Prabook.  “Os Judeus na Itália” dia 9 de agosto, com Anna Foa e Edith Bruck

Prabook. “Os Judeus na Itália” dia 9 de agosto, com Anna Foa e Edith Bruck

Edith Bruck – foto omissam.it

Roma (NEV), 7 de agosto de 2023 – A apresentação do livro de Anna Foa “Judeus na Itália. Os primeiros 2000 anos” (ed. Laterza). Com a participação de Edith Bruck em vídeo. Também com o autor Graziela Romano. Diálogo com Edith Bruck, a jornalista da agência NEV Elena Ribet.

O evento faz parte das muitas atividades organizadas para esta 20ª edição especial do Festival “Pralibro”. A revista cultural, nascida do encontro entre a Torre di Abele, a Libreria Claudiana e a Igreja Valdense, está de fato comemorando seus primeiros vinte anos. Como Daniela Grill e Susanna Ricci escrevem no Riforma.it, o Pralibro tem “milhares de livros vendidos e centenas de apresentações; um pequeno milagre cultural no município no fundo do vale Germanasca que oferece um programa de alto nível todos os verões”.


Para saber mais:

Rocco Pinto e Sara Platone, responsáveis ​​pela curadoria da revista, contam o que faz do Pralibro um ponto de encontro de leitores, autores e autoras. Vídeo de Claudio Petronella para a rádio RBE TV.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Teologia.  O fundamentalismo como desafio ecumênico

Teologia. O fundamentalismo como desafio ecumênico

Roma (NEV), 2 de julho de 2018 – O 52º Seminário Ecumênico Internacional organizado pelo Instituto de Pesquisa Ecumênica das Igrejas Luteranas começa hoje em Estrasburgo, França. O título desta edição, que se encerra em 9 de julho, é "O fundamentalismo como desafio ecumênico" e contará com a participação de teólogos de várias igrejas e nacionalidades. Será abordado o tema do fundamentalismo na Ortodoxia, Catolicismo e Protestantismo. “A única coisa que todos os fundamentalismos têm em comum é a pretensão de interpretar autenticamente as Sagradas Escrituras”, lê-se na apresentação do encontro, que pretende ser um momento de reflexão e discussão a partir de algumas questões em aberto. O que é uma abordagem fundamentalista da escrita, distinta de outras abordagens exegéticas? O que torna essa abordagem tão atraente para aqueles que a defendem e quais são suas limitações? E novamente: em que contextos esse termo é usado? Pode ser descrito como um fenômeno sociológico? Ou é um rótulo polêmico aplicado ao ponto de vista de um oponente? Quem são os líderes fundamentalistas? Parte do trabalho se concentrará no fundamentalismo cristão nos contextos geográficos americano, africano, asiático e europeu. O Instituto Ecumênico de Pesquisa é afiliado à Federação Luterana Mundial e reúne teólogos e professores de todo o mundo. ...

Ler artigo
“Pôsteres vintage de esqui”.  A Igreja Valdense de Courmayeur hospeda a exposição

