Bruxelas/UE.  3 milhões de euros para proteger locais de culto

Bruxelas/UE. 3 milhões de euros para proteger locais de culto

Foto CEC

Roma (NEV/KEK), 6 de maio de 2021 – A Conferência das Igrejas Europeias (KEK), juntamente com o Centro de Segurança e Crise (SACC) do Congresso Judaico Europeu (EJC), Faith Matters e União Budista Europeia, recebeu uma subvenção de 3 milhões de euros da Comissão Europeia para a protecção dos locais de culto na Europa.

Essa parceria inter-religiosa, que representa comunidades cristãs, muçulmanas e judaicas em toda a Europa, é chamada de “Comunidades mais seguras e fortes na Europa” (SASCE).

É a primeira vez que quatro organizações religiosas europeias trabalharão juntas em um projeto conjunto financiado pela Comissão Européia para melhorar a segurança.

“Estamos muito satisfeitos por fazer parte desta importante iniciativa – disse o Secretário-Geral da CEC Jørgen Skov Sørensen -. Juntamente com outros parceiros religiosos, esperamos contribuir com nossa experiência e conhecimento na área de proteção de locais sagrados e locais de culto na Europa.”

“É um trabalho importante, tendo em vista os ataques a locais religiosos nas últimas décadas. A questão é muito preocupante para nossas igrejas-membro”, acrescentou.

O projeto

O projeto SASCE visa aumentar a segurança dentro e fora dos locais de culto, bem como entre as comunidades. As quatro organizações desenvolverão ferramentas para fortalecer a conscientização sobre segurança e o gerenciamento de crises. Uma rede coordenará cursos de treinamento e briefings para comunidades religiosas. Campanhas de comunicação também serão ativadas.

Finalmente, o projeto pretende promover a confiança e a cooperação entre a sociedade civil e as autoridades nacionais.

O Grupo Focal de Direitos Humanos da CEC desempenhará um papel fundamental na implementação do projeto. À frente do grupo, o Secretário Executivo do CEC, Elizabeth Kitanovic.

Uma publicação sobre a proteção de locais sagrados e locais de culto será lançada em breve. Esta publicação servirá de base temática para a próxima Escola de Verão CEC 2021 sobre “Direitos Humanos e Liberdade de Religião ou Crença e Segurança”.

O projeto é financiado pelo Fundo de Segurança Interna da Comissão Europeia “ISF-P” e terminará em 2023.

