Mulheres em igrejas e comunidades de fé: algo para mudar?

Mulheres em igrejas e comunidades de fé: algo para mudar?

Reconstrução feminina do “Quarto Stato” de Giuseppe Pellizza da Volpedo realizada por professores e alunos do instituto técnico comercial “Giovanni Caboto” de Chiavari – segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Roma (NEV), 5 de fevereiro de 2020 – A Secretaria de Atividades Ecumênicas (SAE) – grupo de Milão e o Centro Cultural Protestante de Milão apresentam o seminário “Mulheres nas igrejas e comunidades de fé: algo para mudar?”.

É um ciclo de 4 encontros, que será aberto na segunda-feira, 10 de fevereiro, para explorar o papel das mulheres nas comunidades judaica e islâmica, nas igrejas evangélicas e na Igreja Católica Romana.

“Nas igrejas e nas comunidades de fé existem diferentes ideias sobre a posição que a mulher deve ou pode ter – lê-se no cartaz -. Em algumas tradições religiosas houve notáveis ​​evoluções nos papéis aos quais eles têm acesso. De fato, dentro de sua religião, as mulheres podem ter uma importante função crítica ou proativa: onde assumiram cargos de responsabilidade, ocorreram mudanças significativas na vida e na prática da fé das comunidades. O tempo, as experiências e as reflexões espalhadas pelas diferentes confissões têm questionado as imagens consolidadas e os papéis estereotipados. Uma viagem está, portanto, em andamento. Na maioria das vezes, porém, ainda é uma jornada acidentada e com evidente resistência das comunidades em aceitar o pedido dooutra metade do céu ser mais presentes, mais responsáveis, mais protagonistas”. Os promotores também citam Susan Frederick Gray, presidente da Unitarian Universalist American Association (UUA): “O declínio não é responsabilidade das mulheres. E talvez sejamos a esperança para o futuro”. A perspectiva inicial do seminário, portanto, é que “a liderança feminina é essencial em uma época de declínio para muitas religiões”.

As reuniões serão coordenadas por Elza Ferrario da SAE e contará com a participação de estudiosos que desenvolverão problemáticas e perspectivas das diversas tradições religiosas.

Abaixo está o programa.

Baixe o cartaz Mulheres nas igrejas.


segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Mulheres em comunidades judaicas

Miriam Camerini, diretor de teatro, estudioso do judaísmo, Milão – Jerusalém


segunda-feira, 9 de março de 2020

Mulheres em comunidades islâmicas

Marisa Iannucci, Islamologista, presidente da Life Association, Ravenna


Segunda-feira, 20 de abril de 2020

Mulheres nas Igrejas Cristãs Evangélicas

Elizabeth Greenteólogo e pastor da Igreja Evangélica Batista, Cagliari


segunda-feira, 11 de maio de 2020

Mulheres na Igreja Católica Romana

Maria Soave BuscemiBiblista, Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos, Brasil


Os encontros serão das 18h às 19h30 na Livraria Claudiana – Via Francesco Sforza 12/a – 20122 Milão – entrada livre

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

O Conselho da Federação das Igrejas Evangélicas em Rosarno

O Conselho da Federação das Igrejas Evangélicas em Rosarno

Roma (NEV), 29 de janeiro de 2023 – Igrejas protestantes na linha de frente contra a exploração do trabalho, pelos direitos dos trabalhadores e por uma cadeia de suprimentos ética. O Conselho da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália está neste momento em Rosarno, na Piana di Gioia Tauro, por dois dias na área onde o Mediterranean Hope, o programa de migrantes e refugiados da FCEI, está presente com seus projetos há três anos. Ontem o encontro com as realidades que tornam possível a cadeia produtiva "Ética", a venda de laranjas e produtos solidários, Sos Rosarno. Em seguida, a visita ao albergue Dambe so, “a casa da dignidade” e um momento de discussão com os voluntários calabreses que animam este lugar e as inúmeras atividades do programa migrante das igrejas evangélicas. O objetivo das igrejas protestantes, com a contribuição do Otto per mille Waldensian e de várias igrejas e comunidades europeias, a começar pela Igreja Evangélica de Vestfália, é continuar a implementar este modelo virtuoso, que combina sustentabilidade, economia circular e direitos, dando uma alternativa concreta e viável aos "guetos" onde ainda vivem centenas de trabalhadores migrantes. O Conselho da FCEI é o órgão executivo da Federação. Reúne-se pelo menos 6 vezes por ano e é responsável pela condução dos negócios e administração do dia-a-dia. O Conselho é responsável pela execução das resoluções da Assembleia para a prossecução dos fins da Federação; gere a relação laboral com os colaboradores, o funcionamento dos gabinetes e serviços; administra o património da FCEI, elabora os balanços a submeter à aprovação anual da Assembleia, recebe e prepara os pedidos de admissão à FCEI a submeter à aprovação da Assembleia. Eleito a cada três anos por maioria de votos da Assembleia, o Conselho é composto pelo Presidente e seis conselheiros. Os membros do Conselho em exercício, eleitos pela XX Assembleia, são: Richard Kofi Ampofo (Metodista), Maria Antonieta Caggiano (luterana), Pedro Ciaccio (Metodista), Free Ciuffreda (valdense), Sara Comparatti (batista), Luca Longo (Exército da Salvação). o presidente é Daniele Garrone (valdense). ...

