Um antigo slogan metodista: Fique conectado!

Um antigo slogan metodista: Fique conectado!

Roma (NEV), 2 de junho de 2021 – Relatamos o texto da nota do pároco Luca Baratto foi ao ar ontem à noite, terça-feira, 1º de junho, durante o “Ascolta si fa sera” da Rádio 1 RAI, com uma reflexão à margem da recente Consulta Metodista.


“No último domingo participei da Consulta das igrejas metodistas, evento que todos os anos reúne metodistas de toda a Itália, pastores e pastoras, diáconos e diáconos, pregadores e pregadores locais, simples membros da igreja. Se eu tivesse que destacar um slogan que caracterizou o encontro deste ano, não teria dúvidas. Seria: “Vamos ficar conectados”!

Pode-se dizer que é um slogan muito moderno, um sinal dos tempos da nova comunicação – da web, da internet, das redes sociais – tão essencial para nos ajudar a quebrar a solidão e o isolamento nos períodos mais sombrios desta pandemia.

E, no entanto, “Fique conectado” para os metodistas em todo o mundo – cerca de 82 milhões de pessoas em 134 países – é um slogan antigo, cunhado em 1700.

É um conceito teológico expresso pela palavra inglesa Connexion, ou seja, conexão, e indica a ideia de unidade da igreja típica do metodismo, que não se baseia nas estruturas ou hierarquias que o regem, mas no relacionamento que une todos os seus componentes, todas as pessoas individuais, todos os crentes individuais, uns com os outros, em Cristo Jesus.

O modelo bíblico é o da igreja como o corpo de Cristo de 1 Coríntios 12, um corpo composto de muitos membros, mantidos juntos por um tecido conjuntivo que os une em sua cabeça e Senhor, que é Cristo.

Então, sim, vamos voltar a usar este antigo slogan: Vamos ficar conectados! Permanecemos unidos na alegria da fraternidade, no testemunho franco do Evangelho, no serviço ao próximo, no entusiasmo da fé, na confiança no Deus do futuro e da nossa salvação. Repetimos este antigo slogan metodista: Fique conectado!

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Terminada a viagem à Itália dos luteranos alemães: encontros, trocas, perspectivas

Terminada a viagem à Itália dos luteranos alemães: encontros, trocas, perspectivas

Torre Annunziata (NA) Roma (NEV), 7 de junho de 2018 – A viagem à Itália da delegação do Comitê Nacional Alemão da Federação Luterana Mundial (FLM) está chegando ao fim hoje. A visita começou em Roma e no Vaticano - com uma audiência privada com o Papa Francisco - e terminou em Nápoles e na Torre Annunziata, onde o grupo visitou as comunidades locais da Igreja Evangélica Luterana na Itália (CELI) e as estruturas diáconos, incluindo o “ Hospital Evangélico Villa Betania” em Ponticelli, que a FLM apoia financeiramente. “É impressionante como as comunidades do Golfo de Nápoles conseguem correlacionar igrejas com trabalhos culturais e atividades recreativas significativas – observou o chefe da delegação, bispo Gerhard Ulrich –. O trabalho diaconal irradia fortemente na sociedade. Isso demonstra mais uma vez o quão importante é o ministério diaconal das igrejas luteranas em todo o mundo”. Na Torre Annunziata, a delegação visitou um centro cultural e de reuniões do CELI. “Jovens que vivem em situação precária podem encontrar aqui um projeto de teatro. É um sucesso”, acrescentou Ulrich. Cordelia Vitiello (CELI), membro do Conselho da FLM e vice-presidente do hospital "Villa Betania", apresentou, entre outros, o projeto "Pink Rose", que apoia mulheres vulneráveis ​​com assistência psicológica, espiritual e social. Antes de ir para Nápoles, a delegação manteve várias conversações no Vaticano. Com Papa Francisco, Luis Francisco Ladaria Ferrerprefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, e Mons. Matthias Turk, foi confirmado o progresso no caminho comum entre luteranos e católicos. Além disso, em Roma, a delegação se encontrou com a Comunidade de Sant'Egidio e participou da oração vespertina em Santa Maria in Trastevere. Outro encontro aconteceu no Melanchthon Center com estudantes de teologia alemães que podem passar um ano acadêmico em Roma no centro protestante de estudos ecumênicos, em colaboração com a Faculdade de Teologia Valdense. A Federação Luterana Mundial (FLM) é a maior comunhão da igreja luterana do mundo, com mais de 74 milhões de membros e 145 congregações em 98 países, enquanto o Comitê Nacional Alemão da FLM representa as doze igrejas membros germânicas da FLM, compreendendo aproximadamente 11,5 milhões de crentes. ...

