Exército da Salvação.  Há 132 anos ao lado das pessoas

Exército da Salvação. Há 132 anos ao lado das pessoas

Roma (NEV), 18 de novembro – O Exército de Salvação na Itália (EdS) apresentará seu Relatório de Atividades em Roma no dia 21 de novembro. O anúncio foi feito pelo próprio EdS em um comunicado à imprensa.

O tenente-coronel Massimo Tursi, chefe do Comando do Exército de Salvação na Itália, declarou: “Em um momento de grande dificuldade de vida, principalmente no campo social e econômico, atuamos, como sempre, há mais de 132 anos em nosso país, estar perto das pessoas, perto e concretamente para ajudar o próximo. O relatório-balanço de nossas atividades ilustrará ações, dados, números e perspectivas para 2020”.

A EdS é uma associação de caridade e culto de inspiração cristã-protestante que apoia cerca de 60.000 pessoas, famílias e indivíduos, em situações de dificuldade e sofrimento em toda a Itália. O Relatório é um verdadeiro “balanço social do ano que acaba de terminar”, lê-se no comunicado. Para a ocasião, a EdS vai propor “um encontro-debate dinâmico entre personalidades do mundo académico, social e religioso, apresentado por Eleanor Camillijornalista da ‘Editora Social’”.

A manhã será aberta com as saudações institucionais e a intervenção do Tenente Coronel Massimo Tursi. Eles também vão participar Frances Danishgerente de relações públicas da EdS, o pároco Luca Maria Negropresidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), Antonieta CosentinoProfessor de Economia de Empresas sem fins lucrativos na Universidade de Roma – La Sapienza, Roberto Panzaranipresidente do Comitê Científico do Fórum do Terceiro Setor do Lazio e professor de Gestão da Inovação em várias universidades italianas e estrangeiras, Sandra Huesca Ávila, educador e formador. Seguir-se-á um “microfone aberto” para instituições, associações e voluntários.

A apresentação do Relatório de Atividades 2018 e da Carta de Serviço do Exército de Salvação na Itália será realizada na quinta-feira, 21 de novembro, entre as 9h30 e as 13h30 na via degli Apuli, 41 em Roma.


Fundada pelo pastor metodista William Booth, a EdS está presente em mais de 130 países com aproximadamente 1 milhão de associados. Entre suas obras sociais: escolas, lares infantis, albergues para desabrigados, hospitais, programas de emergência para desastres. Recentemente, as Cúpulas Mundiais do Exército de Salvação foram recebidas por Papa Francisco no Vaticano, que lhes agradeceu por seu trabalho em favor dos mais pobres do mundo e, em particular, pela atividade caritativa e moral no território romano. A EdS está presente na Itália desde 1887 e é membro da FCEI.

Para mais detalhes: www.Esercitodellasalvezza.org

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

um compromisso escrito na pele

um compromisso escrito na pele

À esquerda, a tatuagem da palavra filoxenia em grego Novi Sad (NEV), 2 de junho de 2018 – Há quem escreva seu amor na pele, tendo o nome da pessoa amada tatuado no corpo. Aconteceu também na Conferência das Igrejas da Europa (KEK), em Novi Sad (Sérvia, 31 de maio – 5 de junho). Em resposta à mensagem do estudo bíblico sobre o tema da hospitalidade, proferida pelo pároco Luca Maria Negropresidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), um jovem participante do encontro europeu teve a palavra tatuada no braço filoxenia – amor, amizade para o estrangeiro – central no discurso do negro sobre a hospitalidade. Patriarca Inácio Afrém II; foto CEC. A hospitalidade foi o tema de todo o dia de ontem, 1 de junho. Além de negro, ele falou sobre isso Inácio Aprhem IIPatriarca de Antioquia da Igreja Siríaca Ortodoxa. “A hospitalidade é inerente ao ser cristão. A natureza de Deus é o amor e como cristãos devemos aprender com o nosso Mestre celestial”, disse o patriarca que sublinhou como o Oriente Médio tem uma longa história de hospitalidade que começa desde os tempos da Bíblia e chega até os dias atuais. “Hoje – recordou Aphrem II – um terço da população do Líbano é composta por refugiados sírios” que encontraram refúgio naquela nação. O pastor Meletis Meletiadis; foto CEC. O pastor também falou sobre hospitalidade Meletis Meletiadisilustrando o compromisso da Igreja Evangélica Grega com os migrantes: "Queremos que a sua primeira experiência na Europa seja de acolhimento, amizade, respeito e dignidade". Finalmente, a Assembleia saudou com gratidão Doris Peschke que após anos de serviço deixa o secretariado geral da Comissão das Igrejas para os Migrantes na Europa (CCME). ...

