Centro Ecumênico Ágape reabre

Centro Ecumênico Ágape reabre

Roma (NEV), 5 de fevereiro de 2021 – Reabre o centro ecumênico Ágape. A histórica estrutura valdense, localizada a 1.600 metros de altitude em uma aldeia de Prali, a poucos quilômetros de Pinerolo, na área da cidade metropolitana de Turim, pode de fato reabrir suas portas, após semanas de fechamento devido às restrições contra o pandemia. O centro estará aberto nomeadamente de 13 a 17 de Fevereiro próximo, para o Carnaval, com serviço de meia pensão para os hóspedes.

“Por enquanto – ele confirma Lúcia Leonardi, diretora do centro – o serviço que vai ser reativado é precisamente a hotelaria, no pleno cumprimento das normas em vigor, portanto com lotação reduzida. Prevemos reabrir então com todos os acampamentos de verão, sempre com número e dias de permanência limitados. Em particular, este ano daremos prioridade aos acampamentos para crianças e adolescentes”. Iniciativas como os acampamentos serão retomadas – compatível com o andamento da emergência sanitária e as medidas relacionadas – portanto, de maio a meados de setembro, o calendário detalhado será publicado em meados de março. Vários eventos online também serão organizados em preparação para os acampamentos de verão.

Entre outras coisas, a Ágape completa este ano seus setenta anos. “Estamos pensando em vários compromissos para comemorar este importante aniversário, em particular com um evento de três dias em setembro”, acrescenta Leonardi.

Para ficar por dentro de todas as iniciativas da Ágape: Aqui na página do Facebook.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Trabalhe Conosco.  A Federação de Igrejas Protestantes está procurando 2 recursos

Trabalhe Conosco. A Federação de Igrejas Protestantes está procurando 2 recursos

Roma (NEV), 14 de fevereiro de 2023 - A Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI) está procurando 2 recursos para o setor administrativo e o setor de planejamento. Você tem até 20 de fevereiro para enviar sua inscrição. A FCEI reúne quase todas as denominações "históricas" do protestantismo italiano (Batista, Metodista, Valdense, Luterana, Exército de Salvação) e algumas igrejas da área pentecostal-carismática. As atividades da FCEI vão desde a educação à hospitalidade, passando pelas relações com o Estado, comunicação, estudos sobre ecumenismo, diálogo, integração e meio ambiente. Entre seus projetos também o programa de refugiados e migrantes "Mediterrâneo Esperança" e os corredores humanitários. Abaixo, os requisitos necessários e o endereço de e-mail para envio de currículo. PESQUISA DE COLABORAÇÃO PARA A ADMINISTRAÇÃO A Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI) procura colaborador/horas para o setor administrativo. Atividades planejadas Lançamento contábil, primeira nota, reconciliações bancárias, gerenciamento de cronograma de fornecedores; Relatórios de projetos; Suporte à gestão de pessoas, comunicação ANPAL, usabilidade do INPS, tramitação de certificações únicas; Apoio administrativo em geral Habilidades e requisitos necessários: Formação/licenciatura em economia administrativa; Experiência em gestão contábil; uso de software de contabilidade; Excelentes conhecimentos de Excel e do pacote Office em geral; Bom conhecimento das atividades e realidade das igrejas protestantes; Rigor, capacidade de organização do trabalho de forma autónoma e em equipa, respeito pelos prazos. SEDE das atividades: Roma. DISPONIBILIDADE: 12 meses, a partir de 1 de março de 2023. Para se candidatar, envie seu currículo para [email protected] até 20 de fevereiro. BUSCA DE COLABORAÇÃO PARA O DESIGN Atividades planejadas: Elaboração das apresentações narrativas dos projetos (Oito por mil fundos, financiamento de igrejas estrangeiras, FAMI, projetos de fundos privados, ...); Relatórios narrativos do projeto – em andamentoe finais; Orçamentação do projeto; Relatórios de projetos; Relatórios financeiros finais dos projetos; Planejamento anual de projetos e verificações em andamento. Habilidades e requisitos necessários: Formação/graduação na área social, gestão de projetos, terceiro setor; Experiência em planejamento do terceiro setor e entidades sem fins lucrativos; Bom conhecimento das atividades e realidade das igrejas protestantes; Boas habilidades de comunicação escrita e oral para interagir com parceiros, credores e produzir documentação analítica; Excelentes conhecimentos escritos e orais de inglês e italiano; o conhecimento de outras línguas é preferencial; Rigor, capacidade de organização do trabalho de forma autónoma e em equipa, respeito pelos prazos. SEDE das atividades: Roma. DISPONIBILIDADE: 12 meses, a partir de 1 de março de 2023. Para se candidatar, envie seu currículo para [email protected] até 20 de fevereiro. ...

