Fés, pluralismo religioso e os novos ministros da religião

Fés, pluralismo religioso e os novos ministros da religião

“O balanço global desta experiência é muito positivo – afirma Paolo Naso, que também é coordenador do Conselho para as relações com o Islão – porque evidencia o dinamismo das comunidades religiosas que operam em Itália, num contexto em que é mais urgente e necessário garantir o adequado reconhecimento jurídico dos sujeitos religiosos e das confissões religiosas cada vez mais relevantes a nível cultural e social. A recente nomeação da Comissão de Acordos e Liberdade Religiosa para a presidência do Conselho – prossegue Naso -, após quatro anos de férias, é mais um sinal positivo; a esperança é que finalmente se abra uma nova época para os direitos em matéria de liberdade religiosa e o reconhecimento do pluralismo confessional que é cada vez mais evidente também na Itália”.

A reunião será encerrada pelo Subsecretário do Interior, Ivan Scalfarotto.

O curso

O curso, financiado com fundos europeus para a integração, foi dividido em 8 sessões realizadas na Universidade La Sapienza de Roma e na Universidade Estatal de Milão.

Entre os temas abordados, a legislação sobre liberdade religiosa, a reorganização do chamado terceiro setor, a dimensão cívica do diálogo inter-religioso, o direito de família com referência específica às questões de gênero.

O curso de formação faz parte de um projeto mais amplo promovido pelo Conselho para as relações com o Islã italiano, criado no Ministério do Interior.

Em particular, conclui Naso, “foram organizados encontros com mais de uma centena de jovens muçulmanos que tiveram a oportunidade de se encontrar directamente com o Ministro do Interior e com altos responsáveis ​​do ministério. Por fim, na próxima segunda-feira, na Universidade Insubria de Como, serão apresentados novos documentos sobre o tema do pluralismo religioso, fruto de uma comparação direta entre alguns especialistas e representantes de várias comunidades de fé”.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Milão, o prêmio de jardins urbanos ao jardim na cobertura da igreja

Milão, o prêmio de jardins urbanos ao jardim na cobertura da igreja

Roma (NEV) 19 de abril de 2022 – Medalha de ouro para o jardim urbano no telhado da igreja metodista de Milão. O primeiro prémio do concurso online “Premia il tuo verde” do projeto Clever Cities foi, de facto, atribuído ao espaço na via Porro Lambertenghi (de que falámos neste artigo). 873 foram os votos para a iniciativa desejada e gerida pela comunidade metodista da capital lombarda. A horta, criada com bancos de madeira apoiados nos pés, é cuidada justamente pelos frequentadores da igreja metodista e pelos condomínios do prédio onde foi criada. “Estamos muito felizes sobretudo pelo número de preferências que recebemos – declara o pároco Cristina Arquidiácona – , ficamos muito emocionados com tanta participação. Significa que quando nos mobilizamos, quando estamos unidos, podemos fazer muitas coisas. E seria bom poder fazer isso também em outras coisas que são importantes para a nossa humanidade, como a paz e a justiça”. Segundo lugar (com 240 preferências) para o telhado verde Precotto, terceiro lugar para a videira Via Avezzana. O concurso online foi aberto a projetistas, proprietários e condôminos de edifícios com coberturas verdes, uma forma de promover a criação de coberturas ajardinadas na cidade. Dezoito candidaturas admitidas chegaram até 25 de março, enquanto 2.882 preferências foram expressas no site priamiailtuoverde.it, onde todos os jardins em competição são visíveis. A votação foi encerrada no dia 14 de abril. O prémio para os vencedores é o apoio financeiro (5 mil euros, em particular, irão para o jardim metodista) da Câmara Municipal de Milão para a manutenção do verde. “Todas as cidades – declarou o vereador para a regeneração urbana Giancarlo Tancredi – presta-se a aumentar a presença do verde, não apenas projetando novos, mas também trabalhando no existente com o envolvimento de todos, e o Milan pode estar na vanguarda nisso”. ...

