Montagem CEC.  Do lado da filoxenia de Abraão e contra a xenofobia dos “sodomitas” modernos

Montagem CEC. Do lado da filoxenia de Abraão e contra a xenofobia dos “sodomitas” modernos

Pastor Luca Maria Negro durante seu discurso

Novi Sad (NEV), 1º de junho de 2018 – “Acolher o estrangeiro e acolher a Deus são duas atitudes intimamente relacionadas”. Isto é o que o pastor explicou esta manhã Luca Maria Negropresidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), no estudo bíblico sobre o tema da hospitalidade que abriu o segundo dia de trabalhos da Assembleia da Conferência das Igrejas da Europa (KEK) em Novi Sad (Sérvia).

O texto bíblico comentado por Negro é Gênesis 18:1-8 que conta como Abraão, acolhendo três estrangeiros nos carvalhais de Manre, onde estava acampado, acolhe na verdade o próprio Deus. “Através da hospitalidade, Abraão experimenta Deus”.

Ícone de Abraham Philoxenia de Andrey Rubliov

Uma interpretação do texto que a espiritualidade cristã sempre afirmou, como por exemplo no caso de um famoso ícone ortodoxo de Andrey Rubliov que reproduz este mesmo episódio e é conhecido por dois nomes: “Ícone da Trindade”, mas também “Ícone da filoxenia de Abraão”.

A Filoxênia, amizade com os estrangeiros, é assim uma chave para compreender não só a ética, mas também a teologia da passagem bíblica que se destaca em contraste com a história que se segue imediatamente: o julgamento e a destruição de Sodoma (Gênesis 19). A filoxenia de Abraão, que conduz ao encontro com Deus e à bênção, contrasta com a xenofobia dos habitantes de Sodoma que ameaçam os próprios estrangeiros acolhidos pelo patriarca, trazendo sobre si a maldição.

Numa Europa onde a migração é uma questão difícil e causa de conflito, onde muitos acreditam que todos os refugiados e requerentes de asilo que tentam chegar à Europa para escapar à guerra ou à fome devem ser rejeitados, “temos de escolher de que parte ficar”, alertou Negro.

“Do lado de Abraão e Sara que oferecem hospitalidade aos três estrangeiros, ou do lado dos ‘sodomitas’ de hoje que não são homossexuais, mas sim os que pregam o ódio aos estrangeiros”.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

“Juntos”, o Congresso da Aliança Batista Mundial está chegando

“Juntos”, o Congresso da Aliança Batista Mundial está chegando

Roma (NEV), 24 de março de 2021 – A União Cristã Evangélica Batista da Itália (UCEBI) está entre os participantes do 22º Congresso da Aliança Batista Mundial (ABM). O presidente da UCEBI escreve, João Paulo Arquidiáconoem uma nota: "Esta é a primeira Convenção totalmente virtual, que tem o potencial de ser o encontro de batistas mais diversificado e globalmente participado desde que a Aliança Batista foi formada em 1905". Com a mudança do Congresso para um evento virtual, a ABM previu a possibilidade de inscrição gratuita dos participantes. Esta opção gratuita, explica Arcidiacono, permite o acesso à Festa de Abertura do Congresso em 7 de julho de 2021 e à Festa de Encerramento em 10 de julho de 2021. "Esta é uma oportunidade sem precedentes oferecida a todos os batistas pela primeira vez", disse o presidente. Cerca de 100 fiéis de igrejas pertencentes à UCEBI participarão destes “momentos históricos de culto e adoração como Celebrantes do Congresso”. Para informações clique aqui. [embed]https://www.youtube.com/watch?v=hvdn2LBalvo[/embed] ...

Ler artigo
Adoração inaugural do Sínodo.  Winfrid Pfannkuche: “Comece de novo a partir daqui”

Adoração inaugural do Sínodo. Winfrid Pfannkuche: “Comece de novo a partir daqui”

