Mensagem ecumênica para a presidência alemã da UE.  Europa é o futuro

Mensagem ecumênica para a presidência alemã da UE. Europa é o futuro

Heinrich Bedford-Strohm (à esquerda) e Georg Bätzing juntos pela primeira vez em “Sunday Word”. Um quadro do vídeo retirado de www.daserste.de

Roma (NEV/EKD), 25 de junho de 2020 – O bispo Heinrich Bedford-Strohmpresidente do Conselho da Igreja Evangélica na Alemanha (EKD), e o bispo Georg Batzingpresidente da Conferência Episcopal Alemã, encorajou a presidência alemã do Conselho da União Européia para que o futuro dos povos na Europa seja “europeu”, e não deixado apenas aos Estados-nação.

No contexto da presidência alemã do Conselho a partir de 1º de julho de 2020, os políticos alemães devem “moldar o futuro de nosso lar europeu comum com responsabilidade pela coesão europeia”.

“Somente uma Europa unida pode superar as consequências sociais, econômicas e sociais da pandemia do coronavírus”, comentaram Dom Bedford-Strohm e Dom Bätzing.

Ninguém ganha – acrescentam – com as tentativas nacionais de seguir em frente sozinhas, egoisticamente e jogando a culpa umas nas outras; a preocupação deve ser, ao contrário, enfrentar os grandes desafios com espírito de solidariedade europeia”. Como o maior e economicamente mais forte estado membro da UE, a Alemanha, através da presidência do Conselho, tem a oportunidade de desempenhar um papel de liderança no espírito de primus inter pares”.

Os dois bispos sublinham explicitamente que o caminho já percorrido rumo a uma sociedade com impacto neutro no clima deve ser percorrido com determinação, a biodiversidade deve ser preservada e o meio ambiente deve ser protegido. A pandemia de coronavírus está afetando especialmente os países estruturalmente desfavorecidos e as camadas mais pobres da população.

“Consequentemente, a presidência do Conselho deve ser uma oportunidade para apoiar os países mais afetados, mesmo fora da UE. Uma expressão clara da responsabilidade europeia pelo bem comum global seria, por exemplo, uma iniciativa social e ecológica para a criação de cadeias produtivas alinhadas com os direitos humanos”, escrevem os bispos.

Outros temas para a presidência alemã do Conselho, segundo as Igrejas, são a digitalização, abrindo perspectivas para as gerações mais jovens, uma política de asilo justa e solidária, garantindo a democracia e o estado de direito em sociedades pluralistas.

Bedford-Strohm e Bätzing concluem: “Durante sua presidência no Conselho da UE, a Alemanha pode tomar iniciativas voltadas para o futuro para dar respostas europeias aos atuais desafios europeus e globais. Nestes tempos difíceis, a integração europeia precisa urgentemente de um novo impulso”.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Mirly, a 31ª edição do encontro sobre questões laborais

