Tempo de Criação.  Jubileu da Terra: novos ritmos, nova esperança

Tempo de Criação. Jubileu da Terra: novos ritmos, nova esperança

Roma (NEV), 3 de junho de 2020 – Em nome do Programa de Justiça Econômica e Ecológica do Conselho Mundial de Igrejas (CEC), a Comissão de Globalização e Meio Ambiente (GLAM) da Federação das Igrejas Protestantes na Itália (FCEI) foi convidada a participar do webinar internacional do Tempo da Criação, intitulado “Jubileu para a Terra: novos ritmos, nova esperança”.

Entre outros, o coordenador estará presente Antonella Visintin, coordenador do GLAM. A iniciativa conta com vários parceiros, incluindo a Rede Cristã Europeia para o Meio Ambiente (ECEN).

O Tempo da Criação é um período litúrgico ecumênico que vai de 1º de setembro a 4 de outubro, que deu seus primeiros passos com a Assembleia Ecumênica Européia em Graz (Áustria) em 1997 e que envolve igrejas cristãs de todas as tradições em todo o mundo.

O webinar da Temporada da Criação 2020 será realizado no dia 8 de junho de 2020, das 16h às 17h30, e também será uma oportunidade para apresentar o novo guia de celebrações, disponível no site do CMI neste link:

O webinar internacional visa aumentar a conscientização e inspirar as igrejas a abordar o tema deste ano e é promovido pelo Comitê Diretor do Temporada da Criação. Será realizado em vários idiomas: inglês, espanhol, italiano, polonês, português.

Para se inscrever clique AQUI


caixas de som

Rute Valério – Tearfunds

Rei Crizaldo – Miquéias Global

Martin Kopp – Comissão de Ecologia e Justiça Climática da Federação Protestante Francesa

Pe. Joshtrom Kureethadam – Setor de ecologia e criação do dicastério vaticano para a promoção do desenvolvimento humano integral

Ruth Padilha de Borst – Sociedade Teológica na América Latina

eles moderam

pastor Chad Rimmer – Federação Luterana Mundial (FLM)

pastor Dave Bookless – Em Rocha


O cuidado com a criação é um daqueles aspectos da vida que merece atenção especial no período pós-coronavírus. Este ano, como nos anos anteriores, cristãos de todas as origens e tradições ao redor do mundo serão convidados a celebrar o Tempo da Criação.

A comissão diretiva ecumênica do Tempo da Criação, à qual também pertence o ECEN, preparou um guia litúrgico, que já está disponível para ampla utilização. O tema deste ano é “Jubileu pela Terra”. O convite para participar e organizar celebrações é dirigido a igrejas, paróquias e comunidades de todo o mundo. Várias iniciativas estão planejadas, incluindo webinars, serviços de oração, um grupo no Facebook, documentação detalhada e fotos.

Para acessar todos os materiais, acesse www.SeasonOfCreation.org

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

XXIII Tertio Millennio Film.  Prêmio para “Um tradutor”

XXIII Tertio Millennio Film. Prêmio para “Um tradutor”

