O Sínodo das Igrejas Metodista e Valdense está de volta

O Sínodo das Igrejas Metodista e Valdense está de volta

Torre Pellice, casa valdense

Roma (NEV), 25 de maio de 2021 – Após a paralisação do ano passado, o Sínodo das igrejas metodistas e valdenses retorna em 2021. Uma edição particular que acontecerá em modo telemático e reduzido de 22 a 25 de agosto de 2021. Assim foi anunciado, e a notícia é anunciada hoje no site chiesavaldese.org, pelo moderador do Tavola Valdese, Alessandra Trottaem carta às igrejas na qual explica como “ao final de um rigoroso processo de verificação e consulta alargada, decidiu-se privilegiar o método capaz de oferecer maiores garantias e, portanto, também a tranquilidade de todos os participantes, sem distinção de áreas geográficas e outras condições pessoais”.

Em Torre Pellice, na província de Turim, local onde normalmente ocorre o Sínodo, apenas a Sede, a Comissão de Exame e, com vários tempos e métodos, os membros do Conselho Valdense e das Comissões Administrativas que respondem no Sínodo de trabalho deles.

Uma escolha que envolverá um trabalho organizacional significativo e o desenvolvimento de competências técnicas e organizacionais que permanecerão como uma aquisição útil também para o futuro. Além disso, muito antes do Sínodo, será adquirida experiência no campo quanto à organização das assembléias locais e de circuito e, sobretudo, das conferências distritais que, exceto uma, serão todas realizadas remotamente.

“Confiamos na ajuda do Senhor para preservar o que todos consideramos essencial em nosso modo de ser Igreja – escreve o moderador às igrejas – com o olhar voltado para a vocação de anúncio e serviço no tempo presente que o Espírito Santo não cessa de dirigem-se a nós, para empenhar as nossas energias e recursos com alegria, coerência e sentido de responsabilidade”.

A sessão sinodal será aberta com o culto inaugural presidido pelo pároco Winfrid Pfannkuche Domingo, 22 de agosto, às 10h, no templo da Torre Pellice, durante o qual pôde ser realizada a consagração de um pároco e de um diácono. A habitual noite pública às segundas-feiras, marcada para 23 de agosto, também será mantida.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Reforma do atendimento ao idoso não autossuficiente, carta aberta da Diaconia

Reforma do atendimento ao idoso não autossuficiente, carta aberta da Diaconia

Photo Hunt Han, unsplash Roma (NEV), 22 de junho de 2022 – Até o verão, o governo deve apresentar o projeto de lei que habilita a reforma da assistência aos idosos não autossuficientes. Por isso, o CDS da Diaconia Valdense com as organizações do "Pacto por um novo assistencialismo na não autossuficiência" dirigiu ao executivo, dias atrás, uma carta aberta ao Presidente Mario Draghi e aos ministros Robert Hope E André Orlando. “É um momento decisivo para os 3,8 milhões de idosos não autossuficientes e suas famílias”, sublinha a Diaconia. Em particular, os "especialistas" neste sector defendem a criação de um Sistema Nacional de Assistência ao Idoso (SNA), que inclua todas as medidas públicas - de carácter social e sanitário - de assistência aos idosos não auto-suficientes. Desta forma, explicam os promotores da iniciativa, “a atual fragmentação das intervenções seria ultrapassada para a construção de um sistema único integrado de não autossuficiência. Além disso, haveria uma simplificação porque o acesso ao SCN é determinado por uma única avaliação nacional, que absorve todas as existentes hoje. No entanto, significaria atribuir a este setor, até então negligenciado, a necessária legitimidade institucional e política”. O pastor presidente da Diaconia Valdense CSD Francisco Sciotto ele declara: “Queremos, junto com outros, uma reforma que atenda às necessidades dos idosos e de suas famílias. Sempre lidamos com os idosos e lidamos com eles todos os dias ouvindo-os e suas famílias e entendemos a urgência de implantar um Sistema Nacional de Assistência ao Idoso”. O "Pacto por um Novo Bem-estar na Não Autossuficiência" reúne 48 organizações da sociedade civil envolvidas na assistência e proteção de idosos não autossuficientes em nosso país: representa os idosos, suas famílias, aposentados, associações profissionais e indivíduos que oferecem serviços. Aqui a íntegra da carta aberta enviada pelas associações ao executivo. ...

Ler artigo
Estamos prontos, e você?

Estamos prontos, e você?

