#siamosale, a campanha Otto per mille da Igreja Luterana está em andamento

#siamosale, a campanha Otto per mille da Igreja Luterana está em andamento

Roma (NEV), 5 de maio de 2023 – “Tu és o sal da terra”, este é o versículo que, com a hashtag #siamosale, animará a campanha dos oito por mil da Igreja Luterana.

Uma campanha que começou com uma viagem à descoberta das comunidades luteranas: o #saledellaterratour. As comunidades alcançadas por esta primeira viagem foram: Gênova, Ispra-Varese, Milão, Nápoles e Torre Annunziata. Uma jornada que continuará nos próximos meses com uma nova história. Comunidades, as luteranas, que se “identificam por um empenho particular e característico – como afirma a nota de lançamento da campanha -. Temas como natureza, convívio, hospitalidade, música, escuta, generosidade. Características que, como grãos de sal, dão sabor através do empenho possível também graças às assinaturas para a Igreja Evangélica Luterana na Itália”.

“Antes de tudo, queríamos falar a linguagem da realidade – explica o gerente de comunicação da Igreja Luterana, Gianluca Fiusco – e queríamos fazê-lo partindo de dois elementos que são essenciais para o CELI: transparência e comprometimento. Transparência significou dizer as Comunidades como elas são: sem nenhuma intermediação que não fosse dada pelos rostos, pela voz, pelas palavras de quem vive, anima e constrói essas Comunidades. Por outro lado, o empenho envolveu um trabalho de descoberta que nos convenceu a não partir de um assunto elaborado e escrito no escritório; tanto quanto ouvir as histórias, os testemunhos, as pequenas e grandes histórias que caracterizam a vida real das comunidades luteranas na Itália”.

A campanha será dividida em seis clipes que, a partir do dia 8 de maio, estarão disponíveis no canal do YouTube da Igreja Evangélica Luterana. A isso será adicionada uma página de destino www.ottopermilleluterano.org que conterá todas as informações sobre como apoiar e se inscrever no CELI; informações da campanha e materiais produzidos para a campanha.

“Ser sal da terra (Mateus 5) – conclui Fiusco – significa muitas coisas. Significa tentar dar sabor tanto aos gestos que fazemos como ao empenho com que trabalhamos. Um sabor que, como o sal, se dissolve na realidade, na sociedade, não encobre seu sabor, suas identidades. Ele não os assimila mudando sua natureza. Torna-os vivos, belos, ricos: de vozes, de experiências, de escuta, de participação”.

A história estará disponível no CeliPOD a partir do dia 5 de maio e nas redes sociais dos Luteranos, Facebook e Instagram.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Dia Mundial de Oração 2019

Dia Mundial de Oração 2019

Detalhe da obra de Rezka Arnuš Roma (NEV), 20 de fevereiro de 2019 - Cultos e encontros de oração serão realizados em mais de 170 países ao redor do mundo por ocasião do Dia Mundial de Oração (GMP) 2019, uma iniciativa ecumênica consolidada organizada por mulheres e destinada a todas as comunidades . O material deste ano foi preparado pelas mulheres cristãs da Eslovênia. A data oficial do dia é sexta-feira, 1º de março, mas também serão realizados eventos e reuniões antes e depois. Na Itália, o GMP é organizado pelo comitê ecumênico presidido por Marialuisa Garçom, da Igreja Metodista de Trieste, que disse à agência NEV: “Até hoje, 20 de fevereiro, temos a adesão de mais de 40 grupos de mulheres de toda a Itália que celebrarão este Dia de Oração. Os materiais de preparação incluem um livrinho com a liturgia, o estudo bíblico, o programa da catequese, uma apresentação em Power Point e as fichas geo-históricas da Eslovênia - explica Cameriero -. Tudo pode ser solicitado enviando um e-mail para [email protected]. Na liturgia são apresentadas 5 mulheres do país, nascidas em diferentes períodos históricos; há quem tenha conhecido o socialismo comunista, depois da Segunda Guerra Mundial, a discriminação religiosa, até aos dias de hoje onde as mulheres ciganas vivem na marginalização social e sem perspetivas, para elas e para os seus filhos, de integração no trabalho e na sociedade”. O tema da Jornada Mundial de Oração 2019, intitulada "Vinde, tudo está preparado", é a parábola do grande banquete do Evangelho de Lucas 14, 15-24, onde Jesus compara o reino de Deus a um banquete. Jesus fala de um homem que havia convidado muitos convidados, mas todos recusaram o convite, com uma desculpa. O senhorio, cheio de indignação, decidiu então hospedar os pobres, marginalizados e deficientes em vez dos convidados, para que a festa ainda pudesse acontecer. A pintura do artista Rezka Arnuš para o Dia Mundial de Oração 2019 O pôster do GMP 2019 foi criado por Rezka Arnuš, artista com visão reduzida, e representa seu país em relação à história bíblica: ao centro, uma mesa repleta de especialidades do país; ao redor, mulheres eslovenas dançando em trajes tradicionais e pessoas com várias deficiências. As arrecadações arrecadadas por ocasião do GMP financiarão projetos na Eslovênia voltados para mulheres, incluindo vítimas de tráfico de pessoas, mulheres desfavorecidas e mães em dificuldade. Em particular, o produto das arrecadações do GMP italiano será doado ao projeto da ONG eslovena "Centro de luta contra o tráfico de seres humanos". “As mulheres receptoras vítimas de tráfico – prossegue Marialuisa Garçom – serão incluídos num curso de formação psicossocial, de saúde e profissional. A ONG também faz o possível para conseguir uma autorização de residência de longa duração”. O GMP nasceu em 1887 nos Estados Unidos da América no rescaldo da guerra de secessão, por iniciativa de um grupo de mulheres protestantes que envolveu mulheres de todas as confissões cristãs, dando vida a um movimento ecuménico mundial. ...

