A série de TV dedicada à primeira advogada italiana, Lidia Poët

A série de TV dedicada à primeira advogada italiana, Lidia Poët

Roma (NEV), 23 de janeiro de 2023 – Lei de Lídia Poëtcom o protagonista Matilda DeAngelischega em 15 de fevereiro à Netflix.

A série conta a história da mulher valdense Lídia Poeta, o primeiro advogado italiano inscrito na Ordem Profissional. Nascida em 1855 em Traverse di Perrero, na província de Turim, só em 1920, após uma vida de batalhas, conseguiu obter a inscrição no Registo.

Aqui está o trailer da série:


Para saber mais:

aqui é possível ouvir o episódio do ciclo “Vidas que não são tuas – Espíritos livres”, realizado pela revista e centro de estudos Confronti para a Rádio Rai Tre, editada pela Marzia Coronatique conta a história da valdense Lidia Pöet.


Lídia Poët, de família valdense, nasceu em Traverse, povoado de Perrero em Val Germanasca (TO), em 1855. Formou-se professora em 1878 e matriculou-se, contra a vontade do pai, na Faculdade de Direito da Universidade de Turim. Formou-se em 1881 com uma tese sobre a condição da mulher na sociedade, com especial atenção à questão do voto feminino. Ela é a primeira mulher na Itália a se formar em direito. Ele passa nos exames para se tornar procurador-geral e se inscreve para ser admitido na Ordem dos Advogados. A Ordem dos Advogados de Turim se divide, mas permite que Poët se registre. Decisão impugnada pelo procurador do Rei no Tribunal da Relação, que, invocando razões legais devido à falta de regras sobre o exercício da profissão pelo sexo feminino, bloqueia tudo. O recurso de Poët foi indeferido, mas ela exerceu a profissão, mais ou menos informalmente, em Pinerolo com o irmão advogado, dedicando-se sobretudo à defesa dos menores e nunca deixando de travar as batalhas pela emancipação feminina. Os anos passam, a Grande Guerra estoura, os homens deixam suas casas vazias e os deveres públicos descobertos. Para as mulheres, esta trágica circunstância torna-se uma oportunidade para afirmar a sua centralidade na sociedade e, em 1919, a lei que abre as carreiras profissionais às mulheres fotografa uma realidade já em curso. Em 1920, Lidia Poët, agora com sessenta e quatro anos, tornou-se a primeira advogada da Itália.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Alemanha.  Está em andamento o Kirchentag ecumênico: “Ide e vede!”

Alemanha. Está em andamento o Kirchentag ecumênico: “Ide e vede!”

Roma (NEV/voceevangelica), 12 de maio de 2021 – A terceira edição do "Kirchentag ecumênico" (OEKT) começa em Frankfurt na quinta-feira, 13 de maio, às 9h30, com a celebração ecumênica da Ascensão e termina em 16 de maio. O Kirchentag é promovido por católicos e evangélicos alemães. “O lema do terceiro encontro ecumênico é claro: não desvie o olhar”, escreve ele Gaëlle Courtens em sua visão geral em voceevangelica.ch, onde ele explica o programa e o espírito desta edição em particular: ...

