A nova chamada para o funcionalismo público

A nova chamada para o funcionalismo público

Foto do site da Diaconia Valdense – Culto jovem

Roma (NEV), 21 de dezembro de 2022 – Começa a nova convocação de voluntários e voluntários da função pública. Também este ano estão disponíveis duas vagas na Federação das Igrejas Protestantes da Itália, em Roma, no âmbito do programa de migrantes e refugiados, Mediterranean Hope.

Os projetos são realizados junto ao Csd Diaconia Valdese, órgão credenciado no Cadastro de Órgãos da Função Pública Universal. O CSD gerencia projetos no âmbito das estruturas das Igrejas Metodista e Valdense na Itália e de instituições parceiras com as quais mantém relações de colaboração de dez anos.

A chamada expira às 14h do dia 10 de fevereiro de 2023.

Os projetos de serviço público universal têm a duração de 12 meses, podem ser realizados por rapazes e raparigas entre os 18 e os 28 anos inclusive, uma vez na vida (com exceção dos que tenham exercido função pública ao abrigo do programa Garantia para a Juventude), e são recebe um salário de 444,30 euros por mês. Mais informações para se inscrever na página ad hoc do site da Diaconia com detalhes.

O concurso público em questão inclui os seguintes projetos da Diaconia Valdense para um total de 61 lugares: 28 no Piemonte, 10 na Sicília, 15 na Toscana, 4 na Lombardia e 4 no Lácio. Os projetos a seguir indicados inserem-se em quatro programas de intervenção distintos: “O velho e a criança”, “Neverland”, “A força da comunidade” e “Além do obstáculo” e são realizados em coprogramação com a Confcooperative, Legacoop e outras entidades.

As fichas resumo dos projetos estarão brevemente disponíveis nesta mesma página.

Um sulco ao longo do rosto

Código do projeto: PTXSU0019022012924NMTX

2 vagas na Creche dos Velhos de San Germano Chisone (TO), Via Carlo Alberto Tron 27 – Código Sede: 178917

2 vagas no jardim de infância valdense em Luserna San Giovanni (TO), Via delle Scuole 11 – Sede código: 178885

3 vagas no Uliveto di Luserna San Giovanni (TO), Strada Vecchia di San Giovanni 93 – Código do local: 178964

2 vagas no Refúgio Re Carlo Alberto em Luserna San Giovanni (TO), Località Musset 1 – Sede código: 178955

1 vaga na Casa Valdese delle Diaconess em Torre Pellice (TO), Viale Gilly 7 – Código local: 178918

1 vaga no Serviço de Adultos e Territórios de Torre Pellice (TO), Via Angrogna 18 – Código Sede: 178959

Oh mamãe

Código do projeto: PTXSU0019022012922NXTX

1 vaga no serviço Juventude e Território em Luserna San Giovanni (TO), Via Fuhrmann 23 – Sede código: 178973

1 vaga no Voluntariado em Luserna San Giovanni (TO), Via Fuhrmann 23 – Código Sede: 178999

2 vagas no Centro BUM em Pinerolo (TO), Via Bogliette 20 – Código Sede: 178893

1 vaga no Centro Ecumênico Ágape em Prali (TO), Borgata Agape 1 – Sede código: 178881

mundo inteiro fora

Código do projeto: PTCSU0019022012925NXTX

1 vaga na Assessoria de Comunicação DVV na Torre Pellice (TO), Via Angrogna 18 – Código Sede: 178958

1 vaga no Centro Culturale Valdese em Torre Pellice (TO), Via Beckwith 3 – Código local: 178970

1 vaga na Radio Beckwith Evangelica em Luserna San Giovanni (TO), Via Fuhrmann 23 – Sede código: 178985

1 lugar no Centro Cultural Protestante de Turim, Corso Vittorio Emanuele II 23 – Sede código: 178894

Eu gostaria de levantar você

Código do projeto: PTXSU0019022012923NXTX

2 vagas no Refugee Office of Villaholland em Luserna San Giovanni (TO), Via Fuhrmann 23 – Código da sede: 178997

2 vagas no Refugee Office em Pinerolo (TO), Via Bogliette 20 – Código Sede: 178996

Uma bagagem de fantasia

Código do projeto: PTXSU0019022013630NXTX

2 vagas no Il Passo Social Point em Turim, Via Nomaglio 8 – Código da sede: 178974

2 vagas no Escritório dos Corredores Humanitários de Torino, Via Renato Martorelli 15 – Código da Sede: 178995

Você encontra a estrada sozinho

Código do projeto: PTXSU0019022010894NMXX

4 vagas nos Serviços de Inclusão de Milão, Viale Lombardia 25 – Código Sede: 178912

Este é o caminho

Código do projeto: PTXSU0019022010895NXX

2 lugares nos Serviços de Inclusão de Roma, Via di Torre Spaccata 161 – Sede código: 178989

2 posições nos escritórios da FCEI em Roma, Via Firenze 38 – Código da sede: 178966

