#SPUC2020.  Oração ecumênica pela unidade dos cristãos no Parlamento Europeu

#SPUC2020. Oração ecumênica pela unidade dos cristãos no Parlamento Europeu

Foto CEC

Roma (NEV), 23 de janeiro de 2020 – Por ocasião da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (SPUC), a Conferência das Igrejas da Europa (KEK), juntamente com a Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia (COMECE), realizou ontem uma oração ecuménica ao Parlamento Europeu.

Apresentado pelo deputado Peter van Dalena oração ecumênica teve como tema “Eles nos mostraram uma bondade incomum” e foi conduzida pelo Pe. Aloisprior da comunidade de Taizé, com contribuições do presidente da COMECE, cardeal Jean-Claude Hollerich e o presidente do CEC, pastor Christian Krieger.

Dirigindo-se a representantes políticos e religiosos, os presidentes da CEC e da COMECE sublinharam a importância da união em tempos difíceis. Eles rezaram juntos para superar as divisões e promover a reconciliação em toda a Europa.

Mairead McGuinnessprimeiro vice-presidente do Parlamento Europeu e responsável pela aplicação do artigo 17.º do TFUE (artigo do Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia relativo ao diálogo com as organizações religiosas e não confessionais), sublinhou o importante papel que as Igrejas desempenham nas comunidades das sociedades e sua contribuição para alimentar a esperança.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Testamento vital.  Um contador na igreja metodista de Pádua

Testamento vital. Um contador na igreja metodista de Pádua

Roma (NEV), 2 de fevereiro de 2011 – Também nas dependências da Igreja Evangélica Metodista de Pádua abre uma agência para depositar o testamento vital. Dentro da União das Igrejas Metodistas e Valdenses, é a sexta administrada diretamente pelas comunidades locais, depois de Turim, Milão, Trieste, Nápoles e Roma, enquanto outras comunidades, como a Metodista de Udine, estão engajadas em projetos de coleta junto com o Associação Luca Coscioni e Associação Per Eluana (ver NEV 4/11). A iniciativa, apresentada ao público ontem à noite, contou com a participação da pároca da comunidade, Caterina Griffante, que comentou a noite da seguinte forma: "Pelo número de pessoas, pela qualidade das intervenções no debate e pelo ambiente geral, o tema responde evidentemente a uma necessidade concreta do povo, crente e não crente. Pareceu-me uma boa forma de testemunho, em linha com o que já foi aprovado pelo nosso Sínodo em 2007”. A noite contou com a presença de Daniele Busetto, membro da Comissão de Bioética da Mesa Valdense; o pastor Gianni Genre, ex-moderador da Mesa Valdense; e a psicóloga Germana Englaro, prima de Eluana e sobrinha de Beppino Englaro. As implicações legais foram esclarecidas pelo advogado Giorgio Favaro, enquanto o pároco Griffante destacou a laicidade da iniciativa. Durante a noite, o Pr. Genre quis recordar como existe há algum tempo um acordo conjunto entre as igrejas católica e evangélica na Alemanha sobre a oportunidade de expressar as próprias provisões para o fim da vida (ver notícias a seguir). “Somente a Igreja Católica italiana ainda insiste que a vida biográfica é equivalente à vida biológica. Como igrejas valdenses e metodistas, não expressamos uma posição diferente da Conferência Episcopal Alemã. Um fato que ao menos deveria fazer refletir nossos deputados, que nos próximos dias se preparam para discutir o projeto de lei de Calabrò”. Um projeto de lei definido pelo próprio Genre como “assustador”: “O proposto pelo texto de Calabrò é um passe para a obstinação terapêutica. Uma lei coercitiva que espero nunca ver a luz do dia. Neste ponto é preferível manter o vácuo legislativo e remeter para os precedentes jurisprudenciais que também existem, e que têm garantido proteção adequada aos pacientes em questão”. O balcão abrirá de 25 de fevereiro às 17 a cada três semanas na igreja metodista no Corso Milano em Pádua. ...

Ler artigo
Ecumenismo.  A partir de 28 de maio, em Novi Sad, a pré-assembleia da juventude europeia do KEK

Ecumenismo. A partir de 28 de maio, em Novi Sad, a pré-assembleia da juventude europeia do KEK