Ler artigo
Encontrar as palavras para guiar e consolar

Encontrar as palavras para guiar e consolar

Daniele Garrone em Lampedusa, em frente à Porta d'Europa (escultura de Domenico Paladino em memória dos migrantes que morreram no mar) Roma (NEV), 26 de outubro de 2022 – Na véspera dos “estados gerais” do protestantismo italiano (29 de outubro a 1º de novembro), a Agência NEV entrevistou o presidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI), pároco Daniele Garrone. Este é o II General Assise, este ano intitulado "Sentinela, em que ponto é a noite...?" (Isaías 21,11) O que vemos, o que devemos dizer? Liberdade e Democracia; trabalho e ambiente; globalização e paz". A II Assembleia Geral da Federação das Igrejas Evangélicas está prestes a começar. O que essa nomeação representa? O Assizes oferece, a cada três anos, a possibilidade de ampla discussão entre as delegações das igrejas-membro. Trata-se de avaliar o trabalho dos últimos três anos, mas também - e diria sobretudo - de reflectir em perspectiva, sobre os problemas que terão de ser enfrentados, sobre as linhas a adoptar e as escolhas a fazer feito. Como interagem as Assizes, a Assembleia e o Conselho da Federação? As recomendações que emergem dos Assizes são de grande importância para as escolhas concretas que cabem ao órgão de decisão, a Assembleia, que se reúne pelo menos duas vezes por ano e que depois caberá ao Conselho concretizar. O Assizes é, portanto, um momento essencial para estreitar o vínculo entre a Federação e as igrejas que dela fazem parte. Assembleia FCEI 2018. Sala dos Grupos Parlamentares, 16 de novembro, Mesa Redonda "Por uma Europa de solidariedade e direitos" Desde a sessão anterior, com a pandemia pelo meio, passaram-se 4 anos. Este, para a FCEI, é, portanto, o primeiro momento oficial de encontro presencial com os dirigentes e delegações luteranas, batistas, metodistas, valdenses, do Exército de Salvação há muito tempo. Os Assizes serão o momento de trabalhar juntos, mas também de conviver uns dias juntos, em convívio. O que você acha? O facto de trabalharmos juntos durante vários dias será tanto mais benéfico depois da experiência da pandemia, mas é fundamental: conversas informais, encontros pessoais que se consolidam ou se estabelecem, partilha de momentos de adoração e canto são momentos formais igualmente construtivos de discussão em assembléia. Quais serão os principais temas do Assise? Entre as várias tarefas que o regulamento atribui aos Assizes, e que vão ser realizadas, desta vez pareceu contudo importante dar particular atenção ao que se define como o exame das “questões e problemas espirituais, sociais e éticos atuais”. Escolhemos, portanto, “Liberdade e Democracia; trabalho e ambiente; globalização e paz". Cada um desses termos está presente no debate público e com declinações muitas vezes diferentes e às vezes conflitantes. Tanto em sua pregação como em seu compromisso diaconal, nossas igrejas também lidam com as questões a que esses termos se referem e provavelmente convivem entre nós diferentes entendimentos. As ideias de como será a Federação nos próximos três anos certamente tomarão forma de forma compartilhada apenas ao final dos Assizes. Quais são os desafios que você vê surgindo para as igrejas, à luz das palavras-chave que guiarão o seu trabalho (Liberdade e democracia. Trabalho e meio ambiente. Globalização e paz)? Gostaríamos que o Assizes fosse uma ocasião "sinodal" de aprofundamento, se quisermos "analisar" o contexto em que somos chamados a testemunhar e agir e de como nos colocamos diante dos problemas dramáticos que estão enfrentando. Compreendemos esse aspecto na frase: “O que vemos?” Com a outra frase, “O que temos a dizer?” esperamos poder descobrir, na comparação realizada à luz da palavra de Deus, não apenas coisas razoáveis ​​ou úteis ou imediatamente compartilháveis, mas as palavras necessárias para guiar, consolar e fortalecer nossas igrejas, em seu testemunho como em seu serviço. Agendado Sábado 29 às 14h30, culto de abertura do Assis. Na igreja metodista na via XX Settembre. Pregar Daniele Garronepresidente da FCEI. Sábado 29 às 16h, iniciativa pública. Na igreja metodista da via XX Settembre em Roma, acontece a mesa redonda: "Sentinella, em que ponto é a noite...?" Apresentar e moderar Pedro Ciaccio, membro do Conselho da FCEI. Caixas de som: Débora Spini (Estudos liberais na New York University Florence). Tonino Perna (professor emérito de sociologia econômica da Universidade de Messina). Alessandra Morelli, ex-delegado para a Europa do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). conclui Ilaria Valenzijurista, Comissão de Estudos, Diálogo e Integração (COSDI) da FCEI. Na noite de sábado, os cerca de 150 participantes, delegados das igrejas que aderiram à FCEI, se deslocarão para Sassone (Ciampino), onde os trabalhos continuarão até terça-feira, 1º de novembro. Para saber mais Leia o especial do NEV sobre Assise 2022. FICHA TÉCNICA sobre o Assise. Um pouco de história A reunião trienal representa uma novidade relativamente recente no percurso da FCEI. Criado pela Assembleia em 2015, apresenta-se como uma espécie de “estados gerais” do protestantismo histórico. A fundação da FCEI, no entanto, remonta à década de 1960. Enquanto o primeiro congresso evangélico data de 1920. O I Assise foi realizado em 2018. ...

