessar-fogo na Ucrânia

9 de abril de 2017, Botkyrka, Suécia: Domingo de Ramos na Igreja de Tullinge, da Igreja da Suécia.

Roma (NEV), 24 de fevereiro de 2022 – Pare a guerra, imediatamente. A Igreja da Escócia pediu-o há pouco, nesta declaração, na qual “também se junta à Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas, à Federação Luterana Mundial, à Conferência das Igrejas Europeias e ao Conselho Mundial das Igrejas no trabalho conjunto para apoiar as igrejas e o povo ucraniano na busca de uma solução pacífica”.

Senhor WallaceModerador da Assembléia Geral da Igreja da Escócia, disse:

“Nossas orações estão com o povo ucraniano sob ataque e temendo por suas vidas. Apelamos ao governo do Reino Unido para se juntar aos governos de todo o mundo para persuadir conjuntamente todas as partes a concordar com um cessar-fogo e retornar à mesa de negociações imediatamente. Ao mesmo tempo, pedimos ao governo do Reino Unido que prepare uma generosa resposta humanitária para ajudar as pessoas que fogem da guerra. Um plano deve ser preparado agora para receber e reassentar os refugiados do conflito e para ajudar os países vizinhos a responder localmente à crise. A pandemia de Covid e a intensificação da crise climática mostraram-nos que nenhuma catástrofe pode ser isolada e o que afeta uma região afeta-nos a todos”.

O Conselho Mundial de Igrejas também denunciou a denúncia de “qualquer uso de forças armadas mortais para resolver disputas que poderiam ser resolvidas por meio do diálogo”. Em nota assinada pelo secretário geral Ioan Sauca, o organismo ecumênico reafirmou o “diálogo – baseado nos princípios do direito internacional e no respeito às fronteiras nacionais estabelecidas” como “o caminho certo para resolver as tensões que afetam a Ucrânia”. Pedimos o fim imediato das atuais hostilidades armadas e a proteção de todas as vidas e comunidades ameaçadas por esta violência. Pedimos a todas as igrejas-membro e a todas as pessoas de boa vontade em todo o mundo que se juntem a nós em oração pela paz para o povo da Ucrânia e da região.”

A Conferência das Igrejas Européias (KEK), a Federação Luterana Mundial (LWF), a Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas (WCRC) e o Conselho Metodista Mundial (WMC) também estão pedindo orações pela paz para o povo da Ucrânia e da região.

“Este é o momento para as igrejas na Europa e em todo o mundo formarem uma forte aliança de solidariedade com as pessoas que temem o impacto da guerra na Ucrânia. O momento de nos unirmos em oração pelas pessoas que têm o poder de tomar decisões que salvarão vidas e tornarão a paz possível”, disse o secretário-geral do CEC, Jørgen Skov Sørensen.

“Jesus nos chama a ser mensageiros de esperança que trabalham pela paz. Como igrejas cristãs, portanto, exigimos uma redução imediata desse conflito, para que as vidas, os direitos humanos e a dignidade das pessoas na Ucrânia sejam protegidos”, disse o secretário-geral da LWF, pastor Anne Burghardt.

“Como as escrituras nos incentivam a nos afastar do mal e fazer o bem, a buscar e buscar a paz (1 Pedro 3:11), consideramos esse ataque não provocado como um mal e nos esforçamos para fazer tudo o que pudermos para resistir a ele – enquanto também preparamos para ajudar os afetados por ela”, disse a Secretaria Geral Colegiada do WCRC, composta por Hanns Lessing, Philip Peacock e Phil Tanis.

“Apesar do que está acontecendo na Ucrânia, ainda acredito que a comunidade internacional pode fazer a diferença enquanto trabalhamos coletivamente pela paz na região”, disse o secretário-geral do WMC, Rev. Ivan AbrahamsConselho Metodista Mundial WMC.

Em seu apelo à oração pelo povo da Ucrânia e da região, as quatro organizações cristãs observam que o ataque militar ameaça a vida dos ucranianos, bem como a paz em toda a Europa e além. “A crise é urgente e requer atenção e solidariedade da comunidade cristã global”.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)

Notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)