Roma (NEV), 23 de dezembro de 2019 – O filme de Rodrigo e Sebastián Barriuso "Un traductor" venceu a XXIII edição do Tertio Millennio Film Fest, o festival do diálogo inter-religioso. O filme é inspirado na história real do pai do diretor. O Júri Inter-religioso, presidido por Fariborz Kamkariera formado por representantes de várias religiões, entre eles o pastor valdense Marco Fornerone. O Festival, este ano intitulado “Eu sou você é. Reconhecendo-se como diferentes”, realizou-se em Roma de 10 a 13 de dezembro. O Júri atribuiu ainda uma menção honrosa a “As Andorinhas de Cabul” De Zabou Breitman E Eléa Gobé Mévellec. O Júri Inter-religioso para curtas-metragens, presidido por Phaim Bhuiyanem vez disso, concedeu o primeiro prêmio a “milady” De Júlia Tivelli E Flávia Scardinique conquistou também o Prémio Juventude, atribuído pelas escolas envolvidas no projeto "Nati nel Tertio Millennio" criado com o contributo do MIUR e do MiBACT, com curadoria de Ângela D'Arrigo. Finalmente, pela primeira vez, o Prêmio Outfield, um reconhecimento que reúne os mais importantes festivais nacionais de cinema e espiritualidade (Tertio Millennio Film Fest, Religion Today de Trento e Popoli e Religioni de Terni). O Prémio Fuoricampo é atribuído ao filme italiano do ano que melhor desenvolve a temática do sagrado, do divino, do transcendente e do invisível. Ganhou esta primeira edição”senhor demônio” De Pupi Avati. O festival contou com a presença de mais de dois mil espectadores. Entre os destaques: o diálogo em memória de Robert Bresson com a viúva Mylene Bresson E João Amelio; a reunião de 13 de dezembro entre Giuseppe Tornatoreprimeiro vencedor do Prêmio Bresson, e o cardeal Gianfranco Ravasi, Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura e fundador do Pátio dos Gentios; o encontro com na escavaçãojornalista sob tutela da Avvenire, que apresentou um dos nove filmes em competição, "The Remains", um documentário sobre migrantes de Natalie Borgers. “A chamada emergência migratória é a poeira que você esconde debaixo do tapete para não ver a enormidade do tráfico ilícito – disse Scavo, comentando a investigação -. A Itália é a nação que mais exporta bombas para a África. Embora não tenhamos uma percepção direta de quanto a guerra rende, há controvérsias sobre por que os migrantes chegam”. FORMA. Um tradutor. Canadá, Cuba – 2018 Após o desastre nuclear de Chernobyl, a Ucrânia pede ajuda ao mundo. Entre 1990 e 2011, chegaram a Cuba cerca de 25.000 crianças, muitas delas com câncer, deformações, problemas musculares e dermatológicos, altos níveis de estresse pós-traumático. Malin, professor de literatura russa em Havana, é designado para atuar como intérprete entre os médicos cubanos e as crianças. Forçado a lidar com a dor, Malin fica cada vez mais deprimido, até conhecer uma criança especial. Enquanto isso, o Muro de Berlim cai e Cuba entra em uma profunda crise econômica. O Tertio Millennio Film Fest é organizado pela Fundação Ente dello Spettacolo com o patrocínio do Pontifício Conselho para a Cultura, do Dicastério para a Comunicação da Santa Sé, do Escritório Nacional para as Comunicações Sociais da Conferência Episcopal Italiana (CEI), do Departamento de crescimento cultural do Município de Roma e da Região do Lácio, sob a direção artística de Marina Sanna (vice-diretor da Rivista del Cinematografo) e do Gianluca Arnone (coordenador editorial da Fondazione Ente dello Spettacolo). ...