Ler artigo
Otto por mil valdenses, de 2 a 31 de janeiro, a nova chamada

Otto por mil valdenses, de 2 a 31 de janeiro, a nova chamada

Roma (NEV), 3 de janeiro de 2020 - Ontem, 2 de janeiro, foi aberto o período útil para a apresentação de pedidos de financiamento ao Otto per mille da Igreja Valdense - União das Igrejas Metodistas e Valdenses, que terminará no final do mês . De acordo com as normas de apresentação de candidaturas, "podem ser financiados projectos de assistência social e de saúde, intervenções educativas, culturais e de integração, programas de apoio ao desenvolvimento e de resposta a emergências humanitárias, ambientais e climáticas, desde que contribuam para o benefício de uma comunidade e não sejam fins lucrativos". Em 2018, foram apoiados 1135 projetos, em 106 países de todo o mundo, graças à assinatura de mais de 500.000 contribuintes. “As entidades do terceiro setor já estão sabendo do nosso edital anual e realmente recebemos muitos pedidos – declara Manuela Vinay, chefe da Otto per mille da Igreja Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense (OPM) – . No ano passado, apenas um em cada quatro pedidos de subsídio tornou-se um projeto financiado pelo Waldensian and Methodist OPM. Este ano procurámos ir ao encontro das necessidades das instituições, elaborando orientações mais detalhadas, quer por tipo de intervenção que financiamos, quer por objetivos. Esperamos receber muitos pedidos para a realização de projetos que possam verdadeiramente e como sempre retribuir à sociedade o que generosa e gratuitamente recebemos. Os fundos do OPM vêm da escolha de pessoas que depositam em nós uma confiança pela qual sentimos fortemente a responsabilidade. Quem cumprir os requisitos definidos no nosso concurso pode apresentar-nos um pedido, apenas esperamos que todos o façam com sentido de responsabilidade e com uma ideia de projeto bem definida e estruturada, de acordo com os típicos padrões de projeto”. A chamada estará aberta de 2 a 31 de janeiro de 2020 e a lista de projetos aprovados será publicada no site Otto per mill Valdensian em setembro próximo. Aqui estão todas as instruções para preencher o aplicativo. O vídeo da campanha OPM: ...

Ler artigo
Ucrânia e igrejas protestantes acolhem refugiados

Ucrânia e igrejas protestantes acolhem refugiados

Roma (NEV), 13 de abril de 2022 - 37 pessoas, a maioria mulheres, meninas e meninos, viajam da Polônia para a Itália, por iniciativa da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI).“Depois de duas missões para avaliar como trazer nosso apoio – explica marta bernardini, coordenadora do programa de migrantes e refugiados da FCEI, Mediterranean Hope - , junto com as igrejas protestantes atuantes na Polônia, oferecemos esta possibilidade a algumas famílias. Pessoas que serão acolhidas por "comunidades de acolhimento", ou seja, segundo o modelo de "apadrinhamento comunitário" que temos vindo a promover há algum tempo: um acolhimento de base, participativo, em que a sociedade civil se encarrega de acolher os que fogem da guerra na Ucrânia . Um modelo que esperamos replicar também para migrantes que fogem de outros conflitos e situações perigosas. Sempre na esperança de que se trabalhe pela paz, que a violência e o ódio da guerra acabem, na Ucrânia e em toda parte”.As pessoas que viajam com a FCEI chegarão amanhã à Itália e serão acolhidas por três igrejas batistas, algumas famílias protestantes e voluntários individuais em diferentes cidades e vilas: Milão, na província de La Spezia e Turim, perto de Frosinone e Civitavecchia. Assim que chegarem, poderão solicitar proteção temporária, conforme previsto na Itália para a população ucraniana.“Continuaremos dando nosso apoio às igrejas e comunidades da Polônia que ajudam aqueles que fugiram da guerra, mas querem retornar ao seu país o mais rápido possível – continua Bernardini -. Para nós, é importante ouvir daqueles que lidam com a recepção todos os dias a poucos quilômetros da fronteira ucraniana quais são as reais necessidades, necessidades que provavelmente mudarão nas próximas semanas. Finalmente, para o próximo verão, estamos tentando organizar períodos de férias para grupos de crianças ucranianas hospedadas na Polônia. O compromisso com a população ucraniana, do nosso jeito, continua”. Daniele Garronepresidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, declara: "Com o apoio e o encorajamento daqueles que nos enviaram recursos desde os primeiros momentos da guerra e ofereceram sua vontade de nos receber, estamos tentando fazer nossa parte para aqueles que vêm privados do que temos". ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.