Ísquia.  Compromisso concreto e espiritual, com o Exército de Salvação

Ísquia. Compromisso concreto e espiritual, com o Exército de Salvação

Foto EdS tirada de armyofsalvezza.org/donations

Roma (NEV), 28 de novembro de 2022 – Ischia está em estado de emergência após o deslizamento de terra de 26 de novembro em Casamicciola. 7 vítimas confirmadas, 5 desaparecidos, centenas de deslocados, este é o balanço provisório.

O Exército de Salvação (SE) está presente na ilha com uma instalação. declara o major Cinzia Walzer-Carpagnanotambém em nome do Chefe do Comando EdS Itália & Grécia, Tenente Coronel André Morgan: “Assim que recebemos a informação sobre o deslizamento, entramos em contato com o Tenente Auxiliar Ilaria Castaldoa nossa referência na ilha”.

“A ilha está em estado de choque – diz a própria Castaldo, que também é responsável pela Casa Concordia em Forio d’Ischia – Nossa estrutura não foi danificada, mas esta tragédia preocupa a todos nós. Como os edifícios são declarados inabitáveis, o número de pessoas deslocadas está aumentando. As pessoas que ficaram em casa tiveram que abandoná-las. As pessoas são acomodadas em hotéis e pousadas, mas nem todos podem fornecer refeições. Uma rede de solidariedade já está sendo ativada, e mensagens de pedidos de ajuda continuam chegando”.

Exército de Salvação – Casa Concordia em Forio d’Ischia

A major Cinzia Walzer-Carpagnano continua: “À primeira vista, a gente se sente desarmado. Agradecemos à Protecção Civil e ao Governo por terem acionado de imediato. Queremos fazer a nossa parte, principalmente no médio prazo, quando a atenção será menor, mas as situações incômodas permanecerão. Podemos contar com contactos e redes já activadas anteriormente, com igrejas, paróquias, associações locais. Já estamos presentes na ilha há algum tempo e isso possibilita uma ajuda mais concreta”. E acrescenta: “Agradecemos também a disponibilidade e perspicácia do nosso Tenente no local. Ajudar meninos e meninas, tentando oferecer apoio às famílias, é a nossa pequena forma de ajudar a superar o trauma vivido”.

O espírito é o do projeto internacional “Angel Tree”, que envolve o Exército de Salvação há anos. “É um projeto para presentear meninos e meninas de famílias carentes com presentes de Natal. Exige uma longa preparação, e neste caso não há tempo para a realizar como habitualmente, mas ainda assim tentaremos contactar as famílias da zona, através das nossas redes, para saber a idade das crianças e trazer um presente de Natal para eles, mesmo nessas condições difíceis. Novas portas se abrirão e o Exército de Salvação, como potência nacional, apóia financeiramente esse tipo de emergência com a ajuda das igrejas locais. Devemos pensar imediatamente nas necessidades das pessoas”, continua Walzer-Carpagnano.

Assim como o Exército de Salvação, Castaldo continua: “Pretendemos focar no que não é considerado essencial, portanto brinquedos, giz de cera, fraldas. Como já fizemos no passado, juntamente com a Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI). Estamos orientados a trazer um presente tangível para quem não tem mais nada do que tinha, principalmente quando se pensa na infância”.


Oração para Ischia

A corrente de solidariedade está ativa, assim como a proximidade e as condolências às vítimas. Entre as mensagens dessas horas, o convite à oração do pároco batista Abril Máximo, que compartilhou nas redes sociais uma espécie de proposta litúrgica “pessoal e ecumênica”. Inicia com a seguinte invocação: “Obrigado, Senhor, pela extraordinária riqueza desta magnífica ilha. Na sua particular constituição morfológica, foi e continua a ser muito generoso, oferecendo a quem lá vive muitas oportunidades de trabalho, e a quem vem visitar, para refrescar o corpo e a alma, com as suas inúmeras termas, com a beleza do seu mar , e com muitas oportunidades para excursões históricas e cênicas. Obrigado por esta terra que carrega paixão e fogo em suas veias, mas que também é frágil e, portanto, carente de proteção e respeito. Obrigado pelos jardins de La Mortella e pelo castelo aragonês, pelo Monte Epomeo e pelo Lacco Ameno, por Casamicciola e Ischia Porto, por Forio e pelos muitos spas”. Na confissão do pecado, lemos: “Confessamos a você que cometemos um grave pecado contra esta terra: estupro em série”. A liturgia continua com palavras de consolo e perdão, de esperança e consciência, de bênção.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Função pública, rankings publicados

