2020. Os eventos evangélicos e ecumênicos do ano

2020. Os eventos evangélicos e ecumênicos do ano

Foto publicdomainpictures.net

Roma (NEV), 1º de janeiro de 2020 – Publicamos abaixo uma visão geral provisória das nomeações nacionais e internacionais de igrejas protestantes e organismos ecumênicos europeus e mundiais que serão realizadas durante 2020.

Entre as datas a marcar na agenda, destacam-se o Sínodo Luterano, a Consulta Metodista, o Sínodo das igrejas Metodista e Valdense, a Assembleia Baptista, mas também a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (18-25 de Janeiro), a Assembleia de 2020 da a Associação Mundial para a Comunicação Cristã (WACC), as nomeações da Conferência das Igrejas Europeias (KEK) e do Conselho Ecuménico das Igrejas (CEC), a 15ª Conferência de Lambeth.

Abaixo, em ordem cronológica, a Agência NEV Press relata os eventos mais significativos que irá explorar parcialmente durante o ano.

12 de janeiro – XXXI Dia do Diálogo Judaico-Cristão

16/19 de janeiro – Curso ecumênico “Be One” em colaboração entre a Conferência das Igrejas Européias (KEK), a Fraternidade Europeia da Juventude Cristã, o Comitê para Crianças e Jovens do Conselho Ecumênico da Finlândia e o Conselho Juvenil Dinamarquês. Copenhague, Dinamarca).

18/25 de janeiro – Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (SPUC) promovida pelo Conselho Ecumênico de Igrejas (CEC) e pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos. Tema de 2020: “Eles nos trataram com bondade” (Atos 28, 2). Iniciativas em várias cidades, programas a definir.

25 de janeiro – Inauguração do espaço recentemente remodelado pelo Exército de Salvação (EdS), destinado ao acolhimento de dublinenses ou beneficiários de corredores humanitários em colaboração com a Federação das Igrejas Protestantes em Itália (FCEI). Roma.

12 de fevereiro – VIII Conferência Internacional de Estudos sobre o Metodismo sobre o tema “Os limes católicos. Ambições e estratégias do Metodismo para uma Itália unida”, na Sala Odeion do Departamento de História, Culturas e Religiões da Universidade “La Sapienza”. Roma.

17 de fevereiro – Dia da Liberdade. O antissemitismo será o tema da Semana da Liberdade, que acontece todos os anos por volta de 17 de fevereiro, data da concessão dos direitos civis aos valdenses em 1848, poucos dias antes de os próprios judeus obterem as mesmas liberdades. Isso foi decidido pela Assembleia da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), que se reuniu em novembro passado. Iniciativas em várias cidades italianas.

9/20 de março – Estados Gerais da Mulher, Pequim+25. A comunidade global se reunirá para fazer um balanço do 25º aniversário de Pequim 1995, onde foi realizada a 4ª Conferência Mundial da Mulher. O aniversário da adoção da Declaração de Pequim e da Plataforma de Ação será também o momento para as igrejas refletirem sobre o papel da mulher na sociedade, nas religiões e na plena conquista da igualdade e proteção dos direitos das mulheres. Na sede das Nações Unidas. Nova York (EUA).

30 de março/5 de abril – Semana de direitos e legalidade em conjunto com a jornada de direitos organizada pelo Departamento de Evangelização da União Evangélica Batista da Itália (UCEBI). A Semana também inclui o Dia da Legalidade das igrejas valdenses e metodistas, criado em 2010 para conscientizar a população sobre as questões da legalidade e o combate ao abuso. Iniciativas em várias cidades italianas.

24/27 de abril – Dias Ecumênicos de Advocacia 2020: Reinventando a comunidade para a terra e o povo de Deus, interseção entre mudança climática e injustiça econômica, defesa da justiça climática. Washington DC (EUA).

30 de abril/3 de maio – SÍNODO LUTERANA na Itália.

maio ou junho – Reunião anual dos conselhos nacionais das igrejas europeias. Será na Polônia.