Ler artigo
Sínodo Valdense, “somos pequenos, mas destemidos”

Sínodo Valdense, “somos pequenos, mas destemidos”

Torre Pellice, 25 de agosto de 2023 – O Sínodo Valdense encerrou hoje, sexta-feira, 25 de agosto. Desde domingo, 20 de agosto, cerca de 180 deputados de toda a Itália discutem a vida das igrejas, a organização, os temas e os pedidos mais significativos para os protestantes. Os cargos dos órgãos executivos da igreja valdense foram eleitos. Na mesa valdense, o corpo diretivo, além do moderador Alessandra Trottaforam eleitos Erika Tomassone (vice-moderador), Inácio de Lecce, William Jourdan, Ulf Hermann Koller, Dorothea Müller, Andrea Sbaffi. Presidente da Associação das Igrejas Evangélicas Metodistas da Itália (OPCEMI): pastor reconfirmado Lucas Anciãos. No conselho da Faculdade Valdense de Teologia eles foram reconfirmados Lothar Vogel (reitor) ed Eric Noffke (vice-reitor). O pastor batista Francisca Nuzzolese ela foi eleita para a cátedra de teologia prática, a primeira mulher nesta função. O pastor Francisco Sciotto foi reconfirmado como presidente da Comissão Sinodal para a Diaconia (CSD/Diaconia Valdense). No final do Sínodo, realizou-se a habitual conferência de imprensa de encerramento. “O adjetivo “pequeno” ressoou várias vezes nestes dias de Sínodo, com um espírito diferente, às vezes em oposição. Sabemos que o elemento de crescimento numérico não é necessariamente uma medida de qualidade evangélica, que a adesão em massa não dá necessariamente origem a comunidades saudáveis ​​– declarou a diácona Alessandra Trotta, moderadora da Mesa Valdense, em seu discurso final -. Mas devemos ser capazes de dizer honestamente a nós mesmos, olhando também para a realidade das nossas comunidades, que nem mesmo qualquer pequena coisa é sinal de coerência e qualidade evangélica. Uma comunidade que sabe exprimir plena e autenticamente o sentido de viver em Jesus Cristo, que sabe exprimir uma fé que, mesmo em potes de barro, na fragilidade e na imperfeição de tudo o que é humano, mantém a alegre consciência do poder do Palavra, sabe tornar o frescor que toca a vida real das pessoas, atingindo-as de forma significativa e relevante nas necessidades mais íntimas e concretas, uma comunidade que sabe se oferecer como lugar de acolhimento, de cura, de relações renovadas , de emancipação, de solidariedade, de amor, de esperança, cresce”. Entre os temas discutidos, o acolhimento dos migrantes, com a aposta nos corredores humanitários e outras experiências de solidariedade em todo o território, a paz, os direitos das pessoas, a saúde pública, o não à criminalização da gestação para outros e a protecção de meninos e meninas, bem como todos os tipos de famílias. A noite pública do Sínodo, que decorreu na noite de segunda-feira, teve as questões de género no centro do debate, com uma discussão sobre “Mulheres no espaço público”. O Sínodo acolheu também diversas presenças de representantes de Igrejas de outros países, de toda a Europa e não só, bem como de personalidades do mundo ecuménico que trouxeram as suas saudações à assembleia. Também novidade este ano é a primeira edição do “Sínodo para as crianças”, que contou com a participação de 16 meninos e meninas, filhas e filhos dos delegados e dos párocos presentes em Torre Pellice. Todos os materiais, cobertura ao vivo das obras e coletivas de imprensa sobre: www.rbe.it; www.chiesavaldese.org; www.riforma.it; www.nev.it. - ...