A partir da esquerda, Winfrid Pfannkuche, Gabriele Bertin e Monica Natali. Sínodo das Igrejas Metodistas e Valdenses, 22 de agosto de 2021 Roma (SSSMV03), 22 de agosto de 2021 – O culto de abertura do Sínodo das igrejas metodistas e valdenses contou com a pregação do pastor Winfrid Pfannkuche. Durante o culto, a consagração de Gabriel Bertin ao ministério pastoral e de Mônica Natali ao ministério diaconal (aqui as entrevistas em vídeo). O sermão sobre o hino ao amor, da carta de Paulo aos Coríntios, destacou "o caminho por excelência” indicado pelo apóstolo. Em grego, "hiperboleno". Hipérbole, disse o pastor Pfannkuche: “Sim: a paixão, o entusiasmo, a beleza, a arte, a vitalidade mediterrânea. Não é apenas um jeito certo, reto, reto, sóbrio, modesto, politicamente correto. Nem mesmo uma via secundária, provinciana, escondida da maioria, para os especialistas, um nicho, uma saída secreta do grande trânsito. Nunca pode ser um atalho ou um bypass. Mas o caminho por excelência. Sim, existe um protestantismo que não perde de vista a paixão, a beleza e a arte”. O pároco falou ainda da vocação da Igreja, “neste mundo onde tudo tem o seu limite, o seu tempo, tudo é precário, passageiro, mortal”. Tudo falha. No entanto, lembra Pfannkuche, há uma "profecia", como a da pregação do hino ao amor por Túlio Vinay, que há 70 anos inaugurou o Centro Ecumênico de Agàpe. Uma profecia que “deixou uma marca profunda na biografia de muitos e muitos. Uma experiência de amor após o fracasso absoluto da Segunda Guerra Mundial. Ele falhou? Nossa espiritualidade, nossa força positiva e proativa, sim, falharam nos últimos anos. Claro, estamos na boa companhia de todas as criaturas, gememos com elas: até a biodiversidade, os animais, até as línguas no sentido próprio, estão amplamente ameaçados de extinção. Sim, claro, até nossas igrejas falharam nos últimos anos". O caminho é, portanto, "Reler, encontrar-se de fato no hino ao amor e recomeçar daqui, hoje". É uma escolha que “envolve uma coisa: deixar de pensar como crianças que querem tudo e não abrem mão de nada”. E, novamente para dizê-lo com Tullio Vinay: “Que tipo de edifício seria o nosso hoje Amém! ao hino ao amor?”. O pároco tenta uma resposta teológica e diaconal: “Só saberemos vivendo, caminhando, discutindo juntos. Talvez, como o apóstolo, só possamos mostrar um caminhodesta forma, e construir no caminho desta palavra por excelência”. É um desafio que exige coragem e humildade. “Esvaziar-se, desistir de si mesmo, sempre permanece maior do que qualquer outro desafio que encontramos em nosso caminho. O desafio por excelência. Nossa prioridade: o amor que exige sempre uma decisão, uma escolha clara. Deste caminho por excelência sabemos que no final algo dura, permanece. Caminhando juntos neste caminho, fica algo de nós: a fé, a esperança, o amor”. Para ler o sermão completo clique aqui. A sede do Sínodo tomou posse oficialmente e foi eleita presidente Valdo Spini, que comentou: “Emoção, gratidão, humildade”. Aqui a mensagem completa do Presidente Spini. Esta manhã o Sínodo também recebeu a visita do bispo de Pinerolo, Derio Olivero. Chegou também a mensagem de saudação do cardeal Walter Bassetti, presidente da Conferência Episcopal Italiana (CEI), que escreve: "A condição diaspórica das comunidades religiosas sempre foi uma situação normal para aqueles que vivem ao redor da bacia do Mare Nostrum: uma riqueza complexa da qual haurir para uma cultura cultural fértil e renovada e religiosa". Bassetti também compartilhou as palavras ""ouvir, pesquisar e propor", como um traço ecumênico para "conhecimento mútuo, testemunho autêntico e compromisso com o bem comum". Em chiesavaldese.org, as entrevistas em vídeo com o pastor recém-consagrado Gabriel Bertin e ao diácono recém-consagrado Mônica Natali. Amanhã, a noite pública: “Próxima geração Eu? – os jovens e a Europa, entre o sonho da recuperação e o risco da marginalização”. A partir das 20h45, presencialmente no Templo Valdense da Torre Pellice e online, ao vivo, nas páginas do fb da Igreja Valdense, Rádio Beckwith, e no canal do YouTube da mesma emissora. O Sínodo das Igrejas Metodistas e Valdenses é o órgão máximo de decisão dos valdenses e metodistas e está ocorrendo de forma mista (presencial e online) após um ano parado devido à pandemia. Todos os detalhes nesta página. FACT SHEET: Igrejas metodistas e valdenses na Itália. Veja também: www.rbe.it – www.riforma.it Assessoria de Imprensa: NEV-Agência de Imprensa de Notícias Evangélicas – www.nev.it – Twitter: @nev_it – Facebook: @AgenziaNEV – [email protected] (NEVCS/20) [embed]https://www.youtube.com/watch?v=3IKvI-ZP880[/embed] ...

Ler artigo
17 de abril.  Culto evangélico de Páscoa na Eurovisão na Rai2

17 de abril. Culto evangélico de Páscoa na Eurovisão na Rai2

Collegiate Neuchâtel Roma (NEV), 5 de abril de 2022 – O habitual culto evangélico de Páscoa ao vivo no Eurovision está agendado para domingo, 17 de abril, em Raidue, das 9h55 às 11h. Esta edição será transmitida pela Collegiate Neuchâtel (na Suíça). A edição italiana é editada pela seção de protestantismo. Os pastores presidem Florian Schubert, Eva Lefèvre, Jul Aubert E Gregoire Oguey. ao órgão, Simon Peguiron. Para o Domingo de Páscoa, escreve a redação, "os protestantes de Neuchâtel nos convidam a celebrar a ressurreição de Cristo de Collegiate Neuchâtel lindamente restaurado. O edifício, que domina a cidade há mais de 800 anos, tornou visível ao longo dos séculos o anúncio da Páscoa, tornando-se sinal de uma vida renovada que ultrapassa os nossos limites humanos. Este culto pascal quer recordar-nos que o encontro com o Ressuscitado é sempre pessoal e marca a passagem da morte para a vida, das trevas para a luz, da dúvida para a compreensão, da traição para a fé”. Para rever os episódios visite o site VIDEO.Protestantismo no endereço de e-mail do Facebook: [email protected][email protected] ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.