Terminada a viagem à Itália dos luteranos alemães: encontros, trocas, perspectivas

Terminada a viagem à Itália dos luteranos alemães: encontros, trocas, perspectivas

Torre Annunziata (NA)

Roma (NEV), 7 de junho de 2018 – A viagem à Itália da delegação do Comitê Nacional Alemão da Federação Luterana Mundial (FLM) está chegando ao fim hoje. A visita começou em Roma e no Vaticano – com uma audiência privada com o Papa Francisco – e terminou em Nápoles e na Torre Annunziata, onde o grupo visitou as comunidades locais da Igreja Evangélica Luterana na Itália (CELI) e as estruturas diáconos, incluindo o “ Hospital Evangélico Villa Betania” em Ponticelli, que a FLM apoia financeiramente.

“É impressionante como as comunidades do Golfo de Nápoles conseguem correlacionar igrejas com trabalhos culturais e atividades recreativas significativas – observou o chefe da delegação, bispo Gerhard Ulrich –. O trabalho diaconal irradia fortemente na sociedade. Isso demonstra mais uma vez o quão importante é o ministério diaconal das igrejas luteranas em todo o mundo”. Na Torre Annunziata, a delegação visitou um centro cultural e de reuniões do CELI. “Jovens que vivem em situação precária podem encontrar aqui um projeto de teatro. É um sucesso”, acrescentou Ulrich. Cordelia Vitiello (CELI), membro do Conselho da FLM e vice-presidente do hospital “Villa Betania”, apresentou, entre outros, o projeto “Pink Rose”, que apoia mulheres vulneráveis ​​com assistência psicológica, espiritual e social.

Antes de ir para Nápoles, a delegação manteve várias conversações no Vaticano. Com Papa Francisco, Luis Francisco Ladaria Ferrerprefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, e Mons. Matthias Turk, foi confirmado o progresso no caminho comum entre luteranos e católicos. Além disso, em Roma, a delegação se encontrou com a Comunidade de Sant’Egidio e participou da oração vespertina em Santa Maria in Trastevere. Outro encontro aconteceu no Melanchthon Center com estudantes de teologia alemães que podem passar um ano acadêmico em Roma no centro protestante de estudos ecumênicos, em colaboração com a Faculdade de Teologia Valdense.

A Federação Luterana Mundial (FLM) é a maior comunhão da igreja luterana do mundo, com mais de 74 milhões de membros e 145 congregações em 98 países, enquanto o Comitê Nacional Alemão da FLM representa as doze igrejas membros germânicas da FLM, compreendendo aproximadamente 11,5 milhões de crentes.

admin

admin

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Vozes diferentes, desafios comuns.  Igrejas evangélicas italianas votam em novos líderes

Vozes diferentes, desafios comuns. Igrejas evangélicas italianas votam em novos líderes

Roma (NEV/CS27), 28 de outubro de 2021 – A Federação das Igrejas Protestantes da Itália (FCEI) elege seu novo Presidente e novo Conselho, que chegaram ao fim de seu mandato de três anos. A Assembleia reunirá nos dias 29 e 30 de outubro, com duas etapas: a XIX e a XX Assembleia. Normalmente essa etapa é acompanhada da convocação de uma Assise, adiada por conta da pandemia. A FCEI, entre as duas assembleias, está assim a organizar este ano uma mesa redonda intitulada “Diferentes vozes, desafios comuns”. A marcação, presencial e online, é aberta ao público e realiza-se no sábado, dia 30 de outubro (mediante reserva e green pass). Eleições de novos dirigentes na tarde de 30 de outubro. A mesa redonda incluirá: Emanuela Del ReRepresentante Especial da UE para o Sahel. Daniele GarroneFaculdade Valdense de Teologia. Shahrzad Houshmand Zadehteólogo muçulmano. marco impagliazzopresidente da Comunidade de S. Egídio. Yassine Laframpresidente da União das comunidades e organizações islâmicas na Itália (UCOII). Marco Tarquíniodiretor da Avvenire. Lia Tagliacozzo, escritor e jornalista (vídeo mensagem). Moderado Cláudio ParavatiDiretor de Comparar. Na abertura, os vários chefes de serviços e comissões da FCEI apresentam brevemente o trabalho dos últimos três anos. O evento público de 30 de outubro é inspirado no versículo de Jeremias 1, 11 "O que você vê?" e conclui com uma meditação com curadoria do pároco Luca Maria Negro, presidente cessante da FCEI. Descarregue aqui o folheto da FCEI. Para participar na mesa redonda do dia 30 de outubro presencialmente (lugares limitados) é necessário fazer reserva por escrito para [email protected] – A participação online é aberta a todos* nas páginas do Facebook do NEV – notícias evangélicas e Confronti. Este é o calendário de eventos em Roma: sexta-feira 29, de 15 a 18, presencialmente, na igreja metodista na via XX Settembre, última sessão da XIX Assembleia da FCEI. (Acesso restrito). sábado 30, dos 10 aos 13, mesa redonda intitulada "Diferentes vozes, desafios comuns". Igreja Metodista na via XX Settembre, esquina com a via Firenze, e ao vivo pelo Zoom e Facebook. (Participação gratuita. Reserva obrigatória e passe verde para acesso às instalações). sábado 30, a partir das 15 horas, presencialmente, na igreja luterana da via Sicilia: eleições, constituição da XX Assembleia da FCEI e, posteriormente, primeira reunião do novo Conselho da FCEI. (Acesso restrito). O Conselho cessante é formado por Luca Maria Negro (presidente), Christiane Groeben (vice-presidente), Richard Kofi Ampofo, Stefano Bertuzzi, Ilaria Castaldo, Daniele Garrone, Roberto Mellone (tesoureiro). Para saber mais Baixe o relatório trienal 2019-2021 sobre as atividades da FCEI no site www.fcei.it ...