Saiba mais sobre as atividades de direitos humanos da CEC

Para maiores informações: Naveen QayyumChefe de comunicação KEK

[email protected] – Facebook: www.facebook.com/ceceurope – Twitter: @ceceurope

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

O Sínodo não está lá, mas…

O Sínodo não está lá, mas…

Roma (NEV), 5 de agosto de 2020 - O Sínodo das igrejas valdenses e metodistas não será realizado este ano, mas na Torre Pellice haverá "Gerações e regenerações", uma série de eventos sobre o tema do "cuidado" de " pessoas, memórias e territórios". De 24 a 30 de agosto, portanto, o compromisso é na Torre Pellice. Ele escreve Robert David Papini hoje no site chiesavaldese.org: devido às medidas contra o coronavírus, "o Sínodo não está lá, mas as igrejas valdenses e metodistas estão lá com sua história e seu variado compromisso de Norte a Sul", como sublinha o moderador Alessandra Trotta No vídeo que convida a acompanhar (presencialmente ou online) os eventos organizados nos lugares do Sínodo, nas datas do Sínodo, mas sem o Sínodo. Não há Sínodo, mas… Siga-nos na Torre Pellice ou online, de 24 a 30 de agosto, no que deveria ter sido… Publicado pela Igreja Evangélica Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense na terça-feira, 4 de agosto de 2020 Encontros, exposições, concertos, filmes e até histórias em quadrinhos vão animar a semana de 24 a 30 de agosto na Torre Pellice (na província de Turim), o coração do Valli Valdesi. Um rico programa de eventos (aqui o calendário completo) que será precedido, de 21 a 23 de agosto, por uma edição especial da Torre di Libri. O tema geral da semana é “Geração e Regeneração. Cuidar de pessoas, memórias e territórios”. Começa, na noite de segunda-feira, 24 de agosto, com um debate na Casa Valdese intitulado "Para que ele trabalhasse e o guardasse". Justiça social e ambiental para a construção do pós Covid" com videointervenções de David Sassoli, presidente do Parlamento Europeu e da Elly Schlein, vice-presidente da Emilia Romagna, seguidos pelos de Vittorio Cogliati Dezza (Legambiente) e Valdo Spini (Círculo Rosselli). Tudo moderado por Cláudio Paravati E Ilaria Valenzi (Comparações), enquanto as conclusões são confiadas ao moderador da Mesa Valdense, Alessandra Trotta. O encontro “Invisível, mas necessário. Imigrantes e trabalho agrícola. As iniciativas das igrejas evangélicas”, organizado pelo Mediterranean Hope, um programa de refugiados emigrantes da Federação de Igrejas Evangélicas na Itália, com a colaboração da Diaconia Valdense. Entre outros, o activista social e sindical participará no encontro Aboubakar Soumahoro. O compromisso tradicional do período sinodal (embora geralmente na semana anterior) é o Dia Teológico Miegge, que na quarta-feira, 26 de agosto, refletirá pela manhã, às 10h30, sobre “Pregação e vida: que encontro? Pregar para construir esperança” e à tarde, às 15h, sobre “Pregação e vida: que encontro. Crentes na balança. A Palavra na vida de cada um de nós”. Nesta semana "não sinodal", os quadrinhos também desembarcam na Torre Pellice com a apresentação do livro de Peter Madsen sobre "Jesus de Nazaré", publicado pela Claudiana, também na quarta-feira, 26, às 17h. Sexta-feira haverá vários encontros dedicados às crianças e sobre as crianças, antes de abordar o tema "Informação em tempos de emergência" organizado pelo semanário Riforma e pelo Valdensian Cultural Center à noite, às 21h00. A série de eventos terminará no fim de semana com um encontro no Museu Valdense, sábado, dia 29, às 17h30, a exibição do filme “Valdesi. Uma história de fé e liberdade”, também no sábado, 29, mas às 21h, e a apresentação dos projetos Otto per mille para a emergência da Covid-19, na tarde de domingo, 30. Em seguida, saudações da moderadora Alessandra Trotta. Aqui o programa completo: ...

Ler artigo
Jørgen Skov Sørensen novo secretário-geral da Conferência das Igrejas Europeias