4/10 de maio – Sétima edição da semana de evangelização, encontro marcado para as igrejas valdenses e metodistas em várias cidades italianas.

23/24 maio – CONSULTA METODISTA, encontro anual das igrejas metodistas convocado pela Obra para as Igrejas Evangélicas Metodistas na Itália (OPCEMI).

5 de junho – A longa noite das igrejas, sobre o tema da Beleza. Em vários locais italianos.

10/12 de junho – Assembleia 2020 da Associação Mundial para a Comunicação Cristã (WACC). Por ocasião do 20º Festival Europeu de Programas Religiosos e Online, com o título “Faith on Screens” (Crença na Tela). Helsinki, Finlândia).

15/29 Junho – O Global Institute of Theology, um programa da Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas (CMCR), reunirá estudantes de todo o mundo no Union Theological Seminary. Dasmariñas (Filipinas).

1/8 de julho – Visita de luteranos italianos à Áustria; participação nos Dias de Encontro Cristão de 3 a 5 de julho em Graz. A viagem inclui:
1-3 de julho: visita a Viena e encontro com o bispo Michael Chalupka e o secretário geral da Comunhão das Igrejas Protestantes na Europa (CCPE) Mário Fisher na 2ª manhã;
3-5 de julho: participação no evento ecumênico e internacional “Christian Encounter Days” em Graz;
5-8 de julho: visita à Caríntia protestante com sede em Villach.

22/26 de julho – A Baptist World Alliance (ABM) se reunirá para o seu Congresso. Rio de Janeiro, Brasil).

23 de julho/2 de agosto – 15ª Conferência de Lambeth, um evento extremamente significativo na vida da Igreja Anglicana que reunirá mais de 1.000 bispos e seus cônjuges de mais de 165 países, representando toda a Comunhão Anglicana mundial. A Lambeth Conference é realizada a cada dez anos no Lambeth Palace, sede do Arcebispo de Canterbury em Londres, atualmente Justin Welby, de onde é oficialmente convocado. Objetivo: Dar a direção futura da Comunhão Anglicana/Episcopal para a próxima década. Londres, Reino Unido).

23/29 de agosto – SÍNODO METODISTA-VALDENSIANO em Torre Pellice (Turim).

29 de agosto/2 de setembro – A Rede Cristã Europeia para o Meio Ambiente (ECEN) se reunirá em assembléia sobre o tema “Reconciliados com a criação: um apelo à ação urgente sobre o clima e a biodiversidade” na Academia Evangélica de Bad Herrenalb. Alemanha.

3 de outubro – Celebração ecumênica em Lampedusa em memória do naufrágio de 3 de outubro de 2013 em que 368 pessoas perderam a vida.

23/24 de outubro – Conferência sobre eco-igrejas promovida pela Comissão de Globalização e Meio Ambiente (GLAM) da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI).

5/8 de dezembro – Assembleia Geral da União Batista Cristã Evangélica da Itália (UCEBI) em Montesilvano (Pescara).


Para quaisquer alterações, correções e acréscimos, envie uma solicitação via e-mail para [email protected]


admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Semana dos Direitos e Semana de Evangelismo