Ler artigo
Alegre-se na esperança.  Assembléia do movimento cristão estudantil

Alegre-se na esperança. Assembléia do movimento cristão estudantil

Um detalhe do cartaz da 37ª Assembleia Geral da World Student Christian Federation (WSCF), 2022 Roma (NEV), 23 de junho de 2022 – A Assembleia Geral da Federação Mundial de Estudantes Cristãos (WSCF) começa hoje. É o órgão de decisão mais representativo e máximo do corpo ecumênico global que reúne os movimentos estudantis nacionais autônomos, conhecido na Itália como o "movimento estudantil cristão". A Federação inclui estudantes masculinos e femininos ortodoxos, protestantes, católicos, pentecostais e anglicanos. A Assembleia será realizada na Alemanha, em Berlim, de 23 de junho a 1º de julho. O título desta 37ª edição é "Alegrai-vos na Esperança" (Romanos 12:12). Subtítulo: "Jovens, caminhando juntos rumo à justiça e à paz". Da Itália, estarão presentes Annapaola CarbonatoSecretário da Federação da Juventude Evangélica na Itália (FGEI), e o pároco Pedro Ciacciocomo um "amigo sênior". Do aeroporto onde está prestes a chegar a Berlim, Carbonatto faz este breve comunicado: “É com muita emoção que me preparo para partir para Berlim, até porque há dois anos que esperávamos por este momento. A Assembleia foi adiada por dois anos e no ano passado foi realizada de forma restrita online. É certamente um momento muito emocionante. Teremos a oportunidade de ver uma nova face do movimento”. O Conselho solicitou a Carbonatto que representasse o FGEI na 37ª Assembleia Geral da WSCF. “A ideia de poder nos comparar com outras pessoas que vivem do outro lado do mundo, com quem compartilhamos desafios e esperanças futuras – continua a secretária Annapaola Carbonatto – é muito bonita e estimulante. Também estou muito feliz por poder partir e poder trabalhar neste tema, que me parece oportuno neste momento. Com esta ideia de caminhar e trabalhar juntos para um mundo de justiça e paz, de nos alegrarmos juntos na esperança do Senhor, me deixa confiante e tenho certeza de que esta Assembleia trará novos frutos e novos estímulos também para os evangélicos Federação da Juventude na Itália ”. O pastor Peter Ciaccio escreveu nas redes sociais: “23 anos depois de Beirute 1999, retornarei à Assembléia Geral da WSCF. Muito do que sou agora, devo ao WSCF, até mesmo à teologia pop (para começar).” O versículo bíblico que inspira a Assembleia, escreve a FSM, “nos lembra que a unidade em Cristo Jesus é a nossa esperança em tempos de desafio e dificuldade. Somos chamados a ser unidos na construção do Reino. Somos chamados a profetizar e anunciar a esperança na vinda do Reino. Como uma federação de jovens, a WSCF oferece uma mensagem de esperança no contexto do mundo sofrido de hoje. Uma esperança que se baseia no nosso trabalho pela justiça, igualdade e paz. Esperança informada por nossa compreensão da injustiça social, as causas profundas da pobreza, fragmentação, desunião, violência e guerra. Finalmente, uma esperança que realmente depende de ações que resistem ao Império, que falam a verdade ao poder e o tornam responsável perante o povo e a mãe Terra." A Assembléia Geral também será uma ocasião para celebrar 127 anos de “vida comum e testemunho diversificado e missão para a comunidade mundial” continua a WSCF. Na carta de anúncio da Assembléia, o Secretário Geral da WSCF Marcelo Leites escreve: “Vamos orar juntos por toda a criação neste tempo agitado em um mundo que está sofrendo […]. Este ano, sua 37ª sessão reunirá mais de 100 movimentos de 94 países, amigos seniores, parceiros e convidados”. hashtag #WSCFGA22 #RejoiceInHope ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.