Amsterdã.  Conferência sobre religião, cinema e… Multiverso

Amsterdã. Conferência sobre religião, cinema e… Multiverso

Um detalhe da capa do programa da Conferência sobre Cinema e Religião, Amsterdam 2022

Roma (NEV), 10 de junho de 2022 – A Conferência sobre religião e cinema intitulada “Visões para um mundo melhor: cinema e política da religião vivida” termina hoje em Amsterdã. Também entre os palestrantes Pedro Ciaccio, pastor metodista, teólogo “pop”, escritor e presidente da Associação de Cinema Protestante “Roberto Sbaffi”. Este último, juntamente com INTERFILM (organização que reúne delegados de associações protestantes e ecumênicas de cinema na Europa), apoia sua participação. Peter Ciaccio traz uma contribuição sobre a espiritualidade corporificada de Liliana Cavanidiretor e roteirista italiano.

A conferência, organizada pela Faculdade de Religião e Teologia da Vrije Universiteit de Amsterdã, abriu com a prolusão de John Lyden em “Vida no Multiverso: Trazendo o Caos Fora de Ordem? (“Vida no Multiverso: Trazendo o Caos Fora de Ordem?”).

“Trata-se de uma conferência académica que normalmente se realiza do outro lado do oceano – afirma Peter Ciaccio -. Este ano, porém, acontece aqui na Europa. São cerca de 70 participantes de todo o mundo”.

Cinemas, multiversos, portais…

Sobre o discurso de abertura de John Lyden, professor da Universidade de Nebraska Omaha e diretor de uma revista sobre cinema e religião, Ciaccio diz: “Lyden propôs uma reflexão sobre o conceito de multiverso. Não é simplesmente uma questão cinematográfica. O cinema reflete uma tendência contrária à dimensão ‘universal’. E vemos isso nas radicalizações que existem em mundos paralelos e na própria realidade. Lyden deu o exemplo da tentativa de golpe de 6 de janeiro de 2021 nos Estados Unidos. Nesse contexto, havia pessoas que realmente acreditavam que as eleições eram fraudadas. E convencido de que seu comportamento estava correto. Havia, de fato, essa coexistência que então na realidade se transformou em um choque de multiversos. No cinema, muitas vezes pensa-se que a única forma de salvaguardar a diversidade é garantir que o portal entre os multiversos permaneça fechado. O mais interessante desta introdução diz respeito ao fato de que, apesar da ilusão de isolamento e solidão (como se estivéssemos sozinhos na frente do computador, como se vivêssemos sempre isolados uns dos outros), o verdadeiro desafio é levar a consciência do fato de que todos nós moramos juntos. O cinema lida com essa questão, muitas vezes ignorada tanto pela política quanto pelos formadores de opinião”.

A contribuição de Peter Ciaccio é extraída de seu ensaio publicado no ano passado no livro “Liliana Cavani. Cinema e filmes”, editado por Pedro Armocida E Christian Paternò para Marsílio.

Liliana Cavani

“Uma das primeiras realizadoras a chamar a atenção no cinema europeu foi Liliana Cavani (nascida em 1933) – lê-se no resumo da reportagem de Ciaccio -. Cavani vem de uma área rural do norte da Itália e começou sua carreira na RAI”. Cavani dirigiu produções televisivas inovadoras, incluindo History of the Third Reich, The Stalin Years, Women of the Resistance e Philippe Pétain. É conhecido seu Francesco d’Assisi (1966), que conta com nada menos que dois remakes, um em 1989 e outro em 2014, seu último filme.

“A espiritualidade nos filmes de Cavani está ligada a uma dimensão terrena – escreve Ciaccio -: O céu mora na terra, o divino mora no humano. É um elo oculto, como na teologia de São Paulo, de Santo Agostinho e de Martinho Lutero. […] O olhar de Cavani busca um sentido espiritual que só pode ser alcançado caindo no chão, ou mesmo no subsolo. Como Jesus, Francisco, Galileu, Antígona e outros, em suas obras ele escolhe o ponto de vista da margem impotente”.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

um compromisso escrito na pele

um compromisso escrito na pele

À esquerda, a tatuagem da palavra filoxenia em grego Novi Sad (NEV), 2 de junho de 2018 – Há quem escreva seu amor na pele, tendo o nome da pessoa amada tatuado no corpo. Aconteceu também na Conferência das Igrejas da Europa (KEK), em Novi Sad (Sérvia, 31 de maio – 5 de junho). Em resposta à mensagem do estudo bíblico sobre o tema da hospitalidade, proferida pelo pároco Luca Maria Negropresidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), um jovem participante do encontro europeu teve a palavra tatuada no braço filoxenia – amor, amizade para o estrangeiro – central no discurso do negro sobre a hospitalidade. Patriarca Inácio Afrém II; foto CEC. A hospitalidade foi o tema de todo o dia de ontem, 1 de junho. Além de negro, ele falou sobre isso Inácio Aprhem IIPatriarca de Antioquia da Igreja Siríaca Ortodoxa. “A hospitalidade é inerente ao ser cristão. A natureza de Deus é o amor e como cristãos devemos aprender com o nosso Mestre celestial”, disse o patriarca que sublinhou como o Oriente Médio tem uma longa história de hospitalidade que começa desde os tempos da Bíblia e chega até os dias atuais. “Hoje – recordou Aphrem II – um terço da população do Líbano é composta por refugiados sírios” que encontraram refúgio naquela nação. O pastor Meletis Meletiadis; foto CEC. O pastor também falou sobre hospitalidade Meletis Meletiadisilustrando o compromisso da Igreja Evangélica Grega com os migrantes: "Queremos que a sua primeira experiência na Europa seja de acolhimento, amizade, respeito e dignidade". Finalmente, a Assembleia saudou com gratidão Doris Peschke que após anos de serviço deixa o secretariado geral da Comissão das Igrejas para os Migrantes na Europa (CCME). ...

