Reimaginando o ecumenismo em um mundo atingido por uma pandemia

Reimaginando o ecumenismo em um mundo atingido por uma pandemia

Foto retirada de cwmission.org

Roma (NEV), 13 de fevereiro de 2022 – O Secretário Geral do Conselho para a Missão (CWM – Council for World Mission), pároco Joseop Keumexortou os líderes cristãos mundiais a repensar o ecumenismo.

Convidado pelo Global Christian Forum (GCF), o pastor Keum lançou uma mensagem desafiadora sobre como revisitar o ecumenismo neste mundo atingido pela pandemia. A iniciativa faz parte de uma série de encontros preparatórios em vista do próximo Fórum Global, previsto para 2024. Entre eles, também houve o encontro de facilitadores realizado de forma híbrida de 5 a 9 de fevereiro na Domus Romana Sacerdotalis em Roma, que também contou com a presença do bispo Rosemarie Wenner (foto abaixo, terceiro da esquerda) do Conselho Metodista Mundial. Nos mesmos dias, entre outras coisas, a delegação religiosa se encontrou com o presidente da Obra para as Igrejas Evangélicas Metodistas na Itália (OPCEMI), pároco Mirella ManocchioE Papa Francisco.

Ecumenismo transformador

Em seu discurso durante a sessão de abertura, o pastor Jooseop Keum expressou sua preocupação com as injustiças sociais, políticas e econômicas reveladas pela pandemia global de Covid-19. Também destacou a ganância sistêmica que não está apenas explorando a vida de pessoas vulneráveis, mas também destruindo o meio ambiente. “A pandemia de Covid-19 não é um desastre natural nem acidental”, disse Keum. É um desastre ecológico causado pelo homem devido ao genocídio da ecodiversidade e invasão humana em lares de animais selvagens.”

Neste mundo atingido pela pandemia, com desafios internos ao movimento ecumênico, Keum também convocou os membros do Fórum Cristão a reinventar um ecumenismo transformador. É preciso desmantelar as estruturas que servem apenas aos privilegiados, recebendo o Espírito Santo, redescobrindo a fé à margem e derrotando a cultura do ódio com a força do amor, declarou Keum.

O pastor destacou a necessidade de uma transformação radical no movimento ecumênico, também em seus espaços. “Revisar o ecumenismo requer uma mudança de lugar – tanto em termos hermenêuticos quanto geográficos: das câmaras do conselho para as ruas, e do dogma para a vida. A vida e as vidas importam, por isso revisitar o ecumenismo é um apelo à celebração da vida em sua plenitude, com as pessoas, em seus contextos reais e em comunidades concretas”.

No final de seu discurso, ele sugeriu sete direções para o futuro do ecumenismo:

  • Status confessionis sobre mudanças climáticas e justiça ecológica.
  • Desenvolva a economia da vida em vez de servir a “mammon”, o “deus” do dinheiro.
  • Reimaginar o ecumenismo como um movimento a partir das margens, além das instituições.
  • Cultive uma espiritualidade da interconectividade da vida e da solidariedade da esperança.
  • Promova parcerias e explore teologias entre os vulneráveis.
  • Mudando o foco do ecumenismo do eurocêntrico para o cristianismo global.
  • Promover uma liderança ecumênica baseada em valores de fé, não eclesiais.

O pastor Casley EssamuahSecretário-Geral do GCF, e outros participantes expressaram gratidão a Keum por seu discurso, que “ajudará a discernir o caminho a seguir em vista da reunião global de 2024”.


Foto tirada da página do Global Christian Forum no Facebook. Delegação em audiência com o Papa Francisco, fevereiro de 2022

Fórum Cristão Global (GCF)

O GCF é um fórum global de líderes cristãos de diferentes tradições, regiões, culturas e nações. Proposto pela 8ª Assembleia Geral do Conselho Mundial de Igrejas (CMI) em 1998 em Harare, o GCF nasceu, após um processo de consultas, para reunir várias tradições eclesiásticas num caminho comum de reflexão rumo à unidade das igrejas globais, sobre igualdade de condições e respeito mútuo. Inclui representantes evangélicos, pentecostais e católicos, juntamente com as igrejas membros do CMI.


