Montagem CEC.  Do lado da filoxenia de Abraão e contra a xenofobia dos “sodomitas” modernos

Montagem CEC. Do lado da filoxenia de Abraão e contra a xenofobia dos “sodomitas” modernos

Pastor Luca Maria Negro durante seu discurso

Novi Sad (NEV), 1º de junho de 2018 – “Acolher o estrangeiro e acolher a Deus são duas atitudes intimamente relacionadas”. Isto é o que o pastor explicou esta manhã Luca Maria Negropresidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), no estudo bíblico sobre o tema da hospitalidade que abriu o segundo dia de trabalhos da Assembleia da Conferência das Igrejas da Europa (KEK) em Novi Sad (Sérvia).

O texto bíblico comentado por Negro é Gênesis 18:1-8 que conta como Abraão, acolhendo três estrangeiros nos carvalhais de Manre, onde estava acampado, acolhe na verdade o próprio Deus. “Através da hospitalidade, Abraão experimenta Deus”.

Ícone de Abraham Philoxenia de Andrey Rubliov

Uma interpretação do texto que a espiritualidade cristã sempre afirmou, como por exemplo no caso de um famoso ícone ortodoxo de Andrey Rubliov que reproduz este mesmo episódio e é conhecido por dois nomes: “Ícone da Trindade”, mas também “Ícone da filoxenia de Abraão”.

A Filoxênia, amizade com os estrangeiros, é assim uma chave para compreender não só a ética, mas também a teologia da passagem bíblica que se destaca em contraste com a história que se segue imediatamente: o julgamento e a destruição de Sodoma (Gênesis 19). A filoxenia de Abraão, que conduz ao encontro com Deus e à bênção, contrasta com a xenofobia dos habitantes de Sodoma que ameaçam os próprios estrangeiros acolhidos pelo patriarca, trazendo sobre si a maldição.

Numa Europa onde a migração é uma questão difícil e causa de conflito, onde muitos acreditam que todos os refugiados e requerentes de asilo que tentam chegar à Europa para escapar à guerra ou à fome devem ser rejeitados, “temos de escolher de que parte ficar”, alertou Negro.

“Do lado de Abraão e Sara que oferecem hospitalidade aos três estrangeiros, ou do lado dos ‘sodomitas’ de hoje que não são homossexuais, mas sim os que pregam o ódio aos estrangeiros”.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Você não está sozinho!  Evangelização e direitos das mulheres

Você não está sozinho! Evangelização e direitos das mulheres

Roma (NEV), 3 de maio de 2023 – Os direitos das mulheres estão no centro da Semana de Evangelização 2023, organizada pela Comissão para a Evangelização das Igrejas Metodistas e Valdenses e pelo Departamento de Evangelização da União Evangélica Batista Cristã da Itália (UCEBI). O evento tem como slogan "Você não está sozinho!” e pretende conscientizar sobre a situação de opressão e violência que muitas mulheres vivem no mundo, inclusive na Itália. “Este ano pensamos em propor uma evangelização “corporificada”, concreta e específica, na qual o anúncio do evangelho libertador se liga a realidades concretas”, explicou. Mário Cignoni, coordenador da Comissão. Isto porque, como afirma o flyer criado para a ocasião, se “o cristianismo é um caminho de liberdade e libertação em Cristo”, não é apenas numa “perspetiva distante no tempo que remete para outra dimensão: Cristo liberta-nos aqui e agora com a sua Palavra”. A Semana tem um evento principal associado que acontecerá em verona, sábado, 6 de maio. Estão previstos dois encontros ao ar livre, na Ponte Pietra e uma terceira final às 16h00 na templo valdense na via Duomo 4, na esquina com a via Pigna. Uma brochura produzida pela Comissão de Evangelização O programa inclui a apresentação de algumas figuras femininas da Bíblia, começando pelas "mulheres da genealogia de Jesus, ou seja, as 'mulheres que conduzem a Cristo'", para depois se debruçar sobre a situação da mulher em algumas zonas do mundo, como Irã e Afeganistão, sem esquecer a Itália onde "ainda há um longo caminho a percorrer em termos de igualdade efetiva entre homens e mulheres", voltou a explicar Cignoni. O folheto afirma o direito das mulheres em todos os lugares “à autodeterminação, a viver livremente seguindo suas escolhas políticas e religiosas, sua orientação sexual e o estilo de vida que preferirem. Afirmamos seu direito à educação e ao entretenimento, de trabalhar e ser independente, de amar e ser amado, seu direito de ser feliz”. A reunião do sábado, dia 6, faz parte de um fim de semana cheio de eventos para a igreja valdense de Verona que inclui, de 5 a 7 de maio, a exposição “A Palavra Escrita”, exposição da Bíblia organizada pela Sociedade Bíblica da Itália (SBI); Sexta-feira 5, "... dizendo o Nome de Deus", leituras dos "Diários" de Etty Hillesum, editados por Lorenzo Gobbi e Mario Cignoni, com música original de Gianmaria Rizzardi executado pelo autor; Domingo, 7, “A polifonia do povo de Deus, concerto do Coro Ecumênico de Verona. ...