Mirly, a 31ª edição do encontro sobre questões laborais

Roma (NEV), 4 de fevereiro de 2021 – A XXXI edição do "Rencontre de Mirly", o encontro anual da Missão para a indústria das igrejas reformadas e luteranas na região de Lyon, foi realizada online. Ele fala sobre isso neste artigo Francesca Evangelistaque participou do encontro como membro da Comissão FCEI GLAM (Globalização e Meio Ambiente). “Quando no ano passado, no banlieue de Lyon, apertando a mão de Denis Costilorganizador do Rencontre di Mirly, me despedi com a promessa de me encontrar novamente "l'année prochaine”, Nunca imaginei que cumpriria minha palavra permanecendo confortavelmente sentado em meu sofá em Roma. Pois é, depois de 30 anos de encontros, pela primeira vez Mirly marcou uma consulta no Zoom, provando que não se deixará abater nem por uma pandemia global; por outro lado, foram muitas as dificuldades que enfrentou ao longo de sua história e que temperaram sua alma forte. Mirly é a sigla de “Mission in l'industrie de la Région Lyonnaise” (Missão na Indústria da Região de Lyon), nascida em 1984 no distrito Duchère de Lyon por vontade das Igrejas Protestantes de Lyon (Reformadas e Luteranas), nas instalações da Mission Populaire (Missão do Povo, uma Igreja Protestante Francesa instituição de ensino e ajuda popular). Há 25 anos, Mirly oferece um curso de formação profissional para aprendizes de carpinteiro, com o objetivo de conter o grande desemprego que atingiu a França na década de 1980. Desde 2016, devido à crescente falta de fundos, o curso foi confiado à missão diocesana. Paralelamente ao curso para carpinteiros, em 1987 Mirly abriu uma filial para a luta contra o desemprego e a procura de trabalho no V arrondissement de Lyon, que ainda hoje está ativa. O primeiro nasceu em 1990 Reunião de Mirly: uma reunião anual, no último final de semana de janeiro, para discutir, explorar e discutir o tema do trabalho. Cerca de 60-90 pessoas de diferentes partes da França e da Suíça francófona, cristãos (principalmente protestantes, mas também católicos), se reúnem por dois dias no Centro Protestante de Oullins (subúrbios ao sul de Lyon) para discutir juntos a sempre presente tema de trabalho. A 31ª edição do la Rencontre decorreu nos dias 30 e 31 de janeiro de 2021, a primeira em modo virtual. Um olhar sobre os acontecimentos atuais é inevitável: como a covid-19 está afetando o mundo do trabalho? Parte inesperada da resposta dada por Dennis Maillard, filósofo político e autor de inúmeros ensaios, que destacou como o mundo está se dando conta de um grande número de trabalhadores "invisíveis, mas indispensáveis" (título de seu novo livro a ser lançado em 4 de fevereiro) como, por exemplo: entregadores, os que trabalham na logística, caixas, funcionários da manutenção, pessoal da limpeza, enfermeiros que já foram promovidos a heróis e muitos outros. “Neste período de quarentena”, disse Maillard, “finalmente percebemos que nossa vida cotidiana é facilitada por tantos desses invisíveis, antes os olhávamos sem perceber, enquanto agora finalmente os vemos e os valorizamos”. Devemos trabalhar duro para garantir que isso não diminua quando a pandemia terminar. A intervenção de foi no mesmo sentido Dominique Bolliet, professor universitário e prefeito do 4º arrondissement de Lyon, que destacou como "vivemos em um mundo onde as profissões mais úteis não gozam de nenhum reconhecimento social". Os empregados aceitam a chantagem pela qual se submetem ao empregador em troca de dinheiro, o que os priva de qualquer possibilidade de encontrar um emprego que corresponda às suas expectativas. O trabalho torna-se assim uma mercadoria e não mais uma vocação. Há uma forte necessidade de uma nova disciplina jurídica do trabalho que permita o envolvimento e valorização do indivíduo em suas atividades laborais, que restitua dignidade a TODO tipo de trabalho, que leve em conta a emergência climática e ambiental. Hubert Menet trouxe testemunho prático com o experimento”Territoires zero chômeurs” (Zero Territórios desempregados) que já envolveu cerca de sessenta pequenas realidades francesas entre 5 e 10 mil habitantes. O projeto visa empregar todos os desempregados de forma permanente. As seleções de pessoal são proibidas, o treinamento e a escuta são favorecidos. Parte da análise das necessidades locais e dos seus recursos, para depois procurar uma resposta envolvendo os desempregados desde a fase de planeamento. Assim, cria-se uma consciência social coletiva que leva ao trabalho em equipe e toca em temas antes pouco considerados, como atenção ao meio ambiente e reciclagem (novos empregos). Na conclusão do Rencontre, o pároco da Igreja Protestante Unida da França Françoise Mesi ele relembrou o processo criativo de Deus em Gênesis 1, enfatizando que o trabalho nos foi ensinado por ele, mas que também é necessário um tempo de descanso e adoração: o sétimo dia. Nomeação no final de janeiro de 2022, com a esperança de vê-los novamente em Lyon". ...

Ler artigo
Um verão protestante

Um verão protestante

Foto Rajiv Bajaj - Unsplash Roma (NEV), 22 de junho de 2022 – O verão começou. Nas últimas semanas, e até setembro, várias iniciativas culturais e comunitárias organizadas pelas igrejas evangélicas italianas. Na Agenda Evangélica e Ecumênica da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI), você pode encontrar atualizações semanais com datas, locais e detalhes de apresentações, resenhas, conferências, concertos e outras iniciativas. Além disso, na mesma página, você encontra todas as informações sobre as transmissões de rádio e TV do "Culto Evangélico" com curadoria do pastor Luca Barattocom o Notícias Evangélicas e os destaques, e a veiculação do "Protestantesimo" na RAITRE, com os dias e horários das reprises. Abaixo, no entanto, uma visão geral do verão protestante com uma seleção de alguns dos eventos mais significativos. O 25 de junho realiza-se o dia de espiritualidade intitulado "A fé como caminho". Promovido pela Associação das Igrejas Evangélicas Batistas de Lazio, Abruzzo e Marche (ACEBLAM), inclui reflexões, orações e caminhadas imersas no verde das montanhas Cimini, no lago Vico, na província de Viterbo. Com a pastora Ana Rosa Pereira. Para informações e reservas: [email protected] O 30 de junho em Meana di Susa, no Piemonte, celebram-se os 100 anos do hinário cristão. Reserva obrigatória até 25 de Junho através do nº. 0122.39138 após as 21h00. De 3 a 9 de julho na Torre Pellice, no coração dos vales valdenses na província de Turim, é realizada a "Escola para a Democracia", exposição com curadoria e promoção da Fundação Centro Cultural Valdense que abre com a inauguração Louis Manconi, sociólogo e senador da República. O 4 de julhoa aula-concerto de Paulo Nasocom Alberto Annarilli e Elisa Biason Intitulado: “Martin Luther King. Uma história americana". Na Calábria, o albergue social abre suas portas para turistas solidários. Esta é a nova iniciativa da “Casa da Dignidade” inaugurada há alguns meses pelo Mediterranean Hope, o programa de migrantes e refugiados da FCEI. Entre julho e setembroAlém disso, os Museus Valdenses organizam 6 caminhadas históricas sobre a vida, cultura e história valdenses. Para informações: [email protected] nomeações institucionais Há dois compromissos institucionais de verão. A primeira, mano dDomingo 21 de agosto e terça-feira 23 de agosto, é representada pela chamada “Assembleia-Sínodo”, a 5ª sessão conjunta da Assembleia Geral da União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI) e do Sínodo das igrejas valdenses e metodistas. As igrejas batistas, metodistas e valdenses “BMV” se reúnem na Torre Pellice. Como de costume, seguirá o Sínodo valdense-metodista, que se encerra na sexta-feira, 26 de agosto. Por fim, para colocar em pauta, o 07 de setembrocom o tradicional encontro marcado em Veneza com o CircuitoCinema, patrocinado pela Associação de Cinema Protestante "Roberto Sbaffi" (mais informações abaixo). Para relatar compromissos, escreva para [email protected] ...