Obrigado Antonella Visintincoordenadora da Comissão de Globalização e Meio Ambiente (GLAM) da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), pelos relatórios e pelo apoio à tradução.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

“Fratelli tutti”, uma reflexão ecumênica e de gênero sobre a Encíclica

“Fratelli tutti”, uma reflexão ecumênica e de gênero sobre a Encíclica

Foto: Albin Hillert/WCC Roma (NEV), 5 de março de 2021 – A perspectiva de gênero na Encíclica do Papa Francisco. O assunto foi discutido em um webinar realizado no último dia 3 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, que contou com a presença da secretária-geral adjunta do Conselho Mundial de Igrejas, professora Isabel Apawo Phiri. O site do Conselho Mundial de Igrejas dá a notícia. Phiri refletiu anteriormente sobre as restrições linguísticas associadas à palavra "fraternidade" como uma linguagem patriarcal, argumentando que a outra frase encontrada no subtítulo da encíclica, "amizade social", ajuda a preencher a lacuna linguística. “Do ponto de vista teológico cristão, acho significativo o uso da palavra ‘amizade’, especialmente em um contexto inter-religioso”, disse ele. O segundo elemento que emergiu da análise do subsecretário do KEK é que "Fratelli tutti" busca preencher a lacuna entre a visão teológica e a vontade política. “Uma das ideias importantes deste documento é inspirar uma nova visão de fraternidade e amizade social que não fique no nível das palavras”, afirmou. “Essa lacuna entre nossas palavras e nossas decisões deve se tornar uma prioridade das instituições religiosas”. O ambiente atual do COVID-19 exacerbou as desigualdades de gênero globalmente, continuou Phiri. "De muitas maneiras, o documento oferece ao mundo uma nova oportunidade de tornar realidade nossas esperanças de um mundo de justiça e igualdade", disse ele. “Assim, nos tornamos o que os cristãos chamam de comunidade de iguais.” O webinar foi organizado pela União Mundial das Organizações Femininas Católicas e pelo Pontifício Conselho para a Cultura em colaboração com o Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso. ...

Ler artigo
15 de janeiro, Domingo das Igrejas em Missão (CEVAA)

15 de janeiro, Domingo das Igrejas em Missão (CEVAA)

Um grupo de trabalho durante o seminário na Côte d'Ivoire sobre a revitalização dos programas missionários, Foto Isaac Tovihoudji / CEVAA - 2022 Roma (NEV), 10 de janeiro de 2023 - 15 de janeiro de 2023 é o domingo dedicado às Igrejas em missão (Comunidade Evangélica de Ação Apostólica-CEVAA). É um compromisso anual que envolve as igrejas metodista e valdense com uma arrecadação especial. Quem quiser apoiar a iniciativa pode ir a todas as igrejas metodistas ou valdenses da Itália e participar do culto no próximo domingo. A CEVAA nasceu nos anos pós-coloniais para acompanhar as igrejas de muitos países do hemisfério sul rumo a um processo de crescimento e autonomia. A Igreja Valdense – União das Igrejas Metodista e Valdense também faz parte dela como membro fundador. Há alguns meses, o presidente do Comitê Italiano da CEVAA é o pastor valdense Gabriel Bertin. Numa análise aprofundada da Reforma, Sara Tourn recolhe o testemunho: "Gostaríamos de propor no outono a segunda edição do seminário de 2019 com curadoria do pastor valdense Daniele Bouchard e de Annelise Maire da igreja de Lausanne, que começou nos contando sobre as origens e a história da animação teológica, um dos pilares do CEVAA”, disse Bertin. "Gostaríamos de trabalhar um tema específico: a missão, que caracterizou a CEVAA desde o seu início, tendo nascido como uma comunhão de igrejas que quis quebrar a dinâmica missionária 'do Norte ao Sul do mundo' para criar um espaço de encontro e troca entre iguais entre igrejas irmãs ao redor do mundo. Nos últimos anos a CEVAA vem refletindo, junto com as Igrejas membros, sobre seus próprios projetos missionários e sobre a própria ideia de missão. Envolvendo comunidades e crentes individuais”, disse o pastor. E concluiu: “Esse é para mim um dos pontos fundamentais do CEVAA: transformar o que poderiam ser paredes em pontes, estradas e pontos de encontro”. CEVAA A CEVAA organiza reuniões, assembleias e seminários em várias partes do mundo. A organização está presente em 24 países e 4 continentes. Em www.chiesavaldese.org/riserv/cevaa/cevaa.php você pode baixar os dois manuais de animação teológica. Também está disponível a pedido a mais recente coleção de textos de fé da Igreja Universal "Wide your tent", as anteriores, a coleção de canções e orações "50 ans ensemble" publicadas para o meio século da CEVAA (2021). ...

Ler artigo
Protestantismo.  Mudança de horário para a réplica noturna

Protestantismo. Mudança de horário para a réplica noturna

Roma (NEV), 29 de outubro de 2019 - A reprise da coluna Protestantismo, editada pela Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI), transmitida pela Rai2 nas manhãs de domingo a cada duas semanas às 8h05, muda seu horário. A partir de novembro, a reprise, que normalmente era transmitida na noite de segunda para terça por volta das 13h, passará para a noite de terça para quarta sempre no mesmo horário. A segunda resposta, por outro lado, será transmitida na noite do domingo seguinte, após a Domenica Sportiva, por volta das 13h10. Além disso, a reprise noturna de domingo, 10 de novembro, será adiada porque o domingo esportivo terá uma duração maior e, portanto, a transmissão será adiada para segunda-feira, 11, às 2h30. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.