20 de agosto.  O Sínodo Valdense começa em Torre Pellice

20 de agosto. O Sínodo Valdense começa em Torre Pellice

Casa Valdense, sede do Sínodo das igrejas Metodista e Valdense. Torre Pellice (Turim)

Roma (NEV/CS17), 16 de agosto de 2023 – O Sínodo das Igrejas Metodista e Valdense terá início no domingo, 20 de agosto, em Torre Pellice (Turim). Inicia-se com a habitual procissão, desde a casa valdense até ao templo onde se realiza o culto de abertura, às 15h30. A pregação é confiada ao pastor Sérgio Maná. As obras decorrem de 20 a 25 de agosto. A habitual noite pública (segunda-feira, 21 de agosto, às 20h45, no templo valdense de Torre Pellice) tem como título: “Opressão, resiliência, transformação: mulheres no espaço público”.

O Sínodo reúne 180 delegados de toda a Itália e representa o órgão máximo de decisão e democrático para estas igrejas históricas.

Temas

Entre os principais temas deste Sínodo 2023 estão o compromisso da Igreja na sociedade, a fé, a ética, o papel da mulher nos ministérios e na vida política, religiosa, social e cultural. Outro compromisso importante sobre o qual o Sínodo irá delinear as linhas de trabalho para o próximo ano está em preparação. Na verdade, 2024 será um marco fundamental para os valdenses, que celebrarão o 850º aniversário do nascimento, em Lyon, do Pedro Valdo.

Convidados

O Sínodo deste ano regista um elevado número de convidados de toda a Itália e do estrangeiro. Foram convidadas diversas personalidades religiosas e leigas, entre as quais o teólogo e pároco Daniele Garrone, presidente da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI). O pastor Gênero João Pedro, Presidente da Conferência das Igrejas Protestantes dos Países Latinos da Europa. O Decano da Igreja Evangélica Luterana na Itália (CELI), pároco Carsten Gerdes. O presidente da Federação das Igrejas Pentecostais, pastor Alfredo Giannini. A pastora Mirella ManocchioPresidente da Federação de Mulheres Evangélicas da Itália (FDEI).

Também entre os convidados estavam representantes da Igreja da Escócia (Igreja da Escócia) e da Sociedade Valdense de Ajuda Missionária, da Igreja Evangélica Alemã (Evangelische Kirche em Hessen und Nassau), da Sociedade Valdense Americana e da Igreja Metodista Unida. Mais uma vez, representantes religiosos da Áustria, Bélgica, Alemanha, Grã-Bretanha, Holanda, Portugal, República Checa, Estados Unidos, Suíça e Hungria.

O moderador da Mesa Valdense, diácono Alessandra Trotta, será convidado do Culto Evangélico no próximo domingo | Rai Radio 1 entrevistado por Gian Mário Gillio. É possível solicitar entrevistas, materiais, fichas informativas escrevendo para [email protected] – A agência NEV estará presente em Torre Pellice como assessoria de imprensa do Sínodo.


Eventos paralelos:

18 de agosto

Jornada Teológica “John Miegge”

19 de agosto

Os jovens pré-Sínodo (nev.it)

O pré-Sínodo das mulheres (nev.it)

Par ou ímpar? Uma questão de gênero. 19 de agosto com a Diaconia (nev.it)

31 de agosto

Mattarella na Torre Pellice em agosto. O sonho pró-europeu nasceu aqui. (nev.it)


Para saber mais:

FORMA. Igrejas Metodistas e Valdenses na Itália – Novembro

FORMA. Os Valdenses – Novembro

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Ouvindo o Ruah – Nev

Ouvindo o Ruah – Nev

Roma (NEV), 17 de maio de 2021 - "Depois da experiência envolvente e espiritual do ecumênico Dia Mundial de Oração (GMP) preparado pelas mulheres de Vanuatu, uma ilha do Pacífico", celebrado no domingo, 7 de março, na plataforma Zoomworship de Confronti ( que é possível visualizar no link GMP – Construir sobre bases sólidas – YouTube), no dia 23 de maio haverá um novo encontro. De fato, no próximo Domingo de Pentecostes, as mulheres da Federação das Mulheres Evangélicas da Itália (FDEI) e da Secretaria de Atividades Ecumênicas (SAE) proporão uma celebração ecumênica intitulada "Escutando a Ruah" (ruah em hebraico significa "vento", "respiração", mas também "Espírito de Deus", ruach ha-qodesh indica o espírito profético, ed). “Canções, incluindo cantos corais, orações, reflexões, símbolos, testemunhos serão divididas em três áreas diferentes, mas complementares e interligadas, na redação de cartas que terão sido coletivas graças tanto aos encontros preparatórios quanto à escrita colaborativa agora permitida remotamente por digital. Apesar da gravidade da situação que vive o mundo inteiro e pela qual oramos incessantemente, é preciso destacar como a conectividade, em seu uso já inevitável e essencial, tem nos oferecido inúmeras oportunidades de encontro, diálogo, confronto no último ano , aprofundando-se confortavelmente a partir de casa numa socialidade diferente mas animada e resiliente”, lê-se na apresentação da iniciativa. A celebração ecumênica acontecerá às 16 horas do domingo, 23 de maio. ...

