Oscar 2022, a lição de uma noite

Oscar 2022, a lição de uma noite

Roma (NEV), 28 de março de 2022 – “O triunfo do politicamente incorreto, como se não houvesse civilização”, de um lado e “a delicadeza” de um filme como “Drive my car” do outro. Então o pastor metodista Pedro Ciacciopresidente da Associação de Cinema Protestante “Roberto Sbaffi”, comentou, in loco, a noite do Oscar e em especial a bofetada de Will Smith para o apresentador Chris Rockque fez uma piada sobre o cabelo da esposa de Smith, Jada Pinkettsofrendo de alopecia.

Sobre o episódio acima, para Ciaccio foi a representação de “Um quadro burguês, para dizer a verdade. O pior desta noite foram, na minha opinião, as desculpas de Will Smith, que não se desculpou com a esposa, como se ela devesse agradecê-lo por esta cena”.

Ciaccio com o diretor de Drive my car

Voltando ao cinema propriamente dito, segundo Ciaccio “o filme que ganhou o prêmio de melhor filme estrangeiro, “Drive my car”, dirigido pelo diretor Ryusuke Hamaguchi, é um dos filmes mais interessantes e bonitos dos últimos anos. Porque consegue juntar os fios das diferentes formas de fazer cinema, conjugar o teatro com a literatura, e muito mais. Ser visto. E em termos de relação entre os gêneros, mas também de violência, é exatamente o oposto da terrível cena da noite passada entre Smith e Rock”.

Em julho passado, o júri ecumênico do Festival de Cinema de Cannes já havia premiado o filme japonês baseado em uma história de Haruki Murakami. O filme também ganhou o prêmio de Melhor Roteiro em Cannes. É “um filme muito delicado e comovente, com um elenco internacional, que fala de autoaceitação e perdão”, disse-nos Peter Ciaccio.

O júri ecuménico do Festival Francês, instituído em 1974, é nomeado pelas associações cinematográficas Signis e Interfilm, para escolher e premiar filmes de cariz social e espiritual, constituído por três católicos e três protestantes, cujo presidente da última edição do Festival revisão era um irlandês.

As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Por que somos bem-vindos – Nev

Por que somos bem-vindos – Nev

Roma (NEV), 20 de abril de 2022 – Os primeiros dias de acolhida às famílias ucranianas que chegaram da Polônia há poucos dias, por iniciativa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália. Ontem realizou-se o segundo encontro do curso de formação online dedicado às famílias e comunidades de acolhimento, "Acolher os que fogem da guerra". Maria Elena Lacquaniti com a jovem ucraniana e as duas crianças, acolhidas pelos batistas de Civitavecchia, à chegada a Roma Nós conhecemos Maria Elena Lacquanitibatista e membro da GLAM, a Comissão de Globalização e Meio Ambiente da FCEI, membro da igreja batista de Civitavecchia que hospeda uma jovem mãe com dois filhos pequenos, recém-chegados a Roma na última quinta-feira. “Decidimos acolher – explicou – porque sempre o fizemos. Já há alguns anos recebemos em uma casa nossa um casal nigeriano, que acompanhamos em todas as suas dificuldades por cerca de dez anos, desde o desembarque em um navio em Civitavecchia, até 2020, quando se tornaram totalmente independentes”. Nigerianos como os dois meninos recentemente recebidos em Palermo pelo centro valdense La Noce, depois de terem sido rejeitados por uma família que se dispôs a acolher pessoas que fugiam da Ucrânia. Mas há alguma diferença? “Não há diferença, não pode haver. Infelizmente, porém, tenho percebido que existe uma forma de acolhimento com algumas ressalvas em função da cor da pele…”, acrescentou Lacquaniti. Quais são as expectativas e emoções do anfitrião? “Sinto-me tranquila, mas lembro-me sempre que estamos a receber pessoas que estão a sofrer, de desconforto grave, de emergência. Tampouco me preocupei quando quis recebê-lo em nossa casa, mesmo que pequena – concluiu -. Esperamos poder iluminar de alguma forma o futuro dessas pessoas”. A mãe e os dois filhos foram acolhidos em uma estrutura da igreja batista de Civitavecchia e toda a comunidade está envolvida no processo de acolhimento. As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo. ...