Ler artigo
Relatórios GLAM

Relatórios GLAM

Um enquadramento do vídeo realizado no âmbito do projeto "terra terra" em colaboração entre EIIS, Parlamento Europeu, YouTube: rios infiltrados e rios atmosféricos, plantas-mãe, ecossistemas fluviais, ciclos hidrogeológicos, agricultura sintrópica, European Great Deal e muito mais mais 28 de junho de 2023 - Segundo episódio do serviço "La GLAM sinaliza". Dirigido pela Comissão de Globalização e Meio Ambiente (GLAM) da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), em colaboração com a agência de notícias NEV, consiste na divulgação de notícias e informações sobre, em particular, a Criação e a proteção do meio ambiente. TerraTerra: a água é plantada “Eu planto água. Se tenho dúvidas planto árvores, se tenho muitas dúvidas planto muitas árvores”. Os "Amigos da floresta" compartilham 7 estratégias para proteger os recursos hídricos: 40% da água é reciclada nas florestas e a água aumenta onde há árvores. Círculo Ártico sem gelo até 2030? Um Ártico sem gelo teria impactos enormes tanto nas sociedades humanas quanto nos ecossistemas. Ele fala sobre isso no il Fatto Quotidiano Lucrezia Parpaglioni citando pesquisas publicadas na Nature Communications. Imagem retirada de A Política Ambiental da Igreja Reformada Unida Comunidades mais verdes graças a comportamentos atentos a viagens, construções, consumos e investimentos. A Igreja Reformada Unida ativou sua Política Ambiental em janeiro de 2023, adotada na Inglaterra, Escócia e País de Gales. Leia o documento completo: Política Ambiental da URC para a Igreja Reformada Unida Temporada da Criação 2023 sobre justiça e paz Apresentação em vídeo dos materiais litúrgicos para o Tempo da Criação 2023: "Que fluam a justiça e a paz". Líderes religiosos de todo o mundo falam sobre como orar, agir e se engajar por um meia-nóia ecológica. [embed]https://www.youtube.com/watch?v=9F1i609k5Ko[/embed] Rumo a uma “teologia do companheirismo” O Conselho Mundial de Igrejas (CEC) fala de "teologia de companheirismo". Coisas? Teologia da proximidade? De amizade? Da inter-relação? De reciprocidade? De fazer amigos? Em espanhol, eles traduziram “compañerismo”… Vamos tentar investigar melhor esse conceito lendo o artigo completo de Fernando Enns traduzido para o italiano por Antonella Visintin (as notas estão presentes apenas na versão em inglês). ITA – Companheirismo – Para uma teologia ecumênica do companheirismo PT – Companheirismo – Enns 2022 – Rumo a uma teologia ecumênica do companheirismo Para saber mais: Relatório sobre as Conversas Ecumênicas na 11ª Assembleia do CMI | Conselho Mundial de Igrejas (oikoumene.org) Conversas Ecumênicas_Web.pdf (oikoumene.org) ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.