Ler artigo
Bolonha.  Pontes de paz, religiões e culturas em diálogo

Bolonha. Pontes de paz, religiões e culturas em diálogo

Roma (NEV), 11 de outubro de 2018 – Haverá também o moderador da Mesa Valdense, pároco Eugênio BernardiniE Paulo Nasocoordenadora do Mediterranean Hope (MH) – programa para refugiados e migrantes da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI), na 32ª etapa do “espírito de Assis”, inaugurado em 1986 por João Paulo II e levado adiante pela Comunidade de Sant' Egidio, que este ano completa cinqüenta anos de atividade. A conferência consistirá numa Assembleia Plenária de abertura no Centro de Congressos da Feira na tarde de domingo, dia 14 de outubro, e numa série de painéis temáticos que decorrerão no centro da cidade na manhã dos dias 15 e 16. A Cerimônia Final acontecerá na Piazza Maggiore na tarde de terça-feira, 16 de outubro. Muitos temas serão abordados nos vinte e cinco painéis esperados, todos caracterizados por uma criteriosa seleção de personalidades em diálogo, tanto religiosas como seculares: a Europa e a sua crise, a solidariedade entre gerações, o diálogo inter-religioso, o ambiente, o desarmamento, o papel da crentes diante das guerras, da violência generalizada na América Latina. Eugenio Bernardini intervirá numa mesa redonda subordinada ao tema “Desarmar conflitos”, enquanto Paolo Naso participará no painel “Migrações e o futuro: corredores humanitários”. Entre as personalidades importantes presentes Ahmad Muhammad Al-TayyebGrande Imã de Al-Azhar; Berenice Kingpastor batista e filha de Martin Luther King. ...

Ler artigo
O Otto per mille Waldensian para o Haiti e o Afeganistão

O Otto per mille Waldensian para o Haiti e o Afeganistão

foto de Tim Mossholder, unsplash Roma (SSSMV06), 25 de agosto de 2021 - Ajuda concreta às populações do Haiti e do Afeganistão. Assim o decidiu o Sínodo valdense e metodista em curso na Torre Pellice, na província de Torino, por ocasião da habitual análise dos projetos dos valdenses e metodistas Otto por mil. Além dessas duas intervenções específicas ligadas às emergências vividas nesses dois países, o Sínodo aprovou a lista de todos os outros projetos que receberão o apoio econômico do Otto per mille Waldensian. A deficiência, os menores e a cultura são os eixos de intervenção mais valorizados entre os projetos aprovados para o corrente ano.“Um dado que nos chamou a atenção é o número de inscrições recebidas – explica Manuela Vinay, chefe do escritório Otto per mille das igrejas valdenses e metodistas -. Nunca tantos pedidos, desde que o Otto per mille existia: quase 5 mil - 4992 - pedidos de financiamento, enquanto em 2019 foram cerca de 4100. Estamos a falar de mais 1400 pedidos, face aos últimos três concursos. Já esperávamos, tendo em conta a pandemia, mas não nestes termos: o terceiro setor mas também a cultura precisam claramente de ajuda. E tentaremos, à nossa maneira, como sempre, oferecer o nosso apoio a estas realidades. A solidariedade dos Valdenses e Metodistas está sempre presente e pronta. Por fim, esperamos que essa possibilidade seja cada vez mais utilizada pelos cidadãos, considerando que a maioria - mais da metade - dos contribuintes na Itália, até o momento, não expressa preferências em suas declarações fiscais com relação ao destino do Otto per mil". Justamente para administrar emergências, existe de fato um fundo específico Otto per mille – ou seja, que não subtrai recursos de projetos, mas é formado por recursos não alocados todos os anos. Deste fundo de emergência, este ano, parte será destinada ao Afeganistão e parte ao Haiti. Em particular, para a população afegã, a ajuda servirá para cobrir os custos de uma intervenção de acolhimento que está a ser estruturada nestes dias e que faz parte do apelo da Federação das Igrejas Evangélicas em Itália, do Conselho Valdense, com S. Egidio, para ativar corredores humanitários, com base no modelo piloto já iniciado e gerido pelas três organizações do Líbano. No ano passado também foi criado um fundo de emergência ad hoc para a Covid, destinado a Itália, mas as intervenções internacionais de combate à Covid também foram financiadas com fundos ordinários. Por fim, os próximos passos para a atribuição das verbas: em setembro a publicação dos projetos no site www.ottopermillevaldese.org e o lançamento dos projetos e em janeiro de 2022 o próximo concurso. LEMBRETE aos jornalistas: hoje às 18h30 coletiva de imprensa final, vídeo ao vivo em www.rbe.it, com o diácono Alessandra Trotta e o pastor José Platão Todos os detalhes nesta página. FACT SHEET: Igrejas metodistas e valdenses na Itália ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.