Em 24 passos rumo ao Natal, o calendário do Advento CELI

Em 24 passos rumo ao Natal, o calendário do Advento CELI

Roma (NEV), 2 de dezembro de 2020 – Quatro semanas de preparação para o nascimento do Senhor. A Igreja Evangélica Luterana na Itália (CELI) propõe seu calendário do Advento.

“Um período marcado pelo silêncio, mesmo que muitas vezes não seja assim. Este ano, porém, o Advento será verdadeiramente silencioso – lê-se no site luterano -. A alegre antecipação do Natal é ofuscada pelas notícias diárias de um aumento nas infecções por coronavírus, no número de mortes e na preocupação com os entes queridos, próximos e distantes. O Natal não é apenas a alegria do nascimento do Filho de Deus, mas também o calor da festa familiar mais importante do ano. Este ano não só as igrejas vão estar (mais) vazias, como também os locais à volta da árvore de Natal. No entanto, os pastores, pregadores e pregadores da Igreja Evangélica Luterana na Itália gostariam de evocar todos os dias um pouco da luz e da atmosfera do Advento nos corações. Compartilhar um versículo da Bíblia, uma oração, uma história do Advento, uma meditação ou uma memória”.

Aqui o link para o calendário do CELI.

“Advento – escreve no site do CELI Heiner Bludau, Decano da Igreja Evangélica Luterana na Itália – do latim adventus, que significa chegada. No Advento, nós cristãos somos confrontados com a vinda de Cristo de duas maneiras. Com o nascimento de Cristo, “a Palavra de Deus se fez carne” diz a Bíblia (João 1:14). Isso significa que Deus e seu reino chegaram muito perto de nós. Algo começou cuja conclusão ainda está por vir. Enquanto confessamos e pedimos rezando o Credo e o Pai Nosso, em algum momento o Reino de Deus será concluído, Cristo prometeu que Ele voltará. Este é o segundo aspecto da vinda a que se refere o Advento. O Advento visto como um período de Paixão (Quaresma) não extinguiria nossa alegria. Pelo contrário, poderia levar-nos a experimentar uma alegria ainda mais profunda. […] Um advento vivido como um período de paixão/quaresma não significaria necessariamente um convite a desistir de tudo. Mas o abandono de alguns hábitos quotidianos não poderia criar um espaço livre para nos dedicarmos à Palavra de Deus, ajudando-nos a captar a mensagem do Advento não só com a mente, mas também e plenamente com a alma? Se dermos à Palavra de Deus uma chance de se ativar dentro de nós, ela poderá desencadear uma alegria muito maior do que a que experimentamos por meio de nossas tradições natalinas. Neste sentido, desejo a todos um abençoado Advento”.

Muitas ideias, portanto, do mundo protestante, para contar os dias que nos separam do Natal e sobretudo para refletir, neste período pré-feriado. Ontem, 1º de dezembro, falamos sobre outros dois calendários do Advento, o da Igreja Valdense de Turim e o da FGEI.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Domingo 31 de maio em RaiDue o culto de Pentecostes no Eurovision

Domingo 31 de maio em RaiDue o culto de Pentecostes no Eurovision

Roma (NEV), 26 de maio de 2020 – O culto evangélico de Pentecostes será realizado no domingo, 31 de maio, no RaiDue, a partir das 10h. Eurovisão ao vivo da igreja luterana da Ascensão em Paris, no coração do bairro de Batignolles, o culto em sua edição italiana é editado pela coluna Protestantismo. "No bom caminho para edificar o corpo de Cristo" é o título escolhido para esta nomeação. “Devido à covid-19, os líderes religiosos e o governo francês estabeleceram que a reabertura dos locais de culto será gradual – lê-se na apresentação do Especial Protestantismo -. Será, pois, um culto excecional, celebrado no cumprimento das medidas sanitárias de combate à pandemia”. O sermão, descrito como "uma mensagem de esperança, alegria e resistência ancorada em Cristo", é do presidente da Federação Protestante da França (FPF), pastor François Clavairoly; a parte litúrgica é dirigida pelo pároco Victor Adzra, capelão nacional das instituições de saúde e médico-sociais; os representantes das igrejas que aderem à FPF também participam com leituras, testemunhos e orações. Haverá momentos musicais e cânticos de louvor para a celebração de Pentecostes. Para rever os episódios do protestantismo acesse o site: VIDEO Protestantismo no Facebook Endereço de e-mail: [email protected]; [email protected] ...

Ler artigo
Luteranos.  Reitor Carsten Gerdes no Sínodo Valdense: o arco-íris de Deus

Luteranos. Reitor Carsten Gerdes no Sínodo Valdense: o arco-íris de Deus

O Reitor do CELI, Pastor Carsten Gerdes falou hoje durante os trabalhos do Sínodo Valdense: somos, como protestantes e recordando os cinquenta anos do Acordo de Leunberg, o arco-íris de Deus. O reitor do CELI, acompanhado de sua esposa, Magdalena Tiebel-Gerdes, pároca da Comunidade de Ispra-Varese, trouxe as saudações do CELI, ou melhor, das quinze comunidades luteranas da Itália. Carsten Gerdes recordou as dificuldades que as Igrejas também enfrentaram durante a pandemia. “Nem tudo correu bem – disse Gerdes – perdemos amigos, comunidades, entes queridos, empregos, etc...” Mas talvez, continuou o Reitor, como Igrejas estejamos conscientes de que muita coisa na nossa vida quotidiana precisa de ser mudada. Ser Igrejas pequenas, sublinhou, não nos isenta de rejeitar o apelo ao compromisso com a criação e as alterações climáticas. Recordando o 50º aniversário do Acordo de Leunberg, o Reitor do CELI quis recordar o arco-íris como símbolo do mundo protestante. “Somos um arco-íris que é acima de tudo uma ponte colorida, sempre semelhante mas sempre diferente, que liga as pessoas umas às outras. Um símbolo que nos fala não só das diversidades que convivem e juntas revivem a sociedade, mas do quanto a multiplicidade de cores, sensibilidades e diversidades deve ser defendida por quem a quer reduzir a uma única cor. Por aqueles que querem transformar as nossas sociedades e as nossas comunidades, a Europa, numa fortaleza «monocromática»”. Leia no site do CELI ...

Ler artigo
Política, rumo às eleições, valdenses: que prevaleça “o bem das cidades”

Política, rumo às eleições, valdenses: que prevaleça “o bem das cidades”

O culto de abertura do Sínodo 2022. Foto de Daniele Vola Torre Pellice (TO), 26 de agosto de 2022 – A um mês das eleições políticas, o Sínodo das Igrejas Metodista e Valdense, reunido em Torre Pellice (Turim), manifesta sua preocupação com a tendência à radicalização entendida como recusa ao diálogo e a demonização do adversário político e hoje aprovou uma moção para expressar uma "oração pelo bem da cidade" (Jeremias 29). O Sínodo não se pronuncia sobre o mérito do voto - segundo a sua tradição secular e respeitando as distintas áreas entre Igreja e Estado - e ao mesmo tempo espera dos eleitores e eleitores, especialmente dos cristãos, que a sua livre escolha na urna nasce de um discernimento responsável. Por fim, os Valdenses, conscientes de que muitos não votam porque não têm cidadania, têm pedido a favor do alargamento do direito à cidadania, conscientes de que as escolhas pessoais também recaem sobre aqueles que (ainda) não têm direito à escolher. AQUI O TEXTO COMPLETO do Ato do Sínodo_elections_text.docx ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.