unidos na vida, diferentes na fé

unidos na vida, diferentes na fé

Roma (NEV), 6 de outubro de 2020 – Mulheres de fé em diálogo junto com Religiões pela Paz convidam para a conferência “Casais e Religiões: Unidos na vida, diferentes na fé”, que será realizada na quarta-feira, 7 de outubro, das 16h às 18h em o Campidoglio, na Sala da Protomoteca. Também será possível acompanhar o evento online. Entre os participantes, também a pastora Gabriela Liopresidente da Federação das Mulheres Evangélicas da Itália (FDEI), que dará testemunho sobre o documento sobre os casamentos interconfessionais entre batistas e católicos de 5 de outubro de 2007 e, em particular, sobre os efeitos derivados das doutrinas divergentes, sobre as questões críticas em completando a cooperação para ajudar os futuros esposos no caminho comum que está prestes a começar, sobre o baptismo dos crentes e o pedobatismo, sobre a educação religiosa dos filhos e filhas.

Segue abaixo o programa de 7 de outubro de 2020

Para participar pessoalmente da conferência, é necessário se inscrever neste endereço, a fim de evitar aglomerações. À entrada será medida a temperatura e disponibilizado gel desinfetante para as mãos. Além disso, para participar do evento, será obrigatório o uso de máscara.

Para acompanhar a transmissão ao vivo online, clique aqui: www.facebook.com/DonnedifedeinDialogo

A conferência é organizada em colaboração com a Comissão de Igualdade de Oportunidades da Assembleia Capitolina em Roma.

A rede “Mulheres de Fé em Diálogo” é um grupo de mulheres de diferentes credos que há anos promove o diálogo entre religiões e culturas. O grupo, que atua em todo o país há mais de uma década, segue os princípios das Religiões pela Paz Itália.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Relatórios GLAM

Relatórios GLAM

Saarah Yasmin Latif - foto tirada de 23 de maio de 2023 – Inauguramos um novo serviço intitulado “La GLAM sinaliza”. Dirigido pela Comissão de Globalização e Meio Ambiente (GLAM) da Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI), em colaboração com a agência de notícias NEV, consiste na divulgação de notícias e informações sobre, em particular, a Criação e a proteção do meio ambiente. Dupla oportunidade para os leitores do NEV, mensalmente. Para quem gosta de síntesea notícia em três linhas. Para quem gosta de aprofundarlinks para os materiais integrais, com artigos e documentos especificamente selecionados e/ou traduzidos para você pela GLAM. Corredores ecológicos para insetos polinizadores. Em que estágio está o projeto? Fotos e comentários sobre o projeto dos "corredores ecológicos". Ainda há muito trabalho a ser feito, pessoas a serem envolvidas, oásis a serem criados para permitir a livre circulação de insetos ao longo da bota. De Lampedusa a Bolzano, toda a Itália deve ter oásis que fazem tudo isso. Para solicitar o documento sobre o projeto polinizador com depoimentos e fotos, escreva [email protected] O "Desafio Verde do Ramadã" de uma geração do milênio Saarah Yasmin Latif ajuda as pessoas de todas as tradições religiosas a conectar sua fé com ações individuais e coletivas para sustentar a terra. Por exemplo, com o e-book gratuito Quarenta Hadiths Verdes: Provérbios do Profeta Maomé sobre justiça ambiental e sustentabilidade. Fonte: Revista Sojourners / leia aqui: Muçulmanos e o movimento ambientalista Islã e ecologia: "Meio ambiente, saúde e liberdade de crença como direitos invioláveis" A intervenção do professor Manuel Olivares no contexto da conferência do Centro de Estudos LIREC, realizada no dia 4 de maio passado na Pontifícia Universidade Salesiana. Do Ramadão "ecológico" às mesquitas "verdes", às dimensões éticas e filosóficas da atitude humana perante a natureza. Fonte: Islã e Ecologia; palestra na conferência LIREC (viverealtrimenti.com) Índia, a maior democracia do mundo. Pillay: "Levante-se, vamos juntos" Jerry Pillay fala de discipulado transformador, justiça, paz, emergência climática e novos modos de vida. "A Índia, por centenas de anos, mostrou ao mundo que a unidade na diversidade é possível e que as pessoas podem viver pacificamente em seu pluralismo religioso, étnico e linguístico". Anexo: Discurso completo do Secretário Geral do Conselho Mundial de Igrejas (CEC), Pastor Jerry Pillay, por ocasião da XXIX Assembleia Geral do Conselho Nacional de Igrejas da Índia. em italiano Em inglês ...

Ler artigo
Um antigo slogan metodista: Fique conectado!

Um antigo slogan metodista: Fique conectado!

Roma (NEV), 2 de junho de 2021 – Relatamos o texto da nota do pároco Luca Baratto foi ao ar ontem à noite, terça-feira, 1º de junho, durante o "Ascolta si fa sera" da Rádio 1 RAI, com uma reflexão à margem da recente Consulta Metodista. “No último domingo participei da Consulta das igrejas metodistas, evento que todos os anos reúne metodistas de toda a Itália, pastores e pastoras, diáconos e diáconos, pregadores e pregadores locais, simples membros da igreja. Se eu tivesse que destacar um slogan que caracterizou o encontro deste ano, não teria dúvidas. Seria: “Vamos ficar conectados”! Pode-se dizer que é um slogan muito moderno, um sinal dos tempos da nova comunicação - da web, da internet, das redes sociais - tão essencial para nos ajudar a quebrar a solidão e o isolamento nos períodos mais sombrios desta pandemia. E, no entanto, “Fique conectado” para os metodistas em todo o mundo – cerca de 82 milhões de pessoas em 134 países – é um slogan antigo, cunhado em 1700. É um conceito teológico expresso pela palavra inglesa Connexion, ou seja, conexão, e indica a ideia de unidade da igreja típica do metodismo, que não se baseia nas estruturas ou hierarquias que o regem, mas no relacionamento que une todos os seus componentes, todas as pessoas individuais, todos os crentes individuais, uns com os outros, em Cristo Jesus. O modelo bíblico é o da igreja como o corpo de Cristo de 1 Coríntios 12, um corpo composto de muitos membros, mantidos juntos por um tecido conjuntivo que os une em sua cabeça e Senhor, que é Cristo. Então, sim, vamos voltar a usar este antigo slogan: Vamos ficar conectados! Permanecemos unidos na alegria da fraternidade, no testemunho franco do Evangelho, no serviço ao próximo, no entusiasmo da fé, na confiança no Deus do futuro e da nossa salvação. Repetimos este antigo slogan metodista: Fique conectado! ...

