Otto per mille Waldensian, o concurso de 2023 abre a partir de 5 de janeiro

Otto per mille Waldensian, o concurso de 2023 abre a partir de 5 de janeiro

Roma (NEV), 29 de dezembro de 2022 – Contagem regressiva para a abertura da licitação de 2023 para o Otto per mille Waldensian. A partir da próxima quinta-feira 5 de janeiro e até 27 de janeiro será de fato possível enviar pedidos de financiamento. ONGs, organizações sem fins lucrativos, associações e entidades do terceiro setor poderão então apresentar seus projetos, com o objetivo de receber os recursos necessários para realizá-los ou implementá-los.

As diretrizes do concurso e todas as outras informações são publicadas em ottopermillevaldese.org.


O Otto per Mille pode ser doado por todos aqueles que fazem uma declaração de imposto a uma das entidades religiosas com as quais o Estado italiano tem um acordo ou ao próprio Estado. Outros fundos são 5×1000, que podem ser atribuídos a investigação científica ou associações e organizações sem fins lucrativos, e 2×1000, que podem ser atribuídos a partidos políticos. O 8×1000 na verdade funciona como uma votação, em que quem se abstém contribui com o valor do voto majoritário. 8×1000 de todos os rendimentos declarados são repartidos entre o Estado e as entidades religiosas responsáveis ​​pelo seu recebimento, na proporção das escolhas expressas.


Ponto deste ano:

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Luteranos do mundo.  Secretário-geral Junge deixará o cargo em 2021

Luteranos do mundo. Secretário-geral Junge deixará o cargo em 2021

Martin Junge durante a 12ª Assembleia da FLM em Windhoek, Namíbia, maio de 2017. Foto FLM Roma (NEV) 21 de maio de 2020 – O pastor Martin Junge é o primeiro secretário geral latino-americano da Federação Luterana Mundial (FLM). Em comunicado divulgado ontem por Genebra, Junge anunciou sua renúncia a partir de 31 de outubro de 2021, três anos antes do fim de seu mandato. “Acredito firmemente que a mudança regular na liderança é de grande valor para qualquer organização. Ele apóia a inovação, revigora a visão e infunde as organizações com um novo impulso. Isso vale também para a Federação Luterana Mundial – disse o pároco -. Agora é a hora de abrir espaço. Meu mandato deveria ter terminado um ano após a Assembleia de 2023. Uma mudança de liderança em 2021 abre caminho para uma transição e prepara o terreno para uma transferência significativa e para a elaboração de uma nova estratégia, para conduzir a Federação ao futuro em que Deus é chamando comunhão. O meu anúncio surge num momento de grandes desafios relacionados com a pandemia de covid-19. Prometo continuar meu trabalho com constância, empenho e dedicação enquanto permanecer no cargo. Assumirei as responsabilidades da função, reportando-me às igrejas-membro e à FLM. Para isso, continuo contando com a graça de Deus, que nos torna livres para viver e trabalhar juntos por um mundo justo, pacífico e reconciliado”, concluiu Junge. Eleito pelo Conselho da FLM em 2009, Junge assumiu o cargo de secretário geral em 1º de novembro de 2010. Nascido no Chile em 1961, casado, pai de dois filhos, o pároco estudou no Chile e na Alemanha. Dentre seus compromissos e atribuições, destaca-se sua participação em diálogos ecumênicos nacionais, que levaram à assinatura do reconhecimento mútuo do batismo em 1999 por igrejas católicas romanas, sírio-ortodoxas, anglicanas, evangélicas luteranas, reformadas, metodistas e várias pentecostais. Cobriu missão e desenvolvimento, globalização neoliberal e dívida externa ilegítima. Sob sua liderança, a Federação Luterana Mundial trabalhou para construir relacionamentos dentro da comunhão, expandindo suas operações e quase dobrando seu orçamento para atender pessoas pobres e marginalizadas em todo o mundo, incluindo mais de 2 milhões de refugiados. , pela defesa dos direitos, pelo clima justiça e promovendo dentro da FLM uma "Política de Justiça de Género". O secretário-geral agradeceu ao Conselho da FLM, às igrejas e a todas as pessoas que com ele colaboraram ao longo dos anos pela confiança e apoio, considerado “uma honra, um privilégio e uma experiência estimulante”, disse Junge. O presidente da Federação Luterana Mundial, Panti Filibus Musa, ele usou palavras de agradecimento a Junge por seu serviço, realizado "com integridade, sabedoria, imaginação, habilidade e intuição - e também com humor e alegria". O Conselho FLM elegerá um novo secretário geral em junho de 2021. Leia a biografia completa de Martin Junge aqui. ...

