Sentinela, onde está a noite…?

Sentinela, onde está a noite…?

Roma (NEV), 24 de outubro de 2022 – “Sentinela, onde está a noite…?” (Isaías 21,11) O que vemos, o que devemos dizer? Liberdade e Democracia; trabalho e ambiente; globalização e paz”. Este é o título da iniciativa pública, uma mesa redonda marcada para sábado, 29 de outubro, às 16h, como parte da Segunda Assembleia Geral da Federação das Igrejas Protestantes da Itália.

O encontro, que será realizado na igreja metodista na via XX Settembre, em Roma, será apresentado e moderado por Pedro Ciaccio, membro do Conselho da FCEI; eles vão intervir Débora Spini (Estudos liberais da Universidade de Nova York em Florença), Tonino Perna (professor emérito de sociologia econômica da Universidade de Messina), Alessandra Morelli, ex-delegado para a Europa do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR); conclui Ilaria Valenzijurista, Comissão de Estudos, Diálogo e Integração (COSDI) da FCEI.

Às 14h30, antes da iniciativa pública, haverá o culto de abertura do Assis, novamente na igreja metodista da via XX Settembre, com sermão do professor Daniele Garronepresidente da FCEI.

A nomeação será transmitida ao vivo na página do NEV no Facebook.

“O versículo-lema para a Assembleia da Federação das Igrejas Evangélicas na Itália é apresentado na forma de uma pergunta, à qual somos chamados e chamados a responder. Para entender o que dizer, é preciso aprender a ver, ou seja, a ler a realidade. Para estimular e orientar a discussão, identificamos seis palavras sobre as quais refletir e discutir, associando-as: liberdade e democracia, trabalho e meio ambiente, globalização e paz. Essa reflexão será levada adiante tanto no evento público de abertura do Assise quanto na discussão em grupos. Estas seis palavras parecem-nos circunscrever bem o contexto cultural e existencial no qual somos chamados a pregar o Evangelho. A liberdade e a democracia evocam uma condição que assumimos como certa, pelo menos neste canto da Europa, e ao mesmo tempo nos chamam a atenção para situações em que ainda são objetivos a alcançar. Trabalho e meio ambiente são duas preocupações, muitas vezes colocadas em oposição, como se não fosse possível aspirar à superação da pobreza sem maiores danos à Criação. Globalização e paz são palavras muitas vezes reivindicadas por quem as pronuncia, sem, no entanto, uma reflexão compartilhada sobre o seu significado. A ascensão do populismo, a emergência climática, a guerra na Ucrânia e a crise econômica nos questionam sobre o significado das seis palavras. Parece-nos que devem ser redefinidos para uma compreensão precisa de “o que vemos“então você sabe”o que temos a dizer”, declara o presidente da FCEI Daniele Garrone.

Na noite de sábado, os cerca de 150 participantes irão para o Istituto Il Carmelo di Sassone, em Ciampino, onde os trabalhos continuarão até terça-feira, 1º de novembro.

Baixe o PDF: Assise1_2022

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Faculdade Valdense.  Spini sobre fé e política, o problema do absenteísmo

Faculdade Valdense. Spini sobre fé e política, o problema do absenteísmo

Valdo Spini, discurso inaugural do Ano Acadêmico da Faculdade Valdense de Teologia - 8 de outubro de 2022 Roma (NEV), 10 de outubro de 2022 – A inauguração do ano acadêmico 2022-2023 da Faculdade Valdense de Teologia foi realizada em Roma no dia 8 de outubro. Neste ano também celebramos o centenário de sua mudança para Roma (1922). Começando hoje, a semana introdutória. a prolusão Valdo Spini fez o discurso inaugural sobre o tema: "Fé e política, o compromisso do cristão evangélico". Spini relembrou as figuras dos pastores evangélicos John Harvardque deu nome à famosa universidade americana. Dietrich Bonhoeffer, teólogo luterano enforcado pelos nazistas. E Martin Luther Kingganhador do Prêmio Nobel da Paz, morto por sua luta não violenta pelos direitos civis. “Num contexto secular e pluralista - disse Spini -, diante do drama das guerras em curso, das ameaças do uso da energia nuclear, das desigualdades crescentes, dos direitos civis negados a populações inteiras e em particular às mulheres, as mudanças climáticas e suas consequências sobre o meio ambiente, o compromisso político do cristão não é uma opção, mas uma necessidade”. Spini também falou da Itália: “As eleições políticas gerais realizadas em 25 de setembro registraram uma taxa de absenteísmo de aproximadamente 36%, mais de um italiano em três. É um facto que sublinhamos com grande alarme. É um sintoma de um fosso perigoso entre as forças políticas e os cidadãos que provoca um fosso igualmente e talvez mais perigoso entre as instituições e os cidadãos. Não é enfrentado e superado com palavras, mas com ações. Com as necessárias reformas, na cultura, prática e regulamentação, substituindo a atual lei eleitoral por uma lei clara, transparente e compreensível, que restabeleça uma relação direta entre os eleitos e os eleitores. E isso requer o compromisso de todos”. A semana introdutória dedicada à teologia intercultural O ano acadêmico da Faculdade Valdense começa hoje com a habitual semana de abertura dos cursos, dedicados à teologia intercultural. A Faculdade escreve: “Há vários anos, as igrejas metodista, batista e valdense tornaram-se cada vez mais internacionais. Irmãs e irmãos dos quatro cantos do mundo trouxeram sangue novo. E, com ela, diferentes espiritualidades que enriquecem a nossa abordagem teológica tradicional, ao mesmo tempo que a convidam a desenvolver uma nova reflexão sobre nós mesmos e sobre a nossa pregação. Como podemos desenvolver um discurso teológico no contexto multicultural revigorado pela globalização?”. Partindo desta questão, a Faculdade pretende colocar em jogo toda a experiência acumulada nas duas edições do Mestrado sobre "Teologia e diaconia numa perspectiva intercultural". Para mais informações, leia o artigo do aluno Ilaria Simone em Riforma.it: ...