Ler artigo
Ecumenismo de 1920 a 2020. A esperança da comunhão

Ecumenismo de 1920 a 2020. A esperança da comunhão

Nikos Kosmidis, Ut unum sint, aquarela 23,5 × 23,5 cm, 2020. Feito especialmente para a Conferência CEC/LOCEOC “A esperança da comunhão: de 1920 a 2020” Roma (NEV), 16 de dezembro de 2020 - A conferência online "A esperança da comunhão: de 1920 a 2020" acontece hoje e amanhã. Organizado pela Conferência das Igrejas Européias (KEK) juntamente com o Centro de Louvain para o Cristianismo Oriental e Oriental (LOCEOC), ele receberá ilustres convidados da Europa e da América do Norte. O objetivo do encontro é centrar-se nos dois textos ecumênicos fundamentais de 1920. A Encíclica do Patriarcado Ortodoxo às Igrejas de Cristo em toda parte, escrita em 1920 pelo Sínodo da Igreja de Constantinopla, e o Apelo a todo o povo cristão da Conferência de Bispos Anglicanos de Lambeth. “A conferência explorará as expectativas de unidade nesses textos. Examinará sua relação com os desenvolvimentos ecumênicos subseqüentes. Por fim, abordará a questão do que significa a esperança da comunhão para as relações entre as Igrejas hoje”, lê-se na apresentação. Entre os destaques, além da análise dos textos, também uma sessão (amanhã à tarde) dedicada a “Sinais de esperança, modelos de unidade: a paisagem ecumênica hoje”. Ir para PROGRAMA. O LOCEOC O LOCEOC é formado por professores da Faculdade de Teologia e Estudos da Religião com experiência no campo do Cristianismo Oriental. Com sede na Universidade Católica de Louvain (Louven, Bélgica), tem entre seus objetivos a promoção do estudo do cristianismo oriental a partir de uma perspectiva teológica, histórica e social. Está, portanto, ligado a uma antiga tradição de estudos sobre o cristianismo siríaco, copta e armênio, portanto das tradições ortodoxa e antigo-oriental. CEC O CEC reúne 114 igrejas de tradição ortodoxa, protestante e anglicana de toda a Europa. Entre seus objetivos, a promoção da paz e o trabalho pela unidade da Igreja. Coordena uma rede de Conselhos Nacionais de Igrejas para discussão e intercâmbio em nível nacional e regional, sobre temas como diaconia, migração, direitos dos refugiados, mulheres e jovens nas igrejas, sustentabilidade social e ambiental. A Conferência das Igrejas Europeias nasceu no contexto de um esforço de paz em 1959, para construir pontes entre o Oriente e o Ocidente durante a Guerra Fria. ...

Ler artigo
Eu tenho um sonho.  60 anos após o discurso de Martin Luther King

Eu tenho um sonho. 60 anos após o discurso de Martin Luther King

Roma (NEV), 28 de agosto de 2023 – Ontem, em Jacksonville, Flórida, um homem branco matou três afro-americanos antes de atirar em si mesmo. Joe Biden condenou o incidente e lamentou que o crime tenha ocorrido precisamente no 60º aniversário da Marcha em Washington contra o racismo, onde o pastor baptista Martin Luther King Júnior. proferiu o histórico discurso “Eu tenho um sonho”. “Devemos dizer em alto e bom som que não há lugar para a supremacia branca na América. Devemos recusar viver num país onde as famílias vão às compras ou à escola com medo de serem mortas pela cor da sua pele”, declarou o presidente dos EUA. Hoje Biden e o vice-presidente Kamala Harris eles conhecerão a família de Martin Luther King. Todos os filhos do líder dos direitos civis foram convidados para a comemoração. AQUI o vídeo e o texto do famoso discurso de King. Ao lembrarmos o #MarchonWashington, devemos todos unir-nos para defender as exigências de há 60 anos que ainda não foram satisfeitas. Junte-se a milhares de pessoas em Washington neste sábado para levantar o chamado. - Rev. William J. Barber II (@RevDrBarber) 24 de agosto de 2023 Para saber mais: "Martin Luther King. Uma história americana”, de Paolo Naso, ed. O terceiro ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.