Ler artigo
Questionário online sobre Eucaristia Católica e Santa Ceia Protestante

Questionário online sobre Eucaristia Católica e Santa Ceia Protestante

Ilustração retirada do número 9 da "Hospitalidade Eucarística" Roma (NEV), 15 de setembro de 2021 – Um novo questionário para explorar as teorias e práticas de recepção mútua da Eucaristia Católica e da Santa Ceia Protestante. Pode ser preenchido no seguinte link: Lançado em 2017 na forma de papel, o questionário agora está online, para ampliar a pesquisa e a reflexão. A iniciativa é lançada juntamente com a publicação da edição de setembro do boletim “Acolhimento Eucarístico”. Os editores escrevem: “Estamos agora no início do 4º ano do nosso boletim, e no editorial você encontrará algumas notícias importantes relacionadas à nossa reorganização. Esperamos que isso ajude a melhorar nosso conteúdo e sua participação." Em suporte de Margarida Ricciuti E Pedro Urciuoliagora também estão colaborando com o projeto Alexandre Foriero (valdense), Mateus Ricciardi (pastor da Igreja do Nazareno) e Marco Sillini (Católico). No número de setembro, outras novidades: um projeto de formação, pesquisas sobre o tema da hospitalidade eucarística e a contribuição de Paulo rico“Apartheid Eucarístico”. . Para informações escreva para: [email protected] O boletim "Hospitalidade Eucarística" é editado por alguns membros do grupo ecumênico "Spezzare il pane", que inclui alguns crentes protestantes e católicos. O grupo, nascido no âmbito ecumênico em 2011 em Turim, envolve igrejas, mosteiros e paróquias.“O termo 'hóspede' indica tanto aquele que oferece hospitalidade como aquele que a recebe, pois ambos os sujeitos, embora com papéis diferentes, estão unidos por um valor superior: a hospitalidade – lê-se no subtítulo da folha -. Portanto, a 'hospitalidade eucarística' é uma forma de dizer que todos somos hóspedes do único Senhor que nos acolhe e acolhe com todas as nossas diferenças. A Ceia pertence ao Senhor, não às Igrejas”. ...

Ler artigo
Corredores humanitários, recém-chegados da Líbia

Corredores humanitários, recém-chegados da Líbia

Roma (NEV), 30 de junho de 2022 – 95 pessoas chegaram ao aeroporto de Roma Fiumicino da Líbia à noite, graças a um corredor humanitário, em implementação de um protocolo assinado em abril de 2021 pelos Ministérios do Interior e Relações Exteriores e Cooperação Internacional, ACNUR, Comunidade de Sant'Egidio, Federação das Igrejas Evangélicas na Itália e Tavola Valdese. Aqui o comunicado de imprensa conjunto.Amanhã, sexta-feira, 1º de julho, às 11h30, haverá um momento de acolhida aos refugiados da Líbia e uma coletiva de imprensa "Salvar, acolher, integrar", na sala de conferências da Comunidade de Sant'Egidio, via della Paglia 13b (em Trastevere).Os palestrantes irão:marco impagliazzopresidente da Comunidade de Sant'Egidio,Daniele Garronepresidente da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália,Charlotte Samiporta-voz do ACNUR na Itália. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.