A necessidade de construir uma nova igreja e um novo mundo

A necessidade de construir uma nova igreja e um novo mundo

Foto Dimitri Karastelev – Unsplash

Roma (NEV), 27 de abril de 2020 – Ao final do “culto via Zoom” (ZoomWorship) de ontem, após a pregação do presidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI), pároco Luca Maria Negroe a pastora Dorothea Mülller, membro da Mesa Valdense, os quase trezentos participantes puderam compartilhar algumas orações. Dentre elas, destacamos a invocação de Irene Grassimembro da igreja valdense de Pisa, que lida com comunicação e arrecadação de fundos na vida.

“Deus de amor,
venha visitar-nos nas casas das quais não podemos sair – ou das quais olhamos rapidamente, cautelosamente, com os rostos tapados.

Venham abraçar-nos um a um, positivos e negativos, doentes e assintomáticos, trabalhadores essenciais e mães trabalhadoras inteligentes, desempregados e contribuintes, raparigas e rapazes com o nariz encostado à janela.

Venha nos recolher do sofá, ou do chão, apertar nossas mãos com força, sacudir, soprar.
Floresça nele.

Venha e sente-se em nossas bolhas de quase dois metros e prepare-nos para quando, em breve, encontraremos as glicínias murchas e nossos companheiros a uma distância segura.

Venha puxar nossos cabelos quando esquecemos que os outros não são nossos vizinhos, nós somos seus vizinhos: o corredor, a policial, a enfermeira, o traficante, a moradora de rua, o presidente Conte.

Venha desvendar nossas Bíblias e nos mostrar a Palavra que pensávamos conhecer. Vem tomar-nos pela mão e levar-nos para fora, para combater a injustiça, a violência, a opressão, e depois a solidão, a angústia, a dor, respeitando a distância física, e por isso com mais força, com mais audácia, com mais firmeza.

Venha e sente-se em nosso lugar na igreja, quando voltarmos à igreja, para que possamos ser forçados a vagar procurando um novo lugar; para nos convencer da necessidade de construir uma nova igreja, um novo mundo, um gosto – totalmente melhorável! – daquele dia em que o Teu Reino virá, quando finalmente seremos curados.

Até lá, que o Teu Espírito nos guie e perfure todas as máscaras.”

Detalhe dos vitrais de Paolo Paschetto na igreja valdense na Piazza Cavour em Roma

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Reforma do atendimento ao idoso não autossuficiente, carta aberta da Diaconia

Reforma do atendimento ao idoso não autossuficiente, carta aberta da Diaconia

Photo Hunt Han, unsplash Roma (NEV), 22 de junho de 2022 – Até o verão, o governo deve apresentar o projeto de lei que habilita a reforma da assistência aos idosos não autossuficientes. Por isso, o CDS da Diaconia Valdense com as organizações do "Pacto por um novo assistencialismo na não autossuficiência" dirigiu ao executivo, dias atrás, uma carta aberta ao Presidente Mario Draghi e aos ministros Robert Hope E André Orlando. “É um momento decisivo para os 3,8 milhões de idosos não autossuficientes e suas famílias”, sublinha a Diaconia. Em particular, os "especialistas" neste sector defendem a criação de um Sistema Nacional de Assistência ao Idoso (SNA), que inclua todas as medidas públicas - de carácter social e sanitário - de assistência aos idosos não auto-suficientes. Desta forma, explicam os promotores da iniciativa, “a atual fragmentação das intervenções seria ultrapassada para a construção de um sistema único integrado de não autossuficiência. Além disso, haveria uma simplificação porque o acesso ao SCN é determinado por uma única avaliação nacional, que absorve todas as existentes hoje. No entanto, significaria atribuir a este setor, até então negligenciado, a necessária legitimidade institucional e política”. O pastor presidente da Diaconia Valdense CSD Francisco Sciotto ele declara: “Queremos, junto com outros, uma reforma que atenda às necessidades dos idosos e de suas famílias. Sempre lidamos com os idosos e lidamos com eles todos os dias ouvindo-os e suas famílias e entendemos a urgência de implantar um Sistema Nacional de Assistência ao Idoso”. O "Pacto por um Novo Bem-estar na Não Autossuficiência" reúne 48 organizações da sociedade civil envolvidas na assistência e proteção de idosos não autossuficientes em nosso país: representa os idosos, suas famílias, aposentados, associações profissionais e indivíduos que oferecem serviços. Aqui a íntegra da carta aberta enviada pelas associações ao executivo. ...

Ler artigo
um compromisso escrito na pele

um compromisso escrito na pele

À esquerda, a tatuagem da palavra filoxenia em grego Novi Sad (NEV), 2 de junho de 2018 – Há quem escreva seu amor na pele, tendo o nome da pessoa amada tatuado no corpo. Aconteceu também na Conferência das Igrejas da Europa (KEK), em Novi Sad (Sérvia, 31 de maio – 5 de junho). Em resposta à mensagem do estudo bíblico sobre o tema da hospitalidade, proferida pelo pároco Luca Maria Negropresidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), um jovem participante do encontro europeu teve a palavra tatuada no braço filoxenia – amor, amizade para o estrangeiro – central no discurso do negro sobre a hospitalidade. Patriarca Inácio Afrém II; foto CEC. A hospitalidade foi o tema de todo o dia de ontem, 1 de junho. Além de negro, ele falou sobre isso Inácio Aprhem IIPatriarca de Antioquia da Igreja Siríaca Ortodoxa. “A hospitalidade é inerente ao ser cristão. A natureza de Deus é o amor e como cristãos devemos aprender com o nosso Mestre celestial”, disse o patriarca que sublinhou como o Oriente Médio tem uma longa história de hospitalidade que começa desde os tempos da Bíblia e chega até os dias atuais. “Hoje – recordou Aphrem II – um terço da população do Líbano é composta por refugiados sírios” que encontraram refúgio naquela nação. O pastor Meletis Meletiadis; foto CEC. O pastor também falou sobre hospitalidade Meletis Meletiadisilustrando o compromisso da Igreja Evangélica Grega com os migrantes: "Queremos que a sua primeira experiência na Europa seja de acolhimento, amizade, respeito e dignidade". Finalmente, a Assembleia saudou com gratidão Doris Peschke que após anos de serviço deixa o secretariado geral da Comissão das Igrejas para os Migrantes na Europa (CCME). ...

Ler artigo
A Espera – Neve

A Espera – Neve

Roma (NEV), 5 de dezembro de 2022 – O podcast – calendário chama-se “L'Attesa”do Advento, idealizado e criado por Pedro Ciacciopastor metodista e membro do Conselho da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, juntamente com o Confronti Review and Study Center, com direção e pós-produção de Márcia Coronati. [embed]https://www.youtube.com/watch?v=XtB5G5IAUNA[/embed] Aqui você pode ouvir os 24 episódios da história do rádio. Hoje, 5 de dezembro, o episódio dedicado à figura de Giuseppe. artigo anteriorPluralismo religioso na ItáliaPróximo artigoRevistas de cultura para "Mais livros mais grátis" Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.