o pacifismo de Dorothee Sölle, em 25 de março em Florença

o pacifismo de Dorothee Sölle, em 25 de março em Florença

Roma (NEV), 22 de março de 2023 – Dorothee Solle nasceu em 30 de setembro de 1929 em Colônia. Ela foi definida como uma teóloga da libertação, uma teóloga da liturgia política, uma teóloga sentinela, mas também se poderia dizer de sua paciente mística, resistente, revolucionária, poetisa e militante pacifista.

É sobre a sua figura, no vigésimo aniversário da sua morte, que as intervenções da mesa redonda pública organizada pela Federação das Mulheres Evangélicas da Itália (FDEI), no seio do seu XIII Congresso que terá lugar em Florença no próximos dias, vai girar.

Encontro no sábado, 25 de março, às 18h, no grande salão do Gould Institute, na via de’ Serragli, 49. Título: “Misticismo e resistência: o pacifismo de Dorothee Sölle como opção de vida resistente”. Com Alice Bianchi, Fabrício Bosina, Letizia Tomassone. Moderado Elena Ribetrepórter da agência de notícias Nev.

Teólogo evangélico, Sölle também estudou filosofia e literatura. Foi ela quem cunhou o termo “Cristofascismo”. Foi dele também a intuição de uma chamada “hermenêutica da fome”, onde a fome significa fome de pão, fome dos pobres, mas também fome de sentido e de espiritualidade.

Entre os escritos de Sölle, lembramos “o choro silencioso”, um volume sobre figuras místicas de todas as religiões: hinduísmo, judaísmo, islamismo, cristianismo… emblemas da espiritualidade entre os quais provavelmente poderíamos incluir a própria Sölle hoje. E também “Trabalhar e amar” publicado na Itália por Claudiana; “Sofrimento”; “Paciência Revolucionária” (poemas).

Abaixo está o panfleto.

A mesa redonda é organizada pela FDEI em colaboração com a Faculdade Valdense de Teologia em Roma, livraria Claudiana Florence, com a contribuição de fundos Otto per mille da Igreja Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Mensagem de saudação do Papa Francisco ao Sínodo Valdense e Metodista

Mensagem de saudação do Papa Francisco ao Sínodo Valdense e Metodista

Torre Pellice (Turim), 25 de agosto de 2019 (SSSMV/03) – Papa Francisco enviou sua saudação pessoal ao Sínodo das igrejas metodistas e valdenses que se abre hoje, domingo, 25 de agosto, na Torre Pellice, expressando "a proximidade fraternal” dele e em nome da “Igreja Católica”. Eugênio Bernardini, moderador da Mesa Valdense, leu a carta de Papa Franciscona sessão de abertura dos trabalhos. “Eu me uno à sua oração – escreveu em sua mensagem ao Sínodo Papa Francisco – também para pedir ao Senhor a consolidação do espírito ecumênico entre os cristãos, bem como uma crescente comunhão entre nossas Igrejas”. “Como discípulos de Cristo – continuou - podemos oferecer respostas comuns aos sofrimentos que afligem tantas pessoas, especialmente os mais pobres e fracos, promovendo assim a justiça e a paz”. Voltando sua atenção para as reuniões sinodais, o papa expressou seu desejo "para que nestes dias de encontro, oração e reflexão façais uma experiência viva do Espírito Santo, que anima e fortalece o testemunho cristão”. Abaixo, a íntegra da saudação do Papa Francisco: “Queridos irmãos e irmãs, O Sínodo da União das Igrejas Metodistas e Valdenses é uma ocasião propícia para dirigir-vos a minha cordial saudação, expressão da minha proximidade fraterna e de toda a Igreja Católica. Rezo por todos vós, para que nestes dias de encontro, oração e reflexão façais uma experiência viva do Espírito Santo, que anima e fortalece o testemunho cristão. Uno-me também à vossa oração pedindo ao Senhor a consolidação do espírito ecuménico entre os cristãos, bem como uma comunhão crescente entre as nossas Igrejas. Somos chamados a continuar o nosso empenho no caminho do mútuo conhecimento, compreensão e colaboração, para dar testemunho de Jesus e do seu Evangelho de caridade. Como discípulos de Cristo podemos oferecer respostas comuns aos sofrimentos que afligem tantas pessoas, especialmente os mais pobres e fracos, promovendo assim a justiça e a paz. Apresento os meus melhores votos à vossa Assembleia sinodal e, enquanto invoco a bênção do Senhor, peço-vos, por favor, que rezeis por mim. fraternalmente, Francisco Do Vaticano, 22 de agosto de 2019 (NEV/CS44) ...

