A fé faz o futuro.  O blog da Rede Luterana pelo Meio Ambiente

A fé faz o futuro. O blog da Rede Luterana pelo Meio Ambiente

Foto retirada de fedefafuturo.home.blog

Roma (NEV), 5 de setembro de 2022 – Continuam as iniciativas no contexto do Tempo da Criação 2022.

A Igreja Evangélica Luterana na Itália (CELI), por ocasião deste período litúrgico celebrado mundialmente até 4 de outubro, lança o blog de sua Rede pelo Meio Ambiente. Chama-se “Fede fa futuro” e contém materiais em italiano e alemão para se tornar “Eco-famílias”.

Os coordenadores da Rede CELI de Meio Ambiente são Mateus Nicolini E Annette Brunger. A Rede acredita que para nos tornarmos uma Eco-Comunidade devemos, antes de mais nada, partir do comportamento doméstico.

“Todos somos chamados a mudar nosso estilo de vida. E para refletir se o paradigma econômico e social consumista em que estamos imersos é realmente útil para fins de proteção ambiental – lê-se em um dos insights -. É um compromisso que se encontra expresso na mesma resolução 2019/17, que aprova o “Estatuto do Sínodo do CELI sobre o tema da ecologia e sustentabilidade em nossas comunidades”, que se tornou um compromisso a ser assumido em nível comunitário . Onde se lê: ‘Estamos empenhados em mudar nosso estilo de vida pessoal por meio de medidas concretas, para viver e agir de forma mais justa’.”

Nicolini escreve: “Como é evidente, a mudança começa de ‘baixo’, de nosso comportamento, investindo em primeiro lugar nosso lar e ambiente familiar. Devemos nos tornar eco-indivíduos e – por que não? – Também eco-famílias. As propostas e sugestões que os membros da Rede indicaram em suas contribuições para o Tempo da Criação 2022 vão nessa direção. Compras. A gestão da água. Brincadeiras infantis, que podem ser repensadas valorizando, por exemplo, a reutilização e a reciclagem (também solidária)”.

Em última análise, o envolvimento afeta todas as pessoas. Brünger conclui: “É uma pequena contribuição para incentivá-lo a parar um momento antes de comprar qualquer produto ou viajar por diferentes meios, para se perguntar: eu realmente preciso disso? Posso encontrar uma solução com menor impacto ambiental? Em que condições de vida e trabalho dos trabalhadores eles foram produzidos?”.

Os leitores são convidados a compartilhar suas experiências de sustentabilidade escrevendo para [email protected] com o assunto “Rete per l’Ambiente”.

Aqui está o link para o blog:


Alguns dos insights:

ÁGUA – DAS WASSER (Andrea Massias, Christiane Lamberts)

Foto retirada de fedefafuturo.home.blog


O CARRO – DAS AUTO (Franz Mitterer)

Foto retirada de fedefafuturo.home.blog

AS CRIANÇAS – KLEINE KINDER (Selina Heinz-Smillovich, Miriam Weiß)

Foto retirada de fedefafuturo.home.blog


COMPRAS (Elvira Ackermann)

Foto retirada de fedefafuturo.home.blog

LIMPEZA SEM SUJEIRA – Sauber machen ohne zu verschmutzen (Sabine Wolters)

Foto retirada de fedefafuturo.home.blog

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Rega sem desperdício – Nev

Rega sem desperdício – Nev

Continua a série de vídeos realizados pelos jovens da Comissão de Meio Ambiente e Globalização da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália, com conselhos práticos e sugestões para ser “mesmo o protagonista menos responsável da mudança” em relação à emergência climática. Filip Urban, unsplash Roma (NEV), 21 de julho de 2022 – O novo vídeo da série criada pelos meninos e meninas da GLAM, a Comissão de Meio Ambiente e Globalização da FCEI, tem como título “Rega sem desperdício”. Aqui o primeiro vídeo dos jovens GLAM, publicado no passado dia 6 de julho, sobre poupança de água doméstica e aqui o segundo, datado de 13 de julho. artigo anteriorBatistas Mundiais falam sobre Ucrânia, Mianmar, justiça racial e escravidãoPróximo artigoCOP27 Summit Egito, oportunidades para jovens Agência de Imprensa da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália ...