Semana dos Direitos e Semana de Evangelismo

Imagem retirada do site www.evangelizzazione.chiesavaldese.org Roma (NEV), 28 de abril de 2022 - A Semana dos Direitos promovida pela União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI) terminou recentemente, perto da 46ª Assembleia Geral dos Batistas Italianos. O bastão passa agora para a Semana de Evangelização da União das Igrejas Metodista e Valdense. São dois encontros importantes para as igrejas protestantes italianas, que entre abril e maio oferecem materiais, reflexões e reflexões sobre a questão dos direitos e da fé. Semana dos Direitos A Semana do Direito é organizada pelo Departamento de Evangelização da UCEBI e este ano é dedicada ao direito à paz. Acontece em abril, por volta da data em que é lembrado o pastor batista e Prêmio Nobel da Paz Martin Luther King, morto em Memphis em 4 de abril de 1968. A UCEBI oferece testemunhos e mensagens evangélicas a todas as igrejas para "encorajar todas as comunidades a fazer ressoar e dar ao mundo o convite do Senhor à paz". Uma paz “a um preço muito alto, não feita de desengajamento, mas de militância, encontro, diálogo, até entre opostos. A Paz de Deus não é homogeneizante, mas dialética, dinâmica, contrastante, às vezes até conflitante”, escrevem os batistas. Neste ano, o Departamento lançou uma série de fascículos com leituras do livro “O Poder de Amar”, com sermões e discursos de King, com foco na pregação a partir do texto: “Sede prudentes como as serpentes e inocentes como as pombas (Mateus 10: 16 ). No YouTube os episódios intitulados "Uma mente forte e um coração terno". Além disso, apresentou o hino "Oração pela Ucrânia". E, novamente, a série "O direito à paz no Afeganistão - Entrevista com Sediqa Moshtaq" do Ministro da Evangelização, pároco Ivano De Gasperis. Entre as propostas da Semana, também a de reduzir o consumo de energia de gás e água quente, “tornando este protesto também uma oportunidade de crescimento no respeito pelo meio ambiente”. A Semana da Evangelização A Semana de Evangelização, por outro lado, é organizada por uma Comissão nomeada pelo Conselho Valdense. Destinado a todos os interessados, envolve em particular a União das Igrejas Metodista e Valdense e realiza-se de 2 a 8 de maio. Foram preparados materiais e reflexões inspiradas no versículo "Aqueles que esperam no Senhor adquirem novas forças" (Isaías 40:31). O coordenador da Comissão é Mário Cignoni. Cinco vídeos curtos sobre esperança e testemunho estarão disponíveis. Além disso, uma reunião do Zoom está marcada para sexta-feira, 6 de maio, às 18h00. Finalmente, a Comissão elaborou uma brochura dirigida às igrejas para promover a evangelização. Para maiores informações: www.evangelisation.chiesavaldese.org www.chiesavaldese.org ...

Ler artigo
A Agenda de Paz 2023 – Nevada

A Agenda de Paz 2023 – Nevada

Roma (NEV), 11 outubro de 2022 – A Agenda de Paz 2023 da Confronti é dedicada a um mundo livre de armas.“Na verdade, pensamos que, especialmente após a eclosão do conflito entre a Rússia e a Ucrânia, é importante chamar a atenção para o quão profundamente enraizada ainda está a ideia de resolver disputas por meio de conflitos armados. Uma prática que gera morte, alimenta a desigualdade e enfatiza a tensão, a divisão e o ódio, representando a antítese da paz.Na elaboração da Agenda de Paz 2023, reformulamos alguns artigos e dados que são fruto da atividade editorial e de planejamento da Cooperativa Com Nuovi Tempi, da qual são expressão o Mensal Confronti e o Centro Studi Confronti. Pela Agenda da Paz 2023, o centro de estudos e revista Confronti agradece ao centro LIBREXPRESSÃO (Fundação Giuseppe Di Vagno), centro euro-mediterrânico para a promoção da liberdade de expressão e sátira política, pela concessão das ilustrações. A Agenda da Paz 2023 chega em anexo à edição de outubro da revista para todos* os que já assinaram Comparar. Em alternativa, é possível adquirir a Agenda de Paz 2023 diretamente na loja online, ao custo de 7 euros, neste link. Confronti saiu em maio de 1989 seguindo o legado de “Com-Nuovi tempi”, uma das primeiras publicações ecumênicas em que católicos, protestantes, crentes “não religiosos” e pessoas que pesquisam questões de fé colaboraram por quinze anos. Hoje o Confronti é frequentado por cristãos de várias denominações, judeus, muçulmanos, budistas, hindus e leigos interessados ​​no mundo das religiões, da política e da sociedade. ...