Ler artigo
Academia Europeia de Religiões.  edição digital 2020

Academia Europeia de Religiões. edição digital 2020

Concebido pela Fundação para as Ciências da Religião e lançado - graças ao apoio do MIUR, MAECI, Região Emilia-Romagna, Cariplo Foundation e Carisbo Foundation - com o patrocínio do Parlamento Europeu, da Comissão Europeia, da Comissão Nacional da UNESCO, a Universidade e o Município de Bolonha, o Academia Europeia de Religiões é uma ocasião internacional extraordinária para o encontro de estudiosos e hermenêuticos do fenômeno religioso. Consciente da centralidade desta reflexão, é ambição da EuARe fomentar a investigação, a leitura crítica, a comunicação e o intercâmbio - aberto à sociedade civil - sobre os principais temas religiosos, nomeadamente no contexto da transformação epocal que a humanidade atravessa. De 22 a 25 de junho de 2020, os vídeos de quatro das palestras programadas para a conferência estarão disponíveis no site EuARe, redes sociais e canal do YouTube (bem como nas redes sociais FSCIRE), cuja intenção é «destacar o poderoso efeito que a religião tem na vida pública e pessoal, um efeito que se refere a todos os seus campos", como afirmou o Presidente da EuARe Herman Selderhuisconferencista e teólogo de renome internacional. Politização da Religião: Casos Cristãos Orientais é o título da contribuição de Cyril Hovorun, diretor do Huffington Ecumenical Institute e professor da Loyola Marymount University, especialista em teologia, tradições cristãs primitivas e eclesiologia. Movendo-se com competência entre os debates da "teologia política" do século IV e do século XX, Hovorun refletirá sobre as relações Igreja-Estado nas realidades ortodoxas orientais e sobre como essas relações contribuem para a politização da religião. A lectio de Cyril Hovorun estará disponível em 22 de junho. Scott Applebyreitor da Universidade de Notre Dame e especialista em relações globais entre fenômenos religiosos e guerra, fará uma palestra intitulada Santificado seja o teu nome: poder e glória na imaginação religiosa, on-line em 23 de junho. Com base em estudos de casos empíricos, seu discurso questionará o significado das noções de "poder" e "glória" no imaginário religioso em momentos cruciais da evolução comunitária e da consciência nacional, como os representados por um conflito armado. Estudioso de conflitos pós-seculares e professor de sociologia na Universidade de Innsbruck, Kristina Stoecklapresentará um discurso intitulado Os novos conflitos religiosos da Europa: ortodoxia russa, conservadores cristãos americanos e o surgimento de uma direita cristã populista europeia, on-line em 24 de junho. Sua lição altamente atual comparará fenômenos emergentes em diferentes regiões do mundo - a Igreja Russa, a direita cristã nos Estados Unidos e os partidos populistas na Europa - destacando como, ao se mobilizar contra os valores liberais, esses atores sociais paradoxalmente adotam uma retórica religiosa, desafiando o próprio significado do cristianismo. Finalmente, em 25 de junho, a contribuição de Susanne Schröter, diretor do Global Islam Research Center em Frankfurt e professor de antropologia social e cultural na Goethe University na mesma cidade. Em sua palestra, Islã, Política e Sociedade na Alemanharefletirá sobre a história do debate sobre o Islã na Alemanha e abordará as ambivalentes políticas alemãs relacionadas à questão islâmica, a fim de propor soluções alternativas. Nos mesmos dias (22-25 de junho) serão publicadas online as apresentações em vídeo das obras vencedoras do Prêmio Giuseppe Alberigo e serão premiados os vencedores do Prêmio de Jornalismo Religioso Piazza Grande (22 de junho). Prémio Alberigo: no canal YouTube da Fundação será possível conhecer as obras vencedoras do prestigiado prémio 2020, atribuído a obras que alcançaram a excelência nas diversas disciplinas das ciências religiosas. O Prêmio de Jornalismo Religioso Piazza Grande é organizado pela Associação Internacional de Jornalistas Religiosos em colaboração e com o apoio do FSCIRE para destacar o trabalho de jornalistas que lidam com religião e espiritualidade. A Foundation for Religious Sciences (FSCIRE) é um instituto de pesquisa com sede em Bolonha, presidido por Alessandro Pajno e dirigido por Alberto Melloni. O instituto publica, desenvolve, fornece, organiza, aprofunda e divulga pesquisas no campo das ciências religiosas, estudando em particular o cristianismo e sua relação com outros monoteísmos. Reconhecida por decreto do Presidente da República, a Fundação mantém convênios com a Universidade de Bolonha e outras universidades e atua, ainda que em sinergia com outros institutos de pesquisa, em plena autonomia em relação a universidades e igrejas. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.