Segunda estrela a direita

Código do projeto: PTXSU0019022010892NMXX

4 vagas nos serviços sociais do Centro Diaconal La Noce de Palermo, Via Giovanni Evangelista di Blasi 12 – Sede código: 178895

2 vagas na escola primária do Centro Diaconale La Noce de Palermo, Via Giovanni Evangelista di Blasi 12 – Sede código: 178899

Direto de manhã

Código do projeto: PTXSU0019022010893NMXX

4 lugares na Casa Valdese di Vittoria (RG), Via Giuseppe Garibaldi 60 – Sede código: 179002

Chamas nos olhos

Código do projeto: PTXSU0019022010891NXX

3 vagas no Gould Institute – Comunidade Arco e Colonna de Florença, Via Maffia 43 (código do assento: 178931)

2 vagas no Gould Institute – Limonaia day center em Florença, Via de’ Serragli 49 (Código do site: 178948)

1 vaga no Gould Institute – Projeto para UASC La Fonte em Florença, Via de’ Serragli 49 (Código do site: 178952)

1 lugar na Comunidade Airone de Florença, Via Santa Maria 3 – Sede código: 178949

2 vagas no Instituto Ferretti de Florença, Via Silvio Pellico 2 – Sede código: 178933

1 vaga no projeto Ulisse em Florença, Via Bernardino Ramazzini 14 – Código da sede: 178980

1 posição no projeto Nautilus Fonderia em Florença, Via della Fonderia 77 – Código da sede: 178981

Gotas de memória

Código do projeto: PTXSU0019022010899NXX

3 vagas na casa de repouso Il Gignoro em Florença, Via del Gignoro 40 – Código da sede: 178941

1 lugar na área adulta de Florença, Via de’ Serragli 49 – código da sede: 178950

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”

“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”

Foto Anna Kolosyuk - Unsplash Roma (NEV), 26 de maio de 2021 - Uma conferência telemática ecumênica inspirada no versículo de João 15, 12: "Amai-vos como eu vos amei". É a realizada de 28 a 29 de maio. Proposto pelo Movimento dos Focolares, é um congresso internacional pela unidade dos cristãos. O pai também está entre os convidados Ioan Sauca, secretário geral interino do Conselho Mundial de Igrejas (CMI). Além disso, espera-se que o cardeal Kurt Kochpresidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos. Os números e modalidades da conferência Traduções em inglês, francês, espanhol, português, italiano, alemão e outros idiomas. 12 alto-falantes. Várias sessões agendadas, incluindo momentos de oração e testemunhos inter-religiosos. Links: A contribuição do Movimento dos Focolares ao caminho ecumênico A contribuição do Movimento dos Focolares para o caminho ecumênico é descrita na apresentação do evento: “Sessenta anos de diálogo e vida entre cristãos de várias Igrejas nos convidam a refletir e compartilhar a rica experiência de comunhão e luz suscitada pelo carisma da unidade . Este carisma dado por Deus Clara Lubich oferece-se como contribuição ao caminho pelo qual rezou Jesus: 'que todos sejam um, para que o mundo creia' [cf. Gv 17,21]”. A Conferência acontece no 60º aniversário do "One" Centro para a Unidade dos Cristãos, fundado por Chiara Lubich em 26 de maio de 1961. ...

Ler artigo
Um verão protestante

Um verão protestante

Foto Rajiv Bajaj - Unsplash Roma (NEV), 22 de junho de 2022 – O verão começou. Nas últimas semanas, e até setembro, várias iniciativas culturais e comunitárias organizadas pelas igrejas evangélicas italianas. Na Agenda Evangélica e Ecumênica da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI), você pode encontrar atualizações semanais com datas, locais e detalhes de apresentações, resenhas, conferências, concertos e outras iniciativas. Além disso, na mesma página, você encontra todas as informações sobre as transmissões de rádio e TV do "Culto Evangélico" com curadoria do pastor Luca Barattocom o Notícias Evangélicas e os destaques, e a veiculação do "Protestantesimo" na RAITRE, com os dias e horários das reprises. Abaixo, no entanto, uma visão geral do verão protestante com uma seleção de alguns dos eventos mais significativos. O 25 de junho realiza-se o dia de espiritualidade intitulado "A fé como caminho". Promovido pela Associação das Igrejas Evangélicas Batistas de Lazio, Abruzzo e Marche (ACEBLAM), inclui reflexões, orações e caminhadas imersas no verde das montanhas Cimini, no lago Vico, na província de Viterbo. Com a pastora Ana Rosa Pereira. Para informações e reservas: [email protected] O 30 de junho em Meana di Susa, no Piemonte, celebram-se os 100 anos do hinário cristão. Reserva obrigatória até 25 de Junho através do nº. 0122.39138 após as 21h00. De 3 a 9 de julho na Torre Pellice, no coração dos vales valdenses na província de Turim, é realizada a "Escola para a Democracia", exposição com curadoria e promoção da Fundação Centro Cultural Valdense que abre com a inauguração Louis Manconi, sociólogo e senador da República. O 4 de julhoa aula-concerto de Paulo Nasocom Alberto Annarilli e Elisa Biason Intitulado: “Martin Luther King. Uma história americana". Na Calábria, o albergue social abre suas portas para turistas solidários. Esta é a nova iniciativa da “Casa da Dignidade” inaugurada há alguns meses pelo Mediterranean Hope, o programa de migrantes e refugiados da FCEI. Entre julho e setembroAlém disso, os Museus Valdenses organizam 6 caminhadas históricas sobre a vida, cultura e história valdenses. Para informações: [email protected] nomeações institucionais Há dois compromissos institucionais de verão. A primeira, mano dDomingo 21 de agosto e terça-feira 23 de agosto, é representada pela chamada “Assembleia-Sínodo”, a 5ª sessão conjunta da Assembleia Geral da União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI) e do Sínodo das igrejas valdenses e metodistas. As igrejas batistas, metodistas e valdenses “BMV” se reúnem na Torre Pellice. Como de costume, seguirá o Sínodo valdense-metodista, que se encerra na sexta-feira, 26 de agosto. Por fim, para colocar em pauta, o 07 de setembrocom o tradicional encontro marcado em Veneza com o CircuitoCinema, patrocinado pela Associação de Cinema Protestante "Roberto Sbaffi" (mais informações abaixo). Para relatar compromissos, escreva para [email protected] ...