Ler artigo
Igrejas mundiais pela justiça racial e econômica

Igrejas mundiais pela justiça racial e econômica

Foto Albin Hillert/CEC. Arusha, Tanzânia, 7 de março de 2018 Roma (NEV), 28 de maio de 2019 – O Comitê Executivo do Conselho Mundial de Igrejas (CMI) reuniu-se de 22 a 28 de maio em Bossey, na Suíça. Entre as moções aprovadas, uma diz respeito à comemoração da viagem transoceânica forçada dos povos africanos escravizados por Angola para Jamestown, na Virgínia (EUA), que marca o quadricentenário. “A política e a prática de escravização do povo africano lançaram as bases para a privação sistemática de direitos e humilhação de pessoas de ascendência africana por 400 anos, nos Estados Unidos e em todo o mundo”, dizia o comunicado. O CMI “celebra a resiliência espiritual dos povos africanos nestes 400 anos – continua a declaração – e reafirma a parceria histórica entre igrejas e organizações ecumênicas nos Estados Unidos que, juntamente com o CMI, abordam o racismo em nível global”. O CMI pede a todas as igrejas membros que recordem este momento histórico e peçam perdão “em nome de nossos ancestrais que estiveram envolvidos na escravização do povo africano” e retomem a luta contra o racismo, pela justiça racial e econômica e pela reparação. A íntegra da declaração em inglês pode ser consultada AQUI. Muitos itens da agenda tratados pelo comitê, incluindo os preparativos para a 11ª Assembleia do CMI que será realizada em 2021 em Karlsruhe, na Alemanha, cujo tema será “O amor de Cristo move o mundo à reconciliação e à unidade”. Numerosas declarações foram assinadas pelo Comitê nos últimos dias. Um apelo aos cristãos perseguidos na Ásia, uma declaração sobre a crise global da biodiversidade e o fim do HIV e AIDS, o apelo para conter as tensões entre os EUA e o Irã e para uma paz justa na Palestina e em Israel. ...

Ler artigo
Religião hoje.  Onde é o lugar das mulheres?

Religião hoje. Onde é o lugar das mulheres?

Roma (NEV/CELI), 18 de outubro de 2021 – Começa no dia 20 de outubro a série de três webinars promovidos pela Rede de Mulheres Luteranas. A iniciativa visa “contribuir para uma melhor compreensão do papel da mulher hoje em outras religiões. Nosso desejo - escrevem as mulheres luteranas - é conhecê-los melhor para evitar estereótipos e preconceitos, despertar nossa curiosidade e ter empatia com eles. Às vezes conhecemos pouco as nossas 'irmãs' de outras religiões, mesmo que muitas vezes morem perto de nós”. A Rede de Mulheres Luteranas, portanto, envolveu: Rabina Bárbara Aiello, primeira mulher rabina do judaísmo liberal, que chegou à Calábria vinda da América. Além gerenciando a sinagoga Ner Tamid Del Sud, realiza iniciativas interessantes como pesquisas históricas sobre as raízes judaicas no sul da Itália e na Sicília, iniciativas nas escolas contra o anti-semitismo e apresentações virtuais sobre vários temas. ( Tehseen Nisar, um estudioso que colabora em várias universidades da Europa e do Paquistão. Vários de seus artigos foram publicados em Conselho de Religião e Segurança (RSC) que promove o papel do fator religioso na construção da paz, na Fórum Democrático do Sul da Ásia e muitos outros. Ele falará sobre o tema a partir de suas pesquisas e de sua vida. Nunnei DM Russo See More, com décadas de treinamento e estudo do budismo em vários países do mundo onde viveu. Contribuições ao Fórum das Religiões de Milão e publicações. Mais uma mulher incrível que vai explicar o assunto com um olhar especial para os elementos femininos no budismo. “Estamos muito felizes que essas três mulheres estejam disponíveis para nos dar uma visão de seu compromisso e de suas vidas através do tema que apresentarão” concluem as luteranas. Aqui está o cronograma: 20 de outubro de 2021 “O Papel da Mulher nos Modernos movimentos Judeus" 19:00 – 20h30 Rabina Bárbara Aiello 3 de novembro de 2021 “A questãoe cultura e identidade de mulher muçulmana Hoje" 19:00 – 20h30 dr. Tehseen nisar 17. nãonovembro de 2021 "O Feminino no Budismo" 19h00:00 – 20h30 nunnei d.m. russo Para receber o link, escreva para [email protected] Baixe o pôster-webinar-outubro-nov.2021- ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.