Ouça minha voz, ouça minha voz

Ouça minha voz, ouça minha voz

Roma (NEV), 4 de abril de 2022 – A exposição pop-up sobre “Perspectivas e experiências migrantes através da arte” é intitulada “Ouça minha voz”, que será inaugurada na quinta-feira, 7 de abril, às 18h30, na igreja valdense na Piazza Cavour, em Roma.

A iniciativa é resultado de uma série de oficinas de arte realizadas por voluntários britânicos Karen E Bill Crooks, respectivamente terapeuta e artista, facilitador e especialista em construção de comunidades. Bill Crooks colabora como consultor da Clewer Initiative, um projeto da Igreja Anglicana para combater a exploração de pessoas e todas as formas de escravidão moderna. As oficinas foram frequentadas por migrantes na Calábria, em Camini, e na Sicília, em particular em Scicli, na Casa delle Culture, no âmbito do programa de migrantes e refugiados da FCEI, Mediterranean Hope. O projeto compreende quatro fases, incluindo a realização de um vídeo, uma coleção de obras de arte feitas por migrantes e refugiados, uma série de pipas e uma instalação sobre o tema da exploração dos trabalhadores migrantes.

Após a inauguração em Roma, a exposição itinerante “Posteriormente, passará a atingir outras igrejas na Itália, a assembléia do Conselho Mundial de Igrejas na Alemanha e outras catedrais na Inglaterra. Em cada etapa do percurso, a exposição será um estímulo para a discussão e a comparação, e permitirá vislumbrar outras perspectivas – como afirma a apresentação do projeto -. As instalações foram projetadas para serem facilmente transportadas, montadas e desmontadas. Uma série de materiais acompanhará a exposição e será fornecida a quem desejar hospedá-la. Em particular, foram produzidos: um pequeno vídeo explicando como montar os painéis, uma série de postagens para circular nas mídias sociais, uma cartilha ilustrativa com informações básicas e detalhes sobre o trabalho, algumas perguntas para estimular o debate em pequenos grupos de discussão . A exposição é composta por quatro instalações, cada uma tratando de um tema diferente”.

A exposição estará aberta na sexta-feira, 8 de abril, das 15h às 19h, no sábado, 9 de abril, das 14h às 18h, no domingo, 10 de abril, das 13h às 16h, na Igreja Valdense na Piazza Cavour, na via Marianna Dionigi 59. Para aqueles desejando hospedar a exposição, entre em contato com [email protected] ou [email protected].

AQUI o flyer em formato pdf


Hear My Voice é o resultado de uma colaboração direta entre a Federação de Igrejas Evangélicas da Itália e a Iniciativa Clewer, o trabalho da Igreja Anglicana contra a exploração e a escravidão moderna. Agradecimentos sinceros a Bill e Karen Crooks, Luca Badetti e aos alunos da University of Loyola Chicago e do Centro Anglicano de Roma por seu apoio.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Homens e mulheres invisíveis e a miragem da cidadania