Ler artigo
Pequenos valdenses crescem – Nev

Pequenos valdenses crescem – Nev

Torre Pellice (NEV), 24 de agosto de 2023 – “Gostaríamos de uma igreja com escorregas e plantas no interior. Gostaríamos que todos pudessem dar a sua opinião, eliminação dos trabalhos de casa, cidades mais coloridas”. O “Sínodo para as crianças” reunido recentemente em Torre Pellice apresentou os seus pedidos precisos à assembleia homóloga dos adultos no final da tarde de 24 de Agosto. Sobre o que é isso? A carta com os pedidos do Sínodo das Crianças Traversari Gesine, coordenadora do grupo de trabalho para a organização do Sínodo sobre as crianças, nomeada pelo Conselho Valdense por mandato do Sínodo do ano passado, e mãe de três crianças que participaram no projeto, explica: “O grupo de trabalho era composto por 5 pessoas. A ideia surgiu do fato de uma menina, num sínodo passado, ter perguntado aos seus pais: “Mas onde está o meu sínodo?”. Daí a vontade de responder e organizar o Sínodo das Crianças. Procurámos, portanto, pensar no que poderia ser, promover um percurso que fosse mais do que babysitting, mas sim uma atividade pensada na perspetiva das crianças. Foram-lhes propostos temas como a participação democrática, falavam de direitos e liberdades, e também da comunhão entre eles. Para nós, adultos, que participamos no Sínodo Valdense é também um momento em que nos reencontramos e estamos juntos todos os anos, portanto paralelamente a iniciativa para os mais pequenos é um investimento nas relações entre eles e, mais importante ainda, neles gostam muito". Dezesseis crianças de toda a Itália, com idades entre 5 e 13 anos, participam do Sínodo para as crianças, pela manhã há "cultini", ou momentos de oração, depois visitas e itinerários: foram convidados da Rádio Beckwith, em Villa Holland, participou de diversas oficinas, visitou o museu valdense, jogou jogos e realizou inúmeras atividades práticas. Fizemos algumas perguntas aos pequenos participantes desta versão reduzida do corpo executivo das igrejas valdenses. O que é o Sínodo? “Um momento em que os adultos se encontram e discutem coisas importantes na igreja”, explica Matteo, 10 anos, de Veneza. Quem é Jesus? “Ele é o Filho de Deus, é como um amigo e nos protege e morreu por nós, para que sejamos livres”. Do que você gostou mais? “Encontrar as outras crianças”, acrescenta outro pequeno sinodal. Para Martina, 9 anos, de Verona, o Sínodo das crianças está indo “bem”, ela não sabe do que menos gostou porque “tudo é lindo”. Sobre os adultos, ele sabe que “eles trocam informações, escolhem se querem mudar algumas coisas ou não... Os bancos deveriam ser trocados, porque são assentos do século XIX”. Quem são os valdenses? “Outra religião que não tem Papa, não tem padres, a mulher pode fazer tudo... Uma pastora é como um padre, só mulher, e pode casar”. Voltando ao mundo dos adultos, “propusemos atividades adaptadas à idade das crianças, paralelamente ao Sínodo dos adultos, procurando seguir os temas propostos pela assembleia dos “grandes”, e os mais pequenos mostraram que saiba como se sentir bem todos juntos. É uma experiência muito positiva”, afirma Miriam Bufapsicoterapeuta, um dos animadores do Sínodo dos pequenos, junto com um grupo de voluntários. «No Sínodo anterior, em 2022, foi aprovado um ato em que era solicitada a organização deste espaço – acrescenta Daniele Parisiprofessora e membro do grupo de trabalho que idealizou a iniciativa - que já não se tratava apenas de uma babá para permitir que deputados, párocos e pastoras com crianças participassem no Sínodo, mas também uma forma de devolver às crianças e às meninas um momento central na vida da nossa igreja”. No final da tarde de quinta-feira, 24 de agosto, os meninos e meninas do Sínodo foram recebidos na sala sinodal, onde apresentaram a sua carta repleta de propostas. Resultado? Uma ovação de pé e uma moção votada em tempo recorde: o Sínodo das Crianças estará lá novamente no próximo ano. Para saber mais: Um Sínodo “amigo das crianças”, Reforma28/07/2023 As duas guias a seguir alteram o conteúdo abaixo. ...

Ler artigo
A Espera – Neve

A Espera – Neve

Roma (NEV), 5 de dezembro de 2022 – O podcast – calendário chama-se “L'Attesa”do Advento, idealizado e criado por Pedro Ciacciopastor metodista e membro do Conselho da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, juntamente com o Confronti Review and Study Center, com direção e pós-produção de Márcia Coronati. [embed]https://www.youtube.com/watch?v=XtB5G5IAUNA[/embed] Aqui você pode ouvir os 24 episódios da história do rádio. Hoje, 5 de dezembro, o episódio dedicado à figura de Giuseppe. artigo anteriorPluralismo religioso na ItáliaPróximo artigoRevistas de cultura para "Mais livros mais grátis" Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.