Ler artigo
um convite para ajudar na conscientização

um convite para ajudar na conscientização

Roma (NEV), 24 de maio de 2022 – É "um convite à consciência da ajuda que podemos compartilhar", a mensagem que está no centro da campanha 8×1000 2022 da Igreja Evangélica Luterana na Itália (CELI).“Nos últimos anos24, explica CELI, pretendemos desenvolver e fortalecer nosso compromisso de superar as diferenças sociais e de gênero que ainda existem na Itália: partindo das linguísticas até as mais concretas da vida cotidiana. Na consciência de viver num mundo em que a prática da indiferença não pode ser uma alternativa aceitável, não só para os que se dizem cristãos, mas para qualquer um”.Lutar contra a indiferença, portanto, "como premissa que une crentes e não crentes, nas diversidades existentes, numa perspectiva humana e que o CELI realiza na hospitalidade, cantinas para os mais fracos, o compromisso cultural que as Igrejas Luteranas consideram um parte inseparável do compromisso social mais amplo". Com essa consciência, a campanha oito por mil para o ano de 2022 foi lançada nas últimas semanas.“O acesso à difusão da cultura – conclui o CELI –, a diversidade que esta permite interceptar, continuam sendo as forças exercidas graças à contribuição que vem de milhares de italianos e cidadãos italianos, todos os anos”. O 8 × 1000 é a porcentagem do imposto de renda pessoal fixo que euos contribuintes podem alocá-los a algumas atividades de importância social e cultural do Estado italiano ou de uma confissão religiosa que os utilizará para fins de culto, social, cultural. Graças aos 8 por mil, o Estado e algumas confissões religiosas disponibilizam fundos para apoiar e financiar as suas próprias actividades sociais e culturais ou de outras organizações sem fins lucrativos. ...

Ler artigo
Igrejas evangélicas na Itália.  Eleição da nova gestão de topo e mesa redonda

Igrejas evangélicas na Itália. Eleição da nova gestão de topo e mesa redonda

Roma (NEV), 22 de outubro de 2021 – O triênio 2018-2021 da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI) termina no final de outubro. Nesta ocasião renovam-se os órgãos da FCEI: o Presidente, o Conselho e a Assembleia. Normalmente essa etapa é acompanhada da convocação de uma Assise que, no entanto, este ano foi adiada devido à pandemia. No entanto, a passagem entre a XIX e a XX Assembleia prevê um encontro para relembrar as principais iniciativas da FCEI e discutir os desafios do tempo presente junto com representantes de outras confissões e diferentes horizontes culturais. A FCEI organizou, de facto, uma mesa redonda aberta no sábado, dia 30 de outubro, que será precedida de uma apresentação, presencial e online, na qual os vários responsáveis ​​dos serviços e Comissões da FCEI farão uma breve apresentação do trabalho dos últimos três anos. O evento, inspirado no versículo de Jeremias 1, 11, tem como título "O que você vê?" e terminará com uma meditação com curadoria do pároco Luca Maria Negro, Presidente cessante da FCEI. Faça o download do cartaz aqui: FCEI Sendo solicitado hoje. A mesa redonda, intitulada "Vozes diferentes, desafios comuns", conta com a participação de Emanuela Del ReRepresentante Especial da UE para o Sahel. Daniele GarroneFaculdade Valdense de Teologia. Shahrzad Houshmand Zadehteólogo muçulmano. marco impagliazzopresidente da Comunidade de S. Egídio. Yassine Laframpresidente da União das comunidades e organizações islâmicas na Itália (UCOII). Marco Tarquíniodiretor da Avvenire. Lia Tagliacozzo, escritor e jornalista (vídeo mensagem). Moderado Cláudio ParavatiDiretor de Comparar. Reserva obrigatória, acesso com passe verde. Para participar da mesa redonda presencial (lugares limitados) é necessário fazer reserva escrevendo para [email protected] A participação online é aberta a todos* nas páginas do Facebook do NEV – notícias evangélicas e Confronti. Este é o calendário de eventos no final e no início do período de três anos que acontecerá em Roma: sexta-feira 29de 15 a 18, presencialmente, na igreja metodista na via XX Settembre, última sessão da XIX Assembleia da FCEI. sábado 30das 10 às 13, mesa redonda intitulada “Diferentes vozes, desafios comuns” (da Igreja Metodista na via XX Settembre, esquina da via Firenze, e ao vivo no Zoom e Facebook). sábado 30, a partir de 15, presencialmente, na igreja luterana da via Sicilia, constituição da XX Assembleia da FCEI; a seguir, a primeira reunião do novo Conselho da FCEI. O Conselho da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), triênio 2018/2021, imagem de arquivo O Conselho cessante é formado por Luca Maria Negro (presidente), Christiane Groeben (vice-presidente), Richard Kofi Ampofo, Stefano Bertuzzi, Ilaria Castaldo, Daniele Garrone, Roberto Mellone (tesoureiro). Para saber mais: Baixe o relatório trienal 2019-2021 sobre as atividades da FCEI no site www.fcei.it ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.