Igrejas Protestantes da Europa Latina.  Que evolução?

Igrejas Protestantes da Europa Latina. Que evolução?

Foto tirada de

Roma (NEV), 17 de outubro de 2022 – A Assembleia das Igrejas Protestantes do Sul da Europa (CEPPLE) será realizada nos dias 19, 20 e 21 de outubro na Sicília. Durante os três dias, também uma conferência de abertura intitulada: “Igrejas protestantes latinas, que evolução?”. Entre os palestrantes, também o pároco Daniele Garronepresidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), bem como professor de Antigo Testamento na Faculdade Valdense de Teologia.

Os membros italianos do CEPPLE são a União das Igrejas Metodistas e Valdenses e a União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI). O Delegado Titular para a Itália é sabina baral. Por sua vez, o CEPPLE faz parte da Comunhão das Igrejas Protestantes na Europa (CCPE).

O CCPE representa cerca de 50 milhões de protestantes e reúne igrejas luteranas, metodistas e reformadas. Nasceu em torno do Acordo de Leuenberg assinado em 1973. É um documento que recompôs as divergências doutrinárias que dividiam protestantes luteranos e reformados, sobretudo em torno do entendimento da Ceia do Senhor: um exemplo exitoso de ecumenismo de “unidade na diversidade”. As igrejas da comunhão, enquanto permanecem independentes, reconhecem os ministérios, sacramentos e membros da igreja uns dos outros.

Abaixo, o release de informações retirado do site chiesavaldese.org

A CEPPLE (Conferência das Igrejas Protestantes dos Países Latinos da Europa) está organizando um seminário teológico nos dias 19 e 20 de outubro em Riesi, Sicília, sobre o tema “Igrejas Protestantes Latinas, que evolução?” palestrantes: Daniele Garrone (Professor de Antigo Testamento na a Faculdade Valdense de Teologia); Pastor Alfredo Abad, presidente do CEPPLE, e Sabina Baral, membro do comitê executivo do CEPPLE, seguido da Assembleia Geral.

A Assembleia (quinta-feira, 20) constituirá uma etapa importante na vida do CEPPLE, pois permitirá avaliar as tarefas e colaborações que as Igrejas protestantes dos países latinos compartilham entre si. A Assembleia também providenciará a eleição de um novo presidente e do Comitê para um mandato de quatro anos.

No dia 21 de outubro os delegados poderão visitar os centros de acolhimento de Scicli (RG) e Adelfia (RG) e ver o programa esperança mediterrânea sobre a imigração, iniciada pela Federação das Igrejas Protestantes na Itália.

Com base em seu compromisso comum no CEPPLE, as Igrejas membros fortalecem a presença protestante nos países latinos da Europa. Nascido em 1950, o CEPPLE é composto por 19 Igrejas ou Federações Protestantes na Bélgica, França, Itália, Portugal, Espanha e Suíça. A sua atividade desenvolve-se em quatro áreas: intercâmbios no campo catequético; formação teológica; o papel das Igrejas diante da migração; reflexão e partilha de recursos sobre a presença das Igrejas no média e na web.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Testamento vital.  Um contador na igreja metodista de Pádua

Testamento vital. Um contador na igreja metodista de Pádua

Roma (NEV), 2 de fevereiro de 2011 – Também nas dependências da Igreja Evangélica Metodista de Pádua abre uma agência para depositar o testamento vital. Dentro da União das Igrejas Metodistas e Valdenses, é a sexta administrada diretamente pelas comunidades locais, depois de Turim, Milão, Trieste, Nápoles e Roma, enquanto outras comunidades, como a Metodista de Udine, estão engajadas em projetos de coleta junto com o Associação Luca Coscioni e Associação Per Eluana (ver NEV 4/11). A iniciativa, apresentada ao público ontem à noite, contou com a participação da pároca da comunidade, Caterina Griffante, que comentou a noite da seguinte forma: "Pelo número de pessoas, pela qualidade das intervenções no debate e pelo ambiente geral, o tema responde evidentemente a uma necessidade concreta do povo, crente e não crente. Pareceu-me uma boa forma de testemunho, em linha com o que já foi aprovado pelo nosso Sínodo em 2007”. A noite contou com a presença de Daniele Busetto, membro da Comissão de Bioética da Mesa Valdense; o pastor Gianni Genre, ex-moderador da Mesa Valdense; e a psicóloga Germana Englaro, prima de Eluana e sobrinha de Beppino Englaro. As implicações legais foram esclarecidas pelo advogado Giorgio Favaro, enquanto o pároco Griffante destacou a laicidade da iniciativa. Durante a noite, o Pr. Genre quis recordar como existe há algum tempo um acordo conjunto entre as igrejas católica e evangélica na Alemanha sobre a oportunidade de expressar as próprias provisões para o fim da vida (ver notícias a seguir). “Somente a Igreja Católica italiana ainda insiste que a vida biográfica é equivalente à vida biológica. Como igrejas valdenses e metodistas, não expressamos uma posição diferente da Conferência Episcopal Alemã. Um fato que ao menos deveria fazer refletir nossos deputados, que nos próximos dias se preparam para discutir o projeto de lei de Calabrò”. Um projeto de lei definido pelo próprio Genre como “assustador”: “O proposto pelo texto de Calabrò é um passe para a obstinação terapêutica. Uma lei coercitiva que espero nunca ver a luz do dia. Neste ponto é preferível manter o vácuo legislativo e remeter para os precedentes jurisprudenciais que também existem, e que têm garantido proteção adequada aos pacientes em questão”. O balcão abrirá de 25 de fevereiro às 17 a cada três semanas na igreja metodista no Corso Milano em Pádua. ...