Função pública, rankings publicados

John Schnobrich, unsplash Roma (NEV), 21 de abril de 2022 – Já foram publicados os rankings das seleções dos projetos de Serviço Público Universal da Organização da Diaconia Valdense - Comissão Sinodal para a Diaconia e das instituições parceiras de acolhimento. No site no endereço constam os nomes das pessoas que participaram da seleção, com as respectivas pontuações. Dois em particular serão os jovens que prestarão seu serviço como voluntários para a Federação das Igrejas Evangélicas na Itália, em particular em Roma, para o Mediterranean Hope, o programa de migrantes e refugiados da FCEI. O lançamento dos projetos está previsto para 27 de junho “mas será confirmado após verificações e aprovação da Secretaria de Políticas de Juventude e da Universalidade”, diz o site. artigo anteriorEntrevista com Giovanni Arcidiacono, presidente da União Batista da ItáliaPróximo artigoSobre crimes de guerra Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo
11 de junho.  Culto Educacional e Educacional Domingo

11 de junho. Culto Educacional e Educacional Domingo

Detalhe de uma imagem para a "Escola Dominical", revista editada pelo Serviço de Educação e Educação (SIE) da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI) Roma (NEV), 7 de junho de 2023 – No próximo dia 11 de junho é o domingo dedicado à Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI). O acervo arrecadado durante os cultos das igrejas Valdenses e Metodistas presentes na Itália irá para o sustento das atividades do Serviço de Educação e Educação (SIE). A SIE se ocupa da educação bíblica e da formação das novas gerações por meio de materiais, conferências, seminários e colaborações na Itália e no exterior, com enfoque não confessional e interdisciplinar. Entre outras coisas, a SIE edita a revista "La scuola Domenicale", para apoiar o ensino nas escolas dominicais italianas e também nas escolas públicas da Suíça de língua italiana. “Queremos agradecer a todas as pessoas que apoiaram e apoiam o trabalho teológico, pedagógico e intercultural da SIE. Nosso serviço coloca meninos e meninas no centro, cria um diálogo intergeracional ativo e atento aos valores universais, conecta pessoas e ideias, nas igrejas como na vida cotidiana - disse o coordenador do SIE, Gian Mario Gillio -. Obrigado, portanto, àqueles que nos apoiarão indo aos cultos nas igrejas metodista e valdense no próximo domingo, mas também àqueles que nos ajudam dia a dia na elaboração e compartilhamento de conhecimento, como aconteceu no recente encontro de formação em Igrejas e intercultura". A SIE também desenvolve ferramentas para a participação ativa de meninos e meninas em momentos de canto, oração e reflexão bíblica. Trata da formação bíblica e atualização em metodologias de ensino bíblico para meninos e meninas. Finalmente, mantém contato com as igrejas da FCEI e com outras realidades do mundo evangélico, na Itália e no exterior. A "Catequese" é uma revista semestral que abrange uma faixa etária de 3 a 13 anos e busca narrar a história bíblica com metodologias que possam acolher e estimular os questionamentos de meninos e meninas sobre Deus, o mundo, sobre a vida e a fé, respeitando as diferenças presentes nas diversas fases do desenvolvimento cognitivo. Para mais informações, clique aqui. ...

Ler artigo
Torre Pellice, berço da Europa.  O primeiro dia #senzasinodo

Torre Pellice, berço da Europa. O primeiro dia #senzasinodo

A crônica da primeira noite pública da revista #senzasinodo e o vídeo completo da inauguração dos eventos que acontecem na Torre Pellice até 30 de agosto A moderadora da Mesa Valdense Alessandra Trotta, na reunião de abertura da resenha #senzasinodo Roma (NEV/Riforma.it), 25 de agosto de 2020 – Ontem à noite, segunda-feira, 24 de agosto, aconteceu a primeira noite de «Gerações e Regenerações», a semana organizada pelas igrejas metodistas e valdenses da província de Turim. Ele fala sobre isso neste artigo sobre Reforma Gian Mario Gillio. Neste link você pode acompanhar a web ao vivo da resenha #senzasinodo, ler e baixar o programa completo dos encontros que acontecerão até o próximo domingo nos vales valdenses.Aqui está o vídeo completo da inauguração na segunda-feira, 24 de agosto: artigo anteriorSemana #semsínodo. Recomeçar da escuta para reconstruir o paísPróximo artigoSemana #semsínodo. Trotta: estamos aqui para inovação, cooperação e desenvolvimento Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.