Roma (NEV), 9 de maio de 2022 – “Estamos prontos e vocês?” é a campanha lançada hoje pela revista e centro de estudos Confronti, pela Coordenação Nacional das Novas Gerações Italianas (CONNGI) e pelos Italianos Sem Cidadania, para pedir que a lei da cidadania, conhecida como "Ius Scholae", seja votada no Parlamento até o final da legislatura. Os signatários da campanha acreditam que “chegou a hora de as forças políticas que se disseram a favor da lei, muitas vezes fazendo dela uma bandeira, tomarem as providências necessárias para serem coerentes com os compromissos assumidos”.A campanha começa com uma carta aberta ao Primeiro-Ministro, Mario Draghi, e às forças políticas que compõem o governo dispostas a votar a lei. Entre os primeiros signatários Edith Bruck, Oliviero Toscani, Paolo Fresu, Gad Lerner, Luigi Manconi, Igiaba Scego, Corrado Augias, Maurizio Ambrosini, Valerio Carocci, Orchestra of Piazza Vittorio, Little Orchestra of Tor Pignattara, Roberto Zaccaria, Mohamed Keita, Giacomo Marramao. Após o lançamento, a campanha de recolha de assinaturas vai continuar com o objetivo de envolver o maior número possível de cidadãos. O apelo diz: "Pedimos que nos ouçam e dêem o passo que há anos hesitam em dar: aprovar uma lei que nos reconheça como seus concidadãos, irmãs e irmãos de uma República que na sua Constituição reconhece os direitos fundamentais direitos de todos os cidadãos "sem distinção de sexo, raça, língua, religião, opiniões políticas, condições pessoais e sociais" (Art.3)". “Aguardamos a resposta da política – declararam os promotores da campanha –, mas não apenas com as declarações de circunstância: desta vez esperamos que a lei seja agendada no Parlamento o mais rapidamente possível e levada a votação. No dia que a gente votar, aí a gente vai fazer uma grande festa na praça com todo mundo, inclusive os políticos. Até então, permanecemos vigilantes e esperando." A lei, se entrasse em vigor, permitiria que homens e mulheres muito jovens, que cresceram e estudaram na Itália durante anos, adquirissem a cidadania italiana. “Centenas de milhares de pessoas, de estudantes, à espera de poder dar o seu contributo para o crescimento do país como cidadãos; e nós com eles”, concluíram os promotores. Você pode se inscrever na campanha acessando o site www.noisiamoprontievoi.it. ...

Ler artigo
Semana dos Direitos e Semana de Evangelismo

Semana dos Direitos e Semana de Evangelismo

Imagem retirada do site www.evangelizzazione.chiesavaldese.org Roma (NEV), 28 de abril de 2022 - A Semana dos Direitos promovida pela União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI) terminou recentemente, perto da 46ª Assembleia Geral dos Batistas Italianos. O bastão passa agora para a Semana de Evangelização da União das Igrejas Metodista e Valdense. São dois encontros importantes para as igrejas protestantes italianas, que entre abril e maio oferecem materiais, reflexões e reflexões sobre a questão dos direitos e da fé. Semana dos Direitos A Semana do Direito é organizada pelo Departamento de Evangelização da UCEBI e este ano é dedicada ao direito à paz. Acontece em abril, por volta da data em que é lembrado o pastor batista e Prêmio Nobel da Paz Martin Luther King, morto em Memphis em 4 de abril de 1968. A UCEBI oferece testemunhos e mensagens evangélicas a todas as igrejas para "encorajar todas as comunidades a fazer ressoar e dar ao mundo o convite do Senhor à paz". Uma paz “a um preço muito alto, não feita de desengajamento, mas de militância, encontro, diálogo, até entre opostos. A Paz de Deus não é homogeneizante, mas dialética, dinâmica, contrastante, às vezes até conflitante”, escrevem os batistas. Neste ano, o Departamento lançou uma série de fascículos com leituras do livro “O Poder de Amar”, com sermões e discursos de King, com foco na pregação a partir do texto: “Sede prudentes como as serpentes e inocentes como as pombas (Mateus 10: 16 ). No YouTube os episódios intitulados "Uma mente forte e um coração terno". Além disso, apresentou o hino "Oração pela Ucrânia". E, novamente, a série "O direito à paz no Afeganistão - Entrevista com Sediqa Moshtaq" do Ministro da Evangelização, pároco Ivano De Gasperis. Entre as propostas da Semana, também a de reduzir o consumo de energia de gás e água quente, “tornando este protesto também uma oportunidade de crescimento no respeito pelo meio ambiente”. A Semana da Evangelização A Semana de Evangelização, por outro lado, é organizada por uma Comissão nomeada pelo Conselho Valdense. Destinado a todos os interessados, envolve em particular a União das Igrejas Metodista e Valdense e realiza-se de 2 a 8 de maio. Foram preparados materiais e reflexões inspiradas no versículo "Aqueles que esperam no Senhor adquirem novas forças" (Isaías 40:31). O coordenador da Comissão é Mário Cignoni. Cinco vídeos curtos sobre esperança e testemunho estarão disponíveis. Além disso, uma reunião do Zoom está marcada para sexta-feira, 6 de maio, às 18h00. Finalmente, a Comissão elaborou uma brochura dirigida às igrejas para promover a evangelização. Para maiores informações: www.evangelisation.chiesavaldese.org www.chiesavaldese.org ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.