Notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)

Notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)

Foto Parlamento Europeu 2022

Roma (NEV), 28 de janeiro de 2023 – Aqui estão as últimas notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK).

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

“A unidade se alimenta na comunhão e na oração” disse o Secretário Geral da CEC, Jørgen Skov Sørensen. Em mensagem em vídeo por ocasião da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (SPUC), o secretário lembrou que a ideia desse evento ecumênico remonta a 1908. Se quiséssemos situar seu nascimento nesse contexto, disse Sørensen, “significa que estamos comemorando a 115ª edição da Semana”. Ele também lembrou a grande contribuição do Conselho Mundial de Igrejas (CEC) fundado em 1948 e, 11 anos depois, do próprio CEC. “Marcos que testemunham uma crescente compreensão ecumênica e compromisso compartilhado, atravessando fronteiras geográficas e confessionais”. Olhe aqui.


CEC no Parlamento Europeu sobre a democracia liberal

Foto Parlamento Europeu 2022

Há também o CEC entre os participantes do seminário do Parlamento Europeu para o “Diálogo sobre a democracia liberal”. Com efeito, a Conferência das Igrejas da Europa foi representada por Marietta DC van der Tol, que destacou o importante papel das igrejas e da religião. O evento foi apresentado pelo Primeiro Vice-Presidente do Parlamento Europeu, Othmar Karas. Ele é responsável pelo Artigo 17 – Diálogo com organizações religiosas e filosóficas. O seminário realizou-se a 24 de Janeiro em Bruxelas. “Geralmente falamos sobre religião versus secularismo e antiliberalismo versus liberalismo. Devemos reorientar nossa perspectiva, na medida em que as comunidades religiosas serão parceiros sociais importantes para conter a ameaça da direita antiliberal – disse van der Tol -. As religiões têm um papel importante a desempenhar. Ao apontar os limites do antiliberalismo político e ao dizer abertamente em que ponto o antiliberalismo político deixará de representá-los, se é que algum dia o fez. Mas também, ao articular ideias alternativas sobre a relação entre política e religião conservadora, em prol da estabilidade da ordem democrática constitucional”.

Para saber mais:

Diálogo religioso e não confessional – Parlamento Europeu.

Vídeo: Artigo 17 – Seminário sobre Democracia Liberal.


“Cada parte da criação importa”

Está online o vídeo de apresentação do livro publicado pela KEK em parceria com a Globethics.net “Toda parte da criação conta”. O livro é sobre cuidar da criação de Deus e o chamado das igrejas. Falamos sobre isso AQUI.

Para rever a apresentação, clique no link abaixo.


O CEC na Convenção da Associação Teológica Ortodoxa Internacional

Guerra, paz e teologia pública são alguns dos temas destacados pelo CEC na convenção da Associação Teológica Ortodoxa Internacional (IOTA). Participou o Secretário Executivo do CEC para o Diálogo Teológico, Katerina Pekridou. A conferência foi organizada pela Academia de Estudos Teológicos de Volos, Grécia. Entre os temas abordados, também o documento de ética social de 2020 do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla “Pela vida do mundo”. Sobre o capítulo sobre guerra, paz e violência do Documento, Pekridou destacou que “a Igreja Ortodoxa se beneficiaria com o desenvolvimento de uma teologia pública que discutisse a paz e a guerra no marco do direito internacional e dos direitos humanos, levando em consideração os desafios atuais para paz”. Falou-se também da consciência pessoal na era da crise eclesiástica, do diálogo ortodoxo-católico e dos desafios da aceitação ecumênica no Oriente e no Ocidente. A conferência, realizada de 11 a 15 de janeiro, contou com a participação de estudiosos de várias disciplinas representando a América, Europa, Austrália, Ásia, África, Bálcãs e Rússia, incluindo bispos e clérigos de várias jurisdições ortodoxas. A IOTA foi fundada em 2017, um ano após o “Santo e Grande Concílio”, com o objetivo de contribuir teologicamente para a renovação da Igreja Ortodoxa, apoiando a unidade e sinodalidade pan-ortodoxa. Em 2025, a convite do Patriarca Ecumênico Bartolomeu, a IOTA organizará a conferência “A Fé de Nicéia”, para comemorar o 1700º aniversário do Primeiro Concílio Ecumênico.