Ler artigo
Troca da guarda na liderança do protestantismo

Troca da guarda na liderança do protestantismo

Roma (NEV), 15 de outubro de 2021 – Um novo rosto para o protestantismo. Vai ser Cláudio ParavatiDiretor de Compararde fato, para apresentar, a partir do próximo episódio, domingo, 17 de outubro, o programa religioso da Federação de Igrejas Evangélicas, que é transmitido todos os domingos de manhã no Rai Due. Paravati recebe o bastão do jornalista e apresentador Cátia Barãoque apresentou a transmissão nos últimos anos. “Agradecemos a Cátia pela competência, profissionalismo e frescor com que tem sido a cara do “protestantismo” nos últimos anos – declara Luca Baratto, secretário executivo da FCEI -, porta-voz dos estúdios de televisão RAI sobre os temas que caracterizam a reflexão e o testemunho dos protestantes na Itália. Ao mesmo tempo, saudamos Claudio Paravati, que apresentará o programa a partir de domingo e acompanhará os espectadores nos próximos anos”. ...

Ler artigo
Mulheres de fé.  Diversidade espiritual de uma perspectiva feminina

Mulheres de fé. Diversidade espiritual de uma perspectiva feminina

Roma (NEV), 30 de setembro de 2020 - A conferência organizada pelo Centro de Estudos sobre Liberdade de Religião, Crença e Consciência (LIREC) intitulada "Mulheres de Fé. Diversidade espiritual de uma perspectiva feminina". A presidente da Federação das Mulheres Evangélicas da Itália (FDEI), pastora, participa Gabriela Lio. A conferência faz parte do "Projeto Saber" dedicado ao estudo das minorias religiosas na Itália e das diferentes formas como estas últimas se inserem no contexto social italiano. O objetivo é promover o diálogo e a troca de experiências através dos testemunhos de alguns representantes de diferentes religiões, comprometidos com a promoção e proteção dos princípios fundamentais da dignidade do homem e da mulher. As organizadoras escrevem no convite da iniciativa: “As mulheres de fé desempenham um papel vital não apenas dentro de suas respectivas comunidades religiosas, mas também na sociedade multicultural e multirreligiosa de hoje”. A conferência, anteriormente adiada devido às disposições da emergência do coronavírus, será realizada em plataforma digital no dia 5 de outubro de 2020, das 16h30 às 19h. Para participar, cadastre-se no seguinte link: PLANO 16h30 Saudações Sen. Valéria Fedeli Pedro Nocita Presidente Honorário do Centro de Estudos LIREC Apresentar e moderar Raffaella DiMarzio Diretor do Centro de Estudos LIREC CAIXAS DE SOM Gabriela Lio Presidente da Federação das Mulheres Evangélicas da Itália (FDEI) Mariangela Fala Presidente da Fundação Maitreya e da Mesa Inter-religiosa de Roma Paula Cavallari Professor de história e filosofia, promoveu o Observatório Inter-religioso contra a violência contra as mulheres (OIVD) do qual é presidente. Swamini Hamsananda Ghiri Freira hindu e vice-presidente da União Hindu Italiana França Coen Co-presidente da Federação Italiana de Judaísmo Progressista e vice-presidente da Religiões pela Paz seção italiana. Elizabeth Nistri Presidente da Federação Feminina para a Paz Mundial-Itália Susana Giovannini Membro da Igreja Pentecostal Betel e do Grupo de Diálogo Inter-religioso pela Paz de Cosenza Marisa Iannucci Islamologista e ativista de direitos humanos. presidente da ônus vitalício. Os parceiros do evento são: a Associação Internacional para a Defesa da Liberdade Religiosa (AIDLR), a revista Consciência e Liberdade, o Observatório Inter-religioso sobre a Violência contra a Mulher (OIVD) e a Federação Feminina para a Paz no Mundo-Itália (WFWP). ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.