Novi Sad; foto do site KEK Roma (NEV), 15 de maio de 2018 – Os jovens guiarão os trabalhos da XV Assembleia Geral da Conferência das Igrejas da Europa, que será inaugurada em 15 dias em Novi Sad (Sérvia). De 28 a 31 de maio, a cidade sérvia, capital da região de Vojvodina, está de fato marcada para a pré-Assembléia dos jovens, acompanhada também pelo lema "Sereis minhas testemunhas" retirado do livro dos Atos da Apóstolos (1:8). Jovens de todos os cantos da Europa e pertencentes a diferentes tradições cristãs discutirão sua visão da Europa em torno de três áreas principais: testemunhar de Cristo, apoiar a justiça, demonstrar aceitação. Da discussão resultará um documento que será apresentado à Assembleia Geral no domingo, dia 3 de junho, durante o debate sobre o "Futuro da Europa" que contará com a presença, entre outros, do patriarca de Constantinopla, Bartolomeu Io Arcebispo de Canterbury, Justin Welbye o vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans. O programa da pré-Assembleia Juvenil inclui uma perspetiva histórica sobre o CEC e a Igreja Ortodoxa Sérvia que acolhe o evento, e momentos de formação sobre o funcionamento da Assembleia, em que várias raparigas e rapazes vão participar como delegados ou como mordomos. Entre os oradores oficiais da assembléia, ele também figura Lisa Schneiderrepresentando o Conselho Ecumênico para a Juventude na Europa (EYCE). A pré-Assembléia dos jovens terminará na manhã do dia 31 de maio; na tarde do mesmo dia, terá início a XV Assembleia Geral do CEC com a sessão plenária inaugural e um culto de abertura a realizar no centro da cidade. a Assembléia terminará em 5 de junho. (Libra) ...

Ler artigo
Começa a campanha de oito por mil da igreja valdense

Começa a campanha de oito por mil da igreja valdense

Roma (NEV), 2 de maio de 2022 – Um professor, dois arqueiros paraolímpicos, um agricultor, um cavaleiro, um cozinheiro, uma enfermeira, um logístico, um músico, um disc jockey: estes são os testemunhos da campanha para o 8 por mil para as Igrejas Valdense e Metodista programadas para começar em 8 de maio. O site chiesavaldese.org dá a notícia. A campanha, idealizada pelos criativos da Web&Com, é composta por comerciais de televisão e rádio, intervenções em redes sociais, outdoors e anúncios na imprensa. "Muitos se inscrevem na Igreja Valdense e você também encontrará um motivo para isso", diz a afirmação, seguida das declarações de quem explica sua escolha: "Quero ser coerente com minhas escolhas", "Não são preconceituoso", "Porque eu fido" são alguns dos motivos. “Porque é uma Igreja sem preconceitos e a serviço dos outros”, conclui o radialista e performer Diego Passoni. Junto com a atriz Lella Costa, Diego Passoni ele também é o protagonista de um dos comerciais de rádio em favor de Otto per Mille por uma igreja que apóia quem está comprometido com os outros, sem perguntar onde nasceu, se acredita ou quem ama. É "L'altro 8 per mille", destinado exclusivamente a intervenções humanitárias, educacionais, culturais e de ajuda ao desenvolvimento, na Itália e no exterior. “A campanha – explica Alessandra Trotta, moderador do Tavola Valdese – confirma a nossa escolha de gerir os fundos 8 por mil com a máxima transparência, financiando mais de mil projetos avaliados com critérios de sustentabilidade, eficácia e profundidade ética. Há anos que reunimos a assinatura e a confiança de muitos contribuintes que reconhecem a qualidade das nossas intervenções e valorizam o nosso compromisso para com os direitos de todos os homens e mulheres, contra a discriminação e exclusão social. É graças a estas assinaturas, prossegue, que conseguimos lançar inúmeras ações de apoio aos idosos e deficientes, às mulheres vítimas de violência e à redenção daquelas que a sociedade considera perdidas; projetos-piloto como corredores humanitários para refugiados em condições vulneráveis ​​e atividades culturais e educacionais, muitas vezes em áreas de risco de marginalização social ou conflito armado". "Para a nossa Igreja - conclui o moderador da Mesa Valdense - é uma das formas de afirmar e praticar o compromisso de contribuir para a paz, a justiça e a proteção da Criação, com a força da esperança contra a esperança que está enraizada na nossa fé e ao lado de muitos companheiros de viagem de uma humanidade bela, aberta e solidária: uma humanidade que muitas vezes não faz barulho, de que as notícias não falam, mas que existe e resiste”. As quantias totais recebidas em 2021 graças a 8 por mil foram de 42,6 milhões de euros, determinadas por 538.146 assinaturas a favor das Igrejas valdenses e metodistas. Com esses recursos, as Igrejas valdenses e metodistas financiaram projetos na Itália destinados a: melhorar as condições de vida de pessoas com deficiência física e mental (19,1% do total), promover o bem-estar e o crescimento de menores (18,7%); atividades culturais (14,5%), acolhimento e inclusão de refugiados e migrantes (9,3%); intervenções de saúde e protecção da saúde (8,7%). No exterior, a maioria dos projetos apoiados concentra-se em África, Médio Oriente e América Latina, num total superior a 12,5 milhões de euros. Dados e detalhes sobre as atividades financiadas estão disponíveis no site www.ottopermillevaldese.org. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.