Jørgen Skov Sørensen novo secretário-geral da Conferência das Igrejas Europeias

Jørgen Skov Sørensen Roma (NEV/Riforma.it), 22 de novembro de 2019 – Dr. Jørgen Skov Sørensen foi nomeado novo Secretário Geral da Conferência das Igrejas Europeias (KEK). Nascido em Kolding, Dinamarca, aos 55 anos, chega ao CEC com vasta experiência em teologia, missão, ecumenismo, liderança, comunicação e gestão. O conselho da CEC anunciou a decisão em 21 de novembro em uma reunião em Bruxelas. Skov Sørensen assumirá o cargo em janeiro de 2020. “É com grande prazer que anunciamos a nomeação do Dr. Jørgen Skov Sørensen como o novo Secretário Geral da CEC,” disse o Presidente da CEC, Pastor Christian Krieger. “Estamos confiantes de que ele conduzirá a Conferência no caminho que visa acompanhar suas Igrejas e organizações em parceria, trabalhando juntos na esperança e no testemunho, servindo a Europa e promovendo a paz e a unidade da Igreja”. “Agradeço ao conselho de administração da CEC por me confiar a responsabilidade de liderar a Conferência das Igrejas da Europa em tempos de mudança em nosso continente - disse Skov Sørensen -. Acredito que o cristianismo definiu nosso continente como o conhecemos e que nossa herança desempenhará um papel na formação de nosso futuro comum. A CEC ocupa uma posição única entre as igrejas e a sociedade em geral que estou ansioso para explorar." Skov Sørensen é PhD em Missiologia, Teologia Ecumênica e Sistemática pela University of Birmingham, Reino Unido, e PhD em Teologia Ecumênica pela Aarhus University, Dinamarca. Ele serviu como secretário geral da Danmission, a maior e mais antiga organização missionária da Dinamarca, e também liderou a Igreja Evangélica Luterana na Dinamarca (ELCD) em vários níveis. Ele ocupou vários cargos acadêmicos na Universidade de Aarhus e no United College of the Ascension, Reino Unido, e ocupou cargos na Sociedade Missionária Dinamarquesa e na Igreja Dinamarquesa no Exterior – Hong Kong. Skov Sørensen atuou em várias diretorias e conselhos dinamarqueses e internacionais, incluindo Dan Church Aid, Lutheran World Federation (FLM) Endowment Fund, Center for the Study of Religion and Society, University of Aarhus, Danish Church Abroad, Eksistensen Christian Think Tank, Amphlett Scholarship Foundation e Areopagos Foundation. Ele é autor de numerosos artigos e publicações sobre questões internacionais e ecumênicas. Além das línguas escandinavas, ele fala inglês, alemão, francês e chinês mandarim. O conselho expressou gratidão ao ex-secretário geral, padre Heikki Huttunenpelos serviços prestados à CEC, contribuição e empenho. O CEC é uma comunidade de 114 igrejas ortodoxas, protestantes, anglicanas e católicas antigas de todos os países da Europa, bem como 40 conselhos nacionais de igrejas e organizações parceiras. A CEC foi fundada em 1959. Tem escritórios em Bruxelas e Estrasburgo. ...

Ler artigo
Terremoto, Conselho Valdense aloca 500 mil euros

Terremoto, Conselho Valdense aloca 500 mil euros

Roma (NEV), 21 de fevereiro de 2023 – A Tavola Valdese decidiu destinar 500 mil euros, obtidos dos fundos Otto per Mille atribuídos anualmente às Igrejas Metodista e Valdense, para a criação de um fundo especial destinado a financiar intervenções de ajuda para o populações afetadas pelo terremoto que devastou a Síria e a Turquia. “A Igreja Evangélica Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense, ele comenta Alessandra Trotta, moderador do Tavola Valdese, está próximo das populações síria e turca atingidas violentamente pelo trágico terremoto de 6 de fevereiro. Orações e sentimentos de proximidade vão para as vítimas, os feridos, os sobreviventes e todas as pessoas que estão trabalhando para levar ajuda e apoio na certeza de que Deus não se afasta da dor de suas filhas e filhos”. "Graças à rede de Igrejas irmãs presentes nas áreas mais afetadas e às organizações de comprovada eficácia e confiabilidade com as quais estabelecemos relações consolidadas de colaboração nessas áreas - continua Alessandra Trotta - procuraremos obter uma ajuda adequada e eficaz, ainda menos sob os holofotes da atenção pública, como os sírios já castigados por anos de guerra. Diante de uma tragédia tão imensa, que revela ainda mais a fragilidade humana, somos todos chamados a mostrar o que de melhor pode fazer esta frágil humanidade se iluminada por um espírito de solidariedade capaz de superar fronteiras e barreiras”. O moderador Trotta também enviou uma mensagem de condolências à pastora Najla Kassab, do Sínodo Evangélico Nacional da Síria e Líbano e presidente da Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas, expressando total solidariedade e apoio às igrejas metodistas e valdenses italianas. A Igreja Valdense contribui, como outras confissões religiosas, para a distribuição dos fundos Otto per Mille e optou por alocar todas as contribuições para apoiar intervenções sociais, assistenciais, humanitárias e culturais, na Itália e no mundo. O Otto per Mille pode ser atribuído por todos os contribuintes a uma das confissões religiosas com as quais o Estado italiano tenha assinado um acordo, ou ao próprio Estado. O Otto per Mille na verdade funciona como um voto, pois é dividido proporcionalmente ao número de escolhas feitas. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.