Mensagem das igrejas ao G20 sobre ética e economia

Mensagem das igrejas ao G20 sobre ética e economia

Mara Luz, Christian Aid; Carlos Rauda, ​​ACT; Humberto Shikiya, CREAS; Thomas Kang, foto do CEC Leonardo Godoy/Christian Aid retirada do site do CEC

Roma (NEV), 24 de maio de 2018 – Nos dias 17 e 18 de maio, em São Paulo, Brasil, foi realizado o terceiro “Diálogo sobre ética e economia” entre representantes de várias confissões religiosas, teólogos, economistas e especialistas em desenvolvimento e ecumênicos. O objetivo do encontro é a elaboração de um documento para os líderes do G20 que se reunirão na Argentina no final deste ano.

O economista Thomas Kang, membro do Comitê Central do Conselho Mundial de Igrejas (CEC), que moderou uma das sessões, disse: “Igrejas e organizações religiosas podem contribuir para o diálogo sobre essas questões, pois se é verdade que a expertise técnica de os economistas, também é verdade que não basta discutir quais políticas melhoram a vida das pessoas. O conhecimento da realidade local e a reflexão teológica podem desempenhar um papel importante no debate público sobre o desenvolvimento, levando em consideração outras dimensões além da renda e da riqueza”.

O terceiro Diálogo sobre Ética e Economia segue-se a dois encontros anteriores, convocados pelo escritório latino-americano da Christian Aid juntamente com o Centro Ecumênico Regional de Aconselhamento e Serviço (CREAS), Caritas, Globethics, Universidade de Buenos Aires – Programa Internacional de Democracia, Sociedade e novas economias e outras organizações ecumênicas comprometidas com as questões de direitos, justiça e solidariedade.

Entre os temas abordados, as desigualdades estruturais e a justiça de gênero, oextrativismo e desenvolvimento humano inclusivo, sistemas de proteção social, automação e proteção do trabalho, finanças internacionais.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Metodista Gillian Kingston sobre sinodalidade, Brexit, Irlanda

Metodista Gillian Kingston sobre sinodalidade, Brexit, Irlanda

Gillian Kingston com Marta Bernardini, Daniele Garrone e Luca Baratto Roma (NEV), 21 de janeiro de 2022 – “Sirva o presente” é o título da conferência que Gillian Kingstonvice-presidente da Conselho Metodista Mundial (WMC), realizada em Roma na última quinta-feira, 21 de janeiro, no Pro Union Center. Gillian Kingston Antes da conferência, Kingston, membro da Igreja Metodista na Irlanda, visitou os escritórios da Federação das Igrejas Protestantes na Itália (FCEI), onde foi recebida pelo pastor Daniele Garronepresidente da FCEI, de marta bernardinicoordenadora do Mediterranean Hope – FCEI Refugee and Migrant Programme, da Bárbara batalhaeditor do NEV/Notícias Evangélicas e pastor Luca Baratto, Secretário Executivo da FCEI. Em conversa com representantes da Federação Evangélica de Kingston, ele falou sobre a sinodalidade e a Irlanda. “Durante esta Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos – explicou Kingston -, fui convidado pelo centro Pro Unione para falar sobre a sinodalidade. É um assunto ao qual a Igreja Católica Romana está dedicando muita atenção, convidando também expoentes de outras igrejas cristãs para apresentar sua experiência e seu ponto de vista sobre o assunto”, explicou Kingston. “Naturalmente – continuou o vice-presidente mundial dos metodistas – meu ponto de vista parte do conceito de sacerdócio universal e do ministério de todo o povo de Deus, ou seja, de todos os batizados. Isso já indica que nas igrejas metodistas os ministros ordenados e os leigos têm papéis diferentes, mas gozam do mesmo status dentro da igreja". “Esta igualdade surge também da experiência do primeiro movimento metodista que se estruturou na chamada sociedade instalações, visitadas periodicamente por João Wesley, o fundador do movimento, mas dirigido por leigos. A liderança leiga é, portanto, um elemento fundador do Metodismo. O principal órgão de tomada de decisão da igreja, a Conferência Metodista, é uma assembléia de ministros meio ordenados e meio leigos. Em conversa com o presidente da FCEI, Kingston também mencionou sua terra natal, a Irlanda. “Sou uma irlandesa que pertence à Europa”, disse Kingston, que mora na República da Irlanda, referindo-se ao Brexit e à enorme questão de fronteira que isso acarreta. “Ninguém quer o ressurgimento de fronteiras rígidas entre a República e a Irlanda do Norte. E, por outro lado, os partidos unionistas não querem uma fronteira no Mar da Irlanda”. “É preciso saber olhar a história passada na perspectiva de reconciliar memórias – continuou Kingston -. Nisso Década do Centenário (2012-2023), que comemora aniversários ainda divisivos na Irlanda, incluindo o tratado anglo-irlandês que definiu a divisão da Irlanda em duas partes, a guerra civil de 1921-23 e o início dos problemas em 1968, as narrativas históricas divergem acentuadamente : alguns pretendiam celebrar certos eventos, outros para comemorá-los. Chegar a uma narrativa comum de nossa história é uma meta que ainda está diante de nós." ...

Ler artigo
Domingo 23 de maio em RaiDue o culto de Pentecostes na Eurovisão

Domingo 23 de maio em RaiDue o culto de Pentecostes na Eurovisão

Roma (NEV), 17 de maio de 2021 – O culto evangélico de Pentecostes será realizado no domingo, 23 de maio, no RaiDue, a partir das 10h. Eurovisão ao vivo da igreja reformada de Lugano na Suíça, o culto é editado pela coluna Protestantismo. “Cinquenta dias depois da Páscoa, o Pentecostes recorda a ação vivificante do Espírito de Deus. Fogo, vento, voz sussurrante, o Espírito nos sacode do torpor, transmite novas forças, dá coragem, mesmo em nosso tempo inquieto, caracterizado por crises saúde, social e ambiental”. Com estas palavras, o Protestantismo Especial apresenta o culto de Pentecostes. Durante o culto, que incluirá a celebração da Santa Ceia, três jovens catecúmenos se apresentarão à comunidade e confirmarão sua fé. O culto será presidido pelos pastores Daniel Campoli E Jose La Torre. A parte musical do culto contará com a intervenção de Coro da Família Sala e um quarteto de jovens músicos composto por Annika Rast (flauta), Chá Vitali (violino), Milo Ferrazzini-Hauri(violoncelo), Daniel Moos (piano). Para rever os episódios do protestantismo acesse o site: VIDEO Protestantismo no Facebook Endereço de e-mail: [email protected]; [email protected] ...

Ler artigo
Rega sem desperdício – Nev

Rega sem desperdício – Nev

Continua a série de vídeos realizados pelos jovens da Comissão de Meio Ambiente e Globalização da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, com conselhos práticos e sugestões para ser “mesmo o protagonista menos responsável da mudança” em relação à emergência climática. Filip Urban, unsplash Roma (NEV), 21 de julho de 2022 – O novo vídeo da série criada pelos meninos e meninas da GLAM, a Comissão de Meio Ambiente e Globalização da FCEI, tem como título “Rega sem desperdício”. Aqui o primeiro vídeo dos jovens GLAM, publicado no passado dia 6 de julho, sobre poupança de água doméstica e aqui o segundo, datado de 13 de julho. artigo anteriorBatistas Mundiais falam sobre Ucrânia, Mianmar, justiça racial e escravidãoPróximo artigoCOP27 Summit Egito, oportunidades para jovens Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.