Faculdade Valdense de Teologia.  Inauguração a. Académica de Fé e Política

Faculdade Valdense de Teologia. Inauguração a. Académica de Fé e Política

Roma (NEV), 15 de setembro de 2022 – O ano acadêmico 2022/23 da Faculdade Valdense de Teologia será inaugurado no sábado, 8 de outubro, com a Prolusão do Professor Valdo Spini (Florença) com o título “Fé e política. O compromisso do cristão evangélico”. O Culto de Abertura será no domingo, 9 de outubro, com a pregação do pároco Michael Jonas. Seguiu-se a semana introdutória da Faculdade sobre o tema da teologia intercultural.

A Faculdade Valdense de Teologia em Roma em uma imagem vintage – Foto tirada de facoltavaldese.org

A inauguração do ano letivo está marcada para o dia 8 de outubro, às 17h30, na Aula Magna da Faculdade de Teologia Valdense, na via Pietro Cossa, 40 (Roma). Será possível acompanhar a transmissão ao vivo do Prolusion na seguinte página:

O culto de abertura no domingo será a partir das 10h na Igreja Luterana da Via Sicilia, 70 (ainda em Roma). Quanto à Semana Inicial da Faculdade, que tradicionalmente inaugura um novo ano de cursos, o encontro é de 10 a 14 de outubro na Sala A, ou online, para todos os que estudam na Faculdade, em qualquer nível.

A Semana Introdutória da Faculdade Valdense de Teologia

Por vários anos, lemos no site da Faculdade Valdense, “as igrejas metodista, batista e valdense tornaram-se cada vez mais internacionais: irmãs e irmãos, vindos dos quatro cantos do mundo, trouxeram uma nova força vital e, com ela, diferentes espiritualidades que enriquecem a nossa abordagem teológica tradicional, pedindo-lhe que desenvolva uma nova reflexão sobre nós mesmos e sobre a nossa pregação: como podemos desenvolver um discurso teológico no contexto multicultural revigorado pela globalização?”. Sobre o tema da teologia intercultural, a Faculdade adquiriu experiência através das duas edições do Mestrado “Teologia e diaconia numa perspectiva intercultural”.

Entre as atividades propostas pela Faculdade, está também uma viagem de estudos a Castel Volturno, “para conhecer a realidade deste recanto esquecido da Itália da imigração, caldeirão de intensas experiências humanas e laboratório intercultural”.


Para maiores informações:

PÔSTER INTRODUTÓRIO SEMANA 2022 .pdf

PROGRAMA DA SEMANA INTRODUTÓRIA FVT 2022 .pdf

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

O Cinema na Praça está de volta

O Cinema na Praça está de volta

Roma (NEV), 1º de junho de 2022 - De 3 de junho a 31 de julho, volta a Roma "Il Cinema In Piazza", o evento com entrada gratuita todas as noites às 21h15, distribuído entre o centro e os subúrbios, organizado pela Associazione Little America , agora em sua oitava edição. Este verão, o festival de cinema ao ar livre acontecerá na Piazza San Cosimato em Trastevere, no Parque Cervelletta em Tor Sapienza e no Parque Monte Ciocci em Valle Aurelia. Uma edição que cresce em termos de países representados (dos Estados Unidos ao Japão, das Filipinas ao Chile) e convidados de todo o mundo: "No palco, ou melhor, nos palcos - explica Valério CarocciPresidente da Pequena América – nomes do calibre de vão subir Wes Anderson, David Mamet, Pawel Pawlikowski, Kiyoshi Kurosawa, Work Diaz, Fanny Ardant, Volker Schlöndorff, Ladj Ly, Jan Komasa, Wolfgang Becker, Iram Haq, Michael Radford, Cristian Mungiu, Mathieu Kassovitz. Uma presença, deles, que é sinal de uma necessidade renovada por parte dos autores de um contacto direto com os espectadores, depois da paragem imposta pela pandemia”. Juntamente com os convidados internacionais, muitos também os italianos, que vão animar "Il Cinema in Piazza": Pietro Castellitto, Valerio Lundini, Carlo Verdone, Francesca Archibugi, Serena Dandini, Stefania Sandrelli, Bebe Vio, Martin Castrogiovanni, Dori Ghezzi, Luca Marinelli, Francesca Serafini, Giordano Meacci, Valentina Bellè, Anna Pavignano, Don Ciotti, Marco Tullio Giordana, Alessandro Redaelli E Ruggero Melis e Antonio Rezza E Flavia Mastrella, Micaela Ramazzotti, Paolo Virzì, Esmeralda Calabria, Francesco Piccolo, Luca Bigazzi E PARAScanio Celestini. Para inaugurar o evento, na sexta-feira, 3 de junho, na Piazza San Cosimato, a projeção de "I Predatori", estreia atrás das câmeras de Pedro Castellito (melhor roteiro no Festival de Cinema de Veneza na seção Orizzonti, David di Donatello de melhor novo diretor), na presença do autor e do apresentador, autor e comediante Valério Lundini. A inauguração do Parque Cervelletta, na quinta-feira, 9 de junho, é confiada a uma noite - em colaboração com a revista Confronti - na qual as famílias dos Giulio Regeni E Mário Paciolla. A intenção é "refletir sobre os lados obscuros do poder e relembrar suas vítimas", graças também à exibição, pela primeira vez em tela grande na Itália, de "O Dissidente", documentário de Bryan Fogel dedicado à figura do jornalista Jamal Khashoggi. No palco, junto com o advogado Alessandra Ballerini, alguns representantes da sociedade civil que há muito estão próximos das famílias, incluindo Ascânio Celestini e o jornalista e sindicalista Joseph Giulietti. Na sexta-feira, 8 de julho, na Piazza San Cosimato, será exibido o documentário "Lybia: No Escape From Hell" do jornalista e documentarista Sara Creta, que relata as condições dos migrantes presos em campos de detenção na Líbia. Organizado em conjunto com Confronti e Médicos Sem Fronteiras, no palco, além do diretor e editor da revista mensal Cláudio Paravatioperadora da Msf e Michael Magokprotagonista do documentário, além de testemunha direta do que está acontecendo naquele país. Embora seja uma história de empoderamento feminino contada no filme "O que as pessoas vão dizer" de Iram Haq, exibido na sexta-feira, 1º de julho, durante uma noite na Piazza San Cosimato, mais uma vez organizado em colaboração com a revista Confronti. Noite em que, juntamente com o realizador, estará presente o jornalista e mediador cultural Ejaz Ahmad e o pesquisador e escritor Giorgia Serughettiespecialista em questões de gênero, teoria política e migrações. Estão programadas duas homenagens, em primeiro lugar aquela dedicada ao Pier Paolo Pasolinimais um elemento nas comemorações do centenário do nascimento do intelectual: quinta-feira, 23 de junho, no Parco della Cervelletta, o diretor Marco Túlio Giordana em diálogo com Don Ciotti em torno de uma das obras-primas do poeta-diretor, "O Evangelho segundo Mateus". E então, na presença de Dori Ghezzi, Luca Marinelli, Valentina Bellè, Francesca Serafini E Giordano Meaccia exibição da versão cinematográfica de "Fabrizio De André - Principe libero", quinta-feira, 16 de julho, para recordar o grande cantor e compositor genovês. Aqui o programa completo da revista. Cinema in Piazza acontece sob o patrocínio do Parlamento Europeu e do Ministério da Cultura, com o apoio do Ministério das Políticas da Juventude, da Região do Lácio, do Organismo Regional RomaNatura, da Câmara de Comércio de Roma e com o patrocínio da capital Roma cidade. O projeto é possível, entre outros patrocinadores, graças à contribuição do Otto per Mille da Igreja Valdense. A Confronti é o media partner da edição de 2022. ...