Homens e mulheres invisíveis e a miragem da cidadania

Wiki fotos comuns. O porto de Trieste com o vento bora Roma (NEV), 18 de abril de 2023 – A conferência-debate “Homens e mulheres invisíveis e a miragem da cidadania” será realizada na quarta-feira, 19 de abril, em Trieste, às 17h30, nas instalações da Igreja Metodista e Valdense. O advogado intervém. Ilaria Valenziconsultor jurídico da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI) e Pedro Ciaccio, pastor das Igrejas Metodista e Valdense de Trieste. Seguido de perguntas, intervenções, discussão dos presentes e participantes online. O encontro, antepenúltimo de um ciclo organizado pela Centro de Estudos Albert Schweitzer intitulado "Migrações, na história e na atualidade", será gravado e transmitido no site www.triestevangelica.org. “Viver como cidadão, com todos os direitos e deveres, está a tornar-se uma miragem para uma parte já significativa dos habitantes do nosso país, que a elegeram como pátria de adoção e que muitas vezes exercem profissões que evitam ou para as quais não encontram disponibilidade . Pessoas que de qualquer forma contribuem para a manutenção do bem estar e desenvolvimento”, diz o cartaz do evento. “Hoje há 6 milhões de imigrantes registrados – continuam os promotores – e um número indeterminado de não registrados. Se todos parassem de dar sua contribuição, eles prejudicariam o sistema em que vivemos. Coloca-se a questão sobre quais são as perspectivas de convivência numa sociedade já multiétnica, entre medos e defesas de um passado que se esconde atrás de muros e arame farpado, na invisibilidade de quem chega, e a vontade de construir uma nova sociedade em cujas contribuições externas a tornam mais rica e acolhedora”. O encontro é no Scala Giganti 1 (elevador à direita da escada). As duas últimas reuniões desta revisão serão realizadas na quarta-feira, 10 de maio, na Aula Luterana da Via s. Lazzaro 19, 17h30, sobre “A rota dos Bálcãs para Trieste, depois de 10 anos. Balanço e perspectivas”. Com Gianfranco Schiavonepresidente do CSI de Trieste, e Giulio Zeriali, indicado pela Diaconia Valdense (Comissão Sinodal para a Diaconia - CSD) para imigrantes. Finalmente, quarta-feira, 14 de junho, novamente na igreja metodista e valdense de Scala dei Giganti, às 17h30, sobre “África, continente prostrado e inquieto e migrações na rota do Mediterrâneo”. Com Adriano Sancinum médico ativo em várias iniciativas para a África e um representante do Waldensian Board for Immigration. A reunião é realizada graças à contribuição doOtto per mille à Igreja Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense. O Centro de Estudos Albert Schweitzer O Centro de Estudos Albert Schweitzer é um centro autônomo e aberto a todos. Apoiado pelas Igrejas Adventista, Luterana, Metodista e Evangélica Valdense de Trieste, tem o compromisso de promover atividades culturais histórico-religiosas e o aprofundamento das questões ético-sociais da atualidade. Promove também concertos, sobretudo concertos de órgão, através de encontros mensais de outubro a maio, dirigidos a toda a cidade. o presidente é Ana Rossi Illyo vice-presidente é Gianfranco Hofer. ...

Ler artigo
Adoração inaugural do Sínodo.  Winfrid Pfannkuche: “Comece de novo a partir daqui”

Adoração inaugural do Sínodo. Winfrid Pfannkuche: “Comece de novo a partir daqui”