“Pôsteres vintage de esqui”. A Igreja Valdense de Courmayeur hospeda a exposição

Um detalhe do cartaz da exposição “Ski Vintage Posters”, Courmayeur dezembro 2022 - abril 2023 Roma (NEV), 16 de dezembro de 2022 - A exposição "Ski Vintage Posters" abre no sábado, 17 de dezembro, às 18h, na Igreja Evangélica Valdense de Courmayeur (Aosta). Trata-se de uma exposição de cartazes publicados desde a década de 1920, affiches que pretendiam comunicar e promover o Vale de Aosta e suas montanhas. Courmayeur, localizada em uma bacia entre dois vales nas encostas do Mont Blanc, é conhecida por ser uma das capitais históricas do montanhismo e caminhadas. Aberta até 10 de abril, a exposição representa uma sinergia entre a igreja valdense e a comunidade, neste caso através da colaboração com o município de Courmayeur. A Igreja Valdense de Courmayeur tem uma longa história, explica o pastor à agência NEV Paulo Ribet: “Tendo nascido em meados do século XIX por iniciativa sobretudo de turistas ingleses, escoceses e suíços, atraídos pelo que se definiu como 'a invenção do Mont Blanc' com as suas excursões e pela possibilidade de frequentar o Pré Saint Termas de Didier. No início, a comunidade experimentou um rápido crescimento, tanto que um dos primeiros membros cadastrados foi o prefeito José Henrique. Um belo edifício foi então adquirido no centro da cidade para fornecer à comunidade um local de culto e uma escola”. Com o tempo, continua o pároco, a comunidade encolheu “a ponto de quase desaparecer. Durante vários anos realizaram-se cultos de verão para veraneantes e finalmente, graças ao encerramento devido à pandemia, também estes terminaram. Permanece o belo restaurante no centro da vila, um recurso que é triste abandonar. Por este motivo, procurou-se um contacto com o Município para verificar se não era possível organizar um consórcio que permitiria a utilização das instalações tanto pela Câmara Municipal como pela Igreja para diversas iniciativas. O organismo público respondeu imediatamente positivamente, pelo que foi assinado um contrato de comodato e já nos meses de verão foi possível montar uma exposição fotográfica descrevendo a vida italiana desde os anos 1950 até hoje. Sábado 17, então, esta nova iniciativa”. A exposição "Ski Vintage Posters" é comissariada, entre outras coisas, pelo Forte di Bard Exhibition Office e é dedicada aos outdoors publicitários "vintage" da estação de esqui Courmayeur. Os painéis são assinados por Joaquim Gobbi, que disponibilizou parte de um acervo particular. Como disse o pastor Ribet na inauguração da primeira exposição “a Igreja Valdense está encantada com esta colaboração porque permite que este local seja aberto ao público e porque está no DNA da Igreja colaborar com a comunidade civil”. ...

Ler artigo
Prêmio Interfedi ao filme “Sonhos moram nas árvores” de Marco Della Fonte

Prêmio Interfedi ao filme “Sonhos moram nas árvores” de Marco Della Fonte

Detalhe do cartaz do filme "Sonhos moram nas árvores" de Marco Della Fonte Roma (NEV), 5 de dezembro de 2022 – O júri da Interfedi concedeu ao filme o “Prêmio pelo respeito às minorias e pelo secularismo” “Sonhos habitam árvores”. estréia do diretor Marcos Della Fonteconvidado do 40º Festival de Cinema de Turim (25 de novembro – 3 de dezembro de 2022), o longa-metragem recebe assim o reconhecimento da nona edição deste júri especial. O Júri Interfedi é de fato promovido, desde 2013, pela Igreja Valdense e pela Comunidade Judaica de Turim, com o patrocínio do Comitê Interfedi da Cidade de Torino. Este é o raciocínio: júri 2022 O Júri Interfedi 2022 é composto por Walter Nuzzo (representando o Comitê Inter-religioso). Nino Pennacchia (Igreja Valdense). Daniel Segre (comunidade judaica). Prêmio Interreligioso “O reconhecimento, estabelecido em 2013 por iniciativa da Igreja Valdense e da Comunidade Judaica de Turim, com a participação do Comitê Inter-religioso da Cidade de Turim, visa premiar e chamar a atenção para filmes que contribuam para dar voz a todos tipos de minorias, para promover o respeito pelas mesmas, o reconhecimento dos direitos, a integração, a superação da discriminação e que afirmem os valores da laicidade, a cultura da tolerância, o respeito pela autonomia, a liberdade e a responsabilidade individual" lê-se no comunicado de imprensa do Prémio. Este Prémio pretende reafirmar “os valores que constituem os fundamentos de toda a sociedade verdadeiramente democrática e pluralista”, denunciando toda a intolerância e racismo, propaganda anti-semita e discriminação contra as comunidades de fé, em primeiro lugar a islâmica. De fato, afirma "acolhida, partilha, solidariedade, respeito mútuo, dignidade humana, aceitação das diversidades étnicas, culturais e religiosas como fundamentos de uma sociedade justa e inclusiva, multiétnica, multiconfessional, multicultural, na qual os direitos e as liberdades do indivíduo sejam preservadas". O Comitê Inter-religioso da cidade de Turim reúne representantes do cristianismo (católicos, protestantes e ortodoxos), judaísmo, hinduísmo, islamismo, budismo e mundo mórmon. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.