Ler artigo
Entrevista dupla sobre globalização e meio ambiente.  Com Lacquanites e Visintin

Entrevista dupla sobre globalização e meio ambiente. Com Lacquanites e Visintin

Roma (NEV), 1 de novembro de 2022 - Tendo em vista o 6º encontro nacional de ecocomunidades (Nápoles, 4/6 de novembro de 2022), publicamos a entrevista dupla com Maria Elena Lacquaniti E Antonella Visintin sobre ética, ecologia, estratégias anti-desperdício, campanhas de sustentabilidade ambiental. Lacquaniti é o novo coordenador da Comissão de Globalização e Meio Ambiente (GLAM) da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), que organiza o encontro. Visintin, coordenador cessante do GLAM, há anos lida com questões relacionadas à justiça, paz e integridade da criação. O título desta edição é "Plantando uma semente". Uma parte do programa também poderá ser usada remotamente. A GLAM convida todas as comunidades e indivíduos interessados ​​a se registrarem e participarem, presencialmente ou virtualmente. Entre outras coisas, está programada a conferência pública sobre ecoteologia (sexta-feira, 4 às 18h30). Uma mesa redonda sobre "Energia e transição alimentar - soberania alimentar e conversão do consumo". Um relatório sobre "O estado das escolhas energéticas para a indústria e os cidadãos". E novamente, insights sobre o tema fazendas, ração animal, importações; sobre "Animais e Guerra". Sobre “exportação, alterações climáticas e dependência alimentar”. Haverá também troca de experiências e serão apresentados os mais recentes projetos GLAM. Entre eles, a Campanha do plástico descartável e o projeto Corredores Ecológicos para insetos polinizadores. O programa termina no domingo, 6 de novembro, com o culto na igreja luterana de Nápoles. Para informações e inscrições escreva [email protected] A entrevista dupla é realizada em colaboração entre: NEV Agency, Radio Beckwith Evangelica (RBE) e Video Beckwith Studio (VIBES). [embed]https://www.youtube.com/watch?v=L_JA7z6kB4Y[/embed] GLAM e eco-comunidades A Comissão GLAM está a serviço de comunidades e indivíduos que pretendem abordar questões ambientais e ecológicas a partir de uma perspectiva de fé. Entre suas atividades, está a construção de redes, dentro e fora das igrejas, em nível nacional e internacional. Um dos focos da GLAM é o trabalho para mulheres comunidade ecológica. Existem eco comunidades "iniciadas", "em andamento" e "graduadas", com base na adesão a um determinado limite de 40 critérios ambientais sobre: ​​culto e outros momentos litúrgicos. Trabalhos de manutenção visando a economia de energia. Eliminação de plástico. Educação e implementação de comportamentos virtuosos na administração, compras, uso de energia, mobilidade e gestão de resíduos. Até a verificação da ética dos bancos em que insistem as contas correntes das igrejas. O comunidade ecológica em Itália, algumas dezenas candidataram-se ao diploma GLAM, num universo de mais de uma centena de simpatizantes. ...

Ler artigo
“A responsabilidade como exercício da liberdade”

“A responsabilidade como exercício da liberdade”

Roma (NEV), 29 de maio de 2020 – “Para atravessar o tempo atual, é preciso pensar em termos de responsabilidade. As regras jurídicas intervêm na ausência ou ausência de sentido de responsabilidade, mas quando limito uma das minhas liberdades por um bem maior, exerço uma escolha de responsabilidade e nessa escolha faço uma transição da limitação da liberdade para o exercício da liberdade. A história do coronavírus deveria ter nos ensinado que há muitos aspectos da vida individual que estão ligados a um interesse geral, coletivo, e que se morre de individualismo”. Como Gustavo Zagrebelskyex-presidente do Tribunal Constitucional, em entrevista a Paulo Emílio Landique será transmitido no próximo episódio do Protestantesimo, transmitido no domingo, 31 de maio, por volta das 8 da manhã, no RAI2. "Direitos e saúde" será o tema analisado pela coluna editada pela Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI) que vai explorar as regras e protocolos que estão marcando a vida dos italianos durante a chamada Fase 2, e vai contar como também a realidade das Igrejas, de suas comunidades, da minoria evangélica na Itália, se transformou depois da experiência do coronavírus. “Que liberdades estamos dispostos a abrir mão em nome de valores maiores, como o direito à saúde e ao bem comum?” pergunta o protestantismo. As respostas a esta questão serão construídas através de um percurso que põe em jogo, para além da entrevista a Zagrebelsky, a história da assinatura dos protocolos que as várias comunidades religiosas nacionais assinaram com o governo, assinados para os evangélicos pelo pastor Luca Maria Negro presidente da FCEI; uma reflexão dos líderes das igrejas evangélicas italianas e europeias sobre o futuro da igreja e a história da reabertura da igreja valdense em Florença após o bloqueio. “Nossa Constituição prevê a possibilidade de limitar, por questões de segurança e saúde, o direito de circular e circular. Essas restrições, que restringem a liberdade individual para o bem altruísta maior, devem ser razoáveis, propositais e temporárias. O Parlamento terá de zelar por isso”, concluiu Zagrebelsky. No estúdio junto com o apresentador, Cátia Barãoo pastor da igreja valdense na Piazza Cavour em Roma, Marco Fornerone. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.