O primeiro Dia Internacional da Fraternidade em 4 de fevereiro de 2021

O primeiro Dia Internacional da Fraternidade em 4 de fevereiro de 2021

Foto de @keviatan, unsplash

Roma (NEV), 29 de dezembro de 2020 – A Assembleia Geral das Nações Unidas decidiu por unanimidade no dia 21 de dezembro que o Dia Internacional da Fraternidade Humana será comemorado em 4 de fevereiro de cada ano, a partir de 2021. A notícia foi anunciada no site do World Conselho de Igrejas (CEC).

A iniciativa foi promovida pelo Comitê Superior para a Fraternidade Humana, do qual é membro o secretário-geral interino do Conselho Mundial de Igrejas (CEC), padre Ioan Sauca. Membros do Comitê se reuniram com o Secretário-Geral das Nações Unidas António Guterres em dezembro de 2019 e apresentou um documento contendo a proposta para o dia reconhecido internacionalmente.

O pedido foi então apresentado à Assembleia Geral em nome de 34 países, incluindo Bahrein, Egito e Arábia Saudita. A resolução final ganhou o apoio dos 27 estados membros da União Europeia e dos Estados Unidos. “Este dia – lê-se no comunicado da ONU – surge como uma proposta concreta da Assembleia em resposta ao crescente ódio religioso que surgiu nestes meses afetados pela pandemia do COVID-19.

Em 4 de fevereiro de 2019, o Papa Francisco, o Grande Imã de Al Azhar e Sheikh Ahmed al-Tayeb assinaram o “Documento sobre a Fraternidade Humana” em Abu Dhabi. A resolução da Assembléia Geral da ONU, portanto, refere-se especificamente a esse evento como um momento significativo nas relações cristão-muçulmanas. Daí a inspiração para a data em que a irmandade será celebrada todos os anos.

Além do secretário-geral interino do CMI, o Comitê Sênior para a Fraternidade Humana inclui cinco funcionários muçulmanos e dois católicos, um rabino judeu e um ex-secretário-geral da UNESCO.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Prêmio do Júri Inter-religioso de Nyon para “Pequena Palestina” de Abdallah Al-Khatib

Prêmio do Júri Inter-religioso de Nyon para “Pequena Palestina” de Abdallah Al-Khatib

Roma (NEV), 26 de abril de 2021 – Festival “Visions du Réel”, Nyon. O júri inter-religioso Interfilm/Signis atribui o seu prémio ao filme “Pequena Palestina” de Abdallah Al-Khatib. Visions du Réel é o festival anual de documentários que acontece desde 1969 em Nyon, na Suíça. Esta é a 52ª edição e decorreu de 15 a 25 de abril. O júri inter-religioso, nomeado pela INTERFILM (International Inter-Church Film Organisation) e SIGNIS, participa do Festival Visions du Réel desde 2005. O júri inclui um representante da INTERFILM e SIGNIS e um membro da fé judaica e muçulmana. O júri premia um longa-metragem da competição internacional e pode recomendar uma obra que reflita sobre questões existenciais, sociais ou espirituais, bem como sobre valores humanos. O prêmio, no valor de 5.000 francos suíços, é doado pelas igrejas suíças, tanto reformadas na Suíça francófona quanto católicas, pelo Departamento de Mídia Média-pro e pela Federação Suíça das Comunidades Judaicas (SIG). foto interfilme Os membros do júri inter-religioso de 2021 são Noemi GradwohlBerna (Suíça) Marie-Therese MäderZurique, Suíça), Jean-Paul Kaser (Presidente), Biel-Bienne (Suíça) e Majid MovasseghiZurique, Suíça). 13 filmes em competição discutidos e avaliados pelo júri, que atribuiu o prémio ao filme “Pequena Palestina”. PEQUENA PALESTINA / Journal d'un siège / Diário de um Cerco, dirigido por Abdallah Al-Khatib, Líbano/França/Catar 2020, 83' As pessoas no campo de refugiados de Yarmuk afirmam sua humanidade na guerra civil síria, apesar da fome e da falta de perspectivas, enquanto o mundo humanitário permanece à margem. Quando um pequeno coro de rua canta acompanhado por um piano e pelo som de bombas, sua música se junta ao coro triste de cercos semelhantes na história mundial. INTERFILM A INTERFILM foi fundada em 1955 por inúmeras associações de cinema protestantes na Europa e atualmente inclui membros protestantes, ortodoxos e anglicanos, além de judeus. Em colaboração com seu parceiro católico SIGNIS, organiza júris ecumênicos nos festivais de cinema mais importantes como Cannes, Montreal, Moscou, Leipzig, Berlim, Locarno (www.inter-film.org). ...