Ler artigo
O ponto de inflexão de Basel, Europa, ecumenismo e igrejas

O ponto de inflexão de Basel, Europa, ecumenismo e igrejas

Panorama de Basel, sede da VIII Assembleia da Comunidade de Igrejas Protestantes da Europa Roma (NEV), 6 de novembro de 2019 - A Secretaria de Atividades Ecumênicas (SAE) - grupo romano - promove, no âmbito dos encontros ecumênicos de formação 2019-20, uma conferência intitulada "O ponto de virada de Basel, Europa, ecumenismo e igrejas" .Há trinta anos, em maio de 1989, foi inaugurada em Basel a primeira Assembléia Ecumênica Européia intitulada "Paz na Justiça". 600 delegados protestantes, católicos e ortodoxos de toda a Europa, representando as três grandes denominações cristãs, reuniram-se pela primeira vez desde o Grande Cisma entre o Oriente e o Ocidente (1054) e a Reforma Protestante. Seis meses depois, mais precisamente em 9 de novembro de 1989, a queda do Muro de Berlim marcou outro momento histórico.O pastor falará na conferência da SAE Luca Barattoresponsável pelo ecumenismo e secretário executivo da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI) e John Novelli, ecumenista e fundador do Interfaith Center for Peace (CIPAX). Os oradores trarão reflexões sobre o percurso que, a partir de Basileia, marcou o percurso ecuménico europeu, os frutos deste percurso, mas também os limites, a partir do material audiovisual do arquivo CIPAX. Luca Baratto participou da Assembléia de Basel quando era um jovem estudante de teologia. O compromisso é para domingo, 10 de novembro, às 16h30 – na casa de hóspedes do Mosteiro das monjas camaldulenses, Clivo dei Publicii, Aventino – Roma.A formação da SAE “30 anos depois da Assembleia de Basileia – justiça, paz, salvaguarda da criação” pretende ser uma espécie de “balanço do compromisso ecuménico face aos desafios do nosso tempo”, afirma o convite. Iniciado em outubro passado, o ciclo será encerrado no domingo, 15 de dezembro, com um encontro intitulado "A mensagem de Basel ainda é relevante?", que contará com a presença do presidente da FCEI, pároco Luca Maria Negroe o jornalista e correspondente vaticano Luís Sandri. ...

Ler artigo
Culto evangélico de Páscoa na Eurovisão

Culto evangélico de Páscoa na Eurovisão

Anuja Mary Tilj @anujamary, unsplash Roma (NEV), 3 de abril de 2023 – O programa de TV Protestantesimo apresenta: o culto evangélico da Páscoa no Eurovision, um programa da Rai3, organizado pela Federação das Igrejas Evangélicas da Itália. O episódio especial será transmitido no domingo, 9 de abril, de 10 a 11 e tem como título "Como vasos de barro". Por ocasião do 100º aniversário da fundação do GB Taylor Institute, a coluna Protestantismo, com a comunidade cristã evangélica batista de Centocelle em Roma, produziu o especial "Culto de Páscoa na Eurovisão". “No verão de 1873 – lê-se na apresentação do especial – um pastor batista americano chega à Itália e assume a direção da obra missionária batista. O nome dele é George Boardman Taylor e o trabalho diaconal mais importante da Igreja Cristã Evangélica Batista na Itália receberá seu nome. O instituto Taylor foi fundado em 1923 como um orfanato e ainda hoje funciona como uma casa de repouso para idosos no popular bairro de Alessandrino-Centocelle, nos arredores de Roma. O culto, sobre o tema da fragilidade e dom, será presidido pelo pároco André abrilcom a participação do Coral Gospel "Euphoria" dirigido pelo maestro Emanuel João Abril e os meninos e meninas da Escola Dominical da igreja”. artigo anterior“Paz é viver em harmonia com a Criação”. 2 de abril dia da não-violênciaPróximo artigoLiberdade religiosa. Garrone: "Precisamos de um novo horizonte cultural" Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.