Afeganistão, 300 refugiados chegando por corredores humanitários

Afeganistão, 300 refugiados chegando por corredores humanitários

Desenho de Francesco Piobbichi, operador da Mediterranean Hope – Federação de Igrejas Evangélicas na Itália

Roma (NEV), 25 de julho de 2022 – Na quarta-feira, 27 de julho, 230 refugiados afegãos que estavam refugiados no Paquistão desde agosto passado chegarão em um voo de Islamabad. Sua entrada na Itália é possível graças ao memorando de entendimento com o Estado italiano, assinado em 4 de novembro de 2021 pela Comunidade de Sant’Egidio, a Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, a Tavola Valdese, Arci, Caritas Italiana, OIM, INMP e ACNUR.

Junto com outras chegadas do Irã – previstas para hoje, 25 de julho, e quinta-feira, 28 de julho – mais de 300 refugiados afegãos serão acolhidos em nosso país graças aos corredores humanitários, um projeto totalmente apoiado pelas associações proponentes e possível graças à generosidade e ao compromisso livre e voluntário de muitos cidadãos italianos, que ofereceram suas casas para acolher, mas também congregações religiosas, ONGs e diversos sujeitos da sociedade civil. Entre eles, a Solidaire, que em colaboração com a Open Arms, contribuiu para a organização do voo desde o Paquistão.

Às 16h da quarta-feira, 27 de julho, em Fiumicino, será realizada a recepção aos refugiados e uma coletiva de imprensa com a participação de:

Marina Serena, Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional

marco impagliazzopresidente da Comunidade de Sant’Egidio

Daniele Garronepresidente da Federação das Igrejas Evangélicas na Itália

Alessandra Trottamoderador da Mesa Valdense

Filipe MiragliaGerente Nacional de Imigração da Arci

Valentina BrinisBraços abertos

Sylvan AdamsCEO Israel – Premier Tech

O credenciamento deve ser feito até terça-feira, 26 de julho, às 11h, enviando um e-mail para [email protected], anexando uma cópia de um documento de identificação (não o cartão profissional) e indicando o jornal e qualquer placa de carro para acessar o estacionamento do Terminal 5. O acesso à imprensa será permitido até às 15h00.

Roma, 25 de julho de 2022


AQUI o protocolo do Afeganistão

AQUI o comunicado de imprensa da Farnesina e da Viminale

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

O caminho comum das igrejas Batista, Metodista e Valdense

O caminho comum das igrejas Batista, Metodista e Valdense

Roma (NEV/Riforma), 18 de novembro de 2020 – sábado, 21 de novembro, de 10 a 13, o webinars intitulado: “O sonho de uma Itália protestante. História e atualidade de um percurso comum. Reconhecimento mútuo entre as igrejas batista, metodista e valdense cem anos após a Primeira Conferência das Igrejas Evangélicas Italianas". O seminário online é a primeira etapa de um caminho que levará as igrejas batista, metodista e valdense rumo à 5ª sessão conjunta da Assembleia Geral da União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI) e do Sínodo das Igrejas valdenses e metodistas , denominada “Assembleia-Sínodo”, a ser realizada em 2022. O caminho inclui uma segunda etapa na primavera de 2021, na qual serão refletidas três áreas temáticas: formação teológica, intercultura e colaboração territorial. O webinar será aberto com saudações institucionais de: Alessandra Trottamoderador da Mesa Valdense; Mirella Manocchiopresidente da Associação das Igrejas Evangélicas Metodistas da Itália (OPCEMI); John Archdeaconpresidente da União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI); Luca Maria Negropresidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI); Annapaola Carbonatosecretário da Federação da Juventude Evangélica da Itália (FGEI). A intervenção de Émile Florio, professor de história e filosofia, com uma retrospectiva histórica das relações entre as igrejas batista, metodista e valdense (BMV) cem anos após o 1º Congresso Evangélico Italiano. Eles então se alternarão Gianna Urzio, Cláudio Paravati E John Bremner que oferecerão um vislumbre dos desafios futuros e do potencial da jornada comum. O encontro do próximo sábado será uma oportunidade para as igrejas BMV refletirem sobre esta colaboração plurianual e entenderem como continuar o caminho do testemunho comum e da fidelidade ao Evangelho em uma sociedade e em um tempo marcado por particularismos e divisões. Acesse o FACTSHEET sobre a Assembleia-Sínodo das igrejas Batista, Metodista e Valdense ...