Ler artigo
Nigerianos fugindo de Kiev são recebidos pelos valdenses em Palermo

Nigerianos fugindo de Kiev são recebidos pelos valdenses em Palermo

Foto aérea, vista do Monte Pellegrino do distrito de Noce. Créditos: Ph. Maghweb Roma (NEV), 31 de março de 2021 – Eles haviam sido rejeitados por uma família, que se dispôs a acolher pessoas que fugiam da Ucrânia, por serem negras. Agora eles encontraram um lar graças aos valdenses. Os protagonistas do agora tristemente famoso episódio são dois rapazes nigerianos, de 27 e 21 anos, que estudavam medicina e outra economia em Kiev antes do início da guerra. Entre outras coisas, essa história foi contada no programa de TV de Geppi Cucciari, "O que acontece?", foi ao ar no dia 29 de março, na Rai Tre. Em particular, ela interveio como convidada da irmã do programa Anna Alonzo, a primeira pessoa, na Sicília, em Casteldaccia, a receber os dois estudantes, que chegaram à ilha provenientes da Ucrânia via Roménia, de autocarro. Da cidade da província de Palermo e da estrutura administrada por Anna Alonzo, os jovens chegaram à capital, onde se espera que possam continuar seus estudos, e foram hospedados por dois dias na habitação social do La Noce Diaconal Center - um instituto valdense. a Cúpula de San Giuseppe dos Padres Teatinos da Piazza Pretoria. Créditos: Ph. Maghweb “Fomos contactados pela Universidade de Palermo, com quem já estamos a colaborar no projeto UNICORE (corredores universitários, ed) – explica Ana Ponente, diretor da estrutura – e de imediato oferecemos a nossa disponibilidade para acolher os dois alunos. O objetivo é dar a eles a oportunidade de continuar seus estudos. Mas antes de tudo é preciso trabalhar o processo de socialização e sobretudo fazer com que eles entendam que têm um espaço seguro, protegido e de escuta para viver. Acima de tudo, é preciso construir uma relação de confiança com eles”. Os dois jovens de origem nigeriana estiveram em Kiev com uma bolsa de estudos, são órfãos e, com a eclosão da guerra na Ucrânia, "experimentaram muitos traumas, vários abandonos, desde a sua terra natal até aquela que os acolheu, até ao último recusa da família que deveria acolhê-los”. E que ela teria recuado depois de descobrir a cor da pele deles. Hoje, em todo o caso, são hóspedes do La Noce, onde, graças ao acolhimento proporcionado pela Diaconia Valdense, vivem em habitações sociais, ou seja, um espaço onde vivem cerca de vinte pessoas, migrantes e não migrantes, estudantes mas também famílias . Têm um quarto à sua disposição e partilham áreas comuns com os restantes hóspedes. Eles começaram a estudar italiano. “Eles estão muito determinados a continuar em seu caminho – acrescenta o diretor de La Noce – mesmo que altamente traumatizados. Por isso iniciámos uma atividade de apoio psicológico”. Quanto à recusa da família que decidiu não acolhê-los, segundo Ponente “fala-se muito em acolhimento e integração, mas é preciso trabalhar a autêntica disponibilidade para com os outros. Conhecemos bem as dinâmicas que envolvem os migrantes, que os tornam visíveis e lhes possibilitam a vida. E que devem sempre se aplicar. No entanto, existem diferenças, infelizmente como demonstra este episódio envolvendo os dois jovens: isso é inaceitável em termos de direitos humanos, que são universais, para todos. Humanamente, ficamos muito impressionados com o aspecto trágico de sermos duplamente vítimas, da guerra e também da rejeição. Nós, de nossa parte, não fizemos nada de extraordinário”. Isso é dar as boas-vindas, sem ses e mas. As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.