Ler artigo
A voz dos jovens abre a Assembleia da Conferência das Igrejas da Europa

A voz dos jovens abre a Assembleia da Conferência das Igrejas da Europa

Novi Sad (NEV), 1 de junho de 2018 – Uma ponte que liga duas margens, duas margens, é o símbolo que caracterizou ontem à noite em Novi Sad (Sérvia) o culto de abertura da XV Assembleia Geral da Conferência das Igrejas Europeias (KEK) . Uma ponte que lembra o logotipo da Assembleia e representa a vocação do CEC a ser um lugar de encontro e diálogo entre as Igrejas europeias, sob a bandeira do chamado de Cristo: "Sereis minhas testemunhas" (Atos dos Apóstolos 1: 8). O culto, que decorreu numa das praças do centro, foi pontuado pelos cânticos do coro da igreja ortodoxa de Novi Sad e contou com a voz de três jovens de diferentes países europeus e de diferentes tradições cristãs – entre as quais o metodista italiano Júlia Félix Delmonte – que testemunharam sua experiência pessoal em torno dos temas hospitalidade, mudança climática e inclusão, temas que serão retomados pela Assembleia. A partir da esquerda, Beate Fagerli, Atenágoras da Bélgica, Joris Verscammer Em seu primeiro dia de trabalho, a Assembleia elegeu seu moderador na pessoa do pastor luterano norueguês Beato Fagerlie os dois vice-moderadores, o metropolita Atenágoras da Bélgica e o arcebispo Joris Verscammer da Velha Igreja Católica Holandesa, que será responsável por presidir os trabalhos. Os participantes foram recebidos por patriarca Irenej da Igreja Ortodoxa Sérvia, pelo Metropolita Irenej de Backracuja diocese tem sede em Novi Sad, e do presidente da província autônoma de Vojvodina, Igor Mirovic. A Assembléia também deu as boas-vindas à Federação Batista Européia (EBF) e à Igreja Episcopal Escocesa como novos membros do CEC. ...

Ler artigo
batistas europeus.  A reunião anual na Escócia chegou ao fim

batistas europeus. A reunião anual na Escócia chegou ao fim

Roma (NEV/Riforma.it), 2 de outubro de 2019 – O semanário Riforma publica um relatório detalhado, assinado pelo pároco batista Cristina Arquidiácona, na Assembleia Anual da Federação Baptista Europeia (EBF), que decorreu em Glasgow (Escócia) de 24 a 28 de setembro, e que contou com a presença de cerca de 170 representantes das diversas uniões da região da Europa, Médio Oriente e Ásia Central. Também esteve presente na Assembleia o presidente da União Cristã Evangélica Batista na Itália (UCEBI), John Archdeacon, que cumprimentou a EBF. Em seu discurso, Arcidiacono destacou a necessidade de uma lei sobre liberdade religiosa na Itália; falou sobre o projeto apoiado financeiramente pela UCEBI esperança médica, um projeto da Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI) que oferece assistência médica às pessoas mais vulneráveis ​​que não podem enfrentar a jornada pelos corredores humanitários dos campos de refugiados do Líbano; pediu o estreitamento das relações com os institutos de formação teológica a nível europeu. Entre os temas debatidos na Assembleia, justiça social e justiça climática, liberdade e consciência religiosa, teologia da hospitalidade, relação entre igrejas, fé e nacionalismos, numa era de "polarização e fragmentação", como disse o secretário-geral da EBF Tony Peck no discurso de abertura. A Assembléia foi organizada pela União das Igrejas Batistas da Escócia, que este ano comemora seu 150º aniversário. Leia a reportagem completa no Riforma.it ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.