Guerra, paz, conversão.  Um testemunho de fé e compromisso

Guerra, paz, conversão. Um testemunho de fé e compromisso

Foto Sunyu / Unsplash

Roma (NEV), 14 de fevereiro de 2023 – Na véspera da conferência “Vamos abandonar a guerra mundial em pedaços” em 15 de fevereiro, publicamos a “História de uma conversão pelo caminho da Paz”.

É o testemunho de Maria Elena Lacquaniti, coordenador da Comissão de Globalização e Meio Ambiente (GLAM) da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI). A GLAM é uma das promotoras deste encontro que comemora os 20 anos da grande mobilização de 2003 pela paz no Iraque e pretende reflectir sobre os desafios do movimento anti-guerra internacional.

As palavras de Lacquaniti expressam a vocação de “Professar a paz, trabalhar pela justiça”. A história de sua conversão vai do comércio justo, ao ativismo político, à entrada em uma igreja batista, segurando cartazes pela paz. A chamada vem através de encontros significativos com os fiéis, padres e freiras, um pároco e sua esposa. Lacquaniti escreve: “Em pouco tempo, o vazio deixado pelos camaradas que lutaram e se extinguiram foi preenchido para nossa surpresa por um público diferente, abrindo-nos para novas amizades e colaborações. […] Assim, turmas de crianças, alunos e alunas do ensino médio, professores ativos e aposentados e, com eles, associações e movimentos, mas sobretudo pessoas de fé, passaram pela oficina aos Hare Krishnas que acompanharam durante uma tarde inteira com sons e canções a exposição de fotos que montamos para aumentar a conscientização sobre o horror das crianças-soldado em Serra Leoa, um Don Gigi do oratório salesiano, passando pelo pároco Blasco Ramirez e a esposa dele Irene Vianello que nos convidou para falar sobre comércio justo na igreja batista de Civitavecchia e vender nossos produtos durante o agapi”. A escolha pacifista se confunde com a vida das pessoas comuns, estudantes, famílias, comerciantes, com irmãs e irmãos das igrejas. E isso leva a reencontrar a Bíblia e Jesus.

Maria Elena Lacquaniti quis dar seu testemunho às vésperas do encontro em Roma no dia 15 de fevereiro promovido junto com Un Ponte Per, a Rede Nacional de Coordenação para a Paz e o Desarmamento, o próprio GLAM e outros. (Encontro na Igreja Evangélica Metodista na via XX Settembre em Roma a partir das 16h30 e online ao vivo no facebook e outros sites).

Leia aqui a História de uma conversão pelo caminho da Paz.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Emilia Romagna, as igrejas evangélicas abrem uma assinatura

Emilia Romagna, as igrejas evangélicas abrem uma assinatura

Foto: Proteção Civil Roma (NEV), 19 de maio de 2023 - "Mais uma vez vemos as pesadas consequências da mudança climática em nosso país - declara o pároco Daniele Garrone, presidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, que expressou proximidade “aqueles que tiveram que deixar suas casas ou viram seu trabalho comprometido. Acima de tudo, proximidade e solidariedade com aqueles que hoje choram seus entes queridos. Esperamos que todos possam ser salvos graças aos esforços dos socorristas, cujo compromisso é mais do que precioso. Então – continuou Garrone – será uma questão de reconstrução, com entusiasmo e previsão. Um esforço do qual as igrejas evangélicas pretendem participar”. Para contribuir para ajudar a população da Emilia Romagna, a FCEI abriu uma assinatura, é possível fazer uma transferência bancária com o motivo "Assinatura da Emilia Romagna" para a Federação das Igrejas Evangélicas da Itália - Via Firenze 38, 00184 Roma, IBAN : TI 26 X 02008 05203 000104203419 ou via PayPal, aqui: Aqui estão algumas vozes e testemunhos das igrejas protestantes das áreas afetadas pela enchente. artigo anteriorEscuta, diagnóstico e tratamentoPróximo artigoApelo às Igrejas Europeias para o Dia Mundial do Refugiado Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo
Exército de Salvação em Torre Pellice (TO).  O longo caminho para a obediência