Ler artigo
A nova edição do Dossiê Estatístico de Imigração

A nova edição do Dossiê Estatístico de Imigração

Foto do Centro de Estudos e Pesquisa IDOS Roma (NEV), 18 de outubro de 2022 – Está de volta o encontro com a apresentação do Dossiê Estatístico de Imigração 2022. O evento será realizado no dia 27 de outubro, às 10h30, no Nuovo Teatro Orione, em Roma, e será aberto com a introdução do moderador da Mesa Valdense, Alessandra Trotta, cuja fala será seguida da projeção de um vídeo. O conteúdo do Dossiê será então ilustrado por Luca Di Sciullopresidente do Centro de Estudos e Pesquisas IDOS. Entre as prévias do Dossiê Estatístico de Imigração 2022 publicadas nos comunicados de imprensa do IDOS, lemos trechos de um relatório sobre o que deu errado no acolhimento de ucranianos e sobre a situação dos trabalhadores imigrantes na Itália. “Se eles pudessem não apenas trabalhar mais horas regularmente – declara em comunicado de Sciullo – dado que o subemprego muitas vezes esconde um black job contextual, mas também o acesso a profissões mais qualificadas, com contratos mais estáveis ​​e proteção efetiva, seria valorizado um potencial ainda hoje mortificado, embora extremamente precioso nesta fase de crise global. Um potencial que beneficiaria, além dos imigrantes, todo o sistema do país, pois diminuiria a economia subterrânea e a evasão, aumentaria ainda mais a arrecadação em impostos e contribuições, tornaria a economia italiana mais transnacional e competitiva”. Estão programados discursos aprofundados de vários convidados. Entre eles, o jornalista Eleanor Camillio professor de sociologia das migrações Maurizio Ambrosini, Paulo de Nardis, presidente do Instituto de Estudos Políticos “S. Pio V” que encerrará o evento e Cláudio Paravatidiretor do Centro de Estudos e da revista Confronti e apresentador do Protestantismo, para coordenar a apresentação. O Dossiê será apresentado, assim como em Roma, simultaneamente em todas as regiões e províncias autônomas, a entrada é gratuita e um exemplar do volume será distribuído gratuitamente a cada participante. A programação completa da iniciativa está disponível neste link. ...

Ler artigo
Questionário online sobre Eucaristia Católica e Santa Ceia Protestante

Questionário online sobre Eucaristia Católica e Santa Ceia Protestante

Ilustração retirada do número 9 da "Hospitalidade Eucarística" Roma (NEV), 15 de setembro de 2021 – Um novo questionário para explorar as teorias e práticas de recepção mútua da Eucaristia Católica e da Santa Ceia Protestante. Pode ser preenchido no seguinte link: Lançado em 2017 na forma de papel, o questionário agora está online, para ampliar a pesquisa e a reflexão. A iniciativa é lançada juntamente com a publicação da edição de setembro do boletim “Acolhimento Eucarístico”. Os editores escrevem: “Estamos agora no início do 4º ano do nosso boletim, e no editorial você encontrará algumas notícias importantes relacionadas à nossa reorganização. Esperamos que isso ajude a melhorar nosso conteúdo e sua participação." Em suporte de Margarida Ricciuti E Pedro Urciuoliagora também estão colaborando com o projeto Alexandre Foriero (valdense), Mateus Ricciardi (pastor da Igreja do Nazareno) e Marco Sillini (Católico). No número de setembro, outras novidades: um projeto de formação, pesquisas sobre o tema da hospitalidade eucarística e a contribuição de Paulo rico“Apartheid Eucarístico”. . Para informações escreva para: [email protected] O boletim "Hospitalidade Eucarística" é editado por alguns membros do grupo ecumênico "Spezzare il pane", que inclui alguns crentes protestantes e católicos. O grupo, nascido no âmbito ecumênico em 2011 em Turim, envolve igrejas, mosteiros e paróquias.“O termo 'hóspede' indica tanto aquele que oferece hospitalidade como aquele que a recebe, pois ambos os sujeitos, embora com papéis diferentes, estão unidos por um valor superior: a hospitalidade – lê-se no subtítulo da folha -. Portanto, a 'hospitalidade eucarística' é uma forma de dizer que todos somos hóspedes do único Senhor que nos acolhe e acolhe com todas as nossas diferenças. A Ceia pertence ao Senhor, não às Igrejas”. ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.