Ler artigo
Para mulheres.  O compromisso do Hospital Evangélico Internacional de Gênova

Para mulheres. O compromisso do Hospital Evangélico Internacional de Gênova

Foto Daniela Grill. A diácona Alessandra Trotta (à esquerda) e a presidente da OEIGE, Barbara Oliveri Caviglia Roma (NEV), 20 de abril de 2023 – Em Riforma.it Daniela Churrasqueira assinar um relatório sobre o importante conferência organizada pelo Hospital Evangélico Internacional de Gênova (OEIGE) sobre questões relacionadas com a proteção e assistência às vítimas de abuso. Eles falaram Alessio Parodi, diretora-geral do OEIGE, que falou das “dimensões insuportáveis” que o flagelo da violência de gênero vem assumindo há alguns anos; o presidente, Bárbara Oliveri Cavigliaque recordou a forte aposta do hospital em oferecer cuidados de saúde diferenciados, precisamente "evangélicos"; Denise Ashing Dardanivice-presidente, que falou sobre os acordos e colaborações com alguns consulados, incluindo Equador, Albânia, Romênia, República Dominicana, para ajudar e acolher os estrangeiros presentes na cidade de Gênova, especialmente mulheres. O diácono também esteve presente na conferência Alessandra Trotta, atual moderador do Tavola Valdese, que lembrou como a esperança é “ajudar a criar uma humanidade mais serena, feliz e solidária”. Foram muitos os testemunhos de representantes de associações e centros anti-violência, entre os quais, particularmente comovente, o do pai de Martina Rossi, a jovem que morreu em 2011 ao cair da sacada do hotel onde estava de férias para escapar de uma tentativa de estupro. “O pai e a mãe de Martina, com muita coragem e força, tentaram sobreviver à dor devastadora comprometendo-se com os outros, desde as mulheres vítimas de violência até as pessoas mais frágeis, fundando a associação Martina Rossi. Para todos nós são um exemplo de compromisso civil e social”, recordou Barbara Oliveri Caviglia. ...

Ler artigo
O relatório das Igrejas europeias: “Rezar é uma vacina”

O relatório das Igrejas europeias: “Rezar é uma vacina”

Foto da capa do CEC Report 2020: Mike DuBose/UM News Roma (NEV), 5 de julho de 2021 – A Conferência das Igrejas Europeias (KEK) publicou seu Relatório Anual de 2020. O relatório, intitulado “Viver com esperança em tempos de pandemia” (Viver na esperança em tempos de pandemia) analisa as atividades do CEC durante o “ano tumultuado da pandemia de covid-19”. Em particular, são descritos na publicação os projetos significativos que expressam a visão do CEC na perspectiva da esperança e do testemunho. O relatório está disponível em inglês, francês e alemão. É possível saber mais sobre as iniciativas realizadas pelas Igrejas europeias na área da paz e reconciliação. De eclesiologia e missão. Do diálogo com as instituições europeias, da política e legislação da União Europeia. Dos direitos humanos. Do cuidado da criação e do desenvolvimento sustentável. E de novo: ciência, novas tecnologias, educação. De democracia e diversidade. Bem como migração e asilo. Na apresentação do relatório, o Presidente do CEC, pároco Christian Krieger e o Secretário-Geral da CEC, Jørgen Skov Sørensen, escrevem que “apesar dos obstáculos, o CEC ainda conseguiu alcançar resultados em quase todas as áreas em 2020. Reuniões, eventos e encontros presenciais foram em grande parte cancelados ou adiados. No entanto, como nossas Igrejas membros têm feito, encontramos formas e ferramentas alternativas para levar o trabalho adiante”. 2020 “foi um ano de muitas orações – continuam os líderes religiosos -. Rezar juntos tornou-se uma vacina poderosa contra a perda da esperança, contra a ausência de resiliência comunitária e contra a falta de sustentabilidade humana”. Baixe o CEC Report 2020: inglês, francês e alemão. Para maiores informações: Naveen QayyumGestor de Comunicações: [email protected] – www.ceceurope.org – FB www.facebook.com/ceceurope – Twitter @ceceurope – You Tube Conferência das Igrejas Europeias ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.