Foto retirada do site aworldofneighbours.org Roma (NEV), 10 de fevereiro de 2022 – Estas são as últimas notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK). Prevenir a violência e proteger os locais de culto O Secretário Executivo para os Direitos Humanos da Conferência das Igrejas Europeias (CEK), Elizabeth Kitanovic, apresentou o projeto Safer and Stronger Communities in Europe (SASCE) em um webinar sobre a prevenção da violência em locais de culto. A iniciativa destaca diferentes experiências de comunidades religiosas para a segurança de locais de culto na Europa e nos Estados Unidos. Webinar patrocinado pela Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (FAMA) dos Estados Unidos. Pré-assembleia regional europeia da CEC A CEC realiza a sua pré-assembleia regional europeia de 25 a 26 de fevereiro de 2022. O tema escolhido para o encontro é "O amor de Cristo move o mundo à reconciliação e à unidade". O encontro é online e conta com a participação de representantes de toda a Europa, tendo em vista a Assembleia Geral do Conselho Mundial de Igrejas (CMI) que acontecerá no final do ano na Alemanha, em Karlsruhe. Para saber mais, clique aqui. Conferência sobre o bem-estar das sociedades e locais de trabalho digitalizados De 10 a 12 de março de 2022, a conferência sobre o "Bem-estar das sociedades e locais de trabalho digitalizados" é realizada em Estrasburgo. Eles organizam a rede Church Action on Labor and Life (CALL) e o CEC. As inscrições estão abertas. Para saber mais, clique aqui. semana do bairro O arcebispo luterano Antje Jackelen, da Igreja da Suécia, convida você para o encontro digital "Uma semana de vizinhos", de 20 a 24 de fevereiro de 2022. O título do encontro é "Mantendo nossa humanidade" e tem como tema principal o compromisso de acolher comunidades em Europa. Descubra mais clicando aqui. A Federação das Igrejas Protestantes na Itália (FCEI), faz parte da Conferência das Igrejas Europeias (KEK). Entre outras coisas, participa anualmente na reunião dos conselhos nacionais das igrejas presentes em vários países europeus. A FCEI também é membro da Comissão de Igrejas para Migrantes na Europa (CCME). ...

Ler artigo
2 de janeiro.  Celebração Ecumênica no zoom

2 de janeiro. Celebração Ecumênica no zoom

Detalhe do cartaz da celebração ecumênica "As nações caminharão no sopro da tua luz", 2 de janeiro de 2022 Roma (NEV), 30 de dezembro de 2021 - A celebração ecumênica "As nações caminharão no sopro da tua luz", inspirada nos versículos bíblicos do profeta Isaías, acontecerá no domingo, 2 de janeiro de 2022, às 15h30. O encontro, via zoom, é promovido pela Federação das Mulheres Evangélicas da Itália (FDEI), pela Secretaria de Atividades Ecumênicas (SAE) e pelos Grupos Populares de Leitura da Bíblia com Soave Buscemi. Além disso, está prevista a participação de mulheres das comunidades de base de várias cidades. Finalmente, as mulheres da Igreja Ortodoxa Romena de Parma trazem sua contribuição com duas canções. Esta celebração centra-se no momento litúrgico do Natal. Já no período de Pentecostes, mulheres de diferentes religiões cristãs quiseram se reunir. É uma das numerosas ocasiões em que as mulheres crentes partilham o seu caminho e os seus dons espirituais. O convite para participar parte do presidente da FDEI, pároco Gabriela Lio. Para solicitar o link: Ao vivo no canal do YouTube: ...

Ler artigo
No mesmo barco.  Conversa espiritual das Igrejas cristãs na Itália

No mesmo barco. Conversa espiritual das Igrejas cristãs na Itália

O primeiro encontro dos representantes das Igrejas cristãs na Itália no contexto da viagem sinodal - 12 de junho de 2023 - foto tirada de Roma (NEV), 14 de junho de 202 – “A 'conversa espiritual' de 12 de junho foi um momento muito significativo: sobretudo pelo número e variedade de igrejas cristãs presentes. Em segundo lugar, pela qualidade da interlocução, que viu todos intervirem de forma muito aberta, sem qualquer constrangimento e conseguindo rapidamente passar da exposição dos seus próprios pensamentos para a troca com os outros participantes. Não é por acaso que, no final, todos manifestaram o desejo de repetir experiências deste tipo. Segundo as Igrejas da Federação, a dimensão assembléia é precisamente o contexto mais fecundo para refletir sobre o caminho ecumênico na Itália, tanto para avaliar o caminho percorrido quanto para traçar suas perspectivas”. Este é o comentário de Daniele Garronepresidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI), um dia depois da primeira "conversa espiritual" de todas as Igrejas cristãs da Itália. Intitulado "No mesmo barco", o encontro foi promovido pela Comissão Episcopal para o Ecumenismo e o Diálogo da Conferência Episcopal Italiana (CEI). Estiveram presentes representantes das igrejas protestantes “históricas” (luteranas, valdenses, batistas…), católicas, ortodoxas, anglicanas, pentecostais. A imagem escolhida para o encontro das Igrejas Cristãs na Itália em 12 de junho de 2023. Eugène Delacroix, A tempestade que se acalma, 1841, Museu de Arte de Kansas City (Estados Unidos) A conversa espiritual ocorre de acordo com uma metodologia precisa. A partir da escuta de cada um, de fato, converge para um "sentimento comum". O resultado é um consenso vivido na reciprocidade. A conversa espiritual desenvolveu-se em três momentos. A primeira, sobre os desafios ao anúncio do Evangelho para as igrejas na Itália. A segunda sobre os desafios ao cristianismo hoje na Itália. A terceira e última sobre o que o Espírito chama a viver juntos. O encontro foi encerrado com uma partilha, com a escolha de uma palavra-chave para comunicar o que foi vivenciado no encontro. Para mais informações, leia o artigo: Primeiro encontro dos representantes das Igrejas cristãs na Itália – Chiesacattolica.it ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.