Ler artigo
Notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)

Notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK)

Detalhe da capa de uma das publicações da Comissão de Igrejas para Migrantes na Europa (CCME) - fonte Roma (NEV), 19 de maio de 2022 – Estas são as últimas notícias da Conferência das Igrejas Europeias (KEK). Igrejas são convidadas a homenagear refugiados que morreram nas fronteiras da Europa Tendo em vista o Dia Mundial do Refugiado, que se celebra a 20 de junho, a Conferência das Igrejas Europeias (KEK), juntamente com a Comissão das Igrejas para os Migrantes na Europa (CCME), convida-nos a comemorar os milhares de migrantes e refugiados que perderam vida no Mediterrâneo, bem como noutras fronteiras, dentro e à volta da Europa. Para saber mais, leia o artigo em italiano em Riforma.it Paris, maio de 2022. Treinamento para comunidades mais seguras e fortes na Europa (SASCE) Igrejas francesas estudam como garantir comunidades seguras Mais uma etapa, na França, do projeto de segurança e proteção de comunidades religiosas e locais de culto. O programa de treinamento conduzido pela Conferência das Igrejas Européias passou por Paris desta vez. O evento contou com a presença de líderes e funcionários da igreja francesa. Estamos a falar do projeto Comunidades Mais Seguras e Fortes na Europa (Comunidades mais seguras e fortes na Europa – SESA). A etapa francesa representa um momento particularmente significativo, já que o país sofreu vários ataques terroristas nos últimos anos. Algumas igrejas também foram diretamente afetadas. Durante o encontro, o Secretário Executivo de Direitos Humanos do CEC, Elizabeth Kitanovic, apresentou diversos materiais, incluindo guias práticos, vídeos e recomendações do SASCE para a construção de uma equipe de gerenciamento de risco para emergências. Leia mais clicando aqui. Projeto SASE O SASCE é um projeto dedicado à proteção de locais de culto e comunidades na Europa, fruto de uma parceria inter-religiosa entre o KEK e outras realidades. Entre eles: Centro de Segurança e Crise do Congresso Judaico Europeu, Assuntos de Fé e União Budista Europeia. A iniciativa é apoiada pela Comissão Europeia com uma subvenção de 3 milhões de euros. Assembleia ECEN 2022: os desafios que vivemos A próxima Assembleia da European Christian Environmental Network (ECEN - European Christian Environmental Network) decorrerá numa plataforma virtual de 13 a 15 de junho de 2022. Título desta edição: "Os desafios que estamos a viver". Entre os temas: futuro sustentável, segurança energética, European Green Deal e vulnerabilidade climática do ponto de vista das igrejas. “Os impactos da pandemia não travaram as alterações climáticas nem a degradação ambiental – lê-se no relatório -. A Covid-19 trouxe à tona muitas preocupações relacionadas à dependência humana da criação”. Em suma, é preciso avaliar os novos dados científicos e oferecer espaços de participação, também para as comunidades de fé. "A troca de experiências é, nesta situação, mais importante do que nunca" escrevem os organizadores, que também trabalharão os temas da cooperação para a ecologia e o cuidado da criação, tendo em vista a Assembleia do Conselho Mundial de Igrejas (CEC ) previsto para setembro em Karlsruhe, Alemanha. Para saber mais, clique aqui. Para se inscrever clique AQUI. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.