Ler artigo
O Sínodo das Igrejas Metodista e Valdense está de volta

O Sínodo das Igrejas Metodista e Valdense está de volta

Torre Pellice, casa valdense Roma (NEV), 25 de maio de 2021 – Após a paralisação do ano passado, o Sínodo das igrejas metodistas e valdenses retorna em 2021. Uma edição particular que acontecerá em modo telemático e reduzido de 22 a 25 de agosto de 2021. Assim foi anunciado, e a notícia é anunciada hoje no site chiesavaldese.org, pelo moderador do Tavola Valdese, Alessandra Trottaem carta às igrejas na qual explica como "ao final de um rigoroso processo de verificação e consulta alargada, decidiu-se privilegiar o método capaz de oferecer maiores garantias e, portanto, também a tranquilidade de todos os participantes, sem distinção de áreas geográficas e outras condições pessoais”. Em Torre Pellice, na província de Turim, local onde normalmente ocorre o Sínodo, apenas a Sede, a Comissão de Exame e, com vários tempos e métodos, os membros do Conselho Valdense e das Comissões Administrativas que respondem no Sínodo de trabalho deles. Uma escolha que envolverá um trabalho organizacional significativo e o desenvolvimento de competências técnicas e organizacionais que permanecerão como uma aquisição útil também para o futuro. Além disso, muito antes do Sínodo, será adquirida experiência no campo quanto à organização das assembléias locais e de circuito e, sobretudo, das conferências distritais que, exceto uma, serão todas realizadas remotamente. "Confiamos na ajuda do Senhor para preservar o que todos consideramos essencial em nosso modo de ser Igreja - escreve o moderador às igrejas - com o olhar voltado para a vocação de anúncio e serviço no tempo presente que o Espírito Santo não cessa de dirigem-se a nós, para empenhar as nossas energias e recursos com alegria, coerência e sentido de responsabilidade”. A sessão sinodal será aberta com o culto inaugural presidido pelo pároco Winfrid Pfannkuche Domingo, 22 de agosto, às 10h, no templo da Torre Pellice, durante o qual pôde ser realizada a consagração de um pároco e de um diácono. A habitual noite pública às segundas-feiras, marcada para 23 de agosto, também será mantida. ...

Ler artigo
Novas indicações da Tabela Valdense para cultos e atividades

Novas indicações da Tabela Valdense para cultos e atividades

Roma (NEV), 9 de novembro de 2020 - Em 6 de novembro, o Conselho Valdense enviou uma carta às igrejas (para pastores e pastores, diáconos e diáconos da comunidade, membros de consistórios e conselhos de igrejas, conselhos de circuito e comissões executivas distritais) no qual moderador Alessandra Trotta dá indicações explicativas e práticas quanto aos procedimentos a seguir para a realização dos cultos e atividades afins, na sequência das mais recentes decisões governamentais. O site churchvaldese.org deu a notícia esta manhã. Em cumprimento ao Dpcm de 3 de novembro, a Mesa Valdense “recomenda, portanto, o seguimento de uma série de procedimentos destinados a conter o risco de contágio, desde que seja permitido o culto ‘presencial’”. “É cada vez mais evidente – escreve o moderador – que atravessamos uma verdadeira “crise global”. Para muitas das gerações vivas, esta é a primeira experiência percebida de uma crise global; mas apesar de tudo pode-se dizer que é a primeira experiência de uma crise global desta qualidade e dimensão. Perante esta realidade, a Igreja deve desenvolver a sua própria "sabedoria", que passa também da educação (particularmente importante para quem desempenha funções de liderança) para enfrentar as emergências sem se deixar abater pelas emoções (próprias e alheias), mas procurando uma racionalidade partilhada assente na objectividade dos factos e dos dados que os descrevem, a recolher e avaliar com paciência e confiança, mas que no entanto sabe sempre ver, por detrás dos dados, as pessoas de carne e osso sobre quem recaem as escolhas em seu contexto específico”. Perante este estado de grave necessidade, não faltam as raízes bíblicas das nossas escolhas: em particular aquela "inteligência do coração, que - nas palavras de Salomão - pedimos ao Senhor que nos conceda de mãos cheias, enquanto renovamos um forte apelo ao responsabilidade, em dois sentidos fundamentais: por um lado, para os conselhos/consistórios eclesiásticos, a necessidade, mas também a serenidade de fazer escolhas que (obviamente dentro dos espaços de "possibilidade" oferecidos pelos regulamentos em vigor) tenham devidamente em conta a contexto local, a composição da comunidade, a presença de pessoas particularmente expostas ao risco, as formas como as pessoas vão à igreja, sem medo de julgamentos ou tentação de entrar em lógicas competitivas em relação às escolhas de outras igrejas, próximas e distante. Por outro lado, a necessidade de fiscalizar com extremo rigor o cumprimento efectivo das medidas de protecção e distanciamento no interior dos recintos e durante as actividades eclesiásticas (...), mas também de fomentar uma auto-responsabilidade mais geral por parte de todos, adultos e filhos, em todos os âmbitos da vida e das relações também fora da Igreja, como forma de educação certamente não desvinculada das tarefas de uma comunidade evangélica". Após as indicações práticas, o moderador conclui com uma palavra de esperança: “Não duvidemos de que o Senhor manterá firme o nosso coração e guiará os nossos passos neste clima, dando-nos forças renovadas, amor criativo, clareza de visão!”. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.