A partir da esquerda, Winfrid Pfannkuche, Gabriele Bertin e Monica Natali. Sínodo das Igrejas Metodistas e Valdenses, 22 de agosto de 2021 Roma (SSSMV03), 22 de agosto de 2021 – O culto de abertura do Sínodo das igrejas metodistas e valdenses contou com a pregação do pastor Winfrid Pfannkuche. Durante o culto, a consagração de Gabriel Bertin ao ministério pastoral e de Mônica Natali ao ministério diaconal (aqui as entrevistas em vídeo). O sermão sobre o hino ao amor, da carta de Paulo aos Coríntios, destacou "o caminho por excelência” indicado pelo apóstolo. Em grego, "hiperboleno". Hipérbole, disse o pastor Pfannkuche: “Sim: a paixão, o entusiasmo, a beleza, a arte, a vitalidade mediterrânea. Não é apenas um jeito certo, reto, reto, sóbrio, modesto, politicamente correto. Nem mesmo uma via secundária, provinciana, escondida da maioria, para os especialistas, um nicho, uma saída secreta do grande trânsito. Nunca pode ser um atalho ou um bypass. Mas o caminho por excelência. Sim, existe um protestantismo que não perde de vista a paixão, a beleza e a arte”. O pároco falou ainda da vocação da Igreja, “neste mundo onde tudo tem o seu limite, o seu tempo, tudo é precário, passageiro, mortal”. Tudo falha. No entanto, lembra Pfannkuche, há uma "profecia", como a da pregação do hino ao amor por Túlio Vinay, que há 70 anos inaugurou o Centro Ecumênico de Agàpe. Uma profecia que “deixou uma marca profunda na biografia de muitos e muitos. Uma experiência de amor após o fracasso absoluto da Segunda Guerra Mundial. Ele falhou? Nossa espiritualidade, nossa força positiva e proativa, sim, falharam nos últimos anos. Claro, estamos na boa companhia de todas as criaturas, gememos com elas: até a biodiversidade, os animais, até as línguas no sentido próprio, estão amplamente ameaçados de extinção. Sim, claro, até nossas igrejas falharam nos últimos anos". O caminho é, portanto, "Reler, encontrar-se de fato no hino ao amor e recomeçar daqui, hoje". É uma escolha que “envolve uma coisa: deixar de pensar como crianças que querem tudo e não abrem mão de nada”. E, novamente para dizê-lo com Tullio Vinay: “Que tipo de edifício seria o nosso hoje Amém! ao hino ao amor?”. O pároco tenta uma resposta teológica e diaconal: “Só saberemos vivendo, caminhando, discutindo juntos. Talvez, como o apóstolo, só possamos mostrar um caminhodesta forma, e construir no caminho desta palavra por excelência”. É um desafio que exige coragem e humildade. “Esvaziar-se, desistir de si mesmo, sempre permanece maior do que qualquer outro desafio que encontramos em nosso caminho. O desafio por excelência. Nossa prioridade: o amor que exige sempre uma decisão, uma escolha clara. Deste caminho por excelência sabemos que no final algo dura, permanece. Caminhando juntos neste caminho, fica algo de nós: a fé, a esperança, o amor”. Para ler o sermão completo clique aqui. A sede do Sínodo tomou posse oficialmente e foi eleita presidente Valdo Spini, que comentou: “Emoção, gratidão, humildade”. Aqui a mensagem completa do Presidente Spini. Esta manhã o Sínodo também recebeu a visita do bispo de Pinerolo, Derio Olivero. Chegou também a mensagem de saudação do cardeal Walter Bassetti, presidente da Conferência Episcopal Italiana (CEI), que escreve: "A condição diaspórica das comunidades religiosas sempre foi uma situação normal para aqueles que vivem ao redor da bacia do Mare Nostrum: uma riqueza complexa da qual haurir para uma cultura cultural fértil e renovada e religiosa". Bassetti também compartilhou as palavras ""ouvir, pesquisar e propor", como um traço ecumênico para "conhecimento mútuo, testemunho autêntico e compromisso com o bem comum". Em chiesavaldese.org, as entrevistas em vídeo com o pastor recém-consagrado Gabriel Bertin e ao diácono recém-consagrado Mônica Natali. Amanhã, a noite pública: “Próxima geração Eu? – os jovens e a Europa, entre o sonho da recuperação e o risco da marginalização”. A partir das 20h45, presencialmente no Templo Valdense da Torre Pellice e online, ao vivo, nas páginas do fb da Igreja Valdense, Rádio Beckwith, e no canal do YouTube da mesma emissora. O Sínodo das Igrejas Metodistas e Valdenses é o órgão máximo de decisão dos valdenses e metodistas e está ocorrendo de forma mista (presencial e online) após um ano parado devido à pandemia. Todos os detalhes nesta página. FACT SHEET: Igrejas metodistas e valdenses na Itália. Veja também: www.rbe.it – www.riforma.it Assessoria de Imprensa: NEV-Agência de Imprensa de Notícias Evangélicas – www.nev.it – Twitter: @nev_it – Facebook: @AgenziaNEV – [email protected] (NEVCS/20) [embed]https://www.youtube.com/watch?v=3IKvI-ZP880[/embed] ...

Ler artigo
unidos na vida, diferentes na fé

unidos na vida, diferentes na fé

Roma (NEV), 6 de outubro de 2020 – Mulheres de fé em diálogo junto com Religiões pela Paz convidam para a conferência "Casais e Religiões: Unidos na vida, diferentes na fé", que será realizada na quarta-feira, 7 de outubro, das 16h às 18h em o Campidoglio, na Sala da Protomoteca. Também será possível acompanhar o evento online. Entre os participantes, também a pastora Gabriela Liopresidente da Federação das Mulheres Evangélicas da Itália (FDEI), que dará testemunho sobre o documento sobre os casamentos interconfessionais entre batistas e católicos de 5 de outubro de 2007 e, em particular, sobre os efeitos derivados das doutrinas divergentes, sobre as questões críticas em completando a cooperação para ajudar os futuros esposos no caminho comum que está prestes a começar, sobre o baptismo dos crentes e o pedobatismo, sobre a educação religiosa dos filhos e filhas. Segue abaixo o programa de 7 de outubro de 2020 Para participar pessoalmente da conferência, é necessário se inscrever neste endereço, a fim de evitar aglomerações. À entrada será medida a temperatura e disponibilizado gel desinfetante para as mãos. Além disso, para participar do evento, será obrigatório o uso de máscara. Para acompanhar a transmissão ao vivo online, clique aqui: www.facebook.com/DonnedifedeinDialogo A conferência é organizada em colaboração com a Comissão de Igualdade de Oportunidades da Assembleia Capitolina em Roma. A rede “Mulheres de Fé em Diálogo” é um grupo de mulheres de diferentes credos que há anos promove o diálogo entre religiões e culturas. O grupo, que atua em todo o país há mais de uma década, segue os princípios das Religiões pela Paz Itália. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.