Ler artigo
“O tempo está se esgotando”

“O tempo está se esgotando”

Foto: Paul Jeffrey/CEC. 2 de setembro de 2022, Karlsruhe, Alemanha. Ativistas chamam atenção para crise climática durante protesto na 11ª Assembleia do Conselho Mundial de Igrejas (CEC) Roma (NEV), 23 de setembro de 2022 – Enquanto ocorre a greve global pelo clima do movimento Sextas-feiras para o Futuroe em conjunto com a Semana do Clima de Nova York, está ocorrendo a 77ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas. Foi neste contexto que decorreu o debate “Ouvir a voz da Criação: cuidar da criação numa época de emergência climática”. Promovido pelo Escritório Ecumênico das Nações Unidas (EOUN), foi realizado naCentro da Igreja Episcopal de nova York. A EOUN é o ponto de referência do Conselho Mundial de Igrejas (WCE) para as iniciativas de defesa na sede da ONU. Estamos no coração do Tempo da Criação, o tempo litúrgico que se celebra em todo o mundo de 1 de setembro a 4 de outubro. A 77ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas inclui discussões sobre educação, paz, desenvolvimento sustentável e desarmamento nuclear. Justamente por isso, o debate promovido pela EOUN em chave inter-religiosa centrou-se nas mensagens a serem enviadas à ONU e aos líderes políticos mundiais para que “nossa casa terrena comum” esteja verdadeiramente no centro das agendas mundiais. Os oradores, vindos de diferentes contextos religiosos e espirituais, enviaram uma mensagem unificada, partindo de uma pergunta complexa. “Como podemos ouvir a voz da criação – da natureza – individualmente, como corpos religiosos, como tomadores de decisão e formuladores de políticas em nossas sociedades?” Bhagwan. Um grito do Pacífico: "Precisamos de uma transformação social" O pastor James Bhagwan, secretário-geral da Conferência das Igrejas do Pacífico, em uma mensagem em vídeo, pediu o fortalecimento de campanhas, como a de um tratado de não proliferação de combustíveis fósseis. “Temos que nos comprometer seriamente – disse -. Continuamos a lutar para ganhar impulso no financiamento climático, para conter as perdas e danos. Fazer isso é essencial." Bhagwan também pediu soluções eficazes para conter mais danos a um ecossistema já frágil. “Temos que garantir que tudo o que fazemos seja feito no contexto da proteção do meio ambiente. Precisamos de uma transformação social, sabemos disso”. Tal transformação social deve fundamentar políticas, leis e regulamentos, de acordo com Bhagwan. Ele acrescentou: “Essa transformação social fornecerá a vontade política e a vontade empreendedora. Devemos garantir que os países atualmente mais vulneráveis ​​e afetados não contraiam mais dívidas enquanto tentam proteger o meio ambiente”. “Há muito o que fazer e o tempo está acabando”, concluiu. Smith. “Que a criação de Deus seja habitável para as gerações futuras” Ryan Smith, gerente de programa do Escritório Ecumênico nas Nações Unidas e representante do Conselho Mundial de Igrejas (CMI) na sede das Nações Unidas, falou sobre a “necessidade da comunidade de fé trazer nossa voz única na discussão sobre a crise climática. E trabalhar junto com parceiros religiosos e a comunidade científica para garantir que a criação de Deus seja habitável para as gerações futuras”. A mesa redonda foi precedida por uma oração ecumênica. Para saber mais sobre o trabalho do Escritório Ecumênico nas Nações Unidas, clique AQUI. ...

Ler artigo
RBE-TV chega.  Um canal digital terrestre junta-se à Rádio Beckwith

RBE-TV chega. Um canal digital terrestre junta-se à Rádio Beckwith

Roma (NEV), 14 de setembro de 2022 – Uma TV além do rádio. Este é o slogan da Rádio Beckwith Evangelica (RBE) para o lançamento da nova emissora de TV. “A partir de 19 de setembro de 2022, terá início a nova programação da RBE-TV, a televisão da RBE. Este é mais um passo na busca por linguagens que combinem rádio, televisão e web com o objetivo de contar o território piemontês e suas interconexões com o mundo, por meio de palavras e imagens”, escreve a equipe editorial. “A TV representa uma culminação do trabalho feito nos últimos anos no campo do vídeo – continua a nota –, mas também um novo desafio para continuar a construir uma perspectiva no cenário da mídia que inclua a narrativa consciente do mundo das igrejas protestantes na Itália ". A RBE-TV transmite no canal digital terrestre 87 no Piemonte, nas províncias de Turim, Cuneo e Asti, com uma programação parcialmente coincidente com a do rádio e parcialmente autônoma, oferecendo formatos culturais e informativos específicos. RBE, uma longa história A Rádio Beckwith nasceu em 1984. Vinculada desde o início à Igreja Evangélica Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense, seu trabalho sempre contou com atenção à área local, atividades culturais, juvenis e assistenciais. O emissor leva o nome do English General Charles John Beckwithveterano da batalha de Waterloo. Benfeitor, ajudou na cultura e educação nos vales valdenses na primeira metade do século XIX. Seu nome está associado, entre outras coisas, ao "Escolas de Beckwith”. Construídas às centenas, em várias aldeias dos vales, essas escolas garantiram a alfabetização de toda a população valdense em poucos anos, criando um exclusivo no panorama italiano da época. No site da RBE lemos novamente: “A RBE nasceu na onda da difusão das rádios livres a partir de 1976, como compromisso e passatempo de um grupo de meninos. Nos primeiros anos, a transmissão era limitada à vila de Torre Pellice, onde a rádio estava sediada, e nos anos seguintes expandiu-se para todo o Vale de Pellice e a área de Cuneo. O tempo de difusão passa ao longo dos anos de algumas horas iniciais para os atuais 24/7, graças ao investimento gradual e contínuo em pessoal e novas tecnologias, como o streaming, ativo desde 2004, ou o digital terrestre desde 2010”. A Radio Beckwith Evangelica é propriedade da associação cultural sem fins lucrativos “Francesco Lo Bue”. Para saber como e onde ouvir a RBE, clique AQUI. Abaixo, o spot de lançamento da RBE-TV: [embed]https://www.youtube.com/watch?v=BNiH-lLYLMk[/embed] ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.