Ler artigo
Palermo, a popular clínica de psicoterapia abre suas portas

Palermo, a popular clínica de psicoterapia abre suas portas

Roma (NEV), 28 de março de 2023 – Chama-se clínica de psicoterapia popular e será apresentada à cidade no dia 4 de abril, das 10h30 às 12h30, no Ex Noviciado de San Mattia ai Crociferi, na via Torremuzza, em Palermo. A nova realidade pretende promover projetos de saúde mental na área de Palermo e surge da sinergia entre a Congregação dos Pobres Servos da Divina Providência - Casa Buoni Fanciulli - Istituto Don Calabria, o Centro Diaconal "La Noce" - Istituto Valdese, a Cooperativa “La Panormitana” e a Fundação “San Giuseppe dei falegnami” – braços operacionais da Cáritas Diocesana de Palermo – e a Associação Maghweb. “A clínica nasceu de uma necessidade manifestada pelo território”, explica Ana Maria CullottaPresidente da associação Ambulatorio Popolare di Psicoterapia "As realidades que deram vida ao projeto recebem pedidos contínuos de orientação nos serviços, por isso a rede de parceiros e os profissionais envolvidos querem colocar suas habilidades à disposição, colocando-se a serviço de aqueles que têm menos chances, mas encontram coragem e força para externar um pedido de ajuda expressando a necessidade de apoio”. A clínica ficará instalada nos espaços da Casa San Francesco, em vicolo Infermeria dei Cappuccini, no bairro de Ballarò, e oferecerá cursos de psicoterapia e psicoterapia acessíveis a todos, trabalhando em rede com os serviços já existentes na área. "Graças à composição do grupo clínico com diferentes formações e especializações - explicam os promotores da iniciativa - a clínica vai poder prestar serviços em diferentes áreas de intervenção: problemas psicológicos individuais e de casal, apoio à parentalidade, entrevistas a toda a família integrantes de pessoas com deficiência, transtornos mentais, doenças orgânicas graves, crônicas estressantes; entrevista para apoiar a qualidade de vida na velhice. A clínica pretende garantir a possibilidade de acesso a um percurso psicoterapêutico a todos os cidadãos e localidades: os serviços prestados não têm um preço fixo e permitem-lhe contribuir de acordo com a sua disponibilidade financeira. As entrevistas cognitivas serão gratuitas e qualquer remuneração para as sessões subsequentes será acordada de acordo com as possibilidades econômicas. Para marcar uma consulta será possível enviar uma mensagem de whatsapp ou ligar para +39 377 085 2443. ...

Ler artigo
Battisti, uma sala virtual onde celebrar a Semana dos Direitos

Battisti, uma sala virtual onde celebrar a Semana dos Direitos

Roma (NEV), 1º de abril de 2020 - "O aniversário da semana dos direitos este ano infelizmente não pode ocorrer da mesma forma como sempre, mas ainda podemos continuar no caminho de afirmar a lei e a justiça em todos os lugares deste planeta , que percebemos que estamos cada vez mais interligados”. A notícia foi anunciada pelo Departamento de Evangelização da União Evangélica Batista Cristã da Itália (UCEBI), que publicou ontem o programa com todas as iniciativas previstas para a Semana dos Direitos 2020, e que obviamente será realizada online, devido às restrições impostas para combater o coronavírus. Para celebrar estes dias, os batistas decidiram criar "uma sala virtual no link meet.jit.si/liberacidalmale onde podemos nos encontrar, ler, rezar, compartilhar testemunhos e, acima de tudo, ouvir quem está sozinho ou simplesmente procurando um pouco de companhia". “O lema norteador que já havíamos escolhido há muitos meses para esta semana – lê-se no site da UCEBI – é “O Senhor me enviou para anunciar a libertação aos prisioneiros”, claramente inspirado no versículo de Lucas 4:8. Um verso em que Jesus define a sua missão e a sua própria identidade com as palavras do profeta Isaías". Assim, a partir de ontem, 31 de março, e até sábado, 4 de abril, será garantida uma escuta pastoral das 16h às 18h. No mesmo dia, no aniversário da morte do pastor batista Martin Luther Kinga UCEBI publicará um vídeo que reproduz algumas frases retiradas da sua famosa carta escrita na prisão de Birmingham. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.