Reflexões sobre o tema da Assembleia da CEC: “Somos chamados a levar a bênção de Deus ao mundo”

O pastor Christian Sofussen, da União Batista da Dinamarca, reflete sobre como os cristãos são chamados a levar a bênção de Deus ao mundo e como o testemunho cristão combina ideias com ações. A reflexão de Sofussen faz parte de uma série de discursos que se aproximam da próxima Assembleia Geral da CEC intitulada “Sob a bênção de Deus – moldando o futuro”. Leia aqui.


Comunicado de imprensa: Credenciamentos abertos para a Assembleia Geral CEC 2023 em Tallinn

Foto Mladen Trkulja / CEC

A CEC realizará sua Assembleia Geral de 14 a 20 de junho de 2023 em Tallinn, Estônia, sob o título “Sob a bênção de Deus – moldando o futuro”.

A mídia está convidada a se registrar online e participar da coletiva de imprensa em 20 de junho de 2023. Leia aqui.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

“Selecionar quem desembarca é desumano e contrário às normas”

“Selecionar quem desembarca é desumano e contrário às normas”

Desenho de Francesco Piobbichi, equipe, programa Mediterranean Hope, Federação de Igrejas Protestantes na Itália (FCEI) Roma (NEV), 8 de novembro de 2022 - "Como evangélicos, não podemos aceitar que migrantes que já sofreram violência e às vezes tortura sejam selecionados na chegada de acordo com critérios que não são apenas imorais e incompatíveis com nossa fé, mas também contrários aos padrões marítimos internacionais ". Assim afirmou o presidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, Daniele Garrone, criticando “as instituições europeias que não se encarregam de um problema que não pode ser transmitido apenas aos países mais expostos aos fluxos migratórios. Precisamos de um plano de recolocação europeu – prossegue o presidente da FCEI – no qual todos os países da UE terão de colaborar e que preveja sanções para quem não cumprir um dever fundamental de solidariedade entre os parceiros. As migrações - continua Garrone - confirmam-se, de facto, como uma das provas da estabilidade e da qualidade democrática das instituições europeias. É necessário um esforço conjunto de todos os países da UE para resgatar refugiados no mar, acolhê-los e, acima de tudo, abrir alternativas legais e seguras às passagens irregulares muitas vezes geridas por organizações criminosas internacionais. Como igrejas evangélicas, há anos estamos fortemente comprometidos com a gestão de corredores humanitários que restauram a esperança e a dignidade dos refugiados que fogem da guerra e da perseguição. Estamos prontos – conclui o presidente da FCEI – para trabalhar com os nossos parceiros ecuménicos e com as igrejas irmãs na Europa para promover uma política europeia de gestão da ajuda, redistribuição dos refugiados e expansão dos corredores humanitários”. artigo anterior9 de novembro: Dia mundial contra o fascismo e o antissemitismoPróximo artigoBienal de ecocomunidades pelo desarmamento climático e conversão ambiental Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo
Lyndon Buckingham é o novo General do Exército de Salvação