Ler artigo
Regularização 2020: após dois anos, mais de cem mil pessoas ainda aguardam documentos

Regularização 2020: após dois anos, mais de cem mil pessoas ainda aguardam documentos

Roma (NEV), 11 de maio de 2022 – A campanha Eu era estrangeiro publicou em seu site uma atualização do acompanhamento da implementação da regularização extraordinária de 2020, medida que a campanha propôs e apoiou fortemente, enfatizando imediatamente o alcance limitado da prestação devido aos poucos setores identificados para emergência e à rigidez de alguns requisitos. Dos dados fornecidos pelo Ministério do Interior em resposta aos últimos pedidos de acesso a documentos (disponíveis no site), depreende-se que, no final de março de 2022, dos mais de 207.000 pedidos de emergência apresentados pelos empregadores, há 105.000 autorizações de residência em liberação pelas prefeituras (cerca de 50% do total) e ainda dezenas de milhares de processos a serem finalizados. Além disso, como se pode ler na nota da campanha, é de realçar o número bastante elevado de indeferimentos que vão surgindo à medida que o exame avança. Entre outras coisas, a sentença do Lombardy Tar interveio no momento do exame dos autos, que relembrou com algumas sentenças o que a Constituição dispõe sobre os tempos certos dos procedimentos administrativos. O dossiê também inclui uma análise dos resultados obtidos nos últimos meses com a campanha de agilização e conclusão do procedimento, a começar pela prorrogação até dezembro de 2022 dos mais de 1.000 trabalhadores temporários empregados em prefeituras e delegacias que, graças a uma emenda à lei orçamentária proposta por eu era estrangeiro, poderão continuar tratando da regularização e, quem sabe, concluí-la. Outro elemento em que a campanha se concentra é o último decreto de fluxo, que identificou 70.000 cotas de entrada de trabalhadores e trabalhadoras para 2022 em vários setores, ante os poucos milhares esperados nos últimos anos. Nos click days entre o final de janeiro e fevereiro, as vagas esgotaram em poucas horas e foram recebidas mais de 220 mil solicitações de empregadores, superando em muito as vagas disponíveis. Na conclusão da análise dos dados e das mais recentes intervenções sobre a imigração, a campanha reitera mais uma vez a necessidade de criar finalmente vias de entrada racionais e verdadeiramente acessíveis para o trabalho e de ultrapassar o sistema ilógico das amnistias, com a introdução de um sistema sempre mecanismo acessível para reentrar na economia legal. Nesse sentido, a aprovação no passado dia 3 de maio no Senado, no âmbito da discussão sobre a instituição do dia nacional em memória dos imigrantes vítimas do ódio racial e da exploração no trabalho, de uma agenda que obriga o governo a avaliar a introdução "de um mecanismo permanente de regularização a título individual do contrato de trabalho, com o duplo objectivo de garantir a correcta protecção dos direitos fundamentais da pessoa e assim favorecer também o aparecimento de relações laborais irregulares", retomando a proposta de lei de iniciativa popular cujo exame está parado na Comissão de Assuntos Constitucionais desde março de 2020. Canais de entrada para trabalho e regularização: a reunião pública de alto nível que a campanha do Eu era estrangeiro está organizando no Parlamento para o próximo dia 14 de julho. Eu era estrangeiro é promovido por: Radicais Italianos, Fundação Casa da Caridade “Angelo Abriani”, ARCI, ASGI, Centro Astalli, CNCA, A Buon diritto, CILD, Fcei – Federação de Igrejas Evangélicas na Itália, Oxfam Italia, ActionAid Italia , ACLI, Legambiente Onlus, ASCS – Agência Scalabriniana de Cooperação para o Desenvolvimento, AOI, Terra! onlus com o apoio de inúmeros prefeitos e dezenas de organizações. O título do projeto de lei de iniciativa popular é "Novas regras para a promoção de autorizações regulares de residência e inclusão social e laboral de cidadãos estrangeiros não comunitários". É composto por 8 artigos que prevêem, entre outras coisas, a introdução de uma autorização de residência temporária para a procura de emprego através do recurso à atividade de intermediação entre empregadores italianos e trabalhadores estrangeiros não pertencentes à UE; a regularização individual de estrangeiros "enraizados" mediante a disponibilidade de contrato por parte do empregador. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.