Exército de Salvação em Torre Pellice (TO). O longo caminho para a obediência

Roma (NEV), 19 de abril de 2023 - De sexta-feira, 21 a domingo, 23 de abril, na Torre Pellice, na província de Turim, o Exército de Salvação (EdS) oferece três dias de aprofundamento, workshops, leituras e uma vigília de oração. Organizado e coordenado pelo setor Juvenil do Exército de Salvação Italiano, na pessoa dos capitães Christopher e Jessica Welcha iniciativa conhecida como "Equipar" está na sua sexta edição e tem como título "O longo caminho para a obediência".“O tema escolhido este ano é o da obediência – explica o capitão Jessica Welch em fai.info.it -, um tema infelizmente um pouco negligenciado hoje, mas que é importante. Naturalmente, a iniciativa está aberta a todos, saudáveis ​​e não saudáveis, dos 15 aos 95 anos, e visa dar aos crentes as ferramentas e oportunidades para crescer na fé e aprender a vivê-la intencionalmente na vida cotidiana para o avanço do Reino de Deus". Três dias intensos, explica Welch, que a partir do estudo de Atos 2, 42-47 serão divididos em "oficinas, por exemplo sobre como se relacionar com os jovens de hoje ou como se relacionar com refugiados, e na experiência de um clube de o livro através da leitura comum de alguns capítulos do volume de Eugene H. Peterson [il teologo presbiteriano, ndr] 'Obedecer por muito tempo e em uma só direção'. Também faremos uma vigília de oração de revezamento de 24 horas em uma tenda montada para esse fim. Além de mim e do meu esposo Cristóvão – conclui o capitão -, os demais maestros serão os tenentes-coronéis André e Darlene Morgan à frente do comando Itália e Grécia do Exército de Salvação, o capitão Sarah Ilster da Letônia e Capitão eu temo galustiano, responsável pela Juventude do Leste Europeu, sem esquecer o Coretto Valdese da Torre Pellice”. Mais informações: Whatsapp +39 3913728079 ...

Ler artigo
Otto per mille Waldensian, concurso 2023, 2893 projetos apresentados

Otto per mille Waldensian, concurso 2023, 2893 projetos apresentados

A Casa Valdense de Torre Pellice, sede do Sínodo da união das igrejas Metodista e Valdense. Foto retirada do site www.chiesavaldese.org Roma (NEV), 16 de fevereiro de 2023 – 2.893 pedidos de financiamento do terceiro setor para o Otto per mille Waldensian. Este é o número de projetos envolvendo a Itália que pediram às igrejas valdenses uma contribuição econômica. As áreas de maior interesse são deficiência, crianças e jovens e cultura. O último concurso do OPM encerrou no dia 27 de janeiro. Nos próximos meses, o órgão responsável seguirá com a fase de investigação preliminar, ou seja, a verificação da admissibilidade formal quanto aos requisitos do edital.A segunda fase será a avaliação de mérito e é realizada por uma comissão responsável. Os critérios para esta etapa são: coerência entre os objetivos e finalidades da solicitação; integridade e precisão na descrição; correspondência entre os problemas descritos e os objetivos do projeto; correlação entre atividades e objetivos; relação entre o custo estimado e a atividade; coerência entre o pedido e os fins estatutários da instituição. Esse processo leva seis meses, de fevereiro a julho. Finalmente, em agosto, o Sínodo vota e discute a lista de projetos aprovados e em setembro haverá a publicação no site de todas as atividades que receberão a contribuição Otto por mil. artigo anteriorPluralismo religioso, fundamentalismos, democraciasPróximo artigoMaddalena Colombo: "Nenhuma religião autoriza ou legitima a violência contra a mulher" Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.