Ler artigo
Terminada a viagem à Itália dos luteranos alemães: encontros, trocas, perspectivas

Terminada a viagem à Itália dos luteranos alemães: encontros, trocas, perspectivas

Torre Annunziata (NA) Roma (NEV), 7 de junho de 2018 – A viagem à Itália da delegação do Comitê Nacional Alemão da Federação Luterana Mundial (FLM) está chegando ao fim hoje. A visita começou em Roma e no Vaticano - com uma audiência privada com o Papa Francisco - e terminou em Nápoles e na Torre Annunziata, onde o grupo visitou as comunidades locais da Igreja Evangélica Luterana na Itália (CELI) e as estruturas diáconos, incluindo o “ Hospital Evangélico Villa Betania” em Ponticelli, que a FLM apoia financeiramente. “É impressionante como as comunidades do Golfo de Nápoles conseguem correlacionar igrejas com trabalhos culturais e atividades recreativas significativas – observou o chefe da delegação, bispo Gerhard Ulrich –. O trabalho diaconal irradia fortemente na sociedade. Isso demonstra mais uma vez o quão importante é o ministério diaconal das igrejas luteranas em todo o mundo”. Na Torre Annunziata, a delegação visitou um centro cultural e de reuniões do CELI. “Jovens que vivem em situação precária podem encontrar aqui um projeto de teatro. É um sucesso”, acrescentou Ulrich. Cordelia Vitiello (CELI), membro do Conselho da FLM e vice-presidente do hospital "Villa Betania", apresentou, entre outros, o projeto "Pink Rose", que apoia mulheres vulneráveis ​​com assistência psicológica, espiritual e social. Antes de ir para Nápoles, a delegação manteve várias conversações no Vaticano. Com Papa Francisco, Luis Francisco Ladaria Ferrerprefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, e Mons. Matthias Turk, foi confirmado o progresso no caminho comum entre luteranos e católicos. Além disso, em Roma, a delegação se encontrou com a Comunidade de Sant'Egidio e participou da oração vespertina em Santa Maria in Trastevere. Outro encontro aconteceu no Melanchthon Center com estudantes de teologia alemães que podem passar um ano acadêmico em Roma no centro protestante de estudos ecumênicos, em colaboração com a Faculdade de Teologia Valdense. A Federação Luterana Mundial (FLM) é a maior comunhão da igreja luterana do mundo, com mais de 74 milhões de membros e 145 congregações em 98 países, enquanto o Comitê Nacional Alemão da FLM representa as doze igrejas membros germânicas da FLM, compreendendo aproximadamente 11,5 milhões de crentes. ...

Ler artigo
“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”

“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”

Foto Anna Kolosyuk - Unsplash Roma (NEV), 26 de maio de 2021 - Uma conferência telemática ecumênica inspirada no versículo de João 15, 12: "Amai-vos como eu vos amei". É a realizada de 28 a 29 de maio. Proposto pelo Movimento dos Focolares, é um congresso internacional pela unidade dos cristãos. O pai também está entre os convidados Ioan Sauca, secretário geral interino do Conselho Mundial de Igrejas (CMI). Além disso, espera-se que o cardeal Kurt Kochpresidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos. Os números e modalidades da conferência Traduções em inglês, francês, espanhol, português, italiano, alemão e outros idiomas. 12 alto-falantes. Várias sessões agendadas, incluindo momentos de oração e testemunhos inter-religiosos. Links: A contribuição do Movimento dos Focolares ao caminho ecumênico A contribuição do Movimento dos Focolares para o caminho ecumênico é descrita na apresentação do evento: “Sessenta anos de diálogo e vida entre cristãos de várias Igrejas nos convidam a refletir e compartilhar a rica experiência de comunhão e luz suscitada pelo carisma da unidade . Este carisma dado por Deus Clara Lubich oferece-se como contribuição ao caminho pelo qual rezou Jesus: 'que todos sejam um, para que o mundo creia' [cf. Gv 17,21]”. A Conferência acontece no 60º aniversário do "One" Centro para a Unidade dos Cristãos, fundado por Chiara Lubich em 26 de maio de 1961. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.