Ler artigo
Prabook.  “Os Judeus na Itália” dia 9 de agosto, com Anna Foa e Edith Bruck

Prabook. “Os Judeus na Itália” dia 9 de agosto, com Anna Foa e Edith Bruck

Edith Bruck - foto omissam.it Roma (NEV), 7 de agosto de 2023 – A apresentação do livro de Anna Foa “Judeus na Itália. Os primeiros 2000 anos” (ed. Laterza). Com a participação de Edith Bruck em vídeo. Também com o autor Graziela Romano. Diálogo com Edith Bruck, a jornalista da agência NEV Elena Ribet. O evento faz parte das muitas atividades organizadas para esta 20ª edição especial do Festival "Pralibro". A revista cultural, nascida do encontro entre a Torre di Abele, a Libreria Claudiana e a Igreja Valdense, está de fato comemorando seus primeiros vinte anos. Como Daniela Grill e Susanna Ricci escrevem no Riforma.it, o Pralibro tem “milhares de livros vendidos e centenas de apresentações; um pequeno milagre cultural no município no fundo do vale Germanasca que oferece um programa de alto nível todos os verões”. Para saber mais: Rocco Pinto e Sara Platone, responsáveis ​​pela curadoria da revista, contam o que faz do Pralibro um ponto de encontro de leitores, autores e autoras. Vídeo de Claudio Petronella para a rádio RBE TV. [embed]https://www.youtube.com/watch?v=dGb00yrhTyY[/embed] ...

Ler artigo
Em Palermo, novos projetos de La Noce para jovens e adolescentes

Em Palermo, novos projetos de La Noce para jovens e adolescentes

Roma (NEV), 10 de outubro de 2022 – Nasceu em Palermo um novo serviço ambulatorial de diagnóstico e tratamento que garantirá intervenção precoce, acolhimento imediato, terapias adequadas e prevenção de patologias relacionadas ao vício em smartphones e outros dispositivos. Há poucos dias foi inaugurada a primeira clínica de psicoterapia do projeto In-Addiction apoiado pela Fondazione con il Sud nos espaços do Centro Diaconal "La Noce". "Estamos muito felizes em oferecer este serviço - declarou o Diretor do Centro Diaconal "A Nogueira", Ana Ponente – que a partir de dois bairros importantes como Noce e Ballarò chegará ao resto da cidade. Podem aceder ao ambulatório raparigas e rapazes, raparigas e rapazes entre os 9 e os 17 anos: esta é uma iniciativa importante para esta faixa etária e faremos o possível para responder às necessidades que vão sendo manifestadas pelas escolas, serviços sociais e de saúde, fazendo-o de forma contínua". Hoje, segunda-feira, 10 de outubro, às 16h, está previsto o corte da fita no bairro Ballarò, onde em vicolo Infermeria dei Cappuccini 3, o Instituto Don Calabria lançará o serviço de escuta e treinamento para adolescentes e pais, abrindo as portas da segunda clínica também na Albergaria. “Para nós não é simplesmente um projeto, é uma missão que não teríamos levado em consideração se não tivéssemos em mente um projeto de longo prazo para oferecer à comunidade”, comentou o Diretor da Ópera Don Calabria Social Área, Roberto Manhã - Uma iniciativa de proximidade e rede que nos permitirá identificar bolsões de desconforto e intervir gratuitamente sobre eles”. O Conselheiro de Atividades Sociais do Município de Palermo também esteve presente no corte inaugural Rosa Penino. Os dois ramos estarão abertos ao público 3 vezes por semana e geridos em sinergia pelos especialistas e psicoterapeutas do Centro Diaconal "La Noce" (via Evangelista di Blasi, 16; informações e contactos 375 7083456 ou escrevendo para [email protected]) e do Instituto Don Calabria (Casa San Francesco in vicolo Infermeria dei Cappuccini, 3; 3898528698, [email protected]). O serviço, explicam os promotores da iniciativa, “vai oferecer apoio a adolescentes e pré-adolescentes que expressem o seu desconforto por desenvolverem comportamentos problemáticos relacionados com a utilização da rede e dispositivos associados ou que possam interferir no seu percurso de desenvolvimento, e oferece aconselhamento psicológico para fenômenos como prevaricações digitais, cyberbullying ou difamação, manifestações não ligadas ao vício, mas relacionadas a uma exposição incorreta e protegida da rede que pode ter repercussões no desenvolvimento psicológico de meninos e meninas”. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.