Ler artigo
Um calendário do Advento “que cheira a vida”

Um calendário do Advento “que cheira a vida”

Foto de Julieta Mazzotta Roma (NEV), 30 de novembro de 2022 – A Comissão de Globalização e Meio Ambiente (GLAM) da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI) apresenta o "Calendário do Advento que cheira a vida". Concebido como um presente para todas as pessoas que amam a Criação, o calendário nasceu como parte do projeto GLAM de "Corredores Ecológicos para Insetos Polinizadores". “Antecipada por um vídeo no final do inverno passado, a iniciativa dos corredores para insetos polinizadores foi ampliada devido ao interesse, envolvimento e participação de muitos sujeitos dentro e fora das igrejas”, escreve GLAM. Ele acrescenta: “De repente, semanas após o lançamento, o próprio nome estava sendo transformado várias vezes. 'Corredores Ecumênicos', depois 'Corredores Ecológicos, Caminhos Ecumênicos', para incluir a diversidade de pessoas e grupos envolvidos. Por que essa iniciativa teve tanto sucesso pode ser explicado em duas palavras: usabilidade e responsabilidade”. “Porque o Senhor teu Deus está prestes a introduzir-te numa terra fértil: uma terra de torrentes, fontes e águas subterrâneas que brotam na planície e na montanha; terra de trigo, cevada, vinha, figos e romãs; de oliveiras, azeite e mel; uma terra onde não comerás pão em falta, onde nada te faltará. País onde as pedras são de ferro e de cujas montanhas cavarás o cobre" (Deuteronômio 8,7-9) Por que utilizável? Por que responsável? GLAM continua: “É utilizável porque se adapta a qualquer ambiente, mesmo o mais degradado, aliás é precisamente aí que se realiza o seu significado mais profundo; é utilizável porque não tem restrições de idade, pois qualquer pessoa pode plantar uma semente em um vaso ou cuidar de um canteiro urbano, em vez de plantar árvores ou criar grandes jardins. Exige responsabilidade individual porque lança luz sobre a estreita ligação entre a perda da biodiversidade e a extinção em massa. Estimula o sentido de responsabilidade dos mais pequenos, tornando-se um excelente vetor no ensino do cuidado da Criação”. O calendário do Advento GLAM visa, entre outras coisas, "agradecer a todos aqueles que colaboraram na divulgação deste pequeno e precioso projeto 'eco-ecumênico' e encorajar a participação e divulgação no território italiano". O Grupo de Trabalho de Polinizadores criou o calendário. Todos os dias chama a atenção para uma ou mais plantas, de vasos ou da horta, da horta ou do bosque, concluindo no dia 24 de dezembro com uma coleção que a GLAM convida a descobrir folheando o calendário disponível a partir de 1 de dezembro a página de facebook da Comissão (Comissão de Globalização e Ambiente). ...

Ler artigo
Assim a ecoteologia une os cristãos

Assim a ecoteologia une os cristãos

Foto Riccardo Chiarini / Unsplash Roma (NEV), 14 de julho de 2020 - Mais um encontro com o pensamento protestante no Interris.it, graças à entrevista de James Galeazzi pastora Daniela DiCarlo. Daniela DiCarlo Os temas delineados vão do ecumenismo à unidade entre os cristãos, passando pela bioética e pela violência contra a mulher. Da necessidade de uma "conversão ecológica" a uma autocrítica corajosa em relação aos caminhos ainda por trilhar, o pastor Di Carlo identifica alguns marcos que podem fazer a diferença no caminho cristão, mas também em geral na sociedade como um todo . “Certamente ainda não é hora de falar sobre recepção eucarística ou sacerdócio feminino – começa Di Carlo -. Porém, é muito importante que as igrejas, unidas, digam uma palavra radical sobre a criação”. Leia a entrevista com Daniela Di Carlo em Interris.it. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.