Lyndon Buckingham é o novo General do Exército de Salvação

Lyndon Buckingham Roma (NEV/EdS), 29 de maio de 2023 – O Comissário Lyndon Buckingham foi eleito 22º General do Exército Internacional de Salvação. O comissário Bronwyn Buckingham em vez disso, ela assume o cargo de Presidente Mundial dos Ministérios da Mulher. O anúncio surge após um longo processo iniciado no início deste mês com a convocação do Conselho Superior que tem por missão eleger o novo General do Exército de Salvação. Reproduzimos o comunicado de imprensa completo abaixo. Dos 16.000 oficiais ativos do Exército em todo o mundo, os 112 convocados para o Conselho Superior são Comissários ativos que são Comandantes Territoriais ou que ocupam cargo de comando internacional ou nacional ou liderança territorial e Chefes Territoriais com patente de coronel. A chegada dos membros ocorreu na quinta-feira, 18 de maio, mas o evento começou no sábado, 20, com uma reunião de boas-vindas aberta aos entusiastas da saúde e amigos, na qual o ministério dos atuais líderes internacionais, General Brian Peddle e o comissário Rosalie Peddle (Cadeira Mundial do Ministério da Mulher), que estão se preparando para se aposentar em agosto. Cada general pode servir por até cinco anos, a menos que atinja a idade de aposentadoria obrigatória de 68 anos antes do final de seu mandato.O evento, realizado no Central Hall em Westminster, foi transmitido ao vivo online, com contribuições de muitos músicos do Exército de Salvação de todo o mundo. Um encontro de adoração e oração a portas fechadas aconteceu no domingo, 21, e os vários procedimentos começaram na segunda-feira. Primeiramente, foram eleitos um Presidente, um Vice-Presidente e um Capelão, após o que os presentes aprovaram o Regimento. Depois, um Comitê Seleto discutiu quaisquer questões relevantes para a eleição, e os membros do Conselho apresentaram indicações. Obviamente, os candidatos podem aceitar ou recusar a candidatura. Aqueles que aceitaram responderam a um questionário de 15 perguntas e seu parceiro respondeu a 5 perguntas. Normalmente, as perguntas são sobre a visão do candidato do Exército de Salvação, sua abordagem à liderança e seus pensamentos sobre fé e prática. Os candidatos também preparam um discurso. A votação então prosseguiu. Para ser eleito, o candidato precisa de mais de dois terços dos votos dos membros em uma das três primeiras votações e mais de 50% dos votos a partir da quarta votação. O Salão do Conselho Superior foi um local sagrado de oração na manhã de sábado, 27 de maio, quando os membros se reuniram para eleger o 22º General do Exército de Salvação. Durante esta semana, a oração foi a base de tudo o que aconteceu. As orações do Exército Mundial e dos membros do Alto Conselho de 2023 se uniram e a presença de Deus foi sentida. O processo eleitoral, realizado silenciosamente como um dever solene e sagrado, resultou na eleição do Comissário Lyndon Buckingham como o 22º General do Exército de Salvação. Belos momentos de oração foram compartilhados com o General eleito e o Comissário Bronwyn Buckingham (que assumirá o cargo de Presidente Mundial dos Ministérios da Mulher). De particular importância foi a primeira bênção e oração em língua Māori compartilhada pelos neozelandeses no salão para homenagear o povo de sua terra natal. Que Deus abençoe os Eleitos Gerais! Que Deus abençoe o Exército da Salvação! A entrevista com o recém-eleito General do Exército de Salvação, Lyndon Buckingham O Exército de Salvação Internacional – Uma entrevista com o general eleito, comissário Lyndon Buckingham ...

Ler artigo
Coronavírus.  Ecumenismo e caridade segundo a Pastora Ilenya Goss

Coronavírus. Ecumenismo e caridade segundo a Pastora Ilenya Goss

Foto de Branimir Balogović - detalhe, Unsplash Roma (NEV), 5 de julho de 2020 – Em Interris.it, James Galeazzi entrevistar a pastora valdense Ilenya Goss sobre o compromisso comum dos cristãos durante a pandemia devido ao coronavírus. Com um olhar para o futuro. Ilenya Goss Goss é formado em Medicina e Cirurgia, Filosofia e Teologia e é membro da Comissão de Bioética das igrejas Batista, Metodista e Valdense. Na entrevista ao jornal digital fundado por Aldo Bonaiuto falamos não só de pandemia, mas também de fragilidade e oportunidade, de fé, de diálogo, de teologia e dos efeitos da emergência a nível individual e coletivo. “Todo choque pode provocar um impulso ao amadurecimento e ao crescimento, mas também pode provocar um bloqueio – diz a pastora Ilenya Goss -: as situações devem ser sempre observadas de perto, além de um dado geral que pode ter um caráter sociológico e estatístico, mas que pouco diz sobre o natureza das mudanças